Search Results For : São Paulo FC

São Paulo será o grande ‘teste’ do Grêmio para as finais da Libertadores!

O Grêmio deverá usar o jogo desta quarta-feira na sua Arena como teste derradeiro antes das finais da Libertadores. A equipe enfrentará o São Paulo com provavelmente todos os seus titulares e será base das últimas observações de seu técnico.

 

Será a última vez que a equipe do Sul usará força máxima antes das finais contra o Lanús. A equipe de Renato Portaluppi treinará com portões fechados nesta terça-feira, mesma data que chega a delegação do Tricolor Paulista na capital gaúcha.

 

O teste tem fundamento e também vejo como sinal de respeito: o São Paulo é o maior papa-títulos de Libertadores do país. O clube possui três títulos (92, 93 e 2005) que deram origem a três títulos mundiais nos mesmos anos, contra Barcelona, Milan e Liverpool. Com duas Libertadores, o Grêmio terá a grande chance de se igualar aos paulistas. Se ganhar a terceira Libertadores, a equipe gaúcha abrirá mais uma vaga para a competição em 2018, algo que interessa boa parte dos são-paulinos.

 

A Embaixada dos São-Paulinos do Rio Grande do Sul fará um ‘esquenta’ antes do jogo desta quarta-feira. A concentração dos torcedores ocorrerá as 14 horas na Soccer Associados, rua Voluntários da Pátria, 1.067, centro POA. Às 18 horas a galera sairá para a Arena Grêmio. Mais informações no Facebook da Embaixada.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Veja também: as cinco dicas mais legais da Black Friday Tricolor.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO: Aceitar a realidade não é compactuar com a mediocridade!

Com o empate no sempre caliente e complicado São Januário, o São Paulo somou seu quadragésimo quinto ponto no Campeonato Brasileiro. A equipe atingiu a inédita marca de cinco jogos consecutivos somando pontos no torneio e afastou ainda mais o perigo da segunda divisão do seu caminho.

 

Muito torcedor ainda encontra forças para almejar a possível vaga na Libertadores mas a realidade de um elenco que está entre as cinco piores defesas do campeonato, passou 14 das 34 rodadas na zona da degola, já ficou nove partidas seguidas sem vencer e só teve três vitórias como visitante no torneio é muito diferente. Lutar contra o rebaixamento no Brasileirão 2017 foi a tônica de um dos piores anos da história do São Paulo.

 

É a realidade, vinda de um clube que tenta se reerguer em meio a nocivas brigas entre grupos políticos, vaidade entre seus conselheiros, eleições fora do ano e descumprimento de estatuto, entre outras desordens. Continuo torcendo pela Libertadores para nunca perder o espírito de torcedor mas permanecer na primeira divisão com o apoio maciço do torcedor apaixonado será o nosso trofeu neste ano.

 

Porém, aceitar a realidade atual do elenco não é compactar com a mediocridade existente no clube. O São Paulo precisa cada vez mais de um processo de competência em todos os seus setores, principalmente o futebol e o marketing. A saída passa pela separação do clube e futebol, um estudo previsto no estatuto e que deve ser avaliado no início do ano que vem. Pelo que sei, esse estudo de separação (ou seria da independência) está bem encaminhado e deverá ser apresentado ao conselho após o término desse ‘trágico’ ano.

 

Será que estes grupos políticos que estão na frente do Tricolor, seja no comando ou na oposição, estão realmente afim de sair desse círculo vicioso? Haverá consenso pelo caminho ou mais briga de vaidades e mudança de poder de um lado para o outro? São perguntas complicadas que devem ser feitas a cada um dos conselheiros e diretores do clube.

 

Sinceramente eu não sei se esses grupos políticos formados por sócios e conselheiros querem realmente o bem do São Paulo Futebol Clube em sua principal área de atuação: o futebol. Hoje em dia o fato é que a instituição TRIcampeã mundial paga a conta da seca de títulos pela ganância, incompetência e vaidade de cada um deles.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Veja também: as cinco dicas mais legais da Black Friday Tricolor.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

 

OPINIÃO Vasco 1×1 São Paulo

Empate justo em São Januário. Com o resultado igual, Vasco e São Paulo mantém suas expectativas no Campeonato Brasileiro. No caso do Tricolor, a expectativa inicial é chagar a 47 pontos, mantra dos jogadores e de Dorival Junior.

 

O destaque do primeiro tempo foi o gol de Marcos Guilherme. O atacante aproveitou a clareada na defesa cruzmaltina e marcou um belo gol, se redimindo da péssima atuação na partida anterior contra a Chapecoense. Já a segunda etapa foi toda dos donos da casa. Mesmo sem tanto ímpeto, o Vasco martelou tanto que acabou empatando a partida. Militão foi expulso e complicou no final mas o Tricolor acabou segurando o resultado que, diante das circunstâncias, foi bom.

