Search Results For : Temporada 2018

Amistoso internacional à vista?

O São Paulo se reapresentará no dia 26 de junho (terça-feira) e poderá participar de um amistoso contra o Cerro Porteño como parte dos preparativos para a volta ao Campeonato Brasileiro e Sul-Americana 2018.

 

A iniciativa partiu do clube paraguaio. Segundo a rádio Futgol 970, o Cerro aguarda confirmação do Tricolor para o agendamento de um amistoso no dia 12 de julho, seis dias antes do jogo diante do Flamengo, no Maracanã, pela volta do Brasileirão.

 

A última vez que as duas equipes se enfrentaram foi em 2016, na estreia do técnico argentino Edgardo Bauza. A partida também selou a negociação pelo retorno de Diego Lugano ao clube. Em Assunção, o São Paulo venceu por 1 x 0, com gol de Thiago Mendes.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Permanência de Diego Aguirre no Tricolor é a melhor notícia deste mês!

O torcedor são-paulino pode tirar a pulga atrás da orelha com relação a Diego Aguirre. Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte o treinador confirmou que ficará no Tricolor pelo menos até o final deste ano, isso é, cumprirá integralmente seu contrato, estabelecido até o fim de 2018.

 

“Não é algo que estou pensando. Estou feliz aqui no São Paulo, realmente. Estou comprometido com ficar aqui, em ajudar e cumprir o meu contrato até o fim deste ano. Então, isso não vai ser possível. No futuro, por que não?” – disse ao jornalista José Eduardo Martins, em relação a possível proposta da federação uruguaia de futebol. Aguirre é o nome especulado para substituir Óscar Tabárez, técnico da celeste, após a Copa do Mundo da Rússia.

 

Além da confirmação da permanência, Aguirre falou da felicidade de trabalhar com o trio Raí, Ricardo Rocha e Lugano no Tricolor. Além de assuntos sobre o dia a dia de trabalho, Aguirre espera por contratações pontuais nesta janela. “Não muitos. Alguns que achamos que pontualmente podem ser titulares do São Paulo” – disse ele ao Diário Lance!

 

Para mim, a permanência de Aguirre, confirmada pelo próprio, é a melhor notícia do mês. A equipe de fato melhorou taticamente em suas mãos e tem condições de fazer um ótimo segundo semestre, tanto no Brasileirão quanto na Sul-Americana. Mas isso também dependerá do foco dos jogadores e desempenho da diretoria de futebol.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Everton: o ‘aditivo’ que faltava ao motor Tricolor

Não é difícil perceber a mudança de patamar do futebol do São Paulo desde a chegada de Everton. Contratado por uma “fábula” (R$ 15 milhões) junto ao Flamengo, o camisa 22 vem justificando o investimento com gols e participações decisivas.

 

Segundo o Site Oficial do Tricolor, Everton participou de nove gols em onze jogos disputados desde que estreou no clube. Foram quatro assistências, três gols e dois pênaltis sofridos com a camisa mais pesada do Brasil. Números de peso que confirmam a assertividade na contratação.

 

Ricardo Rocha, coordenador de futebol do clube, resumiu perfeitamente o jogador: “ele faz os times melhorarem”. É exatamente essa característica que Kaká deu ao Tricolor em sua segunda passagem pelo clube, em 2014. Mesmo em um breve período, o camisa oito fez o time todo operar em maior rotação, tal qual um aditivo de motor. Ganso, Pato, Boschilia, Luis Fabiano e Osvaldo acertaram o jogo e até os mais jovens como Boschilia e Ademílson tinham vergonha de correr menos que ele nas partidas do Brasileirão daquele ano.

 

Everton é, até o momento, o aditivo de 2018. Que continue com os ótimos números.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Ricardo Rocha aconselha Nene e Diego Souza: “sejam FDPs, no bom sentido!”

Ricardo Rocha, coordenador de futebol do São Paulo, esteve na estreia do programa “A Rússia é logo ali” (UOL), comandado por Fernando Vanucci e com participação do jornalista Menon.

 

Entre ouros assuntos, Ricardo comentou que dá conselhos a Nene e Diego Souza antes das partidas. “Vocês são os mais experientes, precisam entrar em campo e serem FDP, no bom sentido, é lógico”– disse ele, com um tom de bom humor.

 

Para quem vive o futebol, a brincadeira do coordenador faz todo o sentido. Os rodados Nene e Diego Souza, além de Jucilei e Petros, são os líderes que conduzem o time nos jogos do Tricolor. Precisam usar da boa malandragem nas horas certas para que dentro de campo o time não se perca mais psicologicamente, como acontecia com frequência no primeiro semestre, principalmente nas mãos de Dorival Junior.

 

Entre outros assuntos, Ricardo Rocha citou a entrada de Everton como um fator de melhora na equipe como um todo e defende observar a base antes do clube ir ao mercado. Citou Toró e Helinho, mas não se esqueceu de Antony e dos zagueiros Rodrigo e Walce.

 

Leia a matéria completa aqui.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Os maiores desafios do São Paulo no ‘maldito’ período da Copa do Mundo

Apenas uma derrota, G4 garantido, 23 pontos conquistados, vice-artilharia e volta do respeito no Brasileirão. O São Paulo superou as expectativas da maioria de seus torcedores nas doze primeiras rodadas do campeonato de regularidade e ‘descansa’ nessa quarta-feira secando os companheiros de ponta de tabela.

 

Entretanto, o Tricolor terá que trabalhar bastante para se precaver no retorno da Copa do Mundo, período de memórias ruins para o seu torcedor. Perdemos campeonatos importantes nas últimas três edições do Mundial por causa da parada; portanto, todo cuidado é pouco.

 

Diego Aguirre, que completou três intensos meses dando qualidade de jogo ao elenco, não está plenamente satisfeito. Logo após a vitória de 3×0 no Morumbi, o técnico disse que a equipe ainda está em um processo de evolução, mas tem pontos a aprimorar. Está certo: o principal desafio do técnico será manter a intensidade de jogo do time após a Copa, até porque os outros tambeem terão tempo para se preparar para o segundo semestre. Logo depois do Mundial, o São Paulo enfrentará o líder Flamengo no Rio, Corinthians no Morumbi, Grêmio no Sul e o Cruzeiro no Mineirão. Mais um grande pedregulho que teremos que passar por cima num período de Copa do Mundo.

 

Paralelamente ao período de treinamento, previsto para o CFA de Cotia, Raí e sua diretoria de futebol corre para aperfeiçoar o plantel, evitando o maior número de perdas significativas. Conforme antecipado no dia 11, o Tricolor corre atrás de um lateral e Willian (Wolfsburg) é o nome mais cotado. Há também a possibilidade de contratação de um atacante de lado para suprir as saídas de marcos Guilherme e Valdívia. Por fim, existe a repatriação de um jogador de meio de campo cujo nome deve ser mantido em segredo devido a complexidade da negociação com a Ásia.

 

Não pode esmorecer. Para Aguirre, há a necessidade de aperfeiçoar o jogo e principalmente manter a intensidade conquistada nos três meses de trabalho. E para Raí há o desafio de não desmontar a espinha do time, reforçando-o pontualmente com jogadores capazes de melhorar e não povoar o plantel.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.