Search Results For : São Paulo Sempre

As cinco vitórias que o São Paulo conquistou no jogo do Engenhão:

O São Paulo ganhou muito mais que os três pontos no épico jogo do Engenhão, neste último sábado. A equipe dirigida por Dorival Junior conquistou diversas “vitórias” em uma só partida, que serão ponto de partida para uma nova fase da equipe em 2017. São elas:

 

1) A vitória da confiança

O São Paulo iniciou o ano repleto de esperança. As chegadas de Lucas Pratto, Jucilei e sobretudo a volta de Rogério Ceni, desta vez como comandante do elenco, motivaram milhares de torcedores no início do ano. Florida Cup vencida em cima do rival, Morumbi cheio no Paulistinha e expectativa acelerada foram dando lugar a incertezas no grupo e no comando. O São Paulo raramente reagiu a um placar adverso no primeiro semestre, visto as eliminações do estadual, Sulamericana e Copa do Brasil. A espetacular virada de ontem aponta um novo rumo, uma nova guia, uma nova esperança ao torcedor.

 

2) A vitória dos contratados

O Tricolor, na direção de um jovem diretor de futebol, percebeu o ‘clima esquisito’ e mexeu muito no time do primeiro semestre. Vieram Maicosuel, Petros, Arboleda, Aderllan, Denílson, Gomez, Marcos Guilherme e, principalmente, Hernanes. Três dos quatro gols deste sábado vieram dos dois últimos, aumentando a esperança por dias melhores no ano. É um ‘novo’ elenco pronto para jogar com o torcedor.

 

3) A vitória do camisa dez

Cueva estava devendo uma apresentação de gala desde a estrondosa goleada de 4×0 em cima do Corinthians, no ano passado. O peruano estava fora de forma e esperando uma proposta da Europa, que nunca chegou. Na épica partida contra o Botafogo ele perdeu um pênalti, mas isso passou quase despercebido pelos torcedores tamanha a bola que jogou no Rio de Janeiro. Com a ajuda de Hernanes, o peruano fez gol, deu assistência e participou ativamente dos quatro tentos são-paulinos. É esse o papel de um camisa dez, principalmente no São Paulo. Que seja assim até o fim.

 

4) A vitória fora de casa

Incrível: até a partida contra o Botafogo o Tricolor não havia vencido uma partida fora do Morumbi no Campeonato Brasileiro. Foi apenas um ponto, sofridamente conquistado no empate sem gols contra o Sport na Ilha do Retiro. Essa campanha não é e nunca foi o DNA do clube mais vencedor do Brasil. Que tenhamos um segundo turno repleto de bons resultados dentro e fora de nossa casa.

 

5) A vitória do torcedor

Por último mas não menos importante. Mesmo com o baixo astral do elenco, os resultados ruins e as eliminações seguidas, o torcedor do São Paulo em nenhum momento abandonou o clube. O Engenhão estava lotado de fanáticos na linda tarde deste último sábado. Tenho certeza que, à partir desta épica vitória, o Morumbi terá casa cheia contra o Coritiba e todos os outros adversários no Brasileirão. Nossa torcida não é a maior do Brasil mas é muito especial, diferente e apaixonada. Com preços acessíveis no Morumbi, o São Paulo aos poucos se tornará o verdadeiro clube do povo na capital. Parabéns, são-paulino. Juntos somos muito mais fortes!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Marcinho ganha vaga no último treino antes do jogo. Veja escalação:

Surpresa no último treino do São Paulo antes da viagem ao Rio de Janeiro. Marcinho ganha a última posição e será titular para enfrentar o Botafogo no Engenhão, neste próximo sábado. Hernanes, de volta ao clube, estreia e terá a missão de comandar o meio-campo Tricolor.

 

Confira a escalação para o jogo contra o Botafogo: Renan, Bruno, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar. Petros, Jucilei e Hernanes. Cueva, Pratto e Marcinho.

