Search Results For : São Paulo FC

OPINIÃO São Paulo 2×0 Avaí

Nação do Maior do Mundo;

 

Nas circunstâncias, foi uma “goleada no Morumbi”. O São Paulo continua desinteressante dentro de campo, mas ao menos afastou o fantasma dos insucessos no seu estádio com a primeira vitória no Campeonato Brasileiro 2017.  Pratto e Luiz Araújo fizeram os gols do Tricolor.

 

O jogo foi muito fraco, principalmente no segundo tempo quando os donos da casa praticamente chamaram os visitantes para o seu campo. Mas, enfim, a vitória veio após três partidas sem vitória dentro do Cícero Pompeu de Toledo. Os jogadores se mostraram muito aliviados após o jogo. O abraço de Lugano em Ceni chamou atenção. Parece que todos tiraram um grande peso nas costas com a conquista dos três pontos. Até aí tudo bem, maravilha, mas um clube como o São Paulo não pode jogar tão pouco com tanto espaço para treino e bons jogadores. É clara a má fase técnica (ou sei lá o que) de alguns como Cueva, corretamente vaiado nesta segunda-feira. O peruano não jogou nada de nada. Apático ao extremo. Justamente ele, considerado pelo torcedor como um dos diferenciais do elenco.

 

Apesar da fundamental vitória, a situação do time ainda inspira preocupação. O coletivo não dá liga e as peças que deveriam funcionar não mostram sinais de evolução. Aí destaco a vontade de Luiz Araújo. Entrou no segundo tempo e mostrou bastante iniciativa. premiado com um gol quase todo individual, merece elogios. É uma ótima peça para entrar no segundo tempo das partidas.

 

Não tem muito o que fazer. O time precisa treinar cada vez mais para encaixar o jogo que até agora desde o começo do ano não encaixou. Sábado tem o Palmeiras no Morumbi. Parada duríssima mas certamente o estádio Tricolor vai contar com mais que o dobro dos 12 mil guerreiros que enfrentaram o frio e o trânsito paulistano deste início de semana.

 

Não faltará apoio e dias livres para treinar.

 

Nota dos personagens da partida:

Renan Ribeiro Apesar da presença avaiana, pouco acionado. Nota: 6,0

Buffarini Partida razoável. Limitado a defender no segundo tempo. Nota: 5,5

Lugano Garra é com ele. Deveu em campo? Não. Nota: 7,0

Rodrigo Caio Bem em campo, desarmando e saindo para o jogo. Nota: 7,0

Junior Bom primeiro tempo. Apagou na segunda etapa. Nota: 5,5

Jucilei Partida bem jogada do princípio ao fim. Nota: 7,5

Cícero Muito bem no primeiro tempo. Na segunda etapa ‘morreu’. Nota: 5,5

Thiago Mendes Vinha fazendo boa partida até se contundir. Preocupa. Nota: 6,0

Cueva O pior em campo. Muito aquém do meia decisivo que é. Nota: 4,5

Marcinho Melhor no primeiro tempo. Sumido na segunda etapa. Nota: 5,5

Lucas Pratto Gol importante e luta. Joga ‘sozinho’ no ataque. Nota 7,0

Thomaz Entrou no segundo tempo na ponta e depois foi para o meio. Nota: 5,5

Luiz Araújo Ótima participação e gol importantíssimo. Nota: 9,0

João Schmidt Sem nota.

 

Rogério Ceni Falta muito para essa equipe dar a liga mas a vitória tira um enorme peso das costas dos jogadores e dele também, por que não? Precisa de dois ou três reforços para melhorar a qualidade da equipe titular mas também precisa exigir dos que estão mais proximidade, vibração e envolvimento dentro do jogo. O São Paulo de Ceni está desinteressante. Se o Avaí fosse um pouco melhor… Nota: 5,5

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

A importância da MRV/Intermedium nas futuras contratações do São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

Já é notória a chegada da MRV/Intermedium como patrocinador master do São Paulo Futebol Clube para os próximos anos. O Globoesporte.com publicou uma matéria com bastante detalhe sobre o acordo, porém neste post ressaltaremos um importantíssimo ponto para o torcedor.

 

O valor do patrocínio (cerca de R$ 40 milhões em três anos) não é alto como o de alguns clubes como Palmeiras e Flamengo. A grande diferença a ser notada nos próximos anos é que a MRV/Intermedium atuará decisivamente como avalista do clube em contratações e também em outras transações, como reformas pontuais no Morumbi.

 

O que faz um avalista? Ele fornece as garantias bancárias para bancar aquisições e salários de atletas pretendidos. Isso é, dá a segurança financeira necessária para o São Paulo pensar grande, desde que bem administrado. No popular, avalista é aquele que ‘garante a grana do contratado’, como comissões a empresários, luvas e salários. Foi o que aconteceu na contratação de Lucas Pratto no começo do ano: o investimento foi grande e sem um avalista o São Paulo não conseguiria trazê-lo para o Morumbi. A Intermedium teve participação fundamental nesta negociação e durante três anos terá atuação decisiva na chegada de reforços e melhorias no estádio, por exemplo.

 

É claro; tudo isso só será realmente vantajoso se o São Paulo apresentar uma gestão com foco em vitórias e equilíbrio financeiro. Por isso é fundamental o papel fiscalizador do Conselho de Administração, criado pelo Novo Estatuto. Agora, falando na prática: o grupo MRV/Intermedium já ajuda o São Paulo em duas negociações que, ‘oxalá’, estão bem conduzidas até então. Contratar ou não faz parte do mercado e concorrência do futebol mas já para dizer que o clube, com o auxílio avalista do seu patrocinador, tem muito mais chances de êxito.

