Search Results For : Especulações

Tabelinha entre TRI Mundiais!

Tem que testar! Gostaria muito de ver o São Paulo jogar essa reta final de Brasileirão com atletas que precisam mostrar ao torcedor porque estão no clube. Já livre do rebaixamento, Ricardo Gomes deveria colocar em campo jogadores como Jean Carlos, Robson e Douglas. Pouco me importa neste momento usar o time titular para conquistar os próximos pontos: a campanha neste Brasileirão continuará sendo vergonhosa, mesmo com duas vitórias.

 

Teto máximo! Rodrigo Caio merece receber o teto máximo de salário neste próximo reajuste de contrato, tratado entre o clube e o pai do jogador.  A evolução no seu futebol foi nítida neste ano. Além disso Rodrigo é um dos atletas mais antigos do atual elenco e possui característica de atleta que almeja glórias e não só cumprir tabela no clube. O jogador batalha para estar no mesmo patamar de vencimentos de atletas como Maicon e o recém chegado Wellington Nem.

 

Ausência Nenhum representante do São Paulo foi ao evento “Gestão de Campeão” que promoverá um prêmio de excelência do futebol brasileiro aos clubes participantes à partir de 2017. Leco, convidado, está gripado e não pôde comparecer. O clube acabou não mandando nenhum outro representante porque acreditava que o presidente iria ao evento do Movimento por um Futebol Melhor. O clube está inscrito e participará do prêmio. Veja mais informações sobre o evento aqui.

 

Torcida a mais? O torcedor do São Paulo terá um motivo a mais para torcer pelo rebaixamento do Internacional. É que Danilo Fernandes, um dos goleiros especulados pelo clube só sairia do Colorado caso a série B seja decretada. Outras opções estão em pauta, entre brasileiros e estrangeiros. Ainda é cedo para cravar um nome mas, se o clube definiu o gol como uma das prioridades para 2017, este goleiro precisa ser um nome de consenso entre diretoria e torcida.

 

Esperança O São Paulo acredita que finalmente Breno voltará a atuar com qualidade à partir do ano que vem. O atleta está recuperado de uma série de situações cirúrgicas e poderá brigar por uma vaga no time titular, quem sabe atuando até na frente da zaga, como fez em alguns jogos. Lucas Fernandes é outro que terá ‘vida nova’ no clube em 2017. Em fase final de recuperação, o jovem dispensou as férias para consolidar sua recuperação e voltar o mais rápido possível aos gramados.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo poderá fazer reformulação total no gol na próxima temporada

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo poderá realizar uma grande reformulação embaixo das traves em 2017. Denis, Renan Ribeiro e até o terceiro reserva Léo poderão deixar o clube e respirar novos ares no próximo ano.

 

Denis foi titular durante todo o ano de 2016. Naturalmente foi avaliado sob a sombra de Rogério Ceni, goleiro que simbolizou o DNA Tricolor e se tornou um dos maiores ídolos do clube nas últimas décadas. Teve altos e baixos durante toda a temporada, oscilou muito nas competições que o clube participou e poderá dar lugar a um outro atleta pois, de acordo com a coletividade Tricolor (inclusa a maioria dos diretores e conselheiros do clube, além de significaste parte da torcida) não tem envergadura para ser titular absoluto do clube mais vencedor do Brasil.

 

Renan Ribeiro, seu reserva imediato, pouco atuou em 2016 e virou uma espécie de ‘xodó’ do torcedor. Suas atuações em 2016 agradaram a torcida e quando precisou substituir Denis (diante do Toluca no Morumbi) não comprometeu. Porém, apesar da moral, também não deve ficar, a não ser que ganhe a titularidade no ano que vem.

 

Léo, o terceiro goleiro, é o que tem menor chance de permanência. Seu contrato termina no fim deste ano e não deve ser renovado. Em cinco anos de clube, o goleiro atuou apenas por 45 minutos e deve pegar a estrada, como fez Fabiano, terceiro goleiro da era Rogério Ceni que também atuou pouco pelo Tricolor e está fazendo sua vida no exterior. Lucas Perri, da base, deverá ser seu substituto.

 

Na minha opinião Denis é um bom goleiro mas o São Paulo precisa de ao menos mais concorrência no setor. Renan foi o mais votado pela torcida para ser titular ano que vem mas creio que o clube irá de fato atrás de um novo camisa #1 para ser titular em 2017 e não acho que Denis ou Renan receberão bem a notícia. Nomes como Martin Silva (Vasco da Gama), Danilo Fernandes (Internacional), Marcelo Grohe (Grêmio) e Jefferson (Botafogo) agradam o torcedor mas são valorizados no mercado. Conforme escrevi no primeiro dia de novembro, vejo necessidade no gol mas se for para chegar alguém, que seja do peso de um dos citados acima.

