Search Results For : Temporada 2017

Ascensão de Foguete e lotação no elenco faz Auro ser emprestado para o América MG

Nação do Maior do Mundo;

 

O ala Auro já conheceu o clube onde atuará em 2017: o América de Minas Gerais.

 

Com 20 anos, idade estourada na base e sem possibilidade de ser aproveitado no elenco principal, o jovem será emprestado pelo Tricolor por uma temporada. A subida do lateral Foguete e a opção de Rogério Ceni pela manutenção de Bruno e Buffarini (que pode atuar pelas duas laterais) diante da limitação de inscrições no Campeonato Paulista definiu o destino do jogador.

 

Auro teve destaque na equipe de base no ano passado muito mais como atacante que na primeira linha defensiva. Talvez por isso o clube optou por Foguete. O procedimento de empréstimo dos jogadores de base do SPFC é estratégico. O clube amplia o contrato dos jovens e monitora o desempenho em todos os clubes emprestados. Além de manter todo o patrimônio em atividade, o clube possibilita que os atletas tenham chance de destaque em equipes de menor expressão, diminuindo a pressão. Foi assim com Hernanes, por exemplo. Antes de virar estrela Tricolor, o jogador passou pelo nordeste e pelo ABC, até ser ‘achado’ por Marco Aurélio Cunha em uma viagem da equipe B Tricolor pela Índia.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Confira novidades na numeração de alguns atletas do elenco Tricolor

Nação do Maior do Mundo;

 

Algumas novidades entre a numeração das camisas do São Paulo para esta temporada.

 

Cueva é o novo camisa 10. O peruano herdou o número de PH Ganso e em 2017 jogará com a camisa que já foi de Pedro Rocha e Raí. Sidão ficou com a 12, que era de Calleri. Neílton herdou a camisa 7 que era de Michel Bastos.

 

Cícero é o novo 8, Shaylon é 30, Lucão é 4, Wellington é 6, Neres é 14 (pode mudar), Buffa é 18, Junior é 16, Lucas Fernandes é 20 e Wellington Nem ficou com a 21. A camisa 9 permaneceu com Chavez, Wesley ficou com a 11 e Breno ficou é o novo dono da 33. Me parece que estas são as modificações mais importantes dentro deste universo.

 

Colaborador: Daniel Campos

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Negociação avança e SPFC e Rodrigo Caio encaminham novo contrato

Nação do Maior do Mundo;

 

Se o torcedor ficou frustrado com a inesperada saída do meia João Schmidt do São Paulo (ele está de fato de malas prontas para a Itália), pode ter bons motivos para se animar com a negociação envolvendo Rodrigo Caio.

 

Informação quentinha direto dos Estados Unidos: o zagueiro, incorporado ao elenco na Flórida, está ‘de bem’ com o Tricolor e o clube encaminhará a ampliação de seu contrato, com adequação de prazo e salário compatível a sua realidade. Rodrigo, atualmente o atleta mais valorizado que o clube tem para o mercado exterior, poderá continuar como capitão do time. Boa notícia para quem é cria de Cotia.

 

Como qualquer jogador da base, Rodrigo Caio teve que atravessar inevitáveis obstáculos até ser reconhecido pela torcida como atleta profissional de ponta. Passou por zagas-peneira e até a dúvida entre ser ‘beque ou volante’, até atingir a maturidade no clube, inclusive com o melhor desempenho individual nas Olimpíadas de 2016 e a medalha de ouro no peito. Hoje, ao lado de Maicon, forma uma zaga de confiança, unindo juventude e experiência.

 

E uma boa zaga é alicerce obrigatório para todo time que almeja ser campeão.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

“Sonho todos os dias com o Cueva” – brinca volante do adversário do Tricolor na Copa do Brasil

Nação do Maior do Mundo;

 

O Moto Club, primeiro adversário do São Paulo na Copa do Brasil, está motivado para enfrentar o São Paulo no Castelão e, quem sabe, eliminar o Tricolor da competição que está entre as prioridades do clube em 2017.

