Search Results For : Opinião

Meia? Atacante? São Paulo precisa contratar uma boa benzedeira!

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo ganhou mais dois novos pacientes para o seu REFFIS. O volante Wesley, com estiramento na coxa direita, já é recorrente no ano e o atacante Morato, com um entorse no joelho no último jogo treino, é a mais nova baixa da temporada.

 

Parece brincadeira mas até em treino de ‘inter-temporada’ os atletas Tricolores estão sofrendo contusões de todos os gêneros. Estiramentos, contraturas, entorses… Será que é somente o acaso? Os dois novos pacientes se juntarão a Wellington Nem, um dos mais habitués do espaço, e perderão o início do brasileirão.

 

Meia? Atacante? O Tricolor está precisando é de uma bela benzedeira! Desse jeito, nem precisa o técnico quebrar a cabeça para reduzir o elenco no segundo semestre: a natureza já está cuidando disso para ele.

 

Oremos…

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Não basta apenas aprimoramento tático. É preciso comprometimento!

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo tem uma verdadeira decisão pela frente nesta quinta-feira, no Morumbi.

 

Não adianta chorar o leite derramado deste início de temporada. Com duas semanas de muito treino, ajustes táticos e recuperação de atletas, é hora do São Paulo apresentar muito mais repertório e passar para a próxima fase da Sul-Americana.

 

Rogério Ceni disse ao site oficial do clube que neste período conseguiu fazer ajustes táticos com duas situações de jogo treinadas com intensidade todos os dias, pelo menos 20 minutos ao dia. O técnico avalia que precisava desse período para encontrar uma forma diferente de encarar os times que vem compactados ao Morumbi. Nessa semana Ceni preparará um treino mais específico para encarar o 3-5-2 do Defensa y Justicia. O clube argentino está a cinco jogos sem perder no campeonato local.

 

De fato, para jogar como Ceni deseja, é necessário muito aprimoramento tático, mas para ganhar títulos é preciso mais que tática. Os jogadores precisam se envolver de fato com a camisa mais entorta varal do país. Isso é, quinta-feira, além da esperada melhor organização em campo, o torcedor estará de olho no comprometimento de cada um dos atletas com a classificação.

 

Tem que entregar a alma em campo e fazer valer de verdade a valiosa camisa que representam, além do ótimo salário que recebem mês a mês. A Sul-Americana agora é prioridade para o clube e para a torcida, bem como um papel significativo no Brasileirão, que começa já neste domingo.

 

Atenção, São Paulo: não vamos voltar para casa sem essa classificação!

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Mudança na diretoria reforça status ‘manager’ de Rogério Ceni no futebol

Nação do Maior do Mundo;

 

Segundo post publicado no blog dia 21 de abril, Vinicius Pinotti, ex-diretor de marketing, deverá ser o novo diretor de futebol remunerado do Tricolor e trabalhar diretamente com Rogério Ceni, Alexandre Pássaro e o departamento de análise e estatística.

 

Sem experiência no cargo, um dos fatores decisivos pela escolha de Vinícius para o futebol foi a sua grande aproximação com Rogério Ceni. O novo diretor, inclusive, foi responsável direto pela chegada do técnico no lugar de Ricardo Gomes, no fim do ano passado. A escolha reforça o status de “manager” de Rogério no clube: é o técnico quem ordena a busca por uma função específica, valida e indica a cúpula do futebol. Foi assim com as chegadas de Morato e Marcinho, por exemplo. Rogério pediu, o departamento de análise e estatística identificou os perfis dentro do cenário possível, Rogério gostou e validou os nomes para Pássaro coordenar as contratações.

 

Vinicius já demonstrou competência e dedicação em sua passagem pelo marketing e a minha torcida é para que os dois façam uma boa dupla de trabalho no ‘coração’ do clube, devidamente auxiliados pelo departamento já existente.

 

Vai dar certo? O tempo dirá!

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Sai Schmidt, entra Militão!

Nação do Maior do Mundo;

 

O torcedor tem muitos motivos para estar insatisfeito com o desempenho do Tricolor nesta temporada, exceto um: a falta de atletas de base no elenco profissional.

 

Desde o início deste ano o grupo está recheado de jovens formados em Cotia, uma das mais frequentes e antigas exigências da torcida. O mais recente deles, promovido de vez nesta quarta-feira, é Éder Militão. O atleta, que atuou ora como volante ora como zagueiro nas categorias inferiores e nas seleções de base do Brasil, ‘brigará’ com Wellinton pela condição de primeiro reserva de Jucilei no meio campo Tricolor.

 

Quem acompanha o blog já ouviu falar do jogador em um post publicado em novembro do ano passado. Militão é alternativa para a saída iminente de João Schmidt, que não renovou com o Tricolor e está de malas prontas para a Itália. Com Militão, o elenco passará a contar com doze atletas originários da base. É o elenco com mais jovens promovidos da história do clube, incluindo a era dos “Menudos” de Cilinho. Na verdade, aquele apelido era enganoso: os então jovens Muller, Silas e Sidney brilharam num elenco repleto de ‘macacos velhos’ como Pita, Careca, Nelsinho, Oscar, Darío Pereyra e até Paulo Roberto Falcão.

 

Apesar da promoção, não creio que o meio-campo seja reforçado apenas com o jovem Militão. O técnico pediu e a diretoria trabalha por mais uma aquisição neste setor. Segundo Rogério, seria um nome para chegar vestindo a camisa de titular.

 

Aguardemos…

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Paciência, treinamento e resultados!

Nação do Maior do Mundo;

 

Thiago Mendes concedeu entrevista na manhã desta terça-feira no CT.

 

Entre as trivialidades das coletivas da ‘era moderna’ do futebol, algo chamou a atenção dos setoristas. O volante comentou que ainda falta entendimento pleno do grupo sobre a ideia de jogo de Rogério Ceni e pediu paciência para que os atletas assimilem os fundamentos ofensivos do treinador.

 

“A gente vinha de treinadores que não jogavam da mesma forma que o Rogério está implantando aqui no São Paulo. Ele está colocando em prática e espero que dê certo já no próximo jogo. O trabalho está sendo produtivo, acho que ele tem muito a melhorar a equipe.” – disse ele ao Lance! e aos demais setoristas.

 

O comentário de Thiago Mendes teve um tom ‘sincero’ até demais, mas reforça a dose de paciência que o torcedor precisará ter com o projeto de dois anos de Rogério dentro do clube. Sei que é muito difícil obter essa paciência até porque o clube está a muito tempo sem um título de relevância e o limite de abstinência de clube grande já acabou faz tempo, mas é preciso entender que o “Ceni técnico” e sua comissão tem pouco ou nada a ver com a situação dos anos passados. Alguns torcedores podem discordar da filosofia ofensiva (eu em particular não discordo) mas é preciso entender que somente com um tempo de implementação ela poderá dar frutos.

 

Falta assimilação plena das ideias de jogo, treinamento (a ‘pausa forçada’ só é boa por isso) e alguns reforços pontuais. É um trabalho de aprimoramento que envolve jogadores, comissão técnica e diretoria. Sem harmonia entre essas três partes, ficará difícil a entrega de qualquer tipo de resultado, seja ele a curto, médio ou a longo prazo.

 

Gostou deste post? Clique nos banners e ajude a manter o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.