Search Results For : São Paulo FC

OPINIÃO São Paulo 1×2 Atlético Mineiro

Nação do Maior do Mundo;

 

Foi com muita dor e revolta que o torcedor recebeu a primeira derrota do clube em sua casa neste Brasileiro. Com o gol tomado aos 35 minutos de jogo, o Tricolor não teve forças para mais nada, viu sua invencibilidade ir por terra abaixo e despencou na tabela do torneio.

 

Venceu quem errou menos. E o São Paulo, apesar de ter lutado bastante nos dois tempos e até feito uma boa segunda etapa, abusou dos erros nos três setores do campo. No ataque, Lucas Pratto perdeu três grandes chances, sendo uma clara ao cabecear sem ninguém o marcando. Não digo que sentiu o jogo contra sua ex-equipe, mas não costuma errar tanto assim na cara do gol. Seu parceiro Wellington Nem manteve os já tradicionais 0% de produtividade e saiu no intervalo. No meio-campo, Jucilei continua jogando por ele e por todos os que estão ao seu redor e Cueva pareceu mais condicionado que nos últimos jogos. Quis mais bola e mostrou vontade, mas em compensação Cícero continua dando passes de lado e fugindo da responsabilidade nas partidas. Se Araruna estiver 50% bem, pode botar para jogar.

 

Agora a defesa, essa precisa de uma atenção maior no post. Maicon murchou desde que perdeu a braçadeira de capitão. Anda muito jururu e mesmo tirando algumas bolas no segundo tempo, não anda inspirando a confiança que inspirava nessa mesma época do ano passado. Militão errou muito neste domingo mas se compararmos com o histórico de Lucão, o jovem poderia ser chamado de “novo Darío Pereyra”. Aliás, Lucão é um caso a parte e espero que de uma vez por todas ele siga seu caminho em outra agremiação. Desejarei boa sorte, mas aqui no São Paulo não dá mais. É muita falha para um zagueiro. Acompanho ele em campo desde 2013 (fui na Copa Audi, ‘sua estréia’) e de lá para cá, salvo exceções, cada jogo é uma lambança. Hoje a ironia na entrevista pós-jogo pode ter selado sua história no Tricolor. Pode sair e virar o Baresi mas aqui não conseguirá.

 

Para piorar, a tabela é cruel: Atlético Paranaense na arena que nunca vencemos, Fluminense em casa e Flamengo na Ilha do Governador. Se os reforços não vierem e as mudanças não forem feitas com a entrada de jogadores mais qualificados que Nem, Cícero e Lucão, poderemos esperar muita tormenta nos próximos dias.

 

Nota dos personagens da partida:

Renan Ribeiro Sem culpa nos gols. Uma grande defesa. Nota: 8,0

Marcinho Um dos melhores em campo, até. Gol merecido. Nota DEZ!

Militão Mal na defesa. Substituído no meio da segunda etapa Nota: 4,0

Maicon Não anda inspirando confiança. Parece desanimado. Nota: 4,5

Lucão Uma falha e uma entregada. Dois gols para o adversário. Nota: 1,0

Junior Bom segundo tempo, saindo mais para o jogo. Nota: 6,0

Jucilei Regular, como sempre. Joga por dois. Nota: 8,0

Cícero Mais um jogo insuficiente. Erro e Ceni na contratação. Nota: 4,0

Cueva Melhor preparado e mais ambicioso, mas ainda errando muito. Nota: 5,5

Lucas Pratto Perdeu chances que não costuma perder. Nota: 4,5

Wellington Nem Mais uma vez um cemitério de jogadas. Banco! Nota: 3,0

Thiago Mendes Sua entrada melhorou a equipe. Nota: 6,0

Bruno Fraco jogo pelo lado direito. Nota: 4,5

Gilberto Pouco tempo em campo. Sem nota.

Rogério Ceni Tomamos um gol muito cedo e o time demorou a recuperar o jogo. Sua mudança na segunda etapa tornou o São Paulo melhor e, até o erro da defesa, media forças com o Galo. Seu grande erro é insistir em Wellington Nem, Cícero e Lucão, mas não pode levar a culpa sozinho. Cadê o elenco para ele trabalhar? Nota: 5,5

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Deus abençoe quem invadiu o Morumbi na primeira maior glória do Tricolor!

Nação do Maior do Mundo;

 

Cícero Pompeu de Toledo, dezessete de junho de mil novescentos e noventa e dois.

Um trânsito que me obrigou a estacionar o carro quase na Ponte do Morumbi.

Um jogo nervoso, somente decidido na disputa de pênaltis.

Um mar branco que invadiu o gramado e emocionou os mais de cem mil torcedores.

Uma festa descontrolada por toda a Avenida Paulista.

O São Paulo no seu maior momento na história.

 

Deus abençoe Zetti, Alexandre, Cafu, Antônio Carlos, Ronaldão, Ivan, Adílson, Ronaldo Luís, Pintado, Raí, Suélio, Palhinha Elivélton, Catê, Muller, Macedo e Telê. Deus abençoe cada um dos torcedores que estiveram no gramado do Morumbi na “maior invasão” que um estádio viveu no mundo.

