Search Results For : Especulações

Ajax recusa oferta do São Paulo pelos 20% restantes de David Neres

O São Paulo fez uma oferta de venda dos 20% dos direitos econômicos de David Neres ao Ajax e, segundo o jornalista Jorge Nicola, ouviu um ‘não’. O clube holandês, que renovou com o atacante, detém os 80% restantes.

 

A oferta, segundo o jornalista da ESPN, foi de 9 milhões de euros, cerca de R$ 40,1 milhões. A recusa do Ajax forçará o São Paulo a buscar outras receitas para normalizar o fluxo de caixa deste ano.

 

Segundo Nicola, o clube de Amsterdam não vê motivos para a compra, já que ficará com Neres por pelo menos mais uma temporada. Desta maneira, se não houver nenhuma reviravolta, o percentual continuará com o Tricolor.

 

Se tudo correr como o previsto, Neres evoluirá ainda mais na Europa, já que é considerado um atleta ainda em formação. Deste modo, o ganho do São Paulo numa provável venda para um clube europeu, seria maior que os R$ 40,1 milhões estimados. Porém o Tricolor precisa de caixa rápido neste ano para não se complicar com salários e outros vencimentos.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Sem chances com Cuca, situação de Everton Felipe se resolverá neste mês

Recém comprado pelo São Paulo, o atacante Everton Felipe pode estar de saída do clube. A informação é do repórter Felipe Lemos, do portal 90 minutos e bate com a situação atual do jogador.

 

Sem chances de atuação com Cuca, o jogador tem propostas de três clubes, sendo dois da série A e um do exterior. Leco e Raí já sabem do interesse e trabalham a possibilidade de saída, não sem, no mínimo, ter o esforço financeiro pelo atleta equiparado.

 

Segundo o 90 minutos, Marineu Barros, empresário do jogador, acredita que o atleta deverá ter sua situação resolvida ainda neste mês de agosto. “Apresentei um projeto ao São Paulo para a situação. Deve se resolver nos próximos dias e seriam um do exterior e dois da Série A”, explicou ao portal.

 

Por mim, Everton Felipe pode sair, desde que haja compensação que compense ou até supere o investimento. Se o São Paulo ainda não acertou parte das contratações, o clube valoriza jogadores em seu elenco. Até mesmo aqueles que não atuam.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Futebol independente do social? Presidente dá sinal de início de caminho

Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente do São Paulo, deu uma importante mensagem durante a coletiva de apresentação de Daniel Alves na última terça-feira, no Morumbi. Interpelado sobre a profissionalização do clube, ele disse que o estudo de separação do futebol do clube está quase pronto para análise.

 

“O artigo 170 do nosso estatuto social prevê que a administração fizesse um estudo, que está praticamente pronto para começar a transitar dentro dos órgãos competentes do São Paulo, para analisar a perspectiva de modernização do clube de forma pioneira” – disse ele aos presentes.

 

A notícia é ótima. Ainda há um longo caminho a ser percorrido para que o São Paulo modernize de vez sua administração, tornando o futebol e o marketing núcleos independentes do social do clube, sejam eles uma S/A ou não. Porém a mensagem de Leco no meio de um evento que nada tinha a ver com o assunto é um bom sinal de que o clube está realmente se mexendo nesse sentido.

 

O que sabemos hoje é que o Tricolor se prepara para ser o primeiro clube brasileiro a captar recursos com base em instrumentos financeiros. Em outras palavras, o clube será o primeiro a fazer uma oferta pública com esforços restritos de um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (Fidc) no país.

 

Segundo o Portal Isto é Dinheiro, o Tricolor oferecerá como garantia seu contrato de pay-per-view que mantém com a Rede Globo para a transmissão de suas partidas no Brasileirão. O valor do fundo corresponde a 50% do contrato do clube com a emissora. A Globo não permite securitizar 100% do contrato para garantir-se contra eventuais dificuldades financeiras do clube, como processos trabalhistas, por exemplo. O Fidc vai pagar juros até março de 2023. Para atrair o interesse de abonados são-paulinos, palmeirenses, santistas e corintianos, além de gestores profissionais, o fundo deve pagar 160% dos juros de mercado medidos pelo CDI. Na ponta do lápis, isso representa uma remuneração de 10,24% ao ano.

