Search Results For : História

Dybala, astro da Juve, revela que teve camisa do São Paulo em sua coleção

O meia argentino Paulo Dybala, astro da Juventus (ITA) e integrante da seleção de seu país na Copa do Mundo FIFA Rússia 2018™, revelou um grande carinho pelo futebol brasileiro, inclusive com presença de algumas camisas de clubes do país em sua coleção.

 

Em entrevista ao canal Pilhado (Youtube), o meia disse ter uma camisa do Rogério Ceni em sua coleção e que na infância curtia os jogos entre brasileiros e argentinos na Libertadores. “Na Libertadores, o Brasil e a Argentina sempre chegavam com força. Os grandes clubes do Brasil, como São Paulo, Santos, Grêmio e Fluminense sempre enfrentavam equipes argentinas. Eram partidas lindas de se ver” – disse ele ao canal.

 

Nascido em novembro de 1993, certamente Dybala acompanhou o terceiro título da Libertadores e Mundial conquistados pelo Tricolor em 2005. Aquele também foi o melhor ano da carreira de Rogério Ceni.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São-Paulino ‘desvaloriza’ Cueva após pênalti perdido contra a Dinamarca

O meia Cueva não correspondeu a torcida peruana (e por tabela o torcedor do São Paulo) na estreia da sua seleção na Copa do Mundo FIFA Rússia 2018™. O jogador teve participação decisiva ao perder um pênalti ainda no primeiro tempo de jogo, quando o placar ainda não estava aberto.

 

A Dinamarca venceu a partida por um a zero e saiu na frente no grupo C.

 

O pênalti perdido foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais durante a duração do jogo. No caso do torcedor são-paulino, ficou evidente a preocupação com a desvalorização do jogador no futebol internacional após o tento desperdiçado. Muitos até ‘desvalorizaram’ o meia após a decisiva atuação. Vale lembrar que Cueva possui contrato até 2021, multa superior a 30 milhões de euros e chama muita atenção do mercado. A tendência é que o atleta seja negociado pelo valor integral da multa, sem descontos.

 

Pênaltis não são especialidade do jogador. Desde que chegou no São Paulo, Cueva bateu quinze penalidades e converteu dez, ou seja, um terço ele perdeu na marca do cal. O penal mais famoso foi contra o Corinthians, no Brasileirão de 2016. A famosa “Cuevadinha”.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo prepara ex-atleta da base para a vaga de Marcos Guilherme

O atacante Paulinho (ex-Paulinho Bóia), pode ser uma das surpresas na escalação do São Paulo para a partida de “seis pontos” diante do Internacional, às 21h30 no Morumbi.

 

O camisa 26, que segundo o UOL vem sendo preparado pelo técnico Diego Aguirre para a função no lado direito do campo, entrou em uma “gelada” (com o time perdendo para o Palmeiras, no Allianz Parque) e mostrou bom serviço, arriscando dribles e chutes na meta palestrina. Valdívia, concorrente na posição, não poderá atuar nesta terça.

 

Paulo Henrique Pereira da Silva, o Paulinho, estreou no profissional no dia 24 de fevereiro e não atuava desde o dia 28 de fevereiro, em partida diante do CRB, válida pela Copa do Brasil. O jogador é uma das grandes apostas de Luiz Cunha, ex-diretor de futebol do São Paulo. O ex-dirigente aposta no potencial de Paulinho desde a época em que comandava as categorias de base, em Cotia.

 

Vale a aposta no jogador. Paulinho é rápido e de drible fácil. A juventude também é um bom contraponto a experiência de Diego Souza e Éverton. Tanto ele como Morato podem ser testados no setor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tricolor terá argentinos e colombianos em sua trajetória na Sul-Americana

A Conmebol sorteou os confrontos da Sul-Americana na noite desta segunda-feira, no Paraguai. O São Paulo pegará o argentino Cólon na próxima fase da competição. O primeiro jogo acontecerá no dia 18 de julho no Morumbi e a segunda partida acontecerá dia 01 de agosto na província de Santa Fé.

 

O estádio que espera o Tricolor no jogo de volta desta fase é o Estádio Brigardier General Estanislao Lopéz (foto), que comporta 36.500 espectadores. Pela capacidade, não se trata de um estádio acanhado.

 

Caso passe pelos argentinos, o Tricolor terá Lanús (ARG) ou Junior Barranquilla (COL) como adversário, pelas oitavas de finais da competição internacional.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Quem ‘manda’ no confronto direto entre São Paulo e Botafogo? Veja aqui:

Quarenta e duas vitórias do São Paulo, trinta e oito vitórias do Botafogo e vinte e três empates. Este é o saldo atual da história dos confrontos diretos entre dois dos clubes mais tradicionais do Brasil desde o primeiro jogo, no dia 10 de julho de 1940.

 

Apesar da leve supremacia, a maior goleada é dos botafoguenses: 8×1, justamente na primeira partida entre os dois clubes. A vitória mais épica do São Paulo sobre o seu adversário carioca foi em 1981. A equipe venceu por 3 a 2 no Morumbi pelas semifinais do Brasileiro. Uma outra expressiva vitória Tricolor causou muita polêmica na época: o 6 a 1 do São Paulo no Campeonato Brasileiro de 1999 foi revertido na justiça pelo clube carioca pela escalação irregular de Sandro Hiroshi pelo São Paulo. O episódio inviabilizou a realização do Campeonato Brasileiro no ano seguinte por alterar a classificação do rebaixamento.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.