 

Deus abençoe o São Paulo Futebol Clube.
Vinte e cinco anos da primeira Libertadores da América.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Valioso e explosivo, Centúrion deixa o Boca a um passo da glória argentina!

Nação do Maior do Mundo;

 

O atacante Ricardo Centurión definitivamente se reencontrou na Argentina.

 

Emprestado pelo São Paulo ao Boca Juniors, o explosivo atacante foi autor de um gol bizarro na goleada de 4×0 da equipe xeneíse sobre o Aldovisi, em Mar del Plata neste último sábado. O resultado colocou o clube argentino em uma posição muito privilegiada na tabela do campeonato local.

 

Com os três pontos fora de casa, o Boca está a uma vitória de ser campeão argentino. Centurión, ao lado do experiente Gago, são peças fundamentais no esquema do técnico Guillermo Schelotto. O jogador se valorizou muito no empréstimo mesmo com seus problemas extra-campo.

 

Rogério Ceni diz publicamente que espera contar com o jogador e recuperá-lo no Brasil. O São Paulo espera a manifestação do Boca, mas também está atento ao mercado. Há boatos de um suposto interesse do Racing, seu antigo clube, e também sondagens de clubes mexicanos. Para o clube, interessa vender. Segundo alguns sites brasileiros, a provável negociação de Centurión faria parte do planejamento de compra do volante Jucilei junto ao Shandong Luneng.

 

Enquanto seu futuro não é definido, Centurión ganhará mais um título no seu país.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Empresa de são-paulino produz bandeirões e faixas customizados

Nação do Maior do Mundo;

 

Quem assiste aos jogos no Morumbi ou na TV certamente reparou numa parte da arquibancada azul repleta de bandeirões pendurados com ídolos como Telê Santana, Muricy, Rogério Ceni, Raí e conquistas Tricolores.

 

O trabalho foi quase todo  realizado pela Arte Arena, empresa do são-paulino Gabriel Felix, que também possui uma das páginas de Facebook mais acessadas pelos torcedores do Tricolor, a SPFC Web. Fanático, Gabriel atende pedidos customizados de faixas e bandeiras, inclusive dentro da padronização de entrada ao estádio permitida pela Polícia, que é de no máximo 1,5m x 2m.

 

Quem se interessar por ter o seu bandeirão personalizado para pendurar nos dias de jogos no Morumbi ou em qualquer outro lugar entre em contato com a Arte Arena por telefone, email ou nas redes sociais. Eu fiz o meu bandeirão e o preço foi ótimo!

 

Telefones: 11 98473-0004 ou 19 97128-5558
Facebook: www.facebook.com/artearena.com.br
Instagram: @arte_arena

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tabelinha entre TRI Mundiais!

São Paulo x Atlético Mineiro – Rogério Ceni recebeu reforços para a partida contra o Atlético Mineiro, domingo 16h no Morumbi. Thiago Mendes, Bruno, Buffarini, Araruna, Denis, Cueva e Rodrigo Caio tem chances de jogo. Maicossuel é dúvida mas pode estar à disposição do treinador, que considera a partida “fundamental” para a caminhada Tricolor no campeonato. O Galo está em má fase mas conta com dois dos melhores atacantes do país. Será bacana ver um Fred x Pratto e, quem sabe, um Robinho x Maicossuel. Ingressos a venda na Total Acesso e nos camarotes do Restaurante Amani (atrás do gol) e  Pub&Poker (centro do estádio). Os contatos estão nos links.

 

Lugano no Chile? – Enquanto torcida, alguns dirigentes, Rogério Ceni e alguns jogadores do elenco tentam convencer Leco a renovar contrato com Lugano, um clube desponta como possível destino do uruguaio. Segundo o periódico Bio Bio Chile, o União Espanhola negocia com o zagueiro de 36 anos.

 

O destino de Centurión – Apesar da moral com Rogério Ceni, ao que tudo indica Centurión não voltará ao São Paulo após o final do seu contrato de empréstimo com o Boca Juniors. Alguns twitts relacionados ao Racing dizem que o clube fará uma proposta ao Tricolor, caso o Boca não exerça a preferência de compra do atacante.

 

Petros e Arboleda – O meia que está atualmente no Betis (ESP) e o zagueiro da seleção equatoriana estão em negociação com o São Paulo e próximos de fazerem parte do plantel Tricolor neste segundo semestre. Considero ambos boas soluções para a realidade do clube, porém as iminentes chegadas indicam que dois atletas podem estar saindo nesta janela. Rodrigo Caio e Thiago Mendes são possíveis candidatos a saída.

 

Confidencialidade – O Conselho de Administração do clube soltará notas oficiais para a imprensa após as periódicas reuniões no Morumbi. As notas serão assinadas por Leco e nenhum membro deste conselho poderá falar sobre os assuntos. Até mesmo um termo de confidencialidade foi assinado por todos os participantes na última reunião.

 

Marcinho titular – O atacante Marcinho diz ter sido escolhido por Rogério Ceni um dos homens de confiança do treinador para atuar em todas as partidas do Campeonato Brasileiro. Renan Ribeiro, Jucilei, Junior Tavares e Lucas Pratto são os outros intocáveis. O lateral, inclusive, estaria renovando contrato com o clube, que deverá lhe dar um bom aumento em troca de uma multa maior.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.