Search Results For : Temporada 2018

OPINIÃO Cruzeiro 0x2 São Paulo

Mais um jogo de enormes no Campeonato Brasileiro. E desta vez o Tricolor conseguiu mais uma vitória fora de casa diante de um rival direto e se manteve nas primeiras colocações da tabela. A ‘sequência maldita’ pós Copa terminou com bom saldo e ótima impressão do amado clube brasileiro.

 

Aguirre não modificou o esquema e manteve uma forte linha de quatro jogadores com Araruna no lugar do suspenso Militão. Deste modo, Luan fez sua estreia ao lado de outro novato, Liziero. O jogo começou disputado e quando a posse de bola estava começando a ficar mais desigual eis que surge a tal da ‘transição ofensiva’ típica da equipe. O famoso contra-golpe mortal teve Reinaldo, Everton e finalização de Diego Souza. Com o gol marcado no Mineirão, o camisa 9 chegou a dez tentos na temporada. Não é centroavante mas está cumprindo o que foi prometido.

 

A grande diferença entre este primeiro e o de Porto Alegre foi que, apesar de ter ficado com a posse de bola em 35% dos quarenta e cinco minutos, o Tricolor conseguiu sair em bloco contra os cruzeirenses. Achou os espaços para isso. Na Arena do Grêmio correu atrás dos gremistas e os cartões saíram naturalmente, minando a equipe.

 

Na segunda etapa, aconteceu a óbvia aproximação dos donos da casa e pressão forte, ainda mais com a saída de Nene. Encontrou uma defesa forte mas também um pênalti. Para a sorte do Tricolor, Barcos desperdiçou o tiro e deu chances reais para a machadada final. Mais um contra-ataque mortal com Rojas, Reinaldo e gol de Everton deram números finais na partida.

 

Mesmo com alguns altos e baixos individuais, é para se exaltar a aplicação da equipe dentro das quatro linhas em todos os minutos deste retorno pós-mundial. Reinaldo, Rojas e Everton foram monstros, assim como Anderson Martins e Bruno Alves. Quanto a dupla de volantes de hoje Luan/Liziero, sempre comentei que, quando o time está estruturado e rendendo bem, a adaptação e transição fica muito mais tranquila. Não dá para lançar na fogueira, ou seja, num bumba meu boi, os garotos de Cotia. Não é questão de queimar etapas e sim de oferecer uma estrutura ideal para que eles rendam como rendiam num ambiente pronto e vencedor como nossas categorias de base.

 

Foram nove pontos de doze disputados após a Copa, sendo que três foram fora de casa (Flamengo, Grêmio e Cruzeiro) e um clássico no Morumbi. Mostra que a parada foi proveitosa como nunca fora em períodos de Mundial que só nos ferraram. Mas é preciso ter pés no chão. Os clubes tido como mais ‘fáceis’ virão jogar por uma bola no Morumbi. Nada é simples. Prudência e foco.

 

Nota dos personagens da partida:

Sidão – Alguns bons vacilos no início, depois partida tranquila. Nota: 6,5
Araruna – Teve dificuldades no começo, depois cresceu em campo. Nota: 7,0
A. Martins – Belíssima partida. Amarelado, dará lugar a Arboleda. Nota: 8,5
B. Alves – Monstro, não perdeu praticamente nenhuma jogada. Nota: 8,5
Reinaldo – Hoje o King foi das assistências. Partida plena! Nota: DEZ!
Luan – Substituiu bem o titular Jucilei. Belo jogo defensivo. Nota: 8,0
Liziero – Muito bem na saída de bola e chegadas no ataque. Nota: 8,0
Nene – Bom começo de jogo mas esteve abaixo do seu normal. Nota: 7,0
Rojas – Se redimiu do Sul. Um dos melhores em campo. Encaixou! Nota: DEZ!
Everton – Bom trabalho no jogo, coroado com o segundo gol. Nota: 7,5
Diego Souza – Tem estado no local certo para fazer os gols. Nota: 8,5

Bruno Peres – Partida discreta, mas foi bom ter estreado. Nota: 6,5
Shaylon – Sem nota.
Lucas Kal – Parabéns pela estreia. Sem nota.

Diego Aguirre – A proposta retroativa de jogo do técnico Tricolor causa estranheza em alguns jornalistas mas é assim que ele está conseguindo ter o time nas mãos. Hoje o time encaixou num Cruzeiro forte e candidato a vôos altos nessa temporada. Nota: 9,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo terá meio-campo formado na base. Veja prováveis escalações

Mais uma vez o São Paulo irá desfalcado para um jogo no Campeonato Brasileiro. Com Arboleda, Hudson e Militão suspensos, o time certamente terá o meio-campo formado por jogadores de suas divisões de base. Liziero e Araruna ou Luan. Nene completará o setor.

 

Caso Aguirre promova a estreia de Bruno Peres na lateral direita, Araruna deverá fazer dupla com Liziero no combate e saída de jogo. Caso o técnico opte por uma formação semelhante ao que vem jogando, Araruna completa a linha de quatro na defesa e Luan será escalado para jogar ao lado de Liziero. De qualquer forma o meio será composto por jogadores jovens oriundos da base.

 

Estas são as duas prováveis escalações:

 

Sidão, Bruno Peres, Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo, Araruna, Liziero e Nene, Everton, Rojas e Diego Souza. OU

 

Sidão, Araruna, Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo, Luan, Liziero e Nene, Everton, Rojas e Diego Souza.

 

Pelo lado do Cruzeiro, Lucas Silva está suspenso e não joga. Segundo a Rádio Itatiaia (MG), Thiago Neves e Robinho devem ser poupados para os próximos confrontos da Raposa. Mesmo assim, o time mineiro tem seu ataque forte com De Arrascaeta, Barcos, Rafinha e provavelmente Mancuello.

 

Este é o último jogo da ‘sequencia maldita’ do Tricolor após a Copa. Uma vitória encerra a sequência com chave de ouro. Um empate não seria menosprezado na tabela do torneio. Pelo estilo de jogo dos mineiros, creio que o Tricolor terá chances de vencer o duelo neste domingo. Estaremos no Mineirão para conferir a partida. Siga @danielperrone no Instagram ou @danielperrone no Twitter para ver as cenas de torcida e demais bastidores pós-jogo.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

É a hora e a vez de Bruno Peres!

A derrota diante do Grêmio em Porto Alegre não só determinou a segunda rodada que o Tricolor não somou pontos no Campeonato Brasileiro como também deixou o time de Aguirