Search Results For : São Paulo FC

Estaca zero? Feliz e valorizado, Fernando Bob não sairá da Ponte.

Nação do Maior do Mundo;

 

As pretensões do São Paulo em contar com Fernando Bob foram por água abaixo.

 

O volante concedeu uma entrevista coletiva no Centro de Treinamento da Ponte Preta dizendo que não sairá da Macaca. Emprestado pelo Internacional, o ‘melhor volante do Paulistão 2017″ é antigo desejo do Tricolor mas o negócio não concretizará neste ano. Por curiosidade do destino, Bob enfrentará o Tricolor neste domingo pelo Campeonato Brasileiro.

 

Final feliz para a Ponte, tensão na Barra Funda. O Tricolor negociou três atletas de seu elenco e não conseguiu nenhum reforço para o Brasileirão, excetuando Marcinho e Morato. A torcida continua a espera de uma boa melhoria no elenco atual, já que a meta explícita da diretoria de futebol e da comissão técnica é a vaga na Libertadores.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo atrás do zagueiro Cléber, ex-Ponte, Corinthians e Hamburgo

Nação do Maior do Mundo;

 

Cléber, zagueiro que está atualmente pertence ao elenco do Santos, é um dos alvos do Tricolor para o setor defensivo neste Brasileirão. A informação é do jornalista Jorge Nicola (ESPN e Yahoo Esportes).

 

O experiente zagueiro que apareceu na Ponte Preta, teve bons momentos na zaga do Corinthians e ficou dois anos no Hamburgo (Alemanha), possui o perfil pretendido pela cúpula Tricolor. Contratação badalada, mas sem espaço no Peixe, seria a alternativa a uma futura perda de zagueiros no meio da temporada. Lugano não deve renovar contrato e Rodrigo Caio é alvo constante de sondagens européias.

 

Assim como Fernando Bob, Cléber também é ‘sonho antigo’ da diretoria Tricolor. Antes de ir ao Corinthians, o Tricolor especulou sua contratação. Sempre o vi como bom zagueiro, desde a passagem pela Ponte Preta, quando apareceu de fato para o futebol e não entendo como virou reserva de David Braz e Lucas Veríssimo. O fato de ter atuado pouco desde a volta ao Brasil merece atenção. Depois de Douglas, o Tricolor não pode arriscar trazer mais um zagueiro com algum tipo de lesão em um elenco que promete ser enxuto para a temporada.

 

Tirando a possível dúvida clínica, sempre se mostrou bom jogador e creio que seria uma boa alternativa. Cléber tem 26 anos, idade considerada ‘ideal’ para um zagueiro. Outra dúvida seria a forma de aquisição. Duvido que o Santos tenha interesse em emprestá-lo ao Tricolor, já que investiu cerca de R$ 7 milhões em sua repatriação.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo lucrará com transferência do ‘goleiro mais caro da história’

Nação do Maior do Mundo;

 

Nesta segunda-feira, o Manchester City acertou a chegada do goleiro brasileiro Ederson, de 23 anos. Ele sairá do Benfica, clube que defende há três anos, para substituir o inconstante chileno Claudio Bravo. Segundo o jornal inglês The Guardian, o negócio está na casa de 35 milhões de libras (cerca de R$ 146,38 milhões) e, de acordo com a ESPN Brasil, esta é a maior transação da história de um goleiro.

 

O São Paulo, clube formador de Ederson, receberá uma parcela da transação pelo mecanismo de solidariedade dos clubes formadores. O goleiro passou pelo Tricolor em 2008 e 2009, quando foi negociado para o clube português.

 

Outros jovens goleiros com sucesso pelo Brasil e exterior passaram pela base Tricolor. Um deles é Fabiano, atualmente titular no Fenerbahçe (TUR). Outro é Léo, emprestado ao Paraná Clube. O goleiro chegou a ficar 1.170 minutos sem tomar gol e é destaque da equipe.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Calleri virá ao Brasil e é aguardado no São Paulo para uma visita informal

Nação do Maior do Mundo;

 

O atacante Calleri chegará no Brasil nesta semana. Liberado pelo West Ham, clube que atuou sem nenhum brilho na última temporada inglesa, o argentino será recebido pelos dirigentes Tricolores para um encontro ‘informal’.