 

Quem já foi a São Januário, passou pelas vielas do bairro que está o estádio do Vasco, sofreu na entrada, saída e sempre teve o perigo de apanhar nas emboscadas que o local permite sabe o quanto é difícil arrancar um resultado positivo por lá. A pressão é muito grande e diante disso o ponto é bem válido. O Tricolor tem mais uma parada dura, desta vez em Porto Alegre contra o Grêmio. De ponto em ponto vamos nos colocando melhor num ano muito complicado para o clube. Eleições em abril (não haverá mais), brigas políticas, troca de técnico, mudança de atletas… é muita sacanagem para um clube tão grande.

 

Nota dos personagens da partida:

Sidão Algumas boas defesas. Se culpa no gol. Nota: 7,0

Militão Uma pena a correta expulsão. Fazia ótima partida. Nota: ZERO (expulsão)

Arboleda Regular e seguro. Nota: 7,0

Rodrigo Caio Apresentação segura. Pena a boa espirrada no gol. Nota: 6,0

Edimar Apresentação abaixo do seu normal, que é imitado. Nota: 4,5

Jucilei Cumpriu o papel no meio. Regular. Nota: 6,0

Petros Regular no meio-campo. Nota: 6,0

Hernanes Abaixo do que costuma produzir. Nota: 6,0

Maicosuel Bem, enquanto esteve em campo. Nota: 6,0

Marcos Guilherme Gol, muita correria e dedicação. Nota: 8,5

Pratto Partida fraca, bem abaixo do que costuma produzir. Nota: 5,0

Lucas Fernandes Entrou pior que contra a Chape. Nota: 5,5

Gilberto e Aderllan Sem nota.

 

Dorival Junior Time bem escalado. Bom primeiro tempo. Segunda etapa sofrível. Nota: 5,5

 

Leia outras notícias do blog São Paulo Sempre aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

“Fisgada no coração”: Luis Fabiano está fora do jogo contra o Tricolor!

O Vasco da Gama ganhou mais um problema para a partida deste domingo, contra o São Paulo, em São Januário, às 17 horas em São Januário. O atacante Luís Fabiano não participou do treino deste sábado e está vetado para o confronto.

 

É o quarto desfalque do técnico Zé Ricardo para o jogo. O clube cruz-maltino não também contará com Martín Silva, Anderson Martins, Breno e Wellington. Os dois últimos, coincidentemente também tem passagens pelo Tricolor do Morumbi.

 

Dizem as boas línguas que o Fabuloso, terceiro maior artilheiro da história do São Paulo, sentiu uma forte contratura no peito, seguida de uma fisgada aguda no coração. A ausência do atacante reabre a eterna discussão: Luis Fabiano é ídolo? Bobagem. Cada um enxerga idolatria de um jeito.

 

São Paulo e Vasco lutam por uma vaga na Libertadores. O clube carioca soma 48 pontos, enquanto que o Tricolor soma 44 pontos na competição. Uma vitória em São Januário aproximará os dois times na tabela e fará o São Paulo chegar aos mágicos 47 pontos, contagem que elimina qualquer hipótese de rebaixamento em 2017.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Veja também: as cinco dicas mais legais da Black Friday Tricolor.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

 

Hernanes? Petros? Equatoriano Arboleda foi o maior achado em 2017!

O São Paulo passou por maus apuros em 2017. Dívidas hereditárias, eleições fora de época, brigas políticas, vendas prematuras, montagem de elenco no meio da temporada, saída de técnico que é ídolo do clube… são muitas as razões que fizeram o torcedor esquentar com razão a cabeça durante o ano.

 

Porém, algumas coisas foram positivas na ‘trágica temporada’ e uma delas se chama Robert Aber Arboleda Escobar. Avaliado pelo departamento de análise do clube, o equatoriano de 26 anos e 1,87m chegou quase que despercebido no meio das trocas de técnico e elenco. Comprado junto ao desconhecido Universidad Catolica do Equador por 2 milhões de dólares (na época R$ 6,5 milhões de reais), o zagueiro teve todos os motivos para ser pré-julgado: substituiria o ‘ídolo fulgás’ Maicon, não possuía grife (apesar de figurar na seleção de seu país), teria que sustentar a má fase de Rodrigo Caio e a impaciência da torcida pós-eliminações do Paulista e Copa do Brasil.

 

Tinha tudo para dar errado. Arboleda estreou com gol na derrota diante do Santos na Vila Belmiro e aos poucos foi ganhando a confiança dos companheiros e de Dorival Junior. Zagueiro firme sem ser desleal, gradativamente ele também foi conquistando o torcedor com desarmes simples e boa colocação. Hoje ele é uma realidade, com gols e segurança em seu lado.

 

O sucesso de Hernanes e Petros era previsível mas foi o equatoriano Arboleda o “belo achado” que a gente sente prazer em escrever. Um belo acerto no meio de tantos erros do ano. O jogador tem respaldo do torcedor e atualmente é dono da posição. Alguém está com saudades do God of Zaga?

 

Arbolenda neles!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Veja também: as cinco dicas mais legais da Black Friday Tricolor.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.