Search Results For : São Paulo FC

OPINIÃO Avaí 1×1 São Paulo

O São Paulo ainda deve uma boa sequência ao seu torcedor. A equipe de Dorival Junior teve uma boa chance de vencer o seu segundo jogo fora de casa mas não superou os erros e a boa atuação do goleiro adversário. No final e pelas circunstâncias, o ponto é bem-vindo.

 

Duas bolas paradas determinaram a igualdade num jogo morno e equilibrado. O São Paulo, um pouco diferente taticamente em relação a outras partidas, apresentou um futebol melhor pelos lados do campo com algumas boas triangulações entre os laterais e os homens de ponta. Prova disso foi uma partida apresentável de Julio Buffarini, que merece uma sequência para tentar se firmar. Chegou a envolver os donos da casa em muitos momentos mas o problema é que o meio-campo ainda não se encaixou como deveria. Os ótimos Petros, Jucilei, Hernanes e Cueva ainda não traduziram a escalação em realidade. O resultado é um meio ainda confuso e poucas chances para o centroavante, seja quem ele for. Hoje foi Gilberto quem ficou ilhado no comando de ataque.

 

Apesar de não ter feito uma partida exuberante, vi uma pequena evolução: a equipe apresentou um pouco mais de repertório pelos lados do campo e perdeu boas chances de gol. Só Rodrigo Caio perdeu duas cabeçadas claras. Tivemos dois bons lances cara a cara com o goleiro avaiano e uma bela falta cobrada por Hernanes, defendida pelo bom goleiro avaiano. Apesar do gol tomado, o time jogou melhor com a entrada de Lucas Fernandes, mas a defesa ainda assusta. Arboleda teve apagões e Sidão, substituto de Renan Ribeiro, não deu segurança ao torcedor.

 

Não tem jeito. Enquanto a tal sequência não vem, o importante é ter sangue frio, somar pontos e não perder partidas ‘decisivas’ como esse confronto direto contra o Avaí, companheiro da parte de baixo da tabela. O próximo jogo será uma verdadeira guerra. O Tricolor ainda não somou ponto algum desde a inauguração do Allianz Park e um empate seria outro resultado bem-vindo, quiçá uma vitória. Lutaremos até o fim!

 

Nota dos personagens da partida:

Sidão Fraquíssima partida com um lance prá lá de bizarro. Nota: 4,0

Buffarini Boa partida, servindo como opção de ataque. Nota: 6,5

Arboleda O segundo tempo foi temeroso. Defesa ainda dá medo. Nota: 4,5

Rodrigo Caio Perdeu dois gols que não poderíamos perder. Nota: 5,5

Edimar Estava fazendo uma partida tranquila. Penal lamentável Nota: 4,5

Petros Trabalho tranquilo de primeiro volante. Nota: 6,0

Jucilei Mais próximo de Hernanes, não fez boa partida. Substituído. Nota: 5,0

Hernanes Começou mal mas depois fui entrando no jogo. Nota: 6,5

Cueva Fora de sintonia. Substituído no início do segundo tempo. Nota: 4,0

Marcos Guilherme Muito tímido no ataque. Faltou ousadia. Nota: 4,5

Gilberto Ilhado, não teve oportunidades de gol. Nota: 5,5

Lucas Fernandes Entrou e melhorou o coletivo do meio-campo. Nota: 7,0

Denílson Também melhorou o fluxo do ataque. Nota: 6,0

Jonatan Gomez Pouco tempo e uma bola mal batida longe do gol. Sem nota.

 

Dorival Junior Vi uma pequena melhoria coletiva. O time estava um pouco mais organizado e com mais tentativas de triangulações pelos lados do campo, porém ainda longe de inspirar confiança para uma sequência de vitórias, essencial para uma subida de tabela. Não gostei de Sidão e acho que Lucas Fernandes tem lugar nesse time titular, no lugar de Cueva ou um dos volantes mas gostei das iniciativas de jogadas pelos lados. Nota: 5,5

 

Torcida do São Paulo Invadiu a Ilha com apoio ao time. Nota: DEZ!

 

Leia outras notícias do blog São Paulo Sempre aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Entenda porque o Villa Mix Festival mudará do Allianz Park para o Morumbi

O Villa Mix Festival, um dos maiores festivais de música sertaneja do país, será realizado dia 07 de outubro no estádio Cícero Pompeu de Toledo. Como o Tricolor não jogará no período em seu estádio, o evento não fará o time jogar em outro estádio como o Pacaembú, por exemplo.

 

O último Villa Mix Festival de São Paulo aconteceu na arena palmeirense, em 2016. O Tricolor ganhou o direito de sediar o evento deste ano, anteriormente previsto para o Allianz Park devido a pressão da CBF sobre a WTorre, já que no dia 10 de outubro a seleção brasileira jogará no estádio palmeirense contra do Chile, pelas eliminatórias da Copa do Mundo.

