Concurso “Essa camisa 10 é MINHA!”

Nação do Maior do Mundo;

 

O futebol tá ficando chato. Neste último clássico o nosso camisa dez tomou mais um cartão amarelo por comemorar homenageando Riquelme (ídolo do seu irmão), em mais uma das absurdas imposições do futebol moderno.

 

Portanto, para reverenciar a alegria do futebol, o Blog São Paulo Sempre e o programa Resenha Tricolor, presentearão com uma camisa oficial de jogo (tamanho G, com os patrocinadores e tudo) do Cueva o torcedor que inventar a melhor “nova comemoração” para o nosso pequeno majestoso. A ideia que considerarmos mais surpreendente levará a raridade. Pode viajar na maionese!

 

A mecânica é a seguinte: poste NOS COMENTÁRIOS DO BLOG a sua sugestão de comemoração. A mais bacana (na nossa opinião) receberá um email para confirmar dados do autor. Aí, com tudo confirmado, divulgaremos o vencedor e enviaremos o presente. Por isso não deixe de colocar o seu email VERDADEIRO nos campos de preenchimento. Se não nos responder, passaremos para a segunda melhor sugestão e por aí vai. O concurso é válido somente para residentes no Brasil.

 

O concurso terminará na sexta (24/02) e o possível vencedor receberá nessa data um contato nosso. Se em 24 horas não responder ao contato, perde o prêmio e passaremos para o vice, e assim por diante. Por isso fique atento para não moscar e perder por omissão de resposta.

 

Desenhando:

 

  1. Só serão válidos os comentários NO BLOG (nas redes sociais não).
  2. E-mail de verdade, pois é por ele que entraremos em contato.
  3. Viaje na maionese, mas seja direto e não faça textão!
  4. Sem desespero: aguarde seu comentário sair da moderação.
  5. Dia 24/02 o vencedor receberá um email. Se não confirmar, perde a vez.
  6. Respeite a decisão e o vencedor. MIMIMI é coisa de torcedor Nutella.

 

Está valendo!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tabelinha entre TRI Mundiais!

Falha no sistema As vendas para São Paulo e Mirassol, às 19h30 deste próximo sábado, ainda não decolaram como esperava o clube. Parte da demora do torcedor em aderir ao jogo tem uma razão: a Total Acesso, empresa que comercializa os bilhetes online, está com uma falha no sistema e a maioria dos usuários com cadastro do cartão no site não consegue completar a compra. Para resolver é preciso excluir o cartão e incluir novamente. Aconteceu comigo, fiz esse procedimento e consegui.

 

Mirassol 100% O jogo de sábado é importante e teoricamente será complicado: com três vitórias (Red Bull, Ferroviária e Linense), o adversário do interior tem 100% de aproveitamento no estadual. O clube espera presença maciça do torcedor na estréia de Lucas Pratto, que está totalmente regularizado no BID e deve estar no comando de ataque do Tricolor. Vamos nessa, torcedor? Compre aqui!

 

Linha 2017/2018 A Under Armour, fornecedora de material esportivo do São Paulo, planeja datas fracionadas de lançamento para a nova coleção 2017/2018: em abril deve ser lançada a camisa #1, para maio a expectativa é da chegada das novas linhas de treino e viagem, somente em julho teremos a chegada da camisa #2 e finalmente em setembro teremos a apresentação da ‘terceira camisa’ que no ano passado foi amarela. o motivo dessa divisando de lançamento é comercial. Com datas espalhadas, a expectativa é que o consumidor compre mais produtos que num lançamento só.

 

Dica da semana Sabe aqueles bonecos do M1TO, lançados no ano retrasado? Cairam absurdamente de preço. O boneco pequeno foi de R$ 199,00 para R$ 119,90 e o grande, super detalhado, caiu de R$ 999,00 para R$ 499,90 (em até 10X) com frete grátis pela São Paulo Mania. Eu tenho o boneco grande, é espetacular. Recomendo! Veja os produtos aqui: http://bit.ly/2kqrpy3

 

Possível troca? Lucão pode estar de partida para o Vitória. O zagueiro poderia ser envolvido em uma troca com o meia Sherman Cárdenas, que fez fama no Atlético Nacional mas quando chegou ao Brasil não rendeu o esperado. O jogador iria para o Coritiba mas o Coxa recebeu Daniel, ex-São Paulo. Por mim, o São Paulo poderia emprestar o Lucão mas não deveria trazer o Cárdenas. Com Lucas Fernandes e Shaylon, o colombiano jogará pouco por aqui.

 

Fã de Riquelme Cueva explicou o motivo de sua comemoração em coletiva realizada nesta última quinta-feira: “Eu sempre comemorei dessa maneira, não só no Brasil, como também no México. Tenho um irmão, que é fã do Riquelme e ele sempre pediu para que eu comemorasse gols assim. Converso sempre com ele por whatsapp, então passei a fazer isso. Sei que é o segundo cartão amarelo, mas não se pode perder a alegria no futebol. Isso me dá impotência. Aqui no Brasil todos faziam gols e celebravam“. Precisa vir um peruano para falar que o futebol daqui tá chato? É um tapa na cara dos ditadores de regras.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Rogério Ceni: DNA vencedor, dentro e fora de campo!

Nação do Maior do Mundo;

 

Mais que o anúncio da incorporação maciça da base, mais a preparação num dos maiores centros esportivos dos Estados Unidos, mais que um título (ainda que de pouca expressão) em cima de um rival, mais que a artilharia do estadual, mais que a vinda de bons jogadores, mais que a chegada de Lucas Pratto, centroavante da seleção argentina. Mais que tudo isso, hoje o São Paulino comemora o início da volta de um DNA perdido há algum tempo: o DNA de um elenco com mentalidade campeã.

 

Essa filosofia é simbolizada na história de um personagem conhecido por todo o Brasil e boa parte do mundo do futebol. Rogério Ceni ganhou títulos, recordes e possui um dos currículos mais importantes do Brasil. Artilheiro, capitão e absolutamente obstinado pelo sucesso. A muitos incomoda, e para outros muitos é referência de trabalho e sucesso.

 

Não dá para cravar títulos no ano mas uma coisa dez para afirmar de bate e pronto: o elenco assimilou essa história de vida. Vemos até o momento um time dedicado dentro de campo, procurando aplicar o conceito de jogo de quem nunca foi técnico, mas que viveu muito tempo assistindo jogos de uma das posições mais ingratas e privilegiadas do futebol: a grande área. Prova disso é o time correr atrás do marcador contra Audax, Ponte e Santos.

 

Você pode achar exagero atribuir o sucesso atual a uma só pessoa mas o início da “era Ceni” como treinador animou a torcida e dá combustível para possíveis grandes vôos não somente em 2017 como nos próximos anos. A aquisição do M1TO no banco de reservas não pode ser tratada como manobra política e sim como movimento genuinamente são-paulino. Rogério é a personificação dos ideais do clube e seu sucesso é sucesso de todos que dirigem, trabalham e torcem pelo São Paulo Futebol Clube.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Santos 1×3 São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

Estrondoso silêncio na mais famosa vila do futebol. Em um jogo eletrizante, o São Paulo fez bonito e aplicou uma justa e implacável vitória em cima do bom time do Santos. Foi o primeiro clássico do clube no estadual e o saldo foi espetacular.

 

Duas palavras definem a atuação do Tricolor em Santos: inteligência e dedicação. O jogo começou em ritmo de ‘Premiere League’, com as duas equipes mostrando força e velocidade. Os donos da casa saíram na frente com duas contribuições individuais. Buffarini foi presa fácil na marcação e Sidão viu a bola passar suave sobre as suas mãos. Mesmo com desvantagem a equipe (mais uma vez) não se abateu e continuou medindo forças. O gol de empate surgiu através de um pênalti bobo de Zeca em cima de Gilberto. Cueva cobrou, marcou, comemorou e tomou um incrível e chato amarelo. E o jogo foi para o intervalo.

 

Confira a análise tática da partida aqui.

 

Rogério mexeu inteligentemente na equipe, sacando o discreto operário Neílton para a entrada de Luiz Araújo, típico jogador de contra-ataque, e assim esperou os erros do Santos. Foi nos pés do garoto da base que sairam os gols da vitória. No segundo gol Tricolor, o atacante roubou a bola e foi acionado por Gilberto (de novo ele) para vencer a defesa e o goleiro santista. Já no terceiro gol, Luiz recebeu a bola de um endiabrado Cueva e sacramentou a vitória.

 

E que vitória. Ainda é cedo para conclusões mas uma coisa podemos cravar com convicção: a dedicação desta equipe impressiona. Parece que o elenco compreendeu os primeiros ensinamentos de seu comandante e aplicam em campo o que vêem na prancheta do técnico. É o terceiro jogo que o São Paulo corre atrás do placar e a segunda partida que vence com méritos, aproveitando as chances que a partida lhe ofereceu. Ainda falta Pratto, Nem e Jucilei, mas dá para ver a cara obstinada de Ceni estampada em cada um dos atletas.

 

Já é um belo começo!

 

Nota dos personagens da partida:

 

Sidão Bobeada no gol e falha com os pés, mas defesas importantes. Nota: 7,5

Buffarini Primeiro tempo fraco e erro no gol. Bom segundo tempo. Nota: 6,0

Maicon Um leão na defesa. Nota: 8,0

Rodrigo Caio Cresceu ao lado do parceiro de zaga. Nota: 8,0

Junior Mais uma boa partida, partindo para cima do adversário. Nota: 8,5

João Schmidt Bom ponto de equilíbrio na saída de bola. Nota: 7,5

Cícero Ótimo trabalho de construção no meio. Nota: 7,5

Thiago Mendes Deu o famoso ‘chega prá lá’ no Lucas Lima. Por isso… Nota: DEZ!

Cueva O melhor em campo, do começo ao fim. Gol e assistência Nota: DEZ!

Neílton Parece que sentiu a ex-casa. Trabalho discreto no ataque. Nota: 6,0

Gilberto Sofreu pênalti, deu assistência e batalhou muito. Nota: DEZ!

Luiz Araújo Entrou e foi o nome do segundo tempo. Dois gols! Nota: DEZ!

Araruna Ajudou a fechar o meio com boa marcação e achou o Cueva. Nota: 8,0

Bruno Entrou e ajudou a segurar o lado direito. Nota: 7,5

 

Rogério Ceni Time quase perfeito taticamente. Sofreu no início do jogo, buscou o empate e, após suas mexidas, costurou a vitória com contra-ataques fulminantes. Time assimilou bem a filosofia do treinador e mostrou uma ótima cara dentro de campo. Nota: 9,5

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Camisa personalizada de Lucas Pratto já à venda na loja oficial do São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

Lucas Pratto, nova contratação do clube, herdou o número 14 que foi de David Neres.

 

A camisa personalizada com o nome e o número do jogador já está à venda na São Paulo Mania, loja oficial do clube (Netshoes). O valor é à partir de R$ 127,90 cada, em até cinco vezes com frete grátis para todo o Brasil.

 

Escolha a sua aqui e receba o novo atacante Tricolor: http://bit.ly/2kBUd5r

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.