Search Results For : Sem categoria

Lateral que ergueu a taça de campeão dos aspirantes poderá sair do clube sem chances no profissional

O lateral Wellington Cabral Costa, mais conhecido como “Foguete”, poderá estar de saída do São Paulo Futebol Clube. Ele foi o jogador que ergueu a taça de campeão pelo time sub23 (aspirantes) no último domingo. O Tricolor venceu o Internacional e ficou com o título.

 

 

Revelado no Vasco da Gama, Foguete veio ao Tricolor no início de 2013, ainda com 17 anos e treze convocações para as seleções brasileiras sub-15 e sub-17 na época. Passou por Cotia, foi emprestado para o Vila Nova e Santo André, voltou para ser suplente da lateral no elenco de Rogério Ceni, teve seu contrato renovado até fim de 2018 e conquistou o Brasileirão Aspirantes, mas em nenhum momento teve chance real no profissional do São Paulo.

 

Foguete não é um fenômeno, mas está longe de ser um atleta ruim. Se sair do clube em 2019, ele será mais um exemplo de dinheiro jogado fora no Tricolor. O clube investiu pesado em nomes como Bruno e Buffarini e agora tem somente o contestado Bruno Peres atuando na posição.

 

Defendo nomes como Foguete e outros da base (Perri, Antony, Rodrigo, Brenner, Helinho e Caíque) como composição de grupo, desonerando a folha de nomes duvidosos que não fazem diferença qualitativa em um elenco que quer ser campeão. Os garotos para formar o elenco de 2019, com contratações de peso e qualidade, que venham para conduzir o clube de volta as glórias.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

“Transferência seria surpreendente”, diz empresário de Vanderlei

O empresário Carlos Eduardo Guimarães, que cuida da carreira de Vanderlei, afirmou ao portal do jornal A Tribuna (Santos) que não há nenhuma negociação em curso entre seu cliente e o São Paulo.

 

Segundo a matéria, o empresário deixou claro que uma transferência seria surpreendente, pois não é algo sequer cogitado pelo atleta e por seu estafe.  “Não estamos sabendo de nada. Posso te afirmar que entre mim e o Vanderlei não há nada sobre isso. Ele está muito feliz com o reconhecimento da torcida do Santos. Sabe que é um símbolo do clube. Não sei de onde surgiu isso” – afirmou.

 

Curiosamente o mesmo jornal A Tribuna, que dá destaque de cobertura ao clube santista, confirma a conversa entre os presidentes dos clubes e afirma que, apesar de Vanderlei estar feliz e ter mais dois anos de contrato com o Santos, não há futuro garantido na Vila Belmiro. De acordo com o portal, a diretoria do Santos pretende negociar o goleiro somente pela quantia de 7 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões) para liberar o jogador.

 

Vanderlei está com 34 anos e é um dos destaques da equipe santista.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tabelinha entre TRI Mundiais!

Equilíbrio e dificuldade – “São poucas equipes que conseguem fazer mais pontos no segundo turno do que no primeiro. Ninguém consegue disparar. (…) Mesmo assim, continuamos desde a 16ª rodada entre os quatro, na ponta de cima da tabela, mantendo uma regularidade (…)” Essa frase, verdadeira por sinal, não é de Diego Aguirre, não pertence a nenhum jogador do São Paulo e muito menos foi dita por algum torcedor Tricolor. Ela é de Odair Hellmann, técnico do Internacional, e sintetiza perfeitamente o campeonato até agora. É um título para quatro ou cinco postulantes até agora e quatro vagas para seis ou sete candidatos a degola.

 

É xogo a xogo! – Neste ano ninguém vai disparar e o torneio será definido nos confrontos diretos. Confesso que atualmente gostaria de estar na posição do Palmeiras: nunca precisou ser líder e, se mantiver a competência, estará entre os primeiros até o final sem o peso do protagonismo. Ser líder prematuro do Campeonato Brasileiro é uma pressão para poucos. Atlético Mineiro, Flamengo, São Paulo e Inter se revezam no posto, sem sprint. A diferença entre o primeiro e o quinto colocado é de apenas quatro pontos e quem entende deste tipo de competição sabe que, sem gordura, o importante é acompanhar o pelotão de frente até as últimas rodadas.

 

Voltar aos trilhos – O São Paulo, assim como todos os outros, também vacilou em alguns jogos deste Brasileirão, principalmente no returno, com quatro empates em sete jogos. A equipe ocupa atualmente a 11ª posição na segunda metade do campeonato, rendimento insuficiente para quem pretende o título da competição. O lado bom disso é que, logo depois do péssimo resultado diante do América MG, o elenco manifestou indignação com a atualidade e promete foco total nos jogos para voltar aos trilhos. Menos “Chapada do Nene” e “Kingnaldo na TV” e mais atenção nos confrontos também pode ajudar a fazer a diferença.