 

“O fundo está aberto a todos os interessados, mas a maior parte dos investidores deve ser mesmo de torcedores são-paulinos”, disse Elias Albarello, diretor financeiro do São Paulo. Segundo ele, os recursos serão usados para quitar dividas que cobram juros elevados, modernizar o estádio e o Centro de Treinamentos, reduzir sua dependência da cessão de atletas a times do Exterior e também para comprar jogadores.

 

Para isso, o Tricolor contratou a Standard & Poor´s, agência global de classificação de riscos, para avaliar o fundo. Ele recebeu um rating nacional “brA-”, considerado de baixo risco. A melhor justificativa para a estratégia escolhida é captar dinheiro mais barato. Ao tomar empréstimos bancários, o clube paga ao redor de 15,4% ao ano. Com o Fidc esse percentual pode cair para 12,4%. “Além disso, teremos oito meses de carência para iniciar os pagamentos, o que vai aliviar nosso fluxo de caixa”, disse o diretor. Atualmente o maior problema do São Paulo não é a geração de receitas e sim o fluxo de caixa.

 

Ainda segundo o portal, o gestão do fundo será da Ouro Preto Investimentos, escolhida por meio de licitação e que tem cerca de R$ 5 bilhões em ativos sob gestão. A administração e a custódia ficarão a cargo da Socopa.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo precisa usar a “reciprocidade comercial” ao tratar com o Santos

O Santos está disposto a tirar o meia Lucas Fernandes do São Paulo. Pedido de Sampaoli, o alvinegro até aumentou a proposta inicial de R$ 7 milhões pelo jogador mas, segundo alguns veículos da imprensa esportiva, ainda está distante de contratar o meia que voltou de empréstimo de Portugal.

 

Segundo a Gazeta Esportiva, o Santos chegou em R$ 9 milhões por 70% dos direitos do jogador mas o Tricolor deseja 2,5 milhões de euros (R$ 11,1 mi) por 50% dos direitos do jogador.

 

O São Paulo precisa fazer jogo duro com o Santos. Primeiro porque a “recíproca comercial” existiu: o Peixe endureceu tanto a negociação por Victor Ferraz que o lateral não desembarcou no Morumbi. Está no direito dele, assim como o Tricolor está em pedir o que acha justo. Segundo que é um adversário direto no Brasileirão, além de ser um rival do mesmo estado.

 

Por mim, subiria essa pedida para cerca de R$ 15 milhões pelos 50% do atleta ou na pior das hipóteses até envolveria Vanderley na negociação. Seria o atual reserva santista mais dinheiro para os cofres do Tricolor. Apesar de não ter tanto espaço no elenco atual, Lucas Fernandes se valorizou no mercado português com boas atuações no Portimonense.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Terceira camisa 2019

O perfil de Instagram Ofoball revelou o que pode ser a terceira camisa do São Paulo, para 2019. Pelas imgens e pelo que se tem conhecimento, tudo leva a crer que a suposta camisa será a que a Adidas lançará em breve no mercado brasileiro.

 

 

A camisa tem uma cor azul claro, com um template de círculos que dão movimento ao material. A gola é em “V” e nas cores preto e vermelho. Listras características da marca são presentes em preto na mesma ideia das camisas #1 e #2 deste ano. Por fim, o escudo original (sem estrelas) e um patch costurado no canto inferior esquerdo dão característica ao produto.

 

O melhor da suposta terceira camisa é que, apesar da cor voltada para o celeste, a marca preservou a identidade original do escudo. Também achei interessante o template e a gola em “V” porém (aí vai um gosto pessoal), entre este tom de azul e o tom azul da camisa do Thiago Volpi deste ano, eu fico com a do goleiro. Porém é um gosto pessoal e acredito que, dentro da proposta do que é uma terceira camisa, a Adidas acertou.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.