Search Results For : Mercado

São Paulo deveria investir todas as suas fichas em um meio-campista!

Nação do Maior do Mundo;

 

As recentes eliminações do São Paulo na Copa do Brasil e no Campeonato Paulista expuseram alguns pontos ainda a serem corrigidos por Rogério Ceni para o restante da temporada, em especial o Campeonato Brasileiro.

 

Além do posicionamento defensivo, principalmente nas bolas aéreas, é nítida a falta de um meio-campo a altura de um clube que deseja ser protagonista em um torneio de regularidade. Jucilei e Cueva são atletas que qualquer time da série A do Brasileirão deste ano gostaria de contar, porém falta algo a mais entre os dois. Ou melhor; alguém “a mais” além deles.

 

O nome sugerido em janeiro pelo blog foi Gabriel, na época sem clube e atualmente defendendo o Corinthians. Com o ex-palmeirense, Jucilei poderia facilmente ser adiantado e jogar na sua função de origem, que é de segundo volante. Porém, Gabriel foi considerado um investimento alto e arriscado para a época. É nítido que entre Jucilei e Cueva existe um buraco não resolvido por Thiago Mendes e Cícero e que também não seria resolvido por Hudson, atualmente no Cruzeiro. Este setor é responsável pela maioria das falhas que resultaram em gols com a bola rolando nesta temporada.

 

Portanto, se há algum capital a ser investido no segundo semestre, este deve ser aplicado no meio-campo. Sugiro uma contratação cirúrgica, para chegar e vestir o uniforme de titular. Pode ser um bom volante a frente dos zagueiros, adiantando Jucilei, ou melhor ainda, um bom armador para distribuir a bola com qualidade. Temos uma boa espinha dorsal mas o fato é que falta ao São Paulo um meio mais dominante, condutor, decisivo e protagonista.

 

O São Paulo precisa deste jogador. Mãos a obra, diretoria!

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Boca fará ‘loucura’ por Centurión. São Paulo precisa ter cautela!

Nação do Maior do Mundo;

 

Saiu no portal argentino Toda Pasion: o Boca Juniors está disposto a fazer uma loucura para contratar Centurión. Segundo o portal, o clube argentino pretende pagar 110 milhões de pesos (cerca de 6,3 milhões de euros) para contar definitivamente com o jogador.

 

A princípio o negócio seria ótimo para o Boca, para Centurión e também para o São Paulo, já que o jogador não rendeu o esperado pelo clube desde a chegada no CT da Barra Funda. Apesar de ter sido ‘contratado’ por Vinícius Pinotti, atual diretor de marketing que na época emprestou o dinheiro ao clube, Centurión é propriedade do São Paulo, que pagará o diretor não necessariamente pela provável venda.

 

Porém, o Tricolor deve ficar atento com a atual fama de caloteiro do Boca Juniors. Quem não se lembra da compra do uruguaio Lodeiro junto ao Corinthians? Pagaram os alvi-negros? O Boca é grande e possui receita mas de qualquer forma, na minha opinião, não dá para negociar o atacante se não for a vista e com garantia bancária.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo obtém lucro incrível com venda de 50% de Rogério ao Sport

Nação do Maior do Mundo;

 

Enfim, o Sport exerceu o poder de compra do atacante Rogério.

 

O clube pernambucano, que já havia comprado 25% dos direitos do jogador junto ao Náutico em 2016 por R$ 2,5 milhões, agora desembolsou mais R$ 3,5 milhões de reais por mais 25% e o direito de ficar com o atleta. Segundo o presidente do Sport, Arnaldo Barros, era desejo de Rogério permanecer no Leão da Ilha. Os outros 50% ainda pertencem ao Tricolor.

 

Pois bem. Se Rogério optou pelo Sport, é melhor ficar por lá mesmo. O São Paulo, que comprou 100% do atleta por R$ 1,6 milhões, no total ganhou R$ 6 milhões com a venda de metade dos direitos econômicos. Um lucro de R$ 4,4 milhões e que pode ficar ainda maior numa futura venda. Agora, o Tricolor tem obrigação de correr atrás de um atleta com as mesmas características para o Brasileirão, já que era desejo de Ceni contar com o xará, até antes do torneio nacional. Centurión poderá voltar mas o clube conta com a sua também valorização para, de preferência, faturar em cima da ótima fase no Boca.

 

Eu miraria a América do Sul. Principalmente gente que se destacará na Libertadores.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Valdívia interessa ao São Paulo. Mas…

Nação do Maior do Mundo;

 

O torcedor do São Paulo se animou com a possibilidade de contratar o meia Valdívia, do Internacional. E ficou ainda mais motivado após a desistência do Corinthians, que pretendia um troca-troca envolvendo Giovani Augusto.

 

A coisa ficou ainda mais intensa após a re-divulgação de uma entrevista do meia ao canal Desimpedidos. Ao ser questionado pelo apresentador “Bolívia”, o jogador disse que torcia para o Tricolor na infância e até brincou: “Em São Paulo, o maior clube é o São Paulo”.

 

Porém, a contratação é complicada. O clube obviamente tem interesse em Valdívia, mas não sairá da sua adequação financeira. O jogador possui altos salários no Colorado e, caso viesse por empréstimo, não poderia jogar nem o Paulistão nem a Copa do Brasil. Fazendo as contas, é muito dinheiro para poucas partidas. Ainda há o agravante da recente lesão do atleta. Valdívia está recuperado mas ainda não mostrou a explosão que o fez ser conhecido nacionalmente.

 

Diante das dificuldades, vejo a contratação como praticamente inviável, a não ser que os números melhorem ou exista uma possibilidade de troca. Wesley, como foi ventilado? Não acredito.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Éverton Ribeiro: São Paulo e Flamengo tem até terça para viabilizar reforço

Nação do Maior do Mundo;

 

São Paulo e Flamengo são os brasileiros que disputam Éverton Ribeiro.

 

O jogador, que recentemente ganhou mais um título com o Al-Ahli (seu atual clube), deseja retornar ao Brasil. Os árabes não se opõem ao regresso do meia-atacante, mas fixaram o preço do atleta a um valor que dificulta a transferência. Além do mais, há os salários e também o pagamento da comissão do empresário responsável pelo tramite.

 

Há muita expectativa nos torcedores dos dois clubes. O Flamengo tem caixa gordo pelos últimos anos de boa gestão, mas não quer perder esse crédito fazendo uma loucura. Por outro lado, o São Paulo tenta viabilizar com algum parceiro a chegada do reforço que pode ter uma conotação política forte para Leco. O Tricolor decide novo presidente dia 18 de abril.

 

Quem está na frente? Não tenho nenhuma informação mais concreta além do interesse e das contra-propostas claras enviadas de ambos os clubes ao Al-Ahli, mas vai aí um palpite: devido a complexidade da negociação e o término da janela ser essa terça, dia 04 de abril, creio que Éverton Ribeiro terá que ficar mais uma temporada no Oriente médio, a não ser que rescinda seu contrato, o que é difícil.

 

Vale lembrar que a disputa por éverton Ribeiro não é “Flamengo x São Paulo” e sim ambos contra o Al-Ahli. Será que algum deles conseguirá dobrar o clube árabe a tempo de repatriar o jogador?

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.