Search Results For : Mercado

Leila Pereira confirma: houve conversas entre Crefisa e São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

“Não sei se foi um pouco depois ou um pouco antes de fecharmos com o Palmeiras, mas o São Paulo procurou nosso departamento de marketing. Conversamos, mas não havia possibilidade. Somos muito ligados afetivamente ao Palmeiras” – Foi assim que Leila Pereira, mandatária da Crefisa ao lado do marido José Roberto Lamacchia, confirmou em entrevista ao UOL que de fato houve conversas entre a empresa e o Tricolor.

 

Segundo o que apurei, a aproximação ocorreu antes da aparição do Palmeiras. Ainda na época de Aidar, o São Paulo chegou até a estar próximo de um acordo com a o grupo que hoje veste a camisa do Palmeiras. A negociação aconteceu entre os departamentos de marketing das duas partes. Paulo Nobre, na época presidente do Palmeiras, descobriu a investida Tricolor e ligou diretamente para o casal que comanda toda a operação. Leila e Lamacchia não tiveram dúvidas: desfizeram o acordo do marketing aos quarenta e cinco minutos do segundo tempo e iniciaram a história que tem até hoje com o rival.

 

“Não havia possibilidade de patrocinar o São Paulo” – concluiu Leila na entrevista.

 

O São Paulo está prestes a anunciar um novo patrocínio master. Veja aqui.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

As novidades no patrocínio master!

Nação do Maior do Mundo;

 

O Banco Intermedium deverá ser mesmo o patrocinador master do São Paulo.

 

Segundo o Diário Lance!, detalhes importantes foram concluídos na última quarta-feira, inclusive com a participação de mais uma marca do grupo no uniforme do Tricolor: a MRV Engenharia. Deste modo, segundo a matéria publicada, o total do investimento seria em algo em torno de R$ 23 milhões.

 

O banco já fazia parte do hall de patrocinadores desde janeiro mas ao que tudo indica ele fará um investimento maior, passando para a área mais nobre da camisa. Publiquei matéria no fim do ano passado, comentando detalhes do trabalho do Marketing em 2016, valorizando sobretudo a volta da credibilidade do clube na captação de patrocinadores em relação ao período que Aidar esteve a frente da presidência. De acordo com a matéria publicada no Lance!, caso as negociações com a Intermedium evoluam, o clube deverá alcançar algo em torno de R$ 35 milhões com as marcas na sua camisa. Atualmente o São Paulo conta com a Corr Plastik nos ombros (por um período no peito por causa de um acordo), Joli, Urbano e Poty.

 

Além da camisa e propriedades do estádio, o Marketing contabiliza os rendimentos do Sócio Torcedor, aluguel para shows (teremos U2 e Bruno Mars neste ano), camarotes e parceiros dentro do Morumbi e merchandising com as lojas e produtos licenciados. Ainda há uma iminente oportunidade de renda futura em cima de telões que estão em negociação, mas esse assunto ficará para um oportuno post.

 

Repito o que escrevi em 2016: ainda há muito o que melhorar no setor, principalmente nas lojas, nos produtos e em conforto aos que vão ao estádio. Mas também se percebe uma nítida evolução em relação a tempos passados. lembrando que não somos abençoados por uma “pai-trocinadora” que banca até jogadores, nem por um banco estatal.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Sai Schmidt, entra Militão!

Nação do Maior do Mundo;

 

O torcedor tem muitos motivos para estar insatisfeito com o desempenho do Tricolor nesta temporada, exceto um: a falta de atletas de base no elenco profissional.

 

Desde o início deste ano o grupo está recheado de jovens formados em Cotia, uma das mais frequentes e antigas exigências da torcida. O mais recente deles, promovido de vez nesta quarta-feira, é Éder Militão. O atleta, que atuou ora como volante ora como zagueiro nas categorias inferiores e nas seleções de base do Brasil, ‘brigará’ com Wellinton pela condição de primeiro reserva de Jucilei no meio campo Tricolor.

 

Quem acompanha o blog já ouviu falar do jogador em um post publicado em novembro do ano passado. Militão é alternativa para a saída iminente de João Schmidt, que não renovou com o Tricolor e está de malas prontas para a Itália. Com Militão, o elenco passará a contar com doze atletas originários da base. É o elenco com mais jovens promovidos da história do clube, incluindo a era dos “Menudos” de Cilinho. Na verdade, aquele apelido era enganoso: os então jovens Muller, Silas e Sidney brilharam num elenco repleto de ‘macacos velhos’ como Pita, Careca, Nelsinho, Oscar, Darío Pereyra e até Paulo Roberto Falcão.