 

Raphael Castelo Branco, colaborador do Blog São Paulo Sempre no Maranhão, esteve no CT Dr. José Pereira dos Santos e colheu importantes informações em uma entrevista exclusiva ao blog. Além da grande expectativa de em menos de 30 dias enfrentar o maior vencedor do país, quase todos os atletas pregaram o ‘imponderável’ do esporte bretão.

 

“Futebol é jogado e não falado” – disse o lateral esquerdo Chico Bala, que terá a provável missão de parar Wellington Nem. Já Felipe Dias, volante do clube maranhense, pregou respeito ao Tricolor mas disse que o time estará preparado para jogar contra o São Paulo de igual por igual. O jogador até brincou ao dizer que sonha com o meia Cueva todas as noites. O peruano jogará no seu setor. “Ei, Cueva: dia 09 estamos juntos” – disse ele.

 

Já o técnico Ruy Scarpino vê vantagem para o Moto Club no novo formato de decisão. “Isso evita uma viagem desnecessária em caso de jogo de volta. É bom que decide de uma vez” – disse ele. Apesar do sonho do volante Felipe Dias, o treinador não vai armar uma marcaçnao especial em cima do peruano. “Vamos estudar e trabalhar o jogo, sem definir marcação especial em ninguém” – finalizou.

 

O jogo contra o Moto Club, que definirá o classificado para a próxima fase da Copa do Brasil, será realizado dia 09 de fevereiro. Será apenas o segundo compromisso oficial do clube após a pré temporada nos Estados Unidos. Apesar da vantagem do empate, é bom o Tricolor ficar bem atento.

 

Estarei em São Luis torcendo pelo nosso Tricolor.

 

PS Agradecimentos especiais a Anderson Lima e toda equipe de assessoria de comunicação do Moto Club pela gentileza de ceder os profissionais para entrevista.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Motivos para não comparecer a Audax X São Paulo não faltam. Vejam os meus:

Nação do Maior do Mundo;

 

A estréia do São Paulo no Campeonato Paulista não contará com a minha presença.

 

O Grêmio Audax, mandante do jogo, anunciou venda de ingressos a R$ 100,00 através de seu presidente na Rádio Jovem Pan. Pensando em faturar em cima da oportunidade de ter Rogério Ceni comandando oficialmente seu primeiro jogo no banco de reservas (o primeiro jogo oficial de Ceni será nos Estados Unidos), o clube de Osasco também mudou o local do jogo para atrair público Tricolor.

 

Assim como as organizadas do clube e tantos outros torcedores que se manifestaram contra esse procedimento, também não irei a Barueri. Além do valor de R$ 100,00 ser um absurdo para o torcedor (porém é um direito do mandante) a postura extremamente oportunista do representante do Audax ao anunciar o preço no microfone de um grande rádio mais uma vez vai contra meus princípios. Não entregarei um centavo sequer a qualquer coisa ligada ao presidente do Audax Marcos André Batista Santos, que já desrespeitou por diversas vezes o São Paulo e agora se vê em uma situação oportuna para lucrar em cima dele.

 

Considerarei a estréia do Rogério no Brasil diante da Ponte Preta, com casa cheia de são-paulinos, no maior templo do futebol paulista. Por mim Pintado dirigia o Tricolor em Barueri, com o time da Copinha. A Federação, que mais uma vez programou dois clássicos fora para o São Paulo (com mais um Sansão a ser jogado na Vila), continua também não merecendo meu apoio ao estadual. Prefiro tentar investir meu dinheiro para ir a São Luiz do Maranhão, assistir a estréia da Copa do Brasil diante do Moto Club, um torneio muito mais interessante que o estadual.

 

É bom lembrar que o último boicote a um jogo visitante do São Paulo funcionou: em março do ano passado, o torcedor do São Paulo não aceitou os preços de R$ 200,00 (R$ 100,00 meia) impostos pelo Palmeiras e o São Paulo teve menos torcida que o XV de Piracicaba no Parque Antárctica. Apenas 301 torcedores do clube compareceram.

 

Para este jogo, devido a estréia de Ceni, mais torcedores do SPFC irão comparecer que no Parque Antárctica, mas espero que o torcedor considere a verdadeira estréia a do Morumbi e que tenhamos um número mínimo de São-Paulinos nem Barueri.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.