Search Results For : Base

Jornal espanhol sugere atenção especial a Luan e Antony no Brasileiro

Os jovens Luan e Antony estão em alta e já monitorados pela imprensa mundial. O jornal espanhol “As” citou os dois em uma lista de jogadores com até 21 anos para serem observados no Campeonato Brasileiro.

 

 

Todos sabem que os europeus não entram para brincar e fatalmente os dois receberão sondagens e até propostas na próxima janela de vendas. Porém, para tirar os dois do Brasil não deverá ser tão fácil como em outros anos. Luan tem contrato até final de 2022 e Antony até setembro de 2023. Ambos com multas substanciais.

 

O lado bom é que os meninos vão jogar como nunca esse torneio. São duas peças fundamentais para o time titular de Cuca. Luan, por exemplo, eu penso ser indispensável para o meio-campo do Tricolor. Antony é a válvula de escape criativa do ataque do time.

 

Além de Luan e Antony, o São Paulo ainda conta com os prata da casa Helinho, Rodrigo, Walce, Liziero e Igor Gomes no seu plantel para o Brasileirão e a Copa do Brasil deste ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Você sabia? Atacante do rival de domingo já passou pela base Tricolor

Essa eu não sabia. Vagner Love, revelado pelo Palmeiras e hoje atuando pelo Corinthians, já atuou pela base do São Paulo. A curiosa informação vem do jornalista Diego Salgado, do portal UOL.

 

A passagem do atacante pelo Tricolor foi curta: apenas três meses, entre 200 e 2001. Na época, Love era conhecido como “Carioca” e fez dupla de ataque com outro conhecido Tricolor: o atacante Kleber Gladiador. Os dois atuaram em um torneio de base no Rio Grande do Sul. Após o torneio, Vágner saiu por divergências contratuais entre o São Paulo e Evandro Ferreira, seu empresário.

 

 

Kleber permaneceu no Tricolor até se profissionalizar em 2003 e ser vendido no ano seguinte para o Dínamo, de Kiev. A torcida chiou bastante na época mas, com o dinheiro arrecadado, o clube montou a base do elenco que seria campeão Paulista, da Libertadores e Mundial em 2005.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Jardine, um monstro na base do São Paulo. Obrigado e até breve!

André Jardine está oficialmente desligado do São Paulo Futebol Clube.

 

Em um período de descanso desde a saída após fraca campanha na Libertadores 2019, o  profissional naturalmente aceitou o convite da CBF e comandará seleção brasileira Sub-20 até o fim do Mundial da categoria, em 2021. Sua missão é retomar os períodos de glória esquecidos num passado recente.

 

Não é preciso ser um são-paulino fanático para entender a importância do técnico na recente história de Cotia. Na base Tricolor, Jardine ganhou tudo que pôde em sua categoria: estaduais, nacionais, Copa do Brasil e Libertadores, entre outros títulos. Um monstro na base mais vencedora do Brasil. Efetivado no final do ano passado, ele não teve ‘punch‘ para promover de vez os garotos que treinou nas categorias de base para o time titular, certamente pela necessidade imediata de um time a curto prazo para disputar a pré-Libertadores. O resultado foi a eliminação precoce do São Paulo e sua demissão.

 

Na minha opinião, Jardine foi vilão e vítima do momento e circunstância em que foi lançado como treinador do elenco profissional. Nem ele nem o São Paulo tiveram discernimento para entender que aquele não era o momento certo. Agora, em seu habitat natural, ele terá condições de sobra para voltar a brilhar no comando de um Brasil a procura de uma identidade vencedora perdida com o tempo.

 

Hoje a gente vê Antony, Luan, Liziero e Igor em campo e não pode diminuir a importância do profissional que formou esses atletas. Que ele tenha boa sorte em sua nova trajetória que este seja realmente um “até breve”, como ele mesmo diz em sua carta de despedida do Tricolor. Obrigado você também, André Jardine!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

 

Luan, o indispensável!

O São Paulo enfim está com a cara que a sua torcida tanto desejava. Uma equipe com essência jovem, que conta com jogadores de sua base vencedora no time titular. Mas, enquanto as atenções estão mais voltadas aos ofensivos Antony e Igor Gomes, um outro jogador aos poucos vem solidificando de vez sua importância no São Paulo de 2019: o volante Luan.

 

Os números e a regularidade do garoto quando está em campo pelo Tricolor são impressionantes. O atleta, que estreou entrando em campo na vitória do São Paulo sob o Corinthians por 3×1 e apareceu no time titular com uma bela apresentação na vitória do São Paulo sobre o Cruzeiro no Mineirão em 2018, realiza uma função primordial na equipe de Cuca. É ele que cuida da proteção aos zagueiros e forte marcação nos meias criativos dos adversários durante os noventa minutos de jogo. Um verdadeiro motorzinho em campo.

 

Luan não chega constantemente ao ataque mas o seu constante trabalho ajudou o Tricolor a contar com um sistema defensivo forte ao longo deste início de ano. Sua ausência no início da temporada (estava na seleção brasileira sub20) foi muito sentida, principalmente nos jogos da Libertadores. Podem reparar: mesmo com 19 anos, o jogador dificilmente oscila em campo.

 

Diante de tantas estrelas do meio para frente, como Hernanes, Pato, Tchê Tchê e Pablo, é Luan que eu considero indispensável no meio-campo da equipe. O volante deve ter o mesmo futuro brilhante que Casemiro, outra prata da casa Tricolor.

 

O marcador tem contrato com o clube até dezembro de 2022.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Uma semifinal made in Cotia!

As semifinais da UEFA Champions League foram definidas nesta quarta-feira. De um lado, Liverpool e Barcelona, do outro, Tottenham e Ajax. E, na final, um ‘made in Cotia’ já está garantido: Lucas ou David Neres.

 

Neres mais uma vez brilhou na heróica classificação do clube holandês diante da poderosa Juventus, de Cristiano Ronaldo. Já Lucas se classificou em um emocionante jogo em Manchester. Com influência determinante do VAR, que anulou um gol ilegal de Sterling aos 48 minutos no segundo tempo, os Spurs conseguiram se segurar e se classificaram para enfrentar o Ajax daqui a duas semanas.

 

Os dois clubes eram considerados zebras nos confrontos mas resistiram ao poderio do City e da Juve e farão uma improvável semifinal. Do outro lado, passaram os mais prováveis. O inglês Liverpool fará uma semifinal majestosa diante do tradicional e fortíssimo Barcelona de Messi.

 

Quem vence? Dê seu palpite:

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.