Search Results For : História

Jardine, um monstro na base do São Paulo. Obrigado e até breve!

André Jardine está oficialmente desligado do São Paulo Futebol Clube.

 

Em um período de descanso desde a saída após fraca campanha na Libertadores 2019, o  profissional naturalmente aceitou o convite da CBF e comandará seleção brasileira Sub-20 até o fim do Mundial da categoria, em 2021. Sua missão é retomar os períodos de glória esquecidos num passado recente.

 

Não é preciso ser um são-paulino fanático para entender a importância do técnico na recente história de Cotia. Na base Tricolor, Jardine ganhou tudo que pôde em sua categoria: estaduais, nacionais, Copa do Brasil e Libertadores, entre outros títulos. Um monstro na base mais vencedora do Brasil. Efetivado no final do ano passado, ele não teve ‘punch‘ para promover de vez os garotos que treinou nas categorias de base para o time titular, certamente pela necessidade imediata de um time a curto prazo para disputar a pré-Libertadores. O resultado foi a eliminação precoce do São Paulo e sua demissão.

 

Na minha opinião, Jardine foi vilão e vítima do momento e circunstância em que foi lançado como treinador do elenco profissional. Nem ele nem o São Paulo tiveram discernimento para entender que aquele não era o momento certo. Agora, em seu habitat natural, ele terá condições de sobra para voltar a brilhar no comando de um Brasil a procura de uma identidade vencedora perdida com o tempo.

 

Hoje a gente vê Antony, Luan, Liziero e Igor em campo e não pode diminuir a importância do profissional que formou esses atletas. Que ele tenha boa sorte em sua nova trajetória que este seja realmente um “até breve”, como ele mesmo diz em sua carta de despedida do Tricolor. Obrigado você também, André Jardine!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

 

Uma semifinal made in Cotia!

As semifinais da UEFA Champions League foram definidas nesta quarta-feira. De um lado, Liverpool e Barcelona, do outro, Tottenham e Ajax. E, na final, um ‘made in Cotia’ já está garantido: Lucas ou David Neres.

 

Neres mais uma vez brilhou na heróica classificação do clube holandês diante da poderosa Juventus, de Cristiano Ronaldo. Já Lucas se classificou em um emocionante jogo em Manchester. Com influência determinante do VAR, que anulou um gol ilegal de Sterling aos 48 minutos no segundo tempo, os Spurs conseguiram se segurar e se classificaram para enfrentar o Ajax daqui a duas semanas.

 

Os dois clubes eram considerados zebras nos confrontos mas resistiram ao poderio do City e da Juve e farão uma improvável semifinal. Do outro lado, passaram os mais prováveis. O inglês Liverpool fará uma semifinal majestosa diante do tradicional e fortíssimo Barcelona de Messi.

 

Quem vence? Dê seu palpite:

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Cuca tem três opções ofensivas para o lugar de Pablo. Veja cada uma delas:

O atacante Pablo está fora do segundo jogo da final do Campeonato Paulista. Com fortes dores na panturrilha direita e na coluna o jogador já está vetado pelo departamento médico e só voltará a campo no Campeonato Brasileiro.

 

Para o seu lugar, Cuca tem três opções para formar o ataque Tricolor. A primeira delas é repetir a formação da primeira partida, com Everton no meio-campo e Carneiro no comando de ataque, ao lado de Antony e Everton Felipe. A segunda seria optar por Brenner no lugar de Carneiro. A entrada do jovem na equipe titular é pedida por muitos torcedores que crêem que ele pode repetir o sucesso de Antony no setor ofensivo. A terceira opção, menos provável, seria a entrada de Hernanes como um falso nove. Desta maneira, o São Paulo jogaria sem um centroavante fixo em Itaquera.

 

Aliás, centroavante, que não era problema no elenco no passado, volta a ser um tormento nessa reta final de estadual. O São Paulo contava com Diego Souza e Tréllez mas no início do ano emprestou o colombiano para o Inter e praticamente ‘cedeu’ o antigo camisa nove ao Botafogo. Pato, contratado para reforçar o setor ofensivo, tem estréia marcada para o próximo sábado, no início do Brasileirão.

 

O Blog promoveu uma enquete no twitter para saber a opinião do torcedor. Sem Pablo, quem você colocaria no comando de ataque contra o Corinthians pela final do Campeonato Paulista?

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo correria risco de perder Cuca se não antecipasse contratação

A contratação de Cuca como técnico do São Paulo dividiu a opinião de jornalistas e torcedores no momento em que foi anunciada, em meados de fevereiro. Isso porque o técnico só pôde assumir o comando técnico do Tricolor no dia 02 de abril, quase dois meses após o anúncio.

 

Porém, a decisão se mostrou uma decisão acertada devido a movimentação natural do mercado de treinadores brasileiros. Se o Tricolor não tivesse garantido a vinda do técnico em fevereiro, correria  sério risco de perder Cuca para clubes que oscilam na temporada, como é o caso do Atlético MG. O Galo demitiu Levir Culpi no último dia 11 após a goleada sofrida pelo Cerro Porteño e, hoje, provavelmente não mediria esforços para contar com o treinador que deu a ele o maior título da sua história: a Libertadores de 2013. Com a contratação antecipada, o Tricolor freou qualquer possível interesse de outros clubes a esta altura da temporada.

 

Vale lembrar que, enquanto Cuca se recuperava do problema cardíaco que teve, Vagner Mancini assumiu o cargo interino e realizou uma boa transição, inserindo jovens valores e mudando o perfil de jogo da equipe. O São Paulo atualmente conta com uma equipe leve e promissora não somente para a final do Paulista como também para o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

 

Ao contrário dos primeiros catastróficos meses, a previsão de desempenho para este São Paulo, futuramente recheado de Pato, Tchê Tchê e Vitor Bueno, é bastante otimista.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Liziero: o novo Pedrinho?

Mais uma vez uma lesão muscular tira Liziero de um jogo pelo São Paulo.

 

O polivalente volante (também joga como meia e lateral esquerdo) convive com contusões desde sua subida ao profissional. Nesta primeira partida da final do Campeonato Paulista, a história se repetiu: Liziero sentiu um incômodo na coxa e deu lugar para a entrada de Everton no meio-campo, com Carneiro responsável pelo comando de ataque. O atleta já ficou de fora de alguns jogos do estadual quando se contundiu na derrota Tricolor diante do Guarani, no Pacaembú.

 

O histórico de lesões de Liziero lembra o meia Pedrinho, jogador que fez fama no Vasco da Gama nos anos noventa e atuou até 2013, encerrando a carreira no próprio clube cruzmaltino. O jogador conviveu a carreira toda com lesões por conta de um desequilíbrio no quadril. Em entrevista a ESPN, o ex-atleta disse que uma parcela de culpa de suas lesões cabe a si próprio, pois ele fazia uma carga superior de treinos a que seu corpo suportava, e, por muitas vezes, chegava a esconder suas dores para poder jogar.

 

A nova lesão de Liziero aparece em um dos melhores momentos da sua carreira. O jovem liderou o meio-campo nos últimos jogos, atuando com destaque contra o Ituano em Itu (foi ele o autor do vol da vitória Tricolor) e nas partidas diante do Palmeiras pela semifinal do estadual. Sua falta foi muito sentida na primeira partida da final do campeonato, no último domingo e a previsão para a volta em Itaquera é pessimista. Lesões musculares são de tratamento longo em comparação a traumas por pancadas.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.