Search Results For : São Paulo FC

Voto aberto no Conselho Deliberativo divide opiniões no São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

Os sócios do São Paulo Futebol Clube votarão o SIM ou o NÃO do Novo Estatuto neste próximo dia 03 de dezembro. O estatuto promete entre outras coisas a modernização da gestão e o fim dos cargos de diretoria por indicação.

 

Porém, um dos itens presentes no novo documento ainda promove discussão entre conselheiros e sócios: o voto aberto no Conselho Deliberativo. Alguns conselheiros se manifestaram contra o sistema de votação, alegando que o voto secreto é uma conquista da cidadania. Newton Luiz Ferreira (o Newton do Chapéu) é um dos conselheiros contrários ao voto aberto. Ele alega que, por sua experiência no conselho, Ataíde Gil Guerreiro nunca teria sido expulso se o sistema de voto fosse aberto.

 

Os adeptos do voto aberto defendem o sistema no Conselho, dizendo que deste modo todos os sócios saberão o que seus representantes de fato estão aprovando ou desaprovando. Além disso, o voto aberto anula a possibilidade de um conselheiro vender seu voto para dois lados. Já houve caso no passado de conselheiro que vendeu seu voto para dois candidatos a presidente, me informou um dos conselheiros que defendem o voto aberto.

 

Eu acho que, neste caso, o voto aberto é o melhor. Não sou sócio do clube mas se fosse, gostaria que meus representantes votassem em coisas que eu acredito e que, por este motivo, os nomeei conselheiros. No São Paulo, o voto do sócio (que elege os conselheiros) é fechado e deve permanecer desta forma.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tabelinha entre TRI Mundiais!

Sensibilidade Tricolor A tragédia em Medellín ainda ecoa por todo o mundo. No CT os jogadores também fizeram um minuto de silêncio e rezaram pelos falecidos antes do treinamento desta quarta. O São Paulo se alinhou a diversos outros clubes e seus presidentes sugeriram medidas em conjunto para ajudar a Chape. Leco, presidente do Tricolor, também sugeriu a criação de um fundo dos clubes e da CBF para continuar pagando os salários dos jogadores para as respectivas famílias até o fim de seus contratos. O Tricolor, através de seu site oficial, homenageou Caramelo, Cleber Santana e Mário Sérgio, que tiveram passagens pelo clube. Novas ações deverão ser feitas para o último jogo do ano.

 

Pacaembu ou Morumbi? Devido ao fato desta última terça, o jogo diante do Santa Cruz foi adiado do dia 04 para o dia 11 de dezembro. A tendência é que seja mantido o local do jogo (Pacaembu) porque no dia 11 haverá um evento no gramado (Vou jogar no Morumbi, com Lugano) mas, segundo Rafael Palma, diretor do estádio, poderá haver remanejamento. Aguardemos os próximos dias. O jogo é importante para o São Paulo conquistar vaga para a Sul-Americana 2017, que seria a única competição internacional do clube no ano que vem. Atualizado: o jogo será no Pacaembu.

 

Será Kaká? O meia Kaká causou um novo alvoroço nas redes sociais dos torcedores do São Paulo ao afirmar que sairá do Orlando City na temporada de 2017. O meia de 34 anos reafirmou no programa Desimpedidos que, no Brasil, só jogaria no Tricolor Paulista. Por enquanto não há nenhum indício ou movimentação visível do clube em repatriar o atleta mas, hoje, Kaká jogaria com os pés nas costas no SPFC. Você gostaria de ver ele de volta no Tricolor?

 

Possível surpresa O Tricolor embarcará no dia 06 de janeiro para Orlando, onde fará a pré-temporada do ano e participará da Florida Cup 2017. Os sócios torcedores do maior plano do clube poderão ter surpresas e serem convidados a participar de parte dessa temporada americana. As vagas são limitadíssimas, por isso o clube estuda pacotes a serem pagos com estrelas ou descontos justamente para os torcedores desses planos mais robustos.

 

Vaga aberta A lateral esquerda continua uma grande preocupação para o clube no ano que vem. Mena dificilmente permanecerá e Dener, praticamente acertado com o Tricolor para o seu lugar, foi uma das vítimas do desastre aéreo em Medellín. Reinaldo, emprestado junto a Ponte, volta mas não tem permanência assegurada. Matheus Reis ainda não rendeu o esperado e Junior, lateral do sub20 e grande promessa, deverá subir em breve, mas não para ser titular de cara do clube. O jogador ainda pertence ao Grêmio mas o Tricolor irá comprá-lo por R$ 500 mil reais.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Atenção, torcedor do São Paulo: chance de Calleri permanecer na Europa é grande!

Nação do Maior do Mundo;

 

Apesar da forte boataria que assolou as redes sociais ligadas ao São Paulo nos últimos dias, o atacante Calleri (ainda) não teve seu contrato rescindido com o West Ham. O jogador continua ligado ao clube londrino por empréstimo e tudo indica que, mesmo que saia de lá, continue jogando na Europa.

 

O pai do jogador havia confirmado a não rescisão no dia 25 a um jornalista do diário argentino Olé! Mesmo assim é muito difícil a permanência de Calleri no West Ham, assim como é muito pequena a chance de um retorno do atacante para o São Paulo no ano que vem. Segundo Marcio Porto, setorista do Lance! Calleri tem em mente que um dia voltará a jogar com a camisa do São Paulo, porém neste momento está focado em seu objetivo de ir bem no Velho Continente.