 

O Morumbi perdeu força no quesito eventos com a chegada da arena palmeirense e recentemente demitiu seu gerente de marketing por fortes suspeitas de desvio de ingressos de camarotes do shows do U2. Como o ex-gerente Alan Cimermam assinou a demissão por justa causa, o clube poderá processá-lo caso possua evidências dos crimes contra a instituição.

 

Independente da realização do evento e do processo que deverá ser movido pelo Tricolor contra seu ex-funcionário, tudo que o torcedor espera é que nos próximos eventos os tramites sejam feitos sem danos a instituição. O São Paulo não pode de uma vez por todas manchar sua reputação com escândalos como o da Far East/Under Armour e este dos shows do U2.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Maradona e Careca: quem viu, viu!

Diego Armando Maradona e Antônio de Oliveira Filho (Careca) formaram uma das maiores duplas de ataque da história do futebol. A prova disso é que o gênio da camisa dez e responsável direto pelo Bicampeonato Mundial de 1986 com a Argentina não precisou de muito tempo nem muitas palavras para reconhecer o amigo de dentro e fora dos campos.

 

Em recente entrevista ao programa “The Best of Diego Maradona”, feito exclusivamente para a maior entidade de futebol mundial, a FIFA perguntou ao argentino quem foi o seu melhor parceiro no futebol. Maradona pensou um, dois segundos, e não titubeou: “Careca” – respondeu sem mais delongas.

 

Veja a resposta de Maradona aqui: https://glo.bo/2uT2UyN

 

Foi uma dupla indescritível e eu acordava cedo para assistir o Campeonato Italiano da época só para vê-los em campo. Os dois foram responsáveis pelos anos de ouro do Napoli, entre 1988 e 1990, levando a equipe italiana aos títulos da Copa da UEFA, o Campeonato Italiano e a Copa da Italia de 1989/1990. Recentemente Careca revelou ao Sportv que a decisão de se mudar do Morumbi para Nápoles foi muito por conta da genialidade do meia argentino. São amigos e se falam até hoje.

 

Careca ainda defendeu o Napoli até 1993, quando foi jogar pelo Kashiwa Reysol.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo homenageará ídolos com nomes de setores no Morumbi

O São Paulo deu um passo importante para modificar a identificação de alguns setores do seu estádio, o Morumbi. Os diretores aprovaram um estudo para a mudança definitiva de identificação visual do Cícero Pompeu de Toledo. A informação foi passada em primeira mão no Twitter pelo jornalista Luis Guidi e foi confirmada pelo UOL.

 

O estudo tem como uma de suas metas substituir os nomes das arquibancadas azul, vermelha, amarela e laranja pelos nomes ou apelidos de ídolos do clube. O processo passará por escolhas técnicas e emotivas da Coletividade Tricolor e também por negociações de autorização de uso de imagem com os ídolos escolhidos.

 

Não é uma alteração estrutural significativa porém é um passo importante para homenagear quem de fato fez história dentro de campo. Nomes como Rogério Ceni, Zetti, Raí, Leônidas estão na pauta, entre outros ídolos. Não faz sentido mais os setores populares terem os nomes das cores antigas das arquibancadas. Além disso, é um pedido de muitos torcedores.

 

Porém, existe um processo. Telê Santana, por exemplo, virou nome da avenida que cerca o estádio após muito estudo, negociação e requerimentos junto a entidades públicas. O pedido ainda deve passar por aprovação do Conselho Deliberativo do clube. Fique de olho no blog que teremos mais surpresas em relação a melhorias no estádio do Morumbi.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Presidentes do São Paulo e Boca Juniors se reuniram no Morumbi

O presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva e Daniel Angelici, presidente do Boca Juniors, se reuniram na nesta sexta-feira dia 18, no estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi.

 

Segundo o site oficial do Boca, o encontro foi para dividir experiências de gestão entre o clube brasileiro e o clube argentino. Além dos presidentes, participaram do encontro o diretor de futebol Vinicius Pinotti, o advogado do clube Alexandre Passaro e o secretário geral do Boca Juniors, Christian Gribaldo.

 

Penso que o Boca tem um dos melhores marketings e clube do mundo, além de serem excelentes em licenciamento de marca: até um hotel “Boca Juniors” eles tem na Argentina. Já o São Paulo possui nos jovens dos CTs de base e nas áreas de fisioterapia e recuperação de atletas um de seus grandes diferenciais, atraindo interesse de clubes do mundo todo. São dois dos clubes mais tradicionais do mundo.

 

Recentemente São Paulo e Boca negociaram empréstimo entre seus jogadores. O São Paulo emprestou Centurión ao clube xeneíse; já o Boca cedeu por empréstimo o atacante Chavez, atualmente no futebol grego. A relação entre os dois clubes é ótima e o Boca está em começo de temporada, ainda a procura de reforços. O clube argentino se mostrou interessado no lateral Buffarini; será que vem novas negociações por aí?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.