 

Os possíveis reforços eu coloquei no post anterior a esse. Leia aqui.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lucas Pratto não está contundido! Veja possível escalação Tricolor:

Nação do Maior do Mundo;

 

As redes sociais foram infectadas com um boato que tomou grandes proporções neste final de semana. Diz o boato que o atacante Lucas Pratto sofrera uma lesão no tornozelo e que fora cortado por Rogério Ceni do próximo jogo no Brasileirão 2017. Mentira. O argentino treinou normalmente com o grupo e estará à disposição do treinador para o jogo desta segunda-feira às 20h no Morumbi.

 

Ceni fechou os treinos táticos de sexta, sábado e domingo visando concentrar o elenco para a partida contra a agremiação catarinense. Se considerarmos o único treino aberto, alguns prováveis retornos e o adversário que deverá vir fechado para o Morumbi, uma das ideias possíveis será atuar num 4-3-3 com Renan, Bruno (Buffarini), Maicon, Rodrigo Caio e Junior. Jucilei, Tiago Mendes e Cícero (recuperado da gripe). Cueva, Marcinho e Pratto.

 

Também há a hipótese da mesma escalação num 4-2-3-1, com Cueva centralizado. Pelo cenário do jogo não creio em Thiago Mendes na direita ou em três zagueiros para esta partida mas Ceni pode manter o time contra o Cruzeiro, isso é, com os três zagueiros. Lucas Fernandes e Shaylon foram relacionados para o jogo mas é improvável que entrem como titulares. O Tricolor ainda busca reforços para o restante do ano. Fernando Bob e Éverton Ribeiro continuam na pauta do clube.

 

Relacionados para a partida:

Goleiros: Renan Ribeiro e Denis
Laterais: Bruno, Buffarini, Junior e Edimar
Zagueiros: Rodrigo Caio, Lucão, Lugano e Maicon
Volantes: João Schmidt, Thiago Mendes, Jucilei e Éder Militão
Meias: Cícero, Cueva, Thomaz, Lucas Fernandes e Shaylon
Atacantes: Chavez, Lucas Pratto, Gilberto, Luiz Araújo e Marcinho

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Fernando Bob valeria o investimento?

Nação do Maior do Mundo;

 

O interesse do São Paulo por Fernando Bob é antigo.

 

O volante revelado pelo Fluminense, teve seus melhores momentos na Ponte Preta e possui direitos pertencentes ao Internacional, já foi assediado pelo clube em 2015, antes mesmo de se transferir para o Colorado. Eleito o melhor volante do Paulistão 2017, o atleta de 29 anos agora volta a pauta Tricolor.

 

O Inter topa negociar, mas uma cláusula no empréstimo com a Ponte permite a Macaca cobrir a oferta Tricolor, conforme noticiou o Globoesporte.com Pelo visto, o São Paulo terá que fazer uma substancial oferta para que a equipe de Campinas não consiga cobrir e Fernanbo Bob tenha liberdade para jogar o Brasileirão.

 

Aí fica a questão. Fernando Bob valeria um alto investimento por parte do Tricolor? O atleta teve ótimo rendimento no meio-campo da Ponte neste último estadual, mas refugou quando foi para o Internacional em 2016. Também não vingou no Flu, seu primeiro clube, o que ‘no popular’ sugere que não seria jogador de time grande.

 

Tenho minhas dúvidas quanto a contratação. O São Paulo precisa de protagonistas em campo, de gente que não sente a camisa nem precisa de muito tempo de adaptação. Aí vejo Fernando Bob como um bom jogador para elenco, mas não um cara que resolva o meio-campo. Do jeito que ele está amarrado a Ponte, me parece que o Tricolor precisará fazer uma proposta de protagonista.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Ceni falou em perseguição e diz saber quem são os ‘haters’ do jornalismo

Nação do Maior do Mundo;

 

Desde que assumiu o comando técnico do São Paulo, Rogério Ceni sabia que sua vida não seria fácil. Além da dificuldade em trabalhar dentro das condições financeiras atuais do clube, o ídolo da torcida também enfrenta diversos contratempos extra-técnicos.

 

Foi o que se percebeu em sua entrevista coletiva nesta sexta-feira no CT. Entre outros assuntos, o treinador comentou a perseguição de alguns profissionais da imprensa na ávida necessidade de criar algo polêmico (citou o Caso da prancheta) e também disse saber quem são os profissionais que trabalham para ver o circo pegar fogo. Os ‘haters’ do jornalismo.

 

Um nome da grandeza de Rogério Ceni no futebol brasileiro naturalmente desperta inveja em muita gente. É normal. Uma figura inexperiente no cargo, mas absolutamente identificada com o clube que treina, será alvo constante de tentativas de desestabilização de ambiente. Rogério está acostumado. Tudo que cerca o super ídolo do São Paulo é naturalmente amplificado, porém o ‘técnico Rogério’, em busca de equilíbrio e resultados, demonstrou bastante serenidade na entrevista coletiva. Disse entender as atuais condições do clube, falou em tranqüilidade na relação com os atletas e entende que precisa melhorar o rendimento coletivo da equipe.

 

Os haters do CT e das redes sociais continuarão rondando o técnico, mas se depender dos blogs, portais de torcida, youtubers e formadores de opinião, o São Paulo terá apoio incondicional neste Brasileirão. O momento é de tranquilidade e presença.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.