Search Results For : História

Conheça Rodrigo Nestor: volante com pegada de meia que deve subir em 2020

Saiu no Globoesporte.com: o São Paulo deverá subir o volante Rodrigo Nestor para o elenco profissional, em 2020. A ideia é o atleta participar da Copinha em janeiro e depois se apresentar em definitivo na Barra Funda para a próxima temporada.

 

Nascido em 2000 e uma das ‘revelações do Blog’ ao lado de Eder Militão (leia matéria de 2016), Rodrigo Nestor é um volante com ‘pegada’ de meia-esquerda, capaz de desempenhar as duas funções com desenvoltura e ótima leitura de jogo. Oriundo do futsal, é um dos jogadores que o torcedor deve ficar de olho na competição de juniores, em janeiro. O São Paulo foi o último campeão da edição, com afirmação de Antony no elenco principal.

 

A subida de Nestor também é um indício de iminente venda de um dos jovens atletas do elenco profissional, já que o São Paulo passa por problemas financeiros e vê na base a solução imediata para o alívio no caixa. Recentemente atletas como Liziero e Igor Gomes foram sondados por equipes européias. O primeiro, inclusive, é monitorado pelo Barcelona e seria a minha aposta para a saída no final do ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

É obrigação do São Paulo ir a FIFA por vaga para o Mundial 2021, na China!

Já é oficial. A FIFA lançará um novo formato para o Copa do Mundo de Clubes, em 2021. A cada quatro anos, o torneio será disputado por 24 equipes, uma espécie de ‘super mundial’ e o primeiro será na China.  Segundo a entidade máxima do futebol, serão oito vagas destinadas para a UEFA, seis para a Conmebol, três para a Ásia, África e Concacaf e uma vaga para a Oceania.

 

Não há ainda notícia dos classificados ou convidados para o primeiro dos ‘super mundiais’ mas já há clube na América do Sul se movimentando para estar no polêmico campeonato. De acordo com o Diário Olé, o presidente do Boca Juniors viajou para a Suíça e participará de uma reunião na FIFA com o objetivo de ver o seu clube na Copa do Mundo de Clubes, em 2021.

 

“Não é que o Boca vai pedir. Há interesse do futebol em o Boca estar nesses jogos. Por quê? É pelo que significa o Boca. Eu não quero falar sobre os outros clubes. Mas, objetivamente, você percebe que o Boca é o que o mundo pede” – informou o periódico argentino sobre as pretensões do Boca.

 

Para entender: o modo de classificação dos seis clubes ainda não foi oficializado pela Conmebol. A idéia inicial é que a competição conte com os campeões da Libertadores de 2019 e 2020, os da Sul-Americana de 2019 e 2020 e os outros dois clubes, que podem entrar como convidados, pelo que representam no continente ou na história do futebol.

 

O argentino Boca e o brasileiro São Paulo representam valores semelhantes em termos de tradição e títulos internacionais, não importando a situação que vivem. Deste modo, pelo histórico, os dois merecem estar nessa Copa de Clubes. Por isso é obrigação do Tricolor ir atrás dessa vaga, mesmo ainda sem saber quais serão os critérios utilizados pela FIFA pois é muito provável que tradição e projeção sejam quesitos para completar os convidados deste formato.

 

Será que alguém do São Paulo está empenhado nessa missão? O Boca está tão interessado no torneio que mandou o presidente, representante máximo da instituição, para pleitear uma vaga. Vale lembrar que a gestão do atual presidente terminará em 2020 mas o fechamento dos clubes para o Mundial 2021 acontecerá bem antes do fim do ano que vem.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Glória! Pablo está de volta…

O atacante Pablo será uma das surpresas para a próxima quinta-feira. O Tricolor enfrentará o Fluminense às 19h30, no Morumbi e a tendência é o centroavante ser novamente relacionado após liberação completa do departamento médico do clube.

