Search Results For : Mercado

São Paulo lucrará com transferência do ‘goleiro mais caro da história’

Nação do Maior do Mundo;

 

Nesta segunda-feira, o Manchester City acertou a chegada do goleiro brasileiro Ederson, de 23 anos. Ele sairá do Benfica, clube que defende há três anos, para substituir o inconstante chileno Claudio Bravo. Segundo o jornal inglês The Guardian, o negócio está na casa de 35 milhões de libras (cerca de R$ 146,38 milhões) e, de acordo com a ESPN Brasil, esta é a maior transação da história de um goleiro.

 

O São Paulo, clube formador de Ederson, receberá uma parcela da transação pelo mecanismo de solidariedade dos clubes formadores. O goleiro passou pelo Tricolor em 2008 e 2009, quando foi negociado para o clube português.

 

Outros jovens goleiros com sucesso pelo Brasil e exterior passaram pela base Tricolor. Um deles é Fabiano, atualmente titular no Fenerbahçe (TUR). Outro é Léo, emprestado ao Paraná Clube. O goleiro chegou a ficar 1.170 minutos sem tomar gol e é destaque da equipe.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Calleri virá ao Brasil e é aguardado no São Paulo para uma visita informal

Nação do Maior do Mundo;

 

O atacante Calleri chegará no Brasil nesta semana. Liberado pelo West Ham, clube que atuou sem nenhum brilho na última temporada inglesa, o argentino será recebido pelos dirigentes Tricolores para um encontro ‘informal’.

 

Oficialmente, nada de negociações. Calleri voltará ao Morumbi para agradecer o tratamento dado pelo clube em sua rápida e inesquecível estadia. O argentino passou momentos de alegria e tristeza no clube e vem para renovar a gratidão e manter a diplomacia para no futuro um dia poder voltar a jogar no Tricolor. Seu pai vive dizendo que, no Brasil, Calleri só joga no São Paulo.

 

Conforme escrito no post do dia 25 de maio, as chances de retorno imediato são remotas. De férias, Calleri deverá aguardar toda a janela européia e só ter seu destino revelado após negociações com os clubes do velho continente. A chance de jogar no Brasil (e no Tricolor) só aconteceria se o atacante não recebesse nenhuma proposta que o agrade. Aí o argentino poderia novamente virar vitrine no Morumbi.

 

Segundo o grupo que controla seus direitos, o destino do atleta será a Espanha.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Lugano fora dos planos do São Paulo!

Nação do Maior do Mundo;

 

O zagueiro Lugano está fora dos planos do São Paulo Futebol Clube. A informação é do jornalista Robson Morelli, do Estado de São Paulo. Segundo matéria publicada por ele no Estadão, o clube não renovará o contrato que acabará em junho.

 

O jornalista foi enfático em sua matéria. Sem Lugano, com Breno emprestado ao Vasco, e com a possibilidade de perder Rodrigo Caio para o futebol europeu, o Tricolor deverá se mexer para contratar um zagueiro de qualidade nos próximos dias. Especulações não faltam: desde a repatriação de medalhões como Miranda ou Rhodolfo até a busca de opções ‘nacionais’ como Luiz Otávio (Chapecoense), especulado nas últimas horas.

 

Para mim, bobagem do São Paulo se não renovar. É sabido que Lugano não aguenta jogar partidas seguidas, mas não comete graves besteiras como outros zagueiros do elenco. Isso sem falar de ‘gratidão’, que é um plus, não o principal. Apesar da convicção de Robson Morelli, ainda creio em um acordo para manter o uruguaio no elenco. Sem ele, as opções de zaga ficarão escassas: Militão (jovem que Rogério recomenda atuar como primeiro volante) e os limitados Lucão e Douglas. Isso se contarmos com Rodrigo Caio para o resto da temporada, coisa que acho difícil.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Por enquanto, chance quase zero. Calleri deverá permanecer na Europa.

Nação do Maior do Mundo;

 

Calleri chegou no início do ano passado ao São Paulo como oportunidade de negócio. Sua repentina chegada criou atrito e a saída prematura de Kieza para o Vitória. A passagem, que prometia ser fullgás, foi tão intensa que nem atleta nem torcida imaginavam tanta identificação.

 

Calleri e seu staff pegaram paixão pelo Tricolor, tanto é que seu pai faz questão de dizer até hoje que, no Brasil, só jogará pelo São Paulo. Sua saída do WestHam criou expectativa entre os torcedores do São Paulo, mas o fato é que o atacante só não permanecerá na Europa caso aconteça uma hecatombe daquelas muito, muito improváveis.

 

Seu destino deverá ser a Espanha, conforme antecipou Mauro Cezar Pereira em seu blog. O Palmeiras até consultou o jogador, para ser suplente ou até brigar pela vaga com Borja, mas já ouviu de seus representantes a vontade ‘corporativa’ de permanecer na Europa.

 

Calleri voltará ao São Paulo, disso não tenho dúvidas, mas é muito improvável que seja neste momento. A chance é quase zero. Tanto o jogador como o Tricolor tem outras prioridades. O São paulo precisa se reforçar em outros setores e os representantes de Calleri não querem o jogador na América do Sul agora.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

A importância da MRV/Intermedium nas futuras contratações do São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

Já é notória a chegada da MRV/Intermedium como patrocinador master do São Paulo Futebol Clube para os próximos anos. O Globoesporte.com publicou uma matéria com bastante detalhe sobre o acordo, porém neste post ressaltaremos um importantíssimo ponto para o torcedor.

 

O valor do patrocínio (cerca de R$ 40 milhões em três anos) não é alto como o de alguns clubes como Palmeiras e Flamengo. A grande diferença a ser notada nos próximos anos é que a MRV/Intermedium atuará decisivamente como avalista do clube em contratações e também em outras transações, como reformas pontuais no Morumbi.

 

O que faz um avalista? Ele fornece as garantias bancárias para bancar aquisições e salários de atletas pretendidos. Isso é, dá a segurança financeira necessária para o São Paulo pensar grande, desde que bem administrado. No popular, avalista é aquele que ‘garante a grana do contratado’, como comissões a empresários, luvas e salários. Foi o que aconteceu na contratação de Lucas Pratto no começo do ano: o investimento foi grande e sem um avalista o São Paulo não conseguiria trazê-lo para o Morumbi. A Intermedium teve participação fundamental nesta negociação e durante três anos terá atuação decisiva na chegada de reforços e melhorias no estádio, por exemplo.

 

É claro; tudo isso só será realmente vantajoso se o São Paulo apresentar uma gestão com foco em vitórias e equilíbrio financeiro. Por isso é fundamental o papel fiscalizador do Conselho de Administração, criado pelo Novo Estatuto. Agora, falando na prática: o grupo MRV/Intermedium já ajuda o São Paulo em duas negociações que, ‘oxalá’, estão bem conduzidas até então. Contratar ou não faz parte do mercado e concorrência do futebol mas já para dizer que o clube, com o auxílio avalista do seu patrocinador, tem muito mais chances de êxito.

 

Os possíveis reforços eu coloquei no post anterior a esse. Leia aqui.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.