 

Pelos treinos desta sexta, deu para perceber que Cueva será encarregado das faltas e Marcinho dos escanteios do time. O peruano pareceu mais focado e movimentou-se bem. Marcos Guilherme foi relacionado e irá para o Rio. Wellington Nem, cotado para voltar após a lesão no ombro, permanecerá na reserva e Lugano foi o estrangeiro cortado. O uruguaio fica na capital.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Leco explicou como será usada receita das vendas. Cabe ao clube fiscalizar!

Finalmente o São Paulo veio a público para explicar o destino das vendas dos jogadores e demais receitas em 2017. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, em entrevista ao Globoesporte.com contou que pelo menos 50% do valor das receitas obtidas será usado para amenizar as dívidas do clube e os outros 50% será usado em investimentos no futebol.

 

De acordo com o Globoesporte.com, R$ 180,8 milhões (entre vendas e bônus de desempenho) entraram no caixa neste ano, à partir das vendas de David Neres, Luiz Araújo, Lyanco, Augusto Galván, Maicon e Thiago Mendes. Média de R$ 30 milhões recebidos por atleta e um lucro três vezes superior ao estimado no início do ano. Os números podem aumentar ainda mais com as negociações de Lucão (especulado na Alemanha) e Centurión (especulado na Argentina e México).

 

O Tricolor já investiu cerca de R$ 47 milhões com novos jogadores e deve contratar mais um ou dois nomes para este ano. Isso quer dizer que, com dinheiro no caixa e a estratégia e uso finalmente declarada por Leco ao Globoesporte.com a Coletividade Tricolor terá como COBRAR resultados dentro e fora do campo de modo concreto: diminuição substancial da dívida no próximo balanço e preparação de um elenco mais forte e muito mais duradouro em 2018.

 

O que foi explicado era justamente o que o blog pedia em seu último post: transparência na gestão. Agora cabe ao clube fiscalizar de perto esse desempenho, principalmente o Conselho de Administração, formado pelo próprio Leco, além de outros nomes como Raí, Júlio Casares e José Eduardo Mesquita Pimenta e o Conselho Deliberativo.

 

Agora há o que e como cobrar.

 

Me comprometo neste espaço a não esquecer o que foi escrito nesse post. O blog São Paulo Sempre também acompanhará os desdobramentos da gestão atual, avaliando positivamente ou negativamente. Pelo bem de uma das nossas maiores paixões.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Deus abençoe quem invadiu o Morumbi na primeira maior glória do Tricolor!

Nação do Maior do Mundo;

 

Cícero Pompeu de Toledo, dezessete de junho de mil novescentos e noventa e dois.

Um trânsito que me obrigou a estacionar o carro quase na Ponte do Morumbi.

Um jogo nervoso, somente decidido na disputa de pênaltis.

Um mar branco que invadiu o gramado e emocionou os mais de cem mil torcedores.

Uma festa descontrolada por toda a Avenida Paulista.

O São Paulo no seu maior momento na história.

 

Deus abençoe Zetti, Alexandre, Cafu, Antônio Carlos, Ronaldão, Ivan, Adílson, Ronaldo Luís, Pintado, Raí, Suélio, Palhinha Elivélton, Catê, Muller, Macedo e Telê. Deus abençoe cada um dos torcedores que estiveram no gramado do Morumbi na “maior invasão” que um estádio viveu no mundo.

 

Deus abençoe o São Paulo Futebol Clube.
Vinte e cinco anos da primeira Libertadores da América.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tomaz e Wellington Nem em campo. Veja a escalação do São Paulo aqui!

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo entrará em campo no Recife com Renan; Militão, Maicon e Lucão; Marcinho, Jucilei, Cícero, Thomaz e Junior Tavares; Wellington Nem e Lucas Pratto. As novidades são as presenças de Wellington Nem e Thomaz.

 

Ambos participaram do segundo tempo do clássico em Itaquera e agradaram. Teoricamente o Tricolor jogará num 3-5-2, com Nem e Pratto no ataque e Thomaz na criação. Junior Tavares e Marcinho se revezarão no apoio pelas laterais do campo.

 

Com tanto desfalque (Rogério Ceni tem dez ausências para esta partida) essa escalação e formação,no papel, é interessante. Vamos ver o que Ceni e Luxa guardarão para o jogo. E você? Gostou da escalação?

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.