 

Caleri teve seu nome ventilado no Sevilla, que também fez proposta para Lucas Pratto. Já o São Paulo procura outras opções para a camisa nove. O blog publicou alguns nomes já sondados pelo Tricolor neste post.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO: Atlético MG 1×2 São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

Nas ‘boas vindas’ ao novo técnico Rogério Ceni, o São Paulo conquistou mais uma vitória no Campeonato Brasileiro e amenizou o vexame de terminar a classificação final bem na beirada da zona do rebaixamento.

 

Apesar do clima de ‘fim de feira’ e do Galo atuando com quase todos os seus reservas, o jogo foi importante para o Tricolor. Primeiro porque recupera (bem) as chances de Sul-Americana, que é um bom motivador para o segundo semestre do ano que vem. Outro fator importante foi mais uma vez entender que Rogério terá trabalho em 2017 se esse time não for devidamente reformulado, principalmente no ataque.

 

Foi um caminhão de chances perdidas pelo Tricolor em um jogo marcado pela falha (e contusão) do ‘xodó’ Renan Ribeiro, a falta precisa e preciosa batida por Maicon (lembrou o gol 100 do novo técnico) e o cartão de visitas de Gilberto, segundo as próprias palavras do atleta. Falta muita qualidade no ataque: David Neres é um talento ainda a ser trabalhado, Luiz Araujo precisa melhorar muito e Chavez apesar de muito voluntarioso, perde muitas chances. Os dois últimos podem ser ótimos reservas. Wellington Nem, se entrar em forma, é titular absoluto e asim faltará um camisa nove para efetivamente empurrar a bola nas redes.

 

O jogo também mostrou que temos que dar um baita descanso ao Cueva, que certamente será peça fundamental na equipe do ano que vem. O peruano corre, dribla, passa… tudo isso chegando no meio da temporada, sem uma preparação adequada para o maldito calendário brasileiro. Se estiver inteiro, vai fazer diferença em 2017. Gilberto é outro que, se não é o centroavante dos sonhos, aos poucos vai retornando a forma ‘brasileira’ (o cara chegou do futebol dos EUA) e tentando mostrar que poderá ser útil como opção no elenco. O gol foi importante para nós, mas muito mais para ele. Centroavante tem que ter confiança.

 

Boa vitória, no difícil Independência. Agora é fechar o ano com uma vitória no último jogo no Pacaembú para agarrar a Sul-Americana, dar bastante descanso aos atletas e arrumar esse time (e elenco) para 2017. Se os diretores forem cirúrgicos nas posições carentes e se conseguirem montar um elenco além de um time, há sim esperanças.

 

Nota dos personagens do jogo:

 

Renan Ribeiro Falhou no gol do Galo e fraturou o dedo. Falta de sorte! Nota: 5,0

Buffarini Atuação discreta. Nota: 6,0

Maicon Golaço de bola parada. Ele andava merecendo. Nota: 9,0

Rodrigo Caio Bem durante toda a partida. Nota: 7,0

Mena Talvez a última partida com o manto sagrado. Nota: 6,5

Wellington Primeira partida inteira, portanto-se bem em campo. Nota: 6,5

Tiago Mendes Um pouco abaixo do que geralmente rende. Nota: 6,0

Cueva Cérebro e coração do time. Importante no gol da vitória. Nota: 7,0

David Neres Vai maturando jogo a jogo. Titular ano que vem. Nota: 6,5

Chavez Perde gol mas não dá para reclamar da sua vontade. Bom reserva. Nota: 6,0

Luiz Araújo Ainda muito cru para uma titularidade. Bom reserva. Nota: 5,5

Denis Entrou no lugar de Renan e não comprometeu. Nota: 6,0

Robson Tímido. Precisa mostrar mais trabalho. Nota: 5,5

Gilberto Vive de gols. Tomara que esse tento represente nova fase no clube. Nota: 9,0

 

Pintado Time foi a cara do ex-volante: muita garra e dedicação até o fim. Nota: 7,5

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

O que esperar do time de Rogério Ceni?

Nação do Maior do Mundo;

 

Passada a euforia do anúncio da chegada de Rogério Ceni, novo treinador do São Paulo, a preocupação será com o elenco a ser formado em 2017. Quais seriam as convicções táticas do novo técnico e qual será o tipo de jogador que o clube trará na dura missão de ser campeão de alguma coisa no ano que vem?

 

Rogério sempre gostou da formação 3-5-2 que no passado trouxe glórias máximas ao Tricolor mas a princípio deverá manter o 4-2-3-1, sistema adotado e padronizado desde o início do ano. Assim, sai técnico, entra técnico, a filosofia e a comissão técnica permanecerá a mesma no CT da Barra Funda. Isso posto, o desafio do clube será encontrar no mercado qualidade e comprometimento para os setores do meio-campo, lateral esquerda e comando de ataque, além da manutenção da defesa. Duvido que o MITO tenha vindo sem alguma promessa neste sentido.

 

Esboço do time titular no 4-2-3-1: Goleiro a ser definido, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Lateral esquerdo a ser definido. João Schmidt e Thiago Mendes. Cueva, Wellington Nem e David Neres. Atacante a ser definido. 

 

O clube pode contratar Sidão (com o aval do MITO), um lateral esquerdo, um volante (para entrar na briga do meio-campo) e um atacante de área. Sobre o trabalho coletivo, Rogério sempre foi obstinado e perfeccionista dentro de campo e deverá repetir esse perfil no banco de reservas, contagiando os comandados com sua história e obsessão por glória. Ele certamente exigirá o máximo empenho de todos que estão ao seu lado em torno do objetivo comum, porém desta vez numa condição nova, a de comandante. Acredito que o time que deverá ser formado a moldura do novo técnico seja extremamente comprometido, afinal nestes primeiros meses “o” da reta será deles. Jovem, veterano, gringo ou brazuca, quem vestirá o manto vai ter que suar sangue em campo.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.