 

Apesar da promoção, não creio que o meio-campo seja reforçado apenas com o jovem Militão. O técnico pediu e a diretoria trabalha por mais uma aquisição neste setor. Segundo Rogério, seria um nome para chegar vestindo a camisa de titular.

 

Aguardemos…

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO: os atletas que poderão sair do clube no segundo semestre

Nação do Maior do Mundo;

 

O elenco atual do São Paulo conta com 35 jogadores, número considerado alto pela Comissão Técnica do clube. Rogério Ceni já disse em entrevista que deseja contar com 29 atletas destes que estão à disposição e ainda sim promover contratações pontuais.

 

O elenco atual conta com três goleiros: Renan, Denis e Sidão, além de Lucas Perri. É a medida ideal no elenco, para compor treinamentos e jogos. Apesar de contar com os três primeiros citados para o restante da temporada, há interesse em uma nova contratação no gol, porém não alterará o número de atletas desta posição no elenco.

 

Já na defesa, ao menos um zagueiro deverá sair do clube. Lugano encerrará seu contrato no meio do ano mas a tendência é que permaneça no elenco pois há um consenso entre diretoria, torcida e técnico para sua manutenção até o fim do ano. Deste modo, Douglas e Breno estão na mira da porta de saída. Isso se não vierem propostas para Rodrigo Caio, Maicon e Lucão. As especulações no meio do ano serão grandes.

 

As laterais estão enxutas e acredito que não haverá alteração no setor para este semestre. No meio-campo, João Schmidt é saída certa para o Atalanta (ITA) porém, outro meio-campista deverá ser negociado nesta temporada. Um dos atletas com mais perfil de saída neste elenco é Wellington. O volante tem mercado no Brasil e uma das idéias da Comissão Técnica será incorporar de vez o jovem Éder Militão no profissional. A tendência é que Lucas Fernandes, totalmente recuperado de contusão, permaneça no elenco mas o jovem precisa voltar rapidamente ao ritmo de jogo. Shaylon tem proposta de empréstimo para o Guarani e Wesley, apesar do alto custo/benefício, deve permanecer.

 

No ataque, devemos ter duas saídas. A primeira delas é de Chavez. O contrato de empréstimo com o Boca acaba no meio do ano e o argentino deve retornar ao seu clube de origem. A outra dispensa deve ser o recém contratado Neílton. Apesar de Rogério valorizar as qualidades do jogador nas recentes entrevistas, o atacante tem bom mercado interno e pode ser usado como moeda de troca com clubes interessados.

 

Portanto, os nomes que mais correm risco de ficar de fora do elenco neste momento são Douglas (ou Breno), João Schmidt, Wellington, Chavez e Neílton. Porém, existe a boa possibilidade de novas saídas (como a de Shaylon) pois o clube trabalha com ao menos um ou dois reforços para o meio do ano.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lugano até o fim do ano!

Nação do Maior do Mundo;

 

O desejo da maioria da coletividade Tricolor deverá ser realizado. O zagueiro Lugano, que tem seu contrato válido até o dia 30 de junho, será chamado nos próximos dias para negociar a permanência no clube.

 

Ídolo Tricolor e um dos pilares do elenco campeão da Libertadores e Mundial de 2005, o atleta de 36 anos recebeu elogios do técnico Rogério Ceni, que o definiu como “peça muito importante” devido a sua experiência, postura e liderança no elenco. Lugano não é titular e é sabido que não suportaria a sequência de jogos do calendário, mas nas vezes que entrou em campo não decepcionou o torcedor.

 

A decisão dos diretores é de contar com o uruguaio. Leco, que fechará a Comissão de Administração do Tricolor até quarta-feira, deverá sugerir aos seus pares a manutenção do atleta. O desejo da torcida também influencia na decisão: a enquete promovida pelo Blog em abril conta contou 2.637 votos. Deste total, 2.060 votaram na permanência do jogador, uma porcentagem de mais de 78% do cenário em favor da sua permanência.

 

A ideia é prorrogar o contrato de Lugano até o final do ano e, quem sabe, promover uma despedida no Morumbi no fim de 2017. Ninguém comenta sobre isso porque o atleta não anunciou publicamente o desejo de encerrar a carreira.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.