Search Results For : Planejamento

Fernando Bob valeria o investimento?

Nação do Maior do Mundo;

 

O interesse do São Paulo por Fernando Bob é antigo.

 

O volante revelado pelo Fluminense, teve seus melhores momentos na Ponte Preta e possui direitos pertencentes ao Internacional, já foi assediado pelo clube em 2015, antes mesmo de se transferir para o Colorado. Eleito o melhor volante do Paulistão 2017, o atleta de 29 anos agora volta a pauta Tricolor.

 

O Inter topa negociar, mas uma cláusula no empréstimo com a Ponte permite a Macaca cobrir a oferta Tricolor, conforme noticiou o Globoesporte.com Pelo visto, o São Paulo terá que fazer uma substancial oferta para que a equipe de Campinas não consiga cobrir e Fernanbo Bob tenha liberdade para jogar o Brasileirão.

 

Aí fica a questão. Fernando Bob valeria um alto investimento por parte do Tricolor? O atleta teve ótimo rendimento no meio-campo da Ponte neste último estadual, mas refugou quando foi para o Internacional em 2016. Também não vingou no Flu, seu primeiro clube, o que ‘no popular’ sugere que não seria jogador de time grande.

 

Tenho minhas dúvidas quanto a contratação. O São Paulo precisa de protagonistas em campo, de gente que não sente a camisa nem precisa de muito tempo de adaptação. Aí vejo Fernando Bob como um bom jogador para elenco, mas não um cara que resolva o meio-campo. Do jeito que ele está amarrado a Ponte, me parece que o Tricolor precisará fazer uma proposta de protagonista.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Breno jogará no Vasco da Gama

Nação do Maior do Mundo;

 

Houve uma reviravolta na negociação de Breno. O zagueiro Tricolor não irá mais para o Atlético GO como se especulava dias atrás. Segundo o Globoesporte.com, o destino do defensor será o Vasco da Gama e o tempo de empréstimo permanece o mesmo: até dezembro deste ano.

 

A opção de ir para o Rio de Janeiro foi do jogador. Tanto Breno como Paulão (Internacional) acertaram com o clube carioca e farão exames médicos nesta segunda-feira. Recentemente a assessora do jogador emitiu uma nota oficial afirmando que o atleta está em boas condições clínicas. Breno quer ritmo de jogo, pediu e o São Paulo o liberou para atuar mais em outro clube.

 

Na minha opinião, desfazer negócio é ruim para a imagem do jogador, mas Breno terá uma oportunidade de ouro de mostrar futebol como titular do Vasco. A equipe cruz-maltina perdeu sua zaga titular (Rodrigo e Luan) e certamente colocará o são-paulino em campo nesta temporada. Apenas para constar: o São Paulo não teve nada a ver com a decisão do jogador de mudar do centro-oeste para o Rio.

 

Estou apurando se o Atlético GO ainda cederá o jovem atacante Joao Pedro ao tricolor, mesmo depois da não ida de Breno para Goiânia. Ao que tudo indica, o negócio deverá ser desfeito pois era parte da negociação entre os clubes pela ida do defensor. Em breve mais notícias por aqui.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Neílton: de titular a dispensado!

Nação do Maior do Mundo;

 

O atacante Neílton, titular do jogo diante do Defensa y Justicia na quinta-feira passada, não vestirá mais a camisa do São Paulo. A notícia é do Globoesporte.com Segundo o portal, o atacante foi dispensado do clube e voltará para o Cruzeiro, detentor de seus direitos econômicos.

 

A dispensa de Neílton, nove partidas e nenhum gol marcado, mostra a irracionalidade da atual gestão de futebol do Tricolor. Dois dias antes o jogador entrou em campo em uma partida decisiva para o clube, prestigiado como titular. Dias atrás, o atleta fora elogiado pela postura nos treinos no período que marcou as eliminações do Paulista e Copa do Brasil até a eliminação da Sulamericana. Ceni bancou a sua recuperação.

 

Além de Neílton, dispensado, o zagueiro Breno será emprestado ao Atlético GO. Chavez e João Schmidt (que também foi titular na última quinta) são saídas certas e o volante Wellington vem sendo especulado em outros times brasileiros. Será que temos tanta fartura e qualidade assim para reduzir o elenco?

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Atenção, dirigentes: não passem por cima do novo estatuto do São Paulo!

Nação do Maior do Mundo;

 

Muita coisa está fora de ordem no São Paulo nos últimos tempos, porém existe algo em especial que deveria estar andando bem, pois dependia única e exclusivamente da nossa coletividade Tricolor, mas não está: a obediência ao Novo Estatuto do clube.

 

Criada para ser a mais moderna entre os clubes brasileiros, a carta magna Tricolor está muito ameaçada pelo amadorismo e politicagem ainda existente entre os cardeais, dirigentes e conselheiros são-paulinos. O Novo Estatuto, obra apartidária, prevê gestão profissional, redução de adjuntos e carterinhas e plena descentralização de decisões administrativas. O maior desafio de Carlos Augusto de Barros e Silva, vencedor das eleições presidenciais em abril, será torná-lo realidade na prática.

 

Elogiei o então presidente no seu curto anterior por não interferir na criação do Novo Estatuto, mas pelas informações ainda extra-oficiais que recebi, o documento já foi ‘transgredido’ com a inclusão de adjuntos e procedimentos antiquados. Leco tem que trabalhar pela realização plena do Novo Estatuto, nomeando profissionais renomeados e de experiência comprovada. Não basta apenas ser comprometido e honesto; é preciso ter visão empresarial. Este é o maior desafio hoje em dia da presidência.

 

Leco, você foi eleito para reconduzir o São Paulo ao seu patamar e certamente está tão ou mais desanimado que eu com a atual situação que o clube se encontra. Aí vai um conselho: não estrague a confiança e o apoio que os conselheiros depositaram em você. Muita gente que participou ativamente da construção do Novo Estatuto está se sentindo traída com o início da implementação. Será preciso atitude para quebrar ranços amadores. Tenha coragem e governe sob o estatuto, não por cima dele.

 

Pelo bem do São Paulo, espero que você consiga.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Mudança na diretoria reforça status ‘manager’ de Rogério Ceni no futebol

Nação do Maior do Mundo;

 

Segundo post publicado no blog dia 21 de abril, Vinicius Pinotti, ex-diretor de marketing, deverá ser o novo diretor de futebol remunerado do Tricolor e trabalhar diretamente com Rogério Ceni, Alexandre Pássaro e o departamento de análise e estatística.

 

Sem experiência no cargo, um dos fatores decisivos pela escolha de Vinícius para o futebol foi a sua grande aproximação com Rogério Ceni. O novo diretor, inclusive, foi responsável direto pela chegada do técnico no lugar de Ricardo Gomes, no fim do ano passado. A escolha reforça o status de “manager” de Rogério no clube: é o técnico quem ordena a busca por uma função específica, valida e indica a cúpula do futebol. Foi assim com as chegadas de Morato e Marcinho, por exemplo. Rogério pediu, o departamento de análise e estatística identificou os perfis dentro do cenário possível, Rogério gostou e validou os nomes para Pássaro coordenar as contratações.

 

Vinicius já demonstrou competência e dedicação em sua passagem pelo marketing e a minha torcida é para que os dois façam uma boa dupla de trabalho no ‘coração’ do clube, devidamente auxiliados pelo departamento já existente.

 

Vai dar certo? O tempo dirá!

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.