Search Results For : Mercado

Tricolor avalia lateral direita e Marcos Rocha interessa ao clube!

O São Paulo está no mercado a procura de jogadores para o elenco e o nome do lateral direito Marcos Rocha, do Atlético Mineiro, interessa aos diretores do clube. O jogador tem sido pouco aproveitado pelo Galo e ainda não completou sete partidas no Brasileirão, fato que o habilita em uma possível transferência entre times da série A da competição.

 

O interesse, trazido a público pelo Globoesporte.com, é real, porém a contratação ainda não foi consumada. O fato é que, se vier, Marcos Rocha ganharia com facilidade a concorrência no setor, atualmente ocupado por Buffarini e Bruno. Contratado na ‘era’ Bauza, o argentino Buffarini é avaliado pelo clube como um jogador de muita vontade mas pouco técnico. Já Bruno, trazido ao São Paulo por Muricy Ramalho, também não tem a confiança dos torcedores.

 

Campeão da Libertadores pelo Galo, Marcos Rocha é apenas um dos jogadores procurados pelo São Paulo neste meio de ano. O clube ainda corre atrás de um ou dois atacantes (Marcos Guilherme é um deles) e um zagueiro, indicado por Dorival Junior.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Hernanes: contratação de peso, que anima o time e a torcida!

Hernanes, “o profeta”, voltou para o São Paulo Futebol Clube. O meia de 32 anos, que pertence ao Hebei Fortune (CHI), retornará ao Tricolor em um empréstimo gratuito de um ano, com salários reduzidos ao seu atual vencimento na China. A notícia foi dada por volta das sete e meia da manhã para a torcida através das redes sociais oficiais do clube.

 

A contratação de Hernanes era remota até a noite de terça-feira. Não adaptado na China, a previsão era de volta a Itália, país mais adaptado aos filhos do jogador. A reviravolta ocorreu justamente na madrugada de terça para hoje. Hernanes deve chegar neste final de semana e se juntar ao grupo para os próximos jogos do Campeonato Brasileiro.

 

É contratação para mudar o patamar do meio-campo do time. Jucilei e Petros são excelentes jogadores mas precisavam de um jogador para ligar o meio ao ataque. A contratação pode auxiliar o crescimento de Cueva. Sem propostas para sair, o meia peruano deve voltar ao seu ritmo normal de jogo.

 

O Tricolor não para por aí: Marcos Guilherme deve chegar ao Morumbi (com o goleiro Léo a caminho em definitivo para o Atlético Paranaense) e pelo menos mais uma ou duas contratações poderão ser anunciadas nos próximos dias.

 

O negócio é comparecer no Morumbi e torcer. Muito…

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lucão por Marcos Guilherme? Boa troca mas o São Paulo precisa mais…

A notícia vem do jornalista Jorge Nicola, do Yahoo. Precisando de um atacante de velocidade, o São Paulo toparia ceder o zagueiro Lucão para a Croácia em troca do atacante Marcos Guilherme, do Atlético Paranaense, emprestado ao Dínamo Zagreb. O empréstimo seria de uma temporada com direitos de compra fixos.

 

Marcos Guilherme despontou no furacão e na seleção brasileira de base, foi para o Dínamo e não se adaptou. Seu estilo de jogo é parecido com o de Dudu, do Palmeiras. Em 131 jogos pelo CAP ele anotou 15 gols (inclusive contra o Tricolor) mas vive jejum na Croácia. Seria opção pelas pontas em uma das posições mais carentes do elenco. Wellington Nem, Denílson e Marcinho são os velocistas que atuam pelos lados.

 

A troca é boa, sobretudo porque Lucão não tem chance alguma de voltar a jogar pelo Tricolor, mas o São Paulo precisa mais que o Marcos Guilherme. Precisa de um atacante de nome para atuar ao lado de Lucas Pratto. Alguém capaz de absorver a pressão pela crise e a zona da degola e realmente criar chances para o matador Tricolor. A diretoria tem obrigação de reforçar o elenco, já que as peças que vieram são muito mais reposições que reforços.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Mea culpa: eu acreditei em Wellington Nem no São Paulo Futebol Clube!

Mea culpa (em português, mea-culpa) no Wikipédia significa uma frase latina que, em português, pode ser traduzida como “minha culpa”, ou “minha falha”. Consiste num pedido de perdão ou num reconhecimento da própria culpa.

 

Tenho que fazer uma mea culpa no caso de Wellington Nem, jogador que pedi, acreditei e banquei no São Paulo Futebol Clube através de textos no blog e também conversas com profissionais do mercado e do Tricolor.

 

O Wellington Nem que queria ver no Tricolor era aquele garoto que nasceu nas categorias de base do Fluminense, foi cogitado para a seleção olímpica de 2012, estourou no Figueirense de Jorginho e foi muiticampeão em 2012 no time de Fred, Conca e Muricy Ramalho. O Wellington Nem que eu queria era o campeão da Taça Guanabara, Campeonato Carioca e Campeonato Brasileiro de 2012, com assistências que “fizeram a fama” de Fred no Tricolor Carioca. Queria o Wellington Nem campeão pelo Shakhtar Donetsk em 2013/2014.

 

Infelizmente não deu certo. O atacante, com contratação aprovada por 99% da torcida, animou na pré-temporada, chegando a ser chamado por Rogério Ceni de ponto de desequilíbrio no time. As lesões musculares o atrapalharam muito; a gente vê um atleta sem o arranque de outrora, além da falta de confiança que também assola o elenco neste momento.

 

Peço desculpas. O Wellington Nem que eu imaginava que seria o maior assistente dos centroavantes do clube, tal qual foi no Figueirense, Fluminense e no seu primeiro ano no Shakhtar não existe mais. A experiência necessária para um Tricolor com falta de títulos deu lugar a falta de explosão, antiga marca registrada do atacante. Hoje não vemos nem sobra do garoto que prometia muito não só para os clubes como também para a seleção brasileira.

 

Seu lugar deve ser passado para Marcinho, Lucas Fernandes ou até Léo Natel ou Brenner. Infelizmente não consigo mais ver Wellington nem em campo, a não ser que ocorra um verdadeiro milagre do futebol.

 

Mil desculpas, amigos. Errei!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Mesmo no BID, Centurión não será mais aproveitado no elenco do São Paulo!

Centurion foi novamente inserido como jogador do São Paulo no BID. O jogador apareceu no registro brasileiro de atletas nesta quarta-feira. Mesmo assim a chance de se integrar no elenco e jogar pelo clube é mínima. Digamos, quase zero.

 

Campeão pelo Boca Juniors e valorizado na Argentina durante seu empréstimo, o atacante deverá ser vendido ainda nesta janela de transferências e o dinheiro deverá fazer parte do plano de compra do volante Jucilei.

 

Além do alto valor no mercado, o São Paulo possui muitos atletas estrangeiros e a permanência de Centurión no elenco limitaria ainda mais o uso dos gringos nas partidas. Com seis estrangeiros, o Tricolor já é obrigado a tirar um para obedecer a lei do Campeonato Brasileiro.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.