 

Glória a Deus! Pablo precisa terminar o ano de bem com a torcida e se preparar muito para que 2020 seja completamente diferente deste ano. Grande contratação para 2019, o jogador infelizmente conviveu com muitas lesões e interrompeu a ótima fase que vinha desde os tempos de Athlético Paranaense.

 

A entrada de Pablo como referência no ataque também beneficiaria outro jogador, em baixa com o torcedor. Ele colocaria Alexandre Pato em sua posição preferencial, na lateral do campo. Pato vem sendo criticado pelas fracas atuações como centroavante e poderá melhorar o rendimento onde se sente melhor, dentro de campo.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Camisa comemorativa já foi usada em treino. Veja imagens e detalhes:

O São Paulo já treinou com a nova camisa comemorativa, que será lançada pela Adidas nesta segunda, dia 04/11/2019 em uma das lojas da marca, no Shopping Eldorado. O evento terá a presença de Daniel Alves, ocorrerá às 17h30 e a marca não divulgou abertamente como ocorrerá a entrada.

 

Valendo-se de outros eventos passados na mesma loja, colo o lançamento das linhas de jogo, presumo que o torcedor deverá reservar sua camisa para ter acesso a loja e a resenha do atual camisa dez do Tricolor.

 

A camisa, em um bonito tom de vermelho e com o mesmo grafismo usado pela seleção da Alemanha (também patrocinada pela marca), é referência aos 70 anos da empresa alemã. A Adidas também lançará modelos semelhantes para os outros grandes clubes com os quais tem contrato e o São Paulo faz parte deste seleto grupo.

 

A camisa custará R$ 199,99, o padrão dos uniformes de treino. O novo produto não será utilizado em jogos oficiais; apenas para aquecimento pré-jogo e treinos, como o de hoje no CT da Barra Funda. Veja imagens do fotógrafo Rummens:

 

 

Um detalhe que coincidentemente deixou a camisa ainda mais bonita foi o ‘espaço’ do grafismo. O escudo Tricolor se encaixou perfeitamente no vão entre as linhas gráficas, deixando o material com cara de que foi especialmente feito para o Tricolor.

 

Gostei da cor, da composição e do material, apesar do valor salgado e saber que é um template internacional. Combinou bem com o clube e creio que o torcedor irá gostar da novidade.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Diniz explica atuação e valoriza difícil vitória no pós-jogo em Chapecó

Fernando Diniz mais uma vez deu entrevista coletiva após um jogo do Tricolor. Ainda na Arena Condá, o técnico Tricolor explicou o jogo, valorizou o adversário e defendeu um dos atletas criticados no ataque: Antony.

 

“A gente não ganhou de um time frágil e sim de um time com momento difícil na tabela. Conseguimos nosso gol de maneira merecida. Baixamos a marcação no segundo tempo. Gostei no geral, mas temos que melhorar” – declarou o técnico após o apito final, explicando por que o Tricolor teve menos ímpeto na segunda etapa que no primeiro tempo.

 

O técnico defendeu as atuações de Antony e disse não saber sobre problemas particulares expressados pelo jogador no fim do jogo. “Não sei se ao Antony precisava de gol, ele tem sido um dos melhores, decisivos em outras partidas. Problemas particulares, eu não sei, mas é um garoto que tem um futuro brilhante pela frente” – disse Diniz.

 

Antony é utilizado na direita e atua de pé trocado devido ao seu alto poder de finalização a gol, porém nos últimos jogos não vinha conseguindo acertar bons chutes nas metas adversárias. Na minha opinião, o gol anotado quase um ‘descarrego’ na pressão por ele não conseguir executar essa sua jogada característica nos últimos jogos. O menino desabou em lágrimas dentro de campo.

 

Já sobre a marcação baixa do segundo tempo, creio que a estratégia foi colocada porque o time poderia se cansar bastante marcando na linha alta e também pelo placar bem favorável. Porém, este procedimento causou muitos perigos ao Tricolor nos últimos quarenta minutos e creio que Diniz reconheceu nos microfones a grande dificuldade em segurar o resultado durante quase todo o segundo tempo.

 

Aspas retiradas do Portal UOL.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.