Search Results For : Opinião

OPINIÃO Botafogo 3×4 São Paulo

Jogo emocionante do começo ao fim no Rio de Janeiro. Daqueles que qualquer torcedor do São Paulo gostaria de viver ao vivo e em cores. Depois de estar perdendo por 3×1, com direito a frango de Renan e pênalti perdido por Cueva, o Tricolor correu atrás e, com gols do Profeta Hernanes e o ligeirinho Marcos Guilherme, venceu o ótimo Botafogo. A equipe de Dorival volta com três pontos preciosíssimos do Rio de Janeiro e de quebra vence sua primeira partida fora do Morumbi.

 

O primeiro tempo do Tricolor não foi legal. Apesar de ter aberto o placar (Cueva, numa vacilada da zaga alvi-negra), o time foi desatento demais no gol de empate, marcado segundos depois da bola voltar a rolar. Como se não bastasse, Renan também falhou clamorosamente na virada botafoguense: o goleiro aceitou uma bola fácil da intermediária, que pôs números finais do primeiro tempo. Um erro absolutamente individual.

 

O Tricolor voltou para a segunda etapa decidido a empatar o jogo. Adiantou suas linhas e acuou os donos da casa, porém ainda sem chances evidentes de gol. Dorival arriscou colocar dois atacantes de velocidade, tirando Marcinho e Petros, recuando Hernanes. Curiosamente, na sua primeira jogada rumo ao gol, Nem caiu na área e o juiz decretou pênalti, não existente. Cueva bateu com muita displicência e telegrafou a bola nas mãos de Gatito. Um minuto depois, mais um gol do Botafogo, em bela jogada pela direita.

 

Tudo perdido? Mais uma derrota fora de casa? Tudo levou a crer que sim, quando apareceram as estrelas dos estreantes Hernanes e Marcos Guilherme. Marcos Guilherme diminuiu o placar usando a cabeça, algo que não é sua especialidade. Logo em seguida, Hernanes marcou um belo gol numa puxada de perna esquerda, bem na sua característica. E no gol da heróica virada, Marcos Guilherme mostrou sua real habilidade para a torcida Tricolor: lançamento primoroso de Cueva, arrancada fulminante, calma e chute preciso.

 

Era a tão sonhada (e tão improvável) virada. Para desespero dos donos da casa e de muito torcedor são-paulino que nas redes sociais se esqueceu do restante do jogo e passou a reclamar do Renan, da diretoria, Do Cueva, da vida… Para estes eu digo a frase de sempre: aqui é são Paulo, o Clube da Fé. Quer reclamar? Deixa para reclamar depois do apito final!

 

Vitória espetacular e pontos essenciais na tabela, lembrando o histórico 3×2 no mesmo Botafogo, na semifinal do Brasileiro de 1981. Porém, é preciso calma. Falta muito para sairmos da colocação ridícula que estamos, mas não dá para negar que o time vem reagindo e demonstrando que pode sim, sair dessa colocação que não condiz com sua grandeza. Tenho certeza de um bom público contra o Coritiba, na quinta-feira. Trabalho, força e fé. Muita fé!

 

Nota dos personagens da partida:

Renan Frango do meio da rua. Não pode. Nota: 5,0

Bruno Partida regular, ainda não convence. Nota: 5,5

Arboleda Defesa tomou três gols. Não pode. Nota: 5,5

Rodrigo Caio Defesa tomou três gols, não pode (parte 2). Nota: 5,5

Edimar Gostei da atuação. Básico, com bons cruzamentos. Nota: 7,0

Jucilei Partida regular, com bons momentos. Nota: 7,0

Petros Junto com Jucilei, dá solidez ao meio. Nota: 7,0

Hernanes Estréia com golaço e pirueta característicos. Nota: DEZ!

Cueva Participou bem no jogo todo e fez gol. Pena o pênalti perdido. Nota: 8,5

Marcinho Batalhador, mas não deve ser titular. Substituído. Nota: 5,5

Lucas Pratto Não foi o dia dele. Substituído no segundo tempo. Nota: 5,5

Wellington Nem Sofreu o pênalti, perdido por Cueva. Nota: 6,0

Marcos Guilherme Estréia de gala. Decidiu o jogo. Nota: DEZ!

Gilberto No lugar de Pratto, pouca participação. Nota: 5,5

 

Dorival Junior Novamente teve participação positiva naconquista, colocando o time para frente no segundo tempo. Contou com as estrelas de Marcos Guilherme e Hernanes. Nota: 7,5

 

Torcida do São Paulo Invadiu o Rio de Janeiro. Espetacular!

 

Leia outras notícias do blog São Paulo Sempre aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Multa ‘ridícula’ de Brenner atiça concorrentes e preocupa São Paulo

A conquista do tetracampeonato da Taça BH sub17 na noite desta última quinta-feira não trouxe apenas alegrias para o São Paulo. O clube agora se preocupa em atualizar o contrato da sua maior promessa, o artilheiro Brenner.

