Search Results For : Base

Caíque: multicampeão, adaptado na lateral e com contrato até 2022!

O jovem Caíque está em estado de graça. O lateral esquerdo da base Tricolor sagrou-se campeão do Campeonato Brasileiro Aspirante (sub23) no último sábado e nesta última terça-feira conquistou a Supercopa sub20 no Allianz Park, reduto onde o profissional ainda não venceu desde a inauguração.

 

No início de sua carreira, Caíque começou como meia-atacante. Foi campeão do Sul-Americano Sub-17 de 2015 com a seleção brasileira e pelo São Paulo já faturou inúmeros troféus, como a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista sub-20 em outros anos. Hoje, adaptado a lateral, ele foi peça fundamental na final contra o Palmeiras, em que o clube atuou boa parte da partida com dez jogadores.

 

Pelo profissional já são sete jogos com a camisa Tricolor, seis no Campeonato Paulista e um pela Copa do Brasil. Todos jogando no lado de campo em direção ao gol. Caíque não teve atuação excepcional mas muitos torcedores lembram dos bons jogos ou pelo menos da entrega em campo nos poucos minutos das partidas.

 

Com contrato renovado com o Tricolor até 30 de junho de 2022, o atleta de dezenove anos foi até destaque na SPFC TV em maio. Veja aqui a matéria feita com Caíque.

 

Sinceramente não vejo motivo para contratação de mais um lateral esquerdo com a prata da casa voando e conquistando dois títulos em menos de uma semana pelo clube. O São Paulo está em negociação com o Fluminense por Léo e conta com Reinaldo e Edimar no elenco principal.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lateral que ergueu a taça de campeão dos aspirantes poderá sair do clube sem chances no profissional

O lateral Wellington Cabral Costa, mais conhecido como “Foguete”, poderá estar de saída do São Paulo Futebol Clube. Ele foi o jogador que ergueu a taça de campeão pelo time sub23 (aspirantes) no último domingo. O Tricolor venceu o Internacional e ficou com o título.

 

 

Revelado no Vasco da Gama, Foguete veio ao Tricolor no início de 2013, ainda com 17 anos e treze convocações para as seleções brasileiras sub-15 e sub-17 na época. Passou por Cotia, foi emprestado para o Vila Nova e Santo André, voltou para ser suplente da lateral no elenco de Rogério Ceni, teve seu contrato renovado até fim de 2018 e conquistou o Brasileirão Aspirantes, mas em nenhum momento teve chance real no profissional do São Paulo.

 

Foguete não é um fenômeno, mas está longe de ser um atleta ruim. Se sair do clube em 2019, ele será mais um exemplo de dinheiro jogado fora no Tricolor. O clube investiu pesado em nomes como Bruno e Buffarini e agora tem somente o contestado Bruno Peres atuando na posição.

 

Defendo nomes como Foguete e outros da base (Perri, Antony, Rodrigo, Brenner, Helinho e Caíque) como composição de grupo, desonerando a folha de nomes duvidosos que não fazem diferença qualitativa em um elenco que quer ser campeão. Os garotos para formar o elenco de 2019, com contratações de peso e qualidade, que venham para conduzir o clube de volta as glórias.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Decisão dos aspirantes é boa chance para avaliar atletas com potencial

São Paulo e Internacional decidirão neste sábado às 17h no Morumbi o Campeonato Brasileiro de Aspirantes (sub-23). A primeira partida aconteceu em Porto Alegre, foi vencida pelo Tricolor por 0x1, gol do meio-campista Vinícius Garcia.

 

Apesar de valer um título de pouca expressão, o confronto é uma boa oportunidade para o torcedor acompanhar atletas de potencial, como o goleiro Lucas Perri e o atacante Caíque. Perri poderá disputar o Paulista 2019 como titular e Caíque deveria ser opção para a lateral esquerda, no lugar de Edimar, aliviando os custos de folha salarial. Caíque costuma jogar no setor e Reinaldo precisa de uma sombra.

 

A equipe é treinada por Vizolli e, em 17 partidas obteve treze vitórias, três empates e apenas uma derrota. O time tem a melhor defesa do campeonato e não é vazada há sete partidas. Além disso vem de oito vitórias consecutivas, inclusive a última no primeiro jogo da decisão.

 

Mais um motivo para prestigiar o “Expressinho”: não será cobrado ingresso para a final, isso é, portões abertos para o torcedor Tricolor, que poderá entrar pelo portão 5. Quem mora longe poderá acompanhar a transmissão pela CBFTV.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

“Coloca para jogar, professor!”

“Fim do treino. Observei bastante os garotos Helinho, Antony e Toró. Pode colocar para jogar, professor Aguirre!” – Foi assim que o jornalista Roberto Lioi, setorista do São Paulo para os canais CBN e Rádio Globo, resumiu as atividades já encerradas desta terça-feira.

 

 

Helinho voltou de contusão neste início de semana. Já Antony e Toró treinam normalmente esperando uma oportunidade de entrar na equipe principal do Tricolor, ainda mais após a contusão grave de Joao Rojas e o tempo de recuperação de Everton, previsto para voltar a equipe no clássico contra o Corinthians.

 

A constatação da qualidade e vitalidade dos garotos de Cotia pelos diversos setoristas do São Paulo serve para, de certa forma, pressionar a comissão técnica para a estréia dos jovens atacantes. O São Paulo sofre com falta de gols no segundo turno e o gol da vitória na última sexta, vitória essa que tirou a equipe de um jejum de quarenta dias sem vencer, foi marcada por um zagueiro.

 

A saudável pressão para a entrada dos atacantes de Cotia é ainda acentuada após a permanência de Gonzalo Carneiro no ataque. Com idade semelhante, o uruguaio ganhou sua chance e permaneceu na equipe.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Põe prá jogar: Tricolor renova contrato de onze garotos em 2018!

O São Paulo renovou o contrato com dez atletas provenientes das suas categorias de base neste ano. O volante Luan foi o último e se juntou a Helinho, Lucas Perri, Liziero, Antony, Igor Gomes, Toró, Shaylon, Pedro Augusto, Caíque e Walce.

 

Desta maneira, o clube se precaveu para não perder atletas como Militão e Marquinhos Cipriano. Com contratos perto do fim, os dois não quiseram renovar e saíram do clube sem a compensação financeira considerada justa pelos cartolas Tricolores.

 

Com contratos relativamente longos*, agora é hora do clube colocar os garotos para jogar. Com a iminência de uma vaga na Libertadores do ano que vem, a melhor maneira de vê-los em ação seria no Campeonato Paulista 2019. De lá, o Tricolor poderia pinçar os melhores para as rodadas da competição internacional, além de firmá-los para o Brasileirão no segundo semestre.

 

Vejam as datas de término de contratos dos onze garotos do São Paulo:

 

Luan: contrato até dezembro de 2022
Helinho: contrato até abril de 2023
Lucas Perri: contrato até abril de 2022
Liziero: contrato até março de 2023
Antony: contrato até setembro de 2023
Igor Gomes: contrato até março de 2023
Toró: contrato até dezembro de 2022
Shaylon: contrato até janeiro de 2022
Pedro Augusto: contrato até dezembro de 2019
Caíque: contrato até junho de 2022
Walce: contrato até outubro de 2022

* A exceção é Pedro Augusto, com contrato até o fim do ano que vem.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.