 

Reta final – Finalmente a estação São Paulo Morumbi (linha amarela do Metrô) está em fase final de entrega. A estação era prevista para antes da Copa do Mundo 2014 e , depois de seguidos atrasos, parece que enfim terá sua inauguração em outubro. Segundo o site Ferroviando, a estrutura metálica da cobertura do principal acesso foi iniciada na semana passada, juntamente com o afaltamento do terminal, sinalizando o fim da espera. Veja fotos que comprovam a fase final da construção e o iminente lançamento.

 

Evento Tricolor em São Paulo – Neste sábado (29/09) a partir das 10h a Torcida Independente promoverá o Primeiro Encontro do Departamento Social de sua torcida, com foco nas mulheres associadas e todas as são-paulinas do Brasil. Entre algumas atividades o encontro promoverá pautas sobre os direitos das mulheres na sociedade e futebol, vivência das torcedoras, formação de uma bateria 100% formada por mulheres, churrasco de confraternização com pagode e atividades para os pequenos Tricolores. O evento acontecerá na Casa Independente, rua Jules Rimet, 273, em frente ao portão 4 do estádio do Morumbi.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lugano dá aval e jovem uruguaio fica muito próximo do São Paulo!

Há quem afirme que São Paulo e Defensor já se acertaram acerca da contratação de Gonzalo Carneiro. Ainda não dá para cravar a notícia sem o carimbo e assinatura dos clubes mas o fato é que o Tricolor se empenha forte para trazer o centroavante revelação do Uruguai para a capital paulista e fortalecer o seu setor de ataque, carente de um camisa nove nato.

 

Por Carneiro estar em fim de contrato e o clube uruguaio necessitar do negócio para não ficar a ver navios, não é errado dizer que o uruguaio está muito, muito próximo do Morumbi. A negociação está em fase final, ou seja, no “vai ou racha”.

 

Lugano, empenhado na contratação, ouviu do fisioterapeuta de Carneiro que o retorno aos gramados está próximo, por isso chancelou a vinda do conterrâneo a Raí e Leco. Além das informações médicas, o ex-capitão da seleção celeste também tratou de colher referências técnicas do alvo Tricolor junto a atletas e técnicos de seu país e deu aval para o clube finalizar o negócio.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Seria a hora e a vez do São Paulo pensar em Vanderley Luxemburgo?

Certo ou errado, bem ou mal, possível ou não, o fato é que existe um desejo de parte da torcida do São Paulo em contar com os serviços de Vanderley Luxemburgo no clube.

 

Não falo somente da organizada, que foi de Itu até a Barra Funda protestar e pedir o ‘veterano técnico’ nos portões do CT. Muitos torcedores das arquibancadas, redes sociais, grupos de whatsapp e até um ídolo do clube, o ex-atacante França, cogitam a vinda do treinador com a esperança que ele reviva seus momentos de glórias de vinte anos atrás.

 

Luxemburgo foi um dos maiores técnicos do futebol brasileiro dos últimos anos e, para mim, entra no hall de grandes como Felipão, Muricy, Parreira e agora Tite. Apareceu para o Brasil com a conquista do campeonato paulista de 1990 pelo Bragantino, teve momentos espetaculares com o Palmeiras/Parmalat entre 1993 e 1995, quando tirou o alvi-verde de um longo jejum e chegou a treinar o galático Real Madrid de 2005. Mas caiu vertiginosamente na carreira, com poucos títulos e glórias nos últimos dez anos. Sua passagem pelo Sport em 2017 foi desastrosa: pegou um clube em quinto lugar e foi demitido com o Leão na beira do rebaixamento. Além do mais, para ‘alegria’ do são-paulino, indicou Wesley ao clube pernambucano.

 

Entendo que apostar em Luxemburgo é neste momento apostar em um grande risco para o São Paulo, mesmo com um contrato de produtividade ou baixo custo. Apesar do extenso currículo e das boas entrevistas (a última do Bola da Vez da ESPN foi bem interessante) a margem de erro é imensa e precisa ser considerada em qualquer possível decisão. Luxemburgo é aquela memória afetiva que temos de vinte anos atrás, como a volta de velhos ídolos com a esperança que eles reeditem o sucesso que fizeram no passado e o são-paulino, por memória, gratidão e carência, é o mais típico saudosista do futebol brasileiro.

 

O ídolo França definiu a situação em seu Twitter. “São Paulo e Luxemburgo: um precisa do outro.” Será mesmo que uma instituição tão grande como o Tricolor precisa recorrer tantas vezes a um glorioso passado que atualmente não se encaixa no futebol atual? Fica a pergunta aos leitores.

 

O debate está aberto.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.