 

Com dezessete anos, 46 gols no ano, passagem no profissional com minutos em campo na partida diante do Atlético Paranaense e artilheiro da Taça BH com seis gols em apenas três atuações no torneio, a revelação tem uma multa baixíssima para o mercado brasileiro. Apenas R$ 7 milhões de reais separariam Brenner de qualquer clube do país. Para o exterior a multa muda muito: o clube estrangeiro que quiser contratar o são-paulino deverá pagar ao Tricolor cerca de 40 milhões de euros.

 

Apesar da situação emergencial, a renovação parece estar a caminho. O empresário do atleta gostaria de ver Brenner trilhar uma carreira sólida no Tricolor antes de trilhar o sonho europeu e o São Paulo, bem, é óbvio que o clube quer ver Brenner por mais tempo com o manto. Porém, é bom ficar esperto: muitos clubes brasileiros e internacionais já procuraram o garoto, de olho na multa e no potencial do pequeno artilheiro.

 

Brenner é uma das maiores revelações de mais uma geração promissora de Cotia, que conta com talentos como Rodrigo Nestor, Helinho, Antony e Paulinho.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Vade retro, Centurión. E seja feliz!

Nem deu tempo para Centurión voltar de suas férias para o São Paulo. O Tricolor aceitou de imediato a ‘nova’ oferta do Genoa e o atleta já assinou contrato com o clube italiano. O Genoa pagará ao clube cerca de R$ 13 milhões de reais, o equivalente a 3,5 milhões de euros.

 

Bom negócio para o Tricolor? Sim e não. Se tivesse boa cabeça, Centurión valeria muito mais pois foi muito valorizado com a estadia no Boca Juniors. Porém, as atitudes extra-campo do atleta fizeram com que o São Paulo aceitasse um valor muito próximo ao que adquiriu na gestão Aidar. Aliás, na boca pequena: não sei como o Genoa aceitou pagar por um jogador tão problemático. Parabéns ao empresário!

 

Centurión não deixará saudades. Para deixar claro, o atleta pertence ao diretor do clube, Vinicius Pinotti. Na época da aquisição, Vinicius, até então apenas um torcedor, emprestou dinheiro para o então endividado São Paulo que, por sua vez, entre outras coisas comprou os direitos do jogador, revelação do campeão Racing. O recebimento do valor do empréstimo do agora diretor de futebol do clube já foi acordado entre as partes e não deverá ser o dinheiro recebido por Centurión.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Hernanes será titular. Wellington Nem deve ganhar posição de Gomez

O técnico Dorival Junior não tem dúvida: Hernanes fará sua estréia diante do Botafogo neste sábado, no Rio de Janeiro. O meia já estava em atividade na China e será titular contra os cariocas pelo Brasileirão 2017.

 

Com Hernanes centralizado e cuidando da distribuição criativa no meio-campo, Cueva deverá voltar a jogar pelos lados. Wellington Nem, recuperado de lesão no ombro, brigará por posição com Jonathan Gomez. Neste caso vejo leve vantagem do brasileiro. Dorival gosta do futebol de Nem e quer recuperar a confiança do jogador.

 

Lesionado, Lucas Fernandes fica de fora e Marcos Guilherme não tem data de estréia.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Finanças do São Paulo no caminho certo? Esperamos que sim!

Saiu no Portal UOL: com as vendas de jogadores em 2017, o São Paulo conseguiu reduzir a sua dívida substancialmente. O clube fechou 2017 com R$ 142 milhões em débitos e, em reunião realizada na semana passada, o Conselho de Administração recebeu o montante atualizado: 90 milhões em débitos a pagar.

 

Ainda segundo o UOL, o superavit do ano passado, que foi de R$ 1 milhão, neste ano estará na casa dos R$ 14 milhões, considerando também outras receitas como a chegada do Banco Inter como patrocinador master. Foram até então cerca de R$ 181 milhões em vendas de atletas (sem contar as iminentes saídas de Lucão e Centurión), boa parte delas abatendo as dívidas e outra reinvestida no futebol com as contratações de Petros, Maicosuel, Marcos Guilherme e o empréstimo de Hernanes, por exemplo. Vale ler a matéria completa aqui.

 

O Blog São Paulo Sempre tinha conhecimento extra-oficial dessa substancial diminuição da dívida desde a semana passada e pede constantemente para que a gestão Leco divulgue os números para a coletividade Tricolor como parte da transparência prometida na campanha que o elegeu presidente. É evidente que os números da matéria da UOL são extra-oficiais, mas vem de um canal sério e com credibilidade, portanto devem ser levados em consideração.

 

Se o caminho Tricolor é esse, retomando a saúde financeira sem descuidar das contratações e o fortalecimento do elenco, creio que o clube esteja no caminho certo para retomar seu lugar de merecimento junto aos gigantes, mas é preciso transparência constante na divulgação dos resultados. Já que a coisa parece estar andando, que tal a divulgação de balanços trimestrais ao invés de anuais? Contra números, não há argumentos. Seria mais uma demonstração de que o clube de fato retomou os trilhos administrativos.

 

Ah, lembrando: a saúde financeira do clube pode e deve ser comemorada, mas ainda falta muita coisa a fazer. Um marketing mais atuante, melhor licenciamento, melhorias estruturais no estádio e principalmente organização definitiva no futebol para a retomada dos títulos.

 

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.