Search Results For : Opinião

Cueva sai do “castigo” prometendo dedicação ao São Paulo. Agora vai?

Cueva está de volta. O jogador foi liberado pela diretoria de futebol e poderá estar à disposição de Dorival Junior para a próxima partida do clube diante o Botafogo, às 17h deste sábado no estádio do Morumbi.

 

Raí, diretor de futebol do Tricolor, comentou a liberação no site oficial do clube. Ele disse que o peruano teve comportamento exemplar nos treinos durante o tempo que ficou afastado e manifestou o desejo de voltar a defender o São Paulo. O atleta também postou mensagens nos stories de seu Instagram, em alusão ao castigo e arrependimento.

 

Cueva será muito importante na nova formação do time de 2018 mas precisa de fato ter foco no São Paulo e não viver entre tapas e beijos com o clube. Quem garante que, por exemplo, ele espane novamente no período próximo a Copa do Mundo? Mesmo assim, vale mais um voto de confiança: o jogador é talentoso e patrimônio do clube. Soltá-lo em baixa no mercado seria ruim pelo investimento feito no início do ano passado.

 

O próximo passo do jogador é retomar a confiança do torcedor, arranhada após as presepadas do início da temporada. Cueva sabe que, para reconquistar a torcida, precisará ter uma ótima sequência de atuações. O desafio está dado!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Madureira 0x1 São Paulo

O Tricolor se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. Em jogo único realizado na cidade de Londrina, a equipe venceu o Madureira pelo placar mínimo e aguarda o classificado entre Manaus e CSA.

 

Não foi um jogo feio. Foi medonho! O São Paulo jogou satisfatoriamente até o gol de Brenner, em um lindo avanço de Marcos Guilherme pela direita. A infiltração e a velocidade são de fato as melhores características dos protagonistas da única grande emoção dentro do Estádio do Café. De resto, um festival de tentativas, erros, passes errados, falta de interesse, ansiedade, testosterona e vaias. Muitas vaias.

 

No final, Rodrigo Caio e Brenner minimizaram a atitude dos pouco mais de quatro mil são-paulinos presentes no estádio dizendo que cumpriram o dever de vencer e se classificar mas a verdade é que o Tricolor perdeu uma grande chance de trazer o torcedor ao seu lado com uma apresentação convincente. O Madureira é o pior time do fraco Campeonato Carioca e mesmo assim teve chances reais de empatar a partida. Como é que vai aplaudir isso? O time venceu e se classificou, mas definitivamente não convenceu.

 

O São Paulo voltará a campo no Paulistão diante do Botafogo no próximo sábado no Morumbi. Alguns jogadores como Edimar, Shaylon e o técnico Dorival Junior estarão sendo observados de perto. Precisamos de um Cueva focado e da chegada dos novos contratados para ontem, para que a batata não comece a assar logo na quinta rodada do estadual.

 

Nota dos personagens da partida:

Sidão – Pouco acionado, uma boa defesa e uma saída em falso. Nota: 5,5
Militão – Partida segura na defesa. Nota: 6,0
Anderson Martins – Tranquilo na defesa, pouco trabalho. Nota:6,0
Rodrigo Caio – Quando foi acionado, mostrou serviço. Nota: 6,5
Edimar – Partida horrorosa. Reinaldo tá pedindo passagem. Nota: 3,5
Jucilei – Partida tranquila na saída de bola e marcação. Nota: 6,5
Araruna – Substituiu até onde deu o suspenso Petros. Nota: 6,0
Shaylon – Tímido e discreto. Nota: 4,5
Marcos Guilherme – O melhor em campo. Ótimo 1o tempo. Nota: 7,0
Brenner – Mais um gol para dar confiança. Nota: 6,5
Diego Souza – Mais uma partida ruim no comando de ataque. Nota: 4,0

Lucas Fernandes – Vontade de acertar. Nota: 5,5
Paulinho – Pouca participação. Nota: 5,5
Bisoli – Uma ótima bola na trave. Nota: 6,0

Dorival Junior – Time está jogando menos do que deveria. Na tentativa de acertar o time com o que tem, erra em manter Edimar na esquerda. Reinaldo já merece ser titular. Vou aguardar a chegada de Cueva (chega?), Nenê e Tréllez mas do jeito que tá o colombiano fatalmente tomará a vaga do Diego Souza. Nota: 4,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Apresentado, Lugano será o “São Paulo representado em carne e osso”

O diretor de futebol Raí e do presidente Leco apresentaram Diego “Dios” Lugano como dirigente na tarde desta terça-feira no CT da Barra Funda. Tanto o presidente como Raí e Lugano explicaram como será a participação do ídolo no dia a dia do clube.

 

Leco acredita que Lugano terá como principal objetivo difundir os valores do São Paulo, dentro e fora da instituição. O presidente vê o uruguaio como peça importante nessa nova filosofia de enxergar o futebol que o clube procura introduzir com a chegada de grandes ídolos para o futebol.

 

É uma visão ambiciosa e Lugano faz parte dessa transformação do São Paulo” – acrescentou Raí quando teve a palavra. Antes de ser diretor de futebol, ele foi membro do Conselho de Administração criado à partir do Novo Estatuto.