 

E você? Qual sua opinião e opções para a meta Tricolor?

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Mesmo ainda jogador do West Ham, Calleri participa de ação com camisa do São Paulo autografada

Nação do Maior do Mundo;

 

O atacante Calleri voltou a ser alvo de forte especulação entre os torcedores do São Paulo. Sub aproveitado no West Ham, o argentino pode rescindir seu empréstimo com o clube inglês e aparecer em outra agremiação em 2017. Até mesmo no Tricolor.

 

Por enquanto não há nada que indique uma negociação avançada com qualquer clube. Sondado pelo Sevilla (Espanha), talvez o seu mais provável destino, o atacante participa de uma curiosa ação envolvendo o manto sagrado Tricolor. Em seu Facebook, Calleri convida a torcida do São Paulo para concorrer a uma camisa autografada no site Hinchas. Ele sempre fala do Tricolor no seu Face, ultimamente muito mais que até o Boca Juniors, clube que o projetou internacionalmente. Curiosa a ação pois o jogador atualmente pertence ao clube londrino.

 

Atualizado Segundo o jornalista Jorge Nicola, o São Paulo já negocia com o pai de Calleri. O atleta pediu para sair do West Ham após ser ‘rebaixado’ para o sub20 do clube londrino. Sevilla e Palermo estão de olho também no jogador. A estratégia do São Paulo é mostrar o amor da torcida pelo jogador e a possibilidade de vitrine para um clube maior que os citados acima em 2018.

 

Clique aqui para saber mais sobre a promoção do site/app Hinchas.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Uma aposta muito arriscada

Nação do Maior do Mundo;

 

O meia Dátolo, 32 anos, está sem clube. Depois de três anos, o atleta se despediu do Atlético MG e procura outro lugar para trabalhar. Porém este lugar não será o São Paulo Futebol Clube.

 

A informação me foi passada por uma importante figura do Tricolor. O São Paulo, na época da especulação pelo meia (dois ou três meses atrás) avaliou como muito arriscada a contratação do argentino, que neste ano sofreu para estar em campo. Com quatro lesões musculares, 180 dias de ‘estaleiro’, apenas vinte partidas oficiais jogadas e um gol marcado, Dátolo esteve perto de se transferir para o SPFC (de acordo com o Globoesporte.com) mas seu nome não foi aprovado pelos diretores.

 

O Tricolor ainda procura reforços de decisão para 2017. Um deles será um bom atacante de gols. Outros setores procurados são no meio-campo e na lateral esquerda. O clube ainda tenta a permanência do chileno Mena para o ano que vem.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Michel por Thiago Ribeiro? Nada feito mesmo! Tchau e bênção, Santos!

Nação do Maior do Mundo;

 

Houve almoço na Baixada Santista e tentativa de um ‘rôlo’ entre jogadores de São Paulo e Santos. Dorival Junior pediu Lucão e Michel Bastos. Leco consultou a comissão técnica e retornou com interesse por Ricardo Oliveira, veterano jogador que já teve duas passagens pelo Tricolor.

 

Os santistas recusaram. Propuseram Thiago Ribeiro e alguns outros atletas que não seriam aproveitados em 2017. Avaliaram que Michel, como reserva, não valia Ricardo Oliveira, nem com o acréscimo de Lucão.

 

O São Paulo também não considerou a contra-oferta justa. Cada um na sua, nada feito, tchau e bênção, Santos. Michel é reserva sim, mas porque uma série de fatores levaram ele a essa condição. Bola ele tem para ser titular em qualquer clube do Brasil. Lucão foi supervalorizado pelas passagens como capitão nas seleções de base e para mim foi lançado muito cedo a equipe principal do Tricolor. Não rendeu o esperado mas se fizer uma temporada ‘mais ou menos’ em algum clube grande, vai para a Europa rapidinho pela idade e currículum na seleção. Ricardo Oliveira é ótimo, mas é ‘velho de guerra’ (36 primaveras) e não será no São Paulo que irá se transferir pela última vez e findar seu pé de meia. ‘No hard feelings’ e segue o jogo!

 

Lucão deveria ser emprestado para engrossar canela e provar o potencial que ainda pode ter. Michel, com contrato a vencer no fim do ano que vem, também pode ser emprestado até o fim do seu contrato ou vendido para algum mercado menos atraente mas com alto valor comercial, como a China ou o Oriente Médio. É o que, creio eu, o São Paulo esteja tentando fazer. Além, disso, o atleta ainda é alvo de clubes como o Grêmio e Internacional. Será que não tem alguém bom para troca lá no Sul?

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.