 

Oficialmente, nada de negociações. Calleri voltará ao Morumbi para agradecer o tratamento dado pelo clube em sua rápida e inesquecível estadia. O argentino passou momentos de alegria e tristeza no clube e vem para renovar a gratidão e manter a diplomacia para no futuro um dia poder voltar a jogar no Tricolor. Seu pai vive dizendo que, no Brasil, Calleri só joga no São Paulo.

 

Conforme escrito no post do dia 25 de maio, as chances de retorno imediato são remotas. De férias, Calleri deverá aguardar toda a janela européia e só ter seu destino revelado após negociações com os clubes do velho continente. A chance de jogar no Brasil (e no Tricolor) só aconteceria se o atacante não recebesse nenhuma proposta que o agrade. Aí o argentino poderia novamente virar vitrine no Morumbi.

 

Segundo o grupo que controla seus direitos, o destino do atleta será a Espanha.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

OPINIÃO São Paulo 2×0 Palmeiras

Nação do Maior do Mundo;

 

Vitória maiúscula no Morumbi. Com organização, alma e principalmente aplicação dos jogadores, o São Paulo superou o considerado melhor elenco do país e conquistou a sua segunda vitória no Brasileirão 2017.

 

Defino o jogo assim: “ganhamos com aquilo que poderíamos ganhar, não com aquilo que queremos ganhar”. É claro que o elenco do Tricolor não é tão vasto e qualitativo como o do adversário, por exemplo. Mas superamos um dificílimo rival com um desenho tático diferente e muita dedicação dos atletas. Rogério jogou com três zagueiros, um lateral de oficio, um atacante que soube marcar muito bem o outro lado e investiu em poucas e boas estilingadas. Fomos extremamente eficientes em duas delas, contamos com a sorte do pênalti perdido e um (finalmente, já era hora) ‘perú’ de Fernando Prass, mas o mais importante é que em noventa minutos não permitimos o Palmeiras chutar a gol.

 

Renan não fez nenhuma defesa que entrasse para as estatísticas.

 

É isso que a torcida quer. Inteligência de jogo e aplicação tática. Deixar a alma em campo, mas também executar aquilo que é pedido. Hoje o time nitidamente encaixou um belo jogo no rival e venceu com muita propriedade. Poderia ter ocorrido mais vezes na temporada mas penso fazer parte da evolução do elenco e do técnico.

 

O importante agora é curtir bastante o domingo (fazia tempo, não?) e uma semana tranquila antes do próximo compromisso. Os 33 mil e poucos torcedores viram um São Paulo extremamente dedicado coletivamente e, perdão da palavra, dois monstros em campo: Lucas Pratto e Jucilei.

 

Valeu a pena. Obrigado, Tricolor, por nos garantir uma semana feliz!

 

Nota dos personagens da partida:

Renan Ribeiro Pouco trabalhou. Mérito coletivo do time! Nota: 7,0

Marcinho Surpresa que encaixou bem. Assistência a Pratto. Nota: 8,0

Maicon Partidaça. Sério e eficiente. Nota: 8,0

Rodrigo Caio Ótima partida. Sério e preciso. Nota: 8,0

Lucão Outra surpresa no jogo. Aplicação e eficiência na zaga. Nota: 8,0

Junior Aplicado e bem condicionado. Fez bem o papel. Nota: 7,0

Jucilei Monstro! Regular o jogo todo. Usou o físico para parar Guerra. Nota: 8,5

Cícero Fez a parte dele sem sustos. Nota: 7,0

Cueva Ainda abaixo do que joga. Nota: 5,5

Luiz Araújo Velocidade e gol essencial. vem retomando a boa fase. Nota: 9,5

Lucas Pratto Monstro! Gol, assistência. É a cara de um São Paulo lutador!. Nota DEZ!

Thomaz Entrou no segundo tempo e fez sua parte. Nota: 6,5

Militão Pouco tempo. Sem nota.

Chavez Sem nota.

 

Rogério Ceni Vitória de um time aplicado, que ‘amarrou o jogo’ do adversário e aproveitou as oportunidades que teve. Teve sorte do pênalti perdido mas não deu chances de gol ao rival durante quase todo o jogo. Hoje o coletivo surpreendeu e evoluiu. Nota: 9,0

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.