 

Praticamente uma unanimidade na coletividade Tricolor, Lugano acredita que o maior problema atual do clube é a perda da sua identidade ao longo dos últimos anos. Sua missão será resgatar e difundir esses princípios no elenco atual, entre os jovens que sobem para o profissional e também nas federações e confederações de futebol, como representante institucional do clube.

 

Será o “São Paulo Futebol Clube representado em carne e osso”.

 

Perguntado por referências no cargo, o uruguaio citou Butrageño, Rivarola e Roberto Carlos como casos de atletas que saíram dos campos para desempenhar funções em clubes mas destacou que isso é um processo natural em casos de grande identificação.

 

É difícil prever sucesso imediato dessa investida do clube, mas há grande expectativa de êxito devido ao enorme caráter de Lugano. É um grande desafio, tanto para ele quanto para Raí e Ricardo Rocha; dentro dessa máquina de moer bons valores que é o Tricolor dos últimos tempos. Mas o futebol está nas mãos certas. Quem mais poderia passar tanto valor agregado para jovens atletas como nossos verdadeiros ídolos? São pessoas acima da média, profissionais dedicados, vencedores e sobretudo, totalmente identificados com o São Paulo.

 

Seja bem-vindo de volta a sua eterna casa, Lugano. Um grande acerto do São Paulo!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Nenê e Tréllez: esperanças de um clube a procura de altos vôos em 2018!

Os jogadores Tréllez e Nenê fazem parte oficialmente do São Paulo Futebol Clube. Ambos assinaram contrato e foram apresentados nesta segunda-feira no CT da Barra Funda por Raí, diretor de oficial do Tricolor.

 

As apresentações foram protocolares, assim como as perguntas dos repórteres, sendo assim vou destacar as melhores partes. Ao ser perguntado sobre a responsabilidade de substituir Hernanes, Nenê “profetizou” na coletiva dizendo que espera um ano muito bom no clube. Motivado e otimista, o meia disse que estar no São Paulo é mais um grande desafio em sua carreira. Já Tréllez, ao ser perguntado sobre a saudável disputa com Diego Souza pela posição de centroavante, disse que pode jogar em várias posições no ataque e que os treinamentos definirão seu posicionamento definido. No final da apresentação, Nenê confirmou o fato de ter sido são-paulino na infância e que vestir a camisa do clube é a realização de um sonho.

 

A melhor parte da apresentação ficou por conta do diretor de futebol Raí. Segundo ele, as recentes contratações não foram uma resposta ao ‘sinal de alerta’ do início do ano e sim negociações que vêm se desenvolvendo ao longo dos meses, a não ser Nenê, que foi uma oportunidade recente. Segundo o diretor, a vinda desses reforços darão mais opções táticas e técnicas em uma temporada longa, onde será necesário o uso de quase todos os atletas.

 

Com os treinamentos e as chegadas das opções para Dorival, Raí acredita que o São Paulo está chegando ao ponto ideal em termos de elenco e, mesmo ainda sem ter os resultados em campo, está bastante otimista com relação ao ano. Vejo muita determinação e seriedade no trabalho do nosso diretor e mantenho a confiança no trabalho que Raí faz no futebol do clube.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Cueva é um atleta com prazo de validade próximo do vencimento!

Raí, diretor de futebol e o presidente do São Paulo estão hoje no CT da Barra Funda para, além de outras tarefas, uma reunião especial: os dois estarão frente a frente com o meia Cueva e a ideia é reintegrá-lo após uma conversa definitiva com o jogador.

 

Tanto Leco como Raí sabem que, apesar das últimas indisciplinas, o peruano é um elemento importante na armação e criação do time de 2018. Além disso, mantê-lo afastado desvalorizará o patrimônio Tricolor. A multa atual de Cueva é de R$ 135 milhões, valor alto para um jogador encostado e por isso, a reintegração será o caminho mais adequado para o clube.

 

Na minha opinião, Cueva está com o “prazo de validade” com o São Paulo próximo do vencimento e Raí/Leco tentarão aumentar um pouco este prazo para o bem de todos, principalmente da instituição. É lamentável essa situação, até porque, ao ampliar o contrato de Cueva no início do ano passado, o clube colocou uma cláusula de rendimento a pedido do próprio jogador, que apostou em seu crescimento no Brasileirão.

 

Depois de um campeonato nacional morno, com direito a sufoco ‘master’ para sair da zona de rebaixamento, veio a relação amor/terror: Cueva nos últimos três meses chegou duas vezes atrasado e pediu para não seguir a Mirassol para ‘analisar propostas do exterior. Enfim, fez muito mais mal que bem ao São Paulo e sua torcida.

 

Espero estar redondamente errado mas o perfil do jogador não me inspira mais confiança alguma e a reunião prevista para esta segunda teria muito mais cara de um pacto para uma futura saída que uma injeção de comprometimento com o clube neste ano. Mas, como torcedor, espero que ele jogue muita bola e cale a minha boca com dedicação, assistências e gols neste ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.