Breno jogará no Vasco da Gama

Nação do Maior do Mundo;

 

Houve uma reviravolta na negociação de Breno. O zagueiro Tricolor não irá mais para o Atlético GO como se especulava dias atrás. Segundo o Globoesporte.com, o destino do defensor será o Vasco da Gama e o tempo de empréstimo permanece o mesmo: até dezembro deste ano.

 

A opção de ir para o Rio de Janeiro foi do jogador. Tanto Breno como Paulão (Internacional) acertaram com o clube carioca e farão exames médicos nesta segunda-feira. Recentemente a assessora do jogador emitiu uma nota oficial afirmando que o atleta está em boas condições clínicas. Breno quer ritmo de jogo, pediu e o São Paulo o liberou para atuar mais em outro clube.

 

Na minha opinião, desfazer negócio é ruim para a imagem do jogador, mas Breno terá uma oportunidade de ouro de mostrar futebol como titular do Vasco. A equipe cruz-maltina perdeu sua zaga titular (Rodrigo e Luan) e certamente colocará o são-paulino em campo nesta temporada. Apenas para constar: o São Paulo não teve nada a ver com a decisão do jogador de mudar do centro-oeste para o Rio.

 

Estou apurando se o Atlético GO ainda cederá o jovem atacante Joao Pedro ao tricolor, mesmo depois da não ida de Breno para Goiânia. Ao que tudo indica, o negócio deverá ser desfeito pois era parte da negociação entre os clubes pela ida do defensor. Em breve mais notícias por aqui.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Cruzeiro 1×0 São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

O Tricolor estreou da maneira como muitos dos seus torcedores já imaginavam: derrota no primeiro jogo de Campeonato Brasileiro. Perdida e sem nenhuma vontade em campo, a equipe de Rogério Ceni desta vez sucumbiu diante de um desfigurado Cruzeiro e já começou a preocupar o seu torcedor.

 

Ceni até tentou algo novo; modificou a escalação e o esquema tático, chamando o Cruzeiro para seu campo, mas novamente o São Paulo chegou muito pouco a meta do adversário e errou muito individualmente. A Raposa achou um gol em mais uma falha bisonha de Maicon e nem precisou fazer muito para segurar o resultado. Jogou o arroz-feijão e levou os três pontos de forma simples, não dando alternativa para o já pouco repertório Tricolor. Uma lástima.

 

O time continua confuso, tem jogadores fracos e outros em má fase, mas o que não consigo admitir é a aparente falta de vontade que vemos nos jogadores. Falta sangue nos olhos desse elenco. O time perdendo e muitos deles nem aí com o resultado. Alguns estão pensando na Itália, outros em marias-chuteira… Ninguém se cobra de verdade dentro do gramado. Cadê os chutes? As defesas do adversário? As tabelas? As bolas na trave, as bolas passando de raspão? Com tantos erros e falta de repertório, os jogadores do São Paulo mais uma vez ofenderam a grande torcida que sofre para viajar jogo a jogo e compareceram no Mineirão, mesmo com os R$ 120,00 de entrada. Jogadores: vocês deveriam reembolsar o ingresso de cada um deles!

 

É óbvio que uma situação dessas não tem apenas um culpado. É uma série de fatores que passam por administração, decisões técnicas e empenho dos atletas. Mas é nítido que algo está muito errado entre comissão técnica e jogadores. Não dá para se apresentar com essa falta de vontade toda. É muito cedo para qualquer avaliação em relação a Campeonato Brasileiro, mas já dá para projetar mais um torneio difícil pela frente.

 

Espero estar errado.

 

Nota dos personagens da partida:

Renan Ribeiro O melhor do time, com uma grande defesa e segurança. Nota: 8,0

Thiago Mendes Invenção na direita. Não foi mal mas não é do ramo. Nota: 5,5

Maicon O erro bizarro estragou completamente a boa atuação que teve. Nota: 3,0

Rodrigo Caio Também dono de um erro bizarro, salvo pelo Renan. Nota: 4,0

Militão Boa estréia. Seguro, fez o básico. Nota: 6,0

Junior Horroroso. Marcou mal e apoiou ridiculamente. Nota: 3,5

Jucilei Boa partida, num mar de falta de vontade e criatividade. Nota: 6,5

João Schmidt O verdadeiro significado de ” se eu jogar ou não, tanto faz”. Nota: 4,0

Cueva Fraquíssimo. Desde a contusão não joga bola. Substituído. Nota: 3,5

Marcinho Boa partida, com algum destaque na direita. Nota: 6,0

Lucas Pratto Está em má fase, mas não desiste do jogo. Nota 5,0

Luiz Araújo O normal dele é isso. Nota: 4,0

Thomaz Entrou no segundo tempo para dar mais velocidade. Nota: 5,5

Gilberto Tentou mais na base do bumba meu boi. Nota: 4,5

Rogério Ceni Mexeu na escalação e formação, desta vez esperando o Cruzeiro para tentar sair com velocidade no contra-ataque. Ponto para ele por isso. Para mim errou nas substituições: Cueva, por mais mal que esteja, não pode sair e o time ficar sem meia algum. Corrigiu com Thomaz mas não consegue fazer com que seu time chute a gol, a mais poderosa das estatísticas para uma vitória. Parte da culpa é dele. Nota: 4,0

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Homem forte de futuro patrocinador fala em ‘boa notícia’ para a torcida

Nação do Maior do Mundo;

 

Rubens Menin, homem forte do grupo que controla o Banco Intermedium e a MRV Engenharia, entre outras empresas, publicou um twitt intrigante neste domingo. Por volta do meio dia e meia, ele escreveu o seguinte em sua conta oficial:

 

“Acho que em breve a torcida do @SaoPauloFC vai ter uma boa notícia….”

 

O acordo com o Banco Intermedium para o patrocínio master está fechado. A MRV também participará, com espaço na área do omoplata da camisa. O misterioso twitt de Rubens Menin pode ser apenas a oficialização desse acordo aos olhos do torcedor, mas também há fortes boatos que falam na chegada de mais um reforço para o clube.

 

Como o próprio Menin disse, em breve saberemos.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Neílton: de titular a dispensado!

Nação do Maior do Mundo;

 

O atacante Neílton, titular do jogo diante do Defensa y Justicia na quinta-feira passada, não vestirá mais a camisa do São Paulo. A notícia é do Globoesporte.com Segundo o portal, o atacante foi dispensado do clube e voltará para o Cruzeiro, detentor de seus direitos econômicos.

 

A dispensa de Neílton, nove partidas e nenhum gol marcado, mostra a irracionalidade da atual gestão de futebol do Tricolor. Dois dias antes o jogador entrou em campo em uma partida decisiva para o clube, prestigiado como titular. Dias atrás, o atleta fora elogiado pela postura nos treinos no período que marcou as eliminações do Paulista e Copa do Brasil até a eliminação da Sulamericana. Ceni bancou a sua recuperação.

 

Além de Neílton, dispensado, o zagueiro Breno será emprestado ao Atlético GO. Chavez e João Schmidt (que também foi titular na última quinta) são saídas certas e o volante Wellington vem sendo especulado em outros times brasileiros. Será que temos tanta fartura e qualidade assim para reduzir o elenco?

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Atenção, dirigentes: não passem por cima do novo estatuto do São Paulo!

Nação do Maior do Mundo;

 

Muita coisa está fora de ordem no São Paulo nos últimos tempos, porém existe algo em especial que deveria estar andando bem, pois dependia única e exclusivamente da nossa coletividade Tricolor, mas não está: a obediência ao Novo Estatuto do clube.

 

Criada para ser a mais moderna entre os clubes brasileiros, a carta magna Tricolor está muito ameaçada pelo amadorismo e politicagem ainda existente entre os cardeais, dirigentes e conselheiros são-paulinos. O Novo Estatuto, obra apartidária, prevê gestão profissional, redução de adjuntos e carterinhas e plena descentralização de decisões administrativas. O maior desafio de Carlos Augusto de Barros e Silva, vencedor das eleições presidenciais em abril, será torná-lo realidade na prática.

 

Elogiei o então presidente no seu curto anterior por não interferir na criação do Novo Estatuto, mas pelas informações ainda extra-oficiais que recebi, o documento já foi ‘transgredido’ com a inclusão de adjuntos e procedimentos antiquados. Leco tem que trabalhar pela realização plena do Novo Estatuto, nomeando profissionais renomeados e de experiência comprovada. Não basta apenas ser comprometido e honesto; é preciso ter visão empresarial. Este é o maior desafio hoje em dia da presidência.

 

Leco, você foi eleito para reconduzir o São Paulo ao seu patamar e certamente está tão ou mais desanimado que eu com a atual situação que o clube se encontra. Aí vai um conselho: não estrague a confiança e o apoio que os conselheiros depositaram em você. Muita gente que participou ativamente da construção do Novo Estatuto está se sentindo traída com o início da implementação. Será preciso atitude para quebrar ranços amadores. Tenha coragem e governe sob o estatuto, não por cima dele.

 

Pelo bem do São Paulo, espero que você consiga.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.