Search Results For : Opinião

OPINIÃO São Paulo 0x2 Cruzeiro

Nação do Maior do Mundo;

 

Ducha de água fria e choque de realidade. Os pouco mais de 45 mil torcedores presentes no Morumbi não acreditaram no que viram. Uma derrota fora do esperado diante de um time muito bem armado tornam a Copa do Brasil um sonho distante, pelo menos neste momento.

 

O que se viu nos noventa minutos foram duas propostas diferentes: o São Paulo com sua posse de bola e o Cruzeiro se defendendo e lutando por uma ou duas chances. E a equipe treinada por Mano Menezes se sobressaiu com competência e muita eficiência sobre a equipe dirigida por Rogério Ceni. Não foi um nó tático e sim o sucesso de uma filosofia que privilegia não tomar gols antes de tentar fazê-los. O Cruzeiro esperou os momentos certos e, com duas surpreendentes bolas paradas, matou o Tricolor em seus próprios domínios.

 

A velocidade pretendida com Wellington Nem e Luiz Araújo foi completamente anulada. Os volantes não souberam criar chances de trás e coletivamente o Tricolor foi uma equipe pouco inspirada, apesar da iniciativa com a bola nos pés. Por outro lado, o Cruzeiro esperava uma chance e foi presenteado com duas. Renan Ribeiro não teve chance alguma nas duas bolas que vieram para a sua meta e nós facilitamos não chutando quase nenhuma bola no gol azul.

 

Paciência. Foi a vitória de uma filosofia de jogo; muito bem treinada e executada. A vantagem da Raposa é gigante e só não estamos fora da competição porque nosso nome é São Paulo Futebol Clube. Mas ficou muito, muito difícil. Jogamos por duas bolas contra uma equipe que não toma gols. O foco agora é no domingo. Outra competição, outra motivação, novo objetivo: ir para a final do Paulista.

 

O meu ingresso já está comprado. E o seu? Dependeu desse jogo?

 

Nota dos personagens da partida:

Renan Ribeiro Sem culpa nos gols. Seguro. Nota: 6,0

Buffarini Boa partida, melhor que muitas anteriores. Nota: 6,5

Maicon Ótimo primeiro tempo mas falhas aéreas comprometeram. Nota: 4,5

Rodrigo Caio Falhas na bola aérea Tricolor foram determinantes. Nota: 4,5

Junior Começou bem mas não foi das melhores partidas. Nota: 5,0

Jucilei Combatente e competente na saída para o jogo. Nota: 6,0

Thiago Mendes Pouca eficiência no meio criativo. Nota: 4,5

Cícero Partida irreconhecível. Ruim. Nota: 4,0

Wellington Nem Ineficiente no jogo de velocidade. Nota: 4,0

Luiz Araújo Também não foi eficiente com seu jogo veloz. Nota: 4,0

Lucas Pratto Pior partida pelo São Paulo, coroada com um gol contra. Nota 4,0

Thomaz Tentou pelo meio, mas a defesa mineira estava muito segura. Nota: 5,5

Araruna Entrou bem, cruzando bolas perigosas na área cruzeirense. Nota: 6,0

Gilberto Entrou no bumba meu boi, mas não foi bem. Nota: 4,5

Rogério Ceni Sua proposta é essa: propor o jogo e procurar o gol. Quando encontra alguém que anule as laterais do campo, o time sempre terá dificuldades. O jogo de domingo pode ser semelhante a esse de quinta. Precisa dar um jeito de sair dessa sinuca de bico provocada por bons sistemas defensivos. Nota: 4,5

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OFICIAL Nova camisa 2017/2018: opinião, evento de lançamento e venda online!

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo usará a nova camisa 2017/2018 #1 nesta quinta-feira contra o Cruzeiro mas oficialmente ela já pode ser vista e comprada na São Paulo Mania, loja oficial do clube. Atentem-se ao modelo disponível, jogador ou torcedor. Em breve a Under Armour lançará a camisa #2, treino e viagem.

 

Veja detalhes da nova camisa aqui

 

Para mim, a principal novidade da camisa de jogador é a nova gola em formato “henley” que, junto com a textura de “vibrações” ao redor do escudo do clube, dão um ar mais futurista para este modelo. Segundo a fabricante, os sinais gráficos da nova marca d’água representam a vibração da torcida que chega aos atletas durante as partidas. As mangas predominantemente brancas e o visual clean me agradaram muito. Mexeram pouco e mexeram bem. É linda e, principalmente, é São Paulo!

 

Compre sua camisa e personalize GRÁTIS aqui: http://bit.ly/2p0rWZu

 

Atenção, torcedores da capital paulista: o lançamento do novo uniforme também contará com uma sessão de autógrafos na próxima segunda-feira, dia 17, com as presenças de Gilberto, Luiz Araújo e Júnior Tavares. O evento está marcado para as 19h na loja da Under Armour, no Morumbi Shopping, e será aberto para os torcedores que comprarem a nova camisa na loja no mesmo dia. Programem-se!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Provável escalação e desfalques de SPFC e Cruzeiro pela Copa do Brasil

Nação do Maior do Mundo;

 

São Paulo e Cruzeiro fazem o primeiro jogo da Copa do Brasil nesta quinta-feira.

 

Os relacionados do Tricolor para o jogo são: Renan Ribeiro, Denis, Buffarini, Junior Tavares, Maicon, Rodrigo Caio, Lucão, Lugano, Jucilei, Thiago Mendes, Araruna, João Schmidt, Cícero, Wesley, Thomaz, Shaylon, Luiz Araújo, Lucas Pratto, Gilberto, Wellington Nem, Neilton e Leo Natel.

 

O provável São Paulo para a partida, segundo o histórico de jogos do Tricolor na temporada é: Renan, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares. Jucilei, Thiago Mendes e Cícero. Wellington Nem, Luiz Araújo e Lucas Pratto.

 

Na minha opinião não tem muito o que mexer. O time é esse com Cueva no lugar de alguém. A raposa também vem desfalcada para o jogo. Os principais desfalques são Robinho e Rafael Sóbis. O Tricolor precisará de apoio integral durante todo o jogo para conseguir um bom resultado.

 

Uma dica para quem vai ao Morumbi: com a expectativa de quarenta mil (para mais) torcedores, o ideal é chegar bem cedo, entrar para se acomodar melhor e na saída esperar a aglomeração de torcedores passar. Esse tipo de jogo é prato cheio para batedores de celular travestidos de torcedores.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Torcida única: uma triste realidade!

Nação do Maior do Mundo;

 

Os presidentes de São Paulo e Corinthians pedirão o fim da torcida única nos clássicos envolvendo as duas equipes pelas semifinais do Campeonato Paulista. O Palmeiras, através de seu presidente, também é simpático a ideia. A informação é do Globoesporte.com

 

Torcida única é mais uma medida que aos poucos vai acabando com a graça do futebol no estado de São Paulo. Acho um absurdo os órgãos competentes (ou seriam incompetentes) determinarem este tipo de ação por justamente não conseguirem coibir a violência dos torcedores no estádio e nos pontos de encontro como metrôs e estações de ônibus. Mas infelizmente foi uma medida de sucesso, como contra-argumentará a PM e o Ministério Público.

 

Bem ou mal, o fato é que as ocorrências diminuíram a quase zero após a medida. A sensação de segurança que muitos torcedores tem ao poderem ir ao estádios sem o perigo do adversário também fez aumentar o número de torcedores nos clássicos, permitindo uma média de público muito significativa no Campeonato Paulista. Por isso eu considero quase nula a chance de voltarem com clássicos de duas torcidas. A triste realidade é essa.

 

Deixo aqui um trecho de uma música que adoro, como reflexão não só para o futebol como para muitos setores da nossa sociedade: “As grades do condomínio são para trazer proteção; mas também trazem a dúvida se é você que está nessa prisão. Me abrace e me dê um beijo, faça um filho comigo mas não me deixe sentar na poltrona no dia de domingo. Procurando novas drogas de aluguel nesse vídeo coagido, é pela paz que eu não quero seguir admitindo.”

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Paolo Montero: “É preciso lavar a boca para falar de Lugano”

Nação do Maior do Mundo;

 

A frase acima é de Paolo Montero, um dos ex-jogadores de mais prestígio no Uruguai.

 

Na matéria do site Trivela, o ex-jogador do Peñarol, Atalanta e Juventus (ITA) e atual técnico do argentino Rosario Central, foram abordados diversos assuntos relacionados a seleção uruguaia. Um dos assuntos foi Lugano. Montero destacou a história vencedora e o profissionalismo do zagueiro campeão da Libertadores e Mundial pelo São Paulo. “Lugano é um animal, um ganhador nato.” – disse ele, valorizando o trabalho deixado pelo ex-capitão da seleção celeste.

 

Veja a matéria de Paolo Montero na integra no site Trivela.

 

É um bom momento para tratarmos o ‘caso Lugano’, e serei tão direto como o histórico carrinho no Gerrard em Yokohama: o São Paulo precisa renovar o contrato do uruguaio, ídolo da torcida e um dos líderes do elenco. Não falo só pela história (até porque Lugano está em fim de carreira), mas também pelo momento. Apesar de não figurar entre os titulares, o atleta não decepcionou quando esteve em campo, a não ser quem achava que veria o Lugano de dez anos atrás. Ele ainda faz o arroz com feijão com competência (leia-se: sem lambanças) e tem ajudado bastante no backstage, isso é, na transição Cotia/Barra Funda ao lado de Rogério e a comissão técnica. Com sua experiência, Lugano ajuda os jovens a se posicionarem melhor nos treinos e isso é quase tão importante quanto uma eventual presença em campo. Pagamos caro, mas temos um ‘professor de luxo’ ainda em ativa na Barra Funda.

 

Profissional e vencedor como Paolo Montero fez questão de ressaltar, Lugano ainda tem lenha para gastar, seja dentro de campo ou fora dele. Leco disse que provavelmente renovará o contrato do jogador, se estiver na presidência. Não sei se o clube está trabalhando essa renovação, mas Lugano deve fazer carreira no clube, tal qual Rogério e Pintado.

 

Um patrimônio da raça, glória e profissionalismo.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.