Search Results For : História

Uma fila inaceitável!

A eliminação do Campeonato Paulista 2018 decretou a maior “fila” do SPFC na história dos torneios estaduais. Sem vencer o torneio desde 2006, o São Paulo entrou em 2018 no décimo terceiro ano sem conquistar o campeonato estadual. Anteriormente, o recorde negativo do clube ia dos anos de 1958 até 1969.

 

Naquela época havia uma boa desculpa para a escassez de títulos: o estádio do Morumbi estava em construção e todas as forças na época estavam concentradas no Cícero Pompeu de Toledo. O Paulistão de 1957 foi o último vencido pelo clube antes da conclusão do estádio. A construção começou em 1953 e a “fila” do SPFC só acabou em 1970, ano da inauguração total do estádio.

 

Apesar do torneio ser bem menos valioso que em outros anos, a atual fila é inaceitável. Ela começou após o título do Paulista de 2005 e foi atenuada com as grandes conquistas da Libertadores e Mundial (2005) e o tricampeonato brasileiro, em 2006, 2007 e 2008.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lugano exalta comprometimento e entrega dos jogadores em Itaquera!

“Você pode perder um jogo, dói, e muito, é assim que tem que ser. Mas você não pode perder sua identidade, dedicação, seriedade, correção, comprometimento no trabalho. Este é o caminho! Para continuar procurando e corrigindo.”

 

Foi deste modo que Diego Lugano descreveu o resultado da última quarta-feira, que culminou na eliminação do São Paulo na cobrança de pênaltis, em Itaquera. O diretor Tricolor lamentou o resultado em seu Instagram pessoal mas exaltou a entrega dos jogadores, que obedeceram taticamente o que lhes foi proposto.

 

Lugano foi um jogador que nunca aceitou derrota e não trocava camisas nem palavras com seus adversários após um resultado negativo. Suas palavras refletem a crença num bom caminho para o elenco neste ano. Oxalá ele esteja certo!

 

Fonte: Instagram Diego Lugano

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tricolor doente, Ismaily realiza sonho de servir a seleção brasileira!

Seja sincero: você já tinha ouvido falar do Ismaily? O lateral esquerdo do Shakthar Donetsk que pouco atuou pelo Brasil e passou por Portugal antes de chegar a Ucrânia, hoje realiza o sonho de servir a seleção brasileira e poderá atuar nos amistosos contra a Rússia e Alemanha.

 

Se você não o conhecia (assim como eu), vai aí outra informação interessante. Ismaily é Tricolor doente e até teste no São Paulo fez quando tinha quinze anos de idade. O jogador não foi aprovado no clube mas guarda pedrinhas do Cícero Pompeu de Toledo, local dos testes. “Ele é são-paulino e ficou um pouco chateado por não ter passado, mas só por ter conhecido o Morumbi já voltou radiante. Para você ter uma noção, ele trouxe umas pedrinhas do estádio e acho que as guarda até hoje. Ficou um tempão falando que tinha ido lá e estava muito feliz”, disse a mãe do jogador, em entrevista para a ESPN Brasil.

 

Com 28 anos de idade, Ismaily foi a quarta opção de Tite para a lateral esquerda. Marcelo, do Real Madrid é o titular. Filipe Luís, o reserva imediato, fraturou a perna e não deve ir a Copa. Alex Sandro, lateral da Juventus, foi cortado devido a uma lesão muscular na coxa e a convocação ‘caiu’ no colo do sul mato-grossense.

 

Não sou muito ligado na seleção brasileira mas desejo boa sorte ao são-paulino Ismaily, cujo nome foi inspirado no filme “Smiley”, de 1956. Se torce para o São Paulo já conta com o meu apreço.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo x Atlético PR: passará de fase quem errar menos fora de casa!

O adversário do São Paulo na quarta fase da Copa do Brasil 2018 está definido. É o Atlético PR. A equipe de Curitiba, vice-campeã da Libertadores 2005 em decisão contra o Tricolor, receberá o São Paulo em casa no primeiro jogo do mata-mata. As datas serão definidas pela CBF mas devem ser nos dias 04/04 e 18 ou 19/04.

 

O Furacão mais uma vez decidiu não atuar o estadual deste ano com a equipe considerada titular para concentrar forças e treinamentos para os campeonatos mais importantes do ano: o Brasileirão e a Copa do Brasil. Talvez por isso a equipe comendada por Fernando Diniz tenha tido dificuldades na competição, passando pelo Caxias pelo regulamento, pelo Tubarão em um emocionante 5×4 na Arena e definindo a vaga contra o Ceará nas cobranças de pênaltis.

 

Mesmo passando sufoco nas três fases da Copa do Brasil, o Atlético PR é um adversário historicamente encardido e nunca deve ser menosprezado, ainda mais na fase que se encontra o São Paulo. Desde o vice-campeonato da Libertadores e a conturbada vinda de Dagoberto, o CAP endurece todos os jogos contra o Tricolor, não importa o campeonato. É incrível como o São Paulo simplesmente não vence na Arena da Baixada, seja uma decisão ou um jogo de pontos corridos. Por outro lado, os atleticanos também tem muita dificuldade em jogar no Morumbi. É historicamente um dos maiores fregueses em nossos domínios.

 

Portanto, não dá para esquecer o retrospecto: no duelo marcado pela grande rivalidade (muito maior por parte dos paranaenses que pelos paulistas), passará de fase quem errar menos nos domínios rivais. Por isso achei importante decidirmos em casa este duelo. Depois de oito sorteios seguidos, o São Paulo decidirá a vaga no Morumbi. Pode ser uma ótima vantagem.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Sem polêmicas: Pintado é ídolo eterno e não guarda mágoa do São Paulo!

Os duelos contra o São Caetano pelas quartas de finais do Campeonato Paulista 2018 marcarão também o encontro do Tricolor com um de seus grandes ídolos. Pintado, volante campeão da Libertadores e Mundial em 1992 é o técnico do Azulão.

 

Tenho visto tentativas de jogá-lo contra o Tricolor devido a sua conturbada saída no ano passado. Pintado era auxiliar técnico do clube e foi demitido na época da chegada de Dorival Junior. Ele também se envolveu em uma polêmica com o meia Cueva naquele período. O pior é que essa tentativa em se criar uma atmosfera “São Paulo x Pintado” vem do próprio torcedor, em grupos de whatsapp e redes sociais.

 

Vamos deixar claro: Pintado é ídolo do São Paulo e ponto final. Isso não se apagará nunca. Além do mais, o profissional negou mágoa com o ex-clube em entrevista ao Globoesporte.com. “São opções, né? Tanto da diretoria do clube como da comissão técnica nova que chegou na época. Cada um tem sua preferência, eu respeitei, nunca contestei nada disso. Com o Rogério (Ceni), com o (Edgardo) Bauza, o Ricardo Gomes, eu tive total abertura para trabalhar, um relacionamento muito bacana, inclusive fico feliz de ter aprendido com esses profissionais o que eu coloco em prática” – afirmou Pintado ao portal.

 

O que veremos é um Azulão com a cara de seu comandante: aguerrido, bem postado e com vontade de vencer. Isso é natural do próprio Pintado e cabe ao São Paulo como clube grande passar de fase. Sem polêmicas, sem mimimi e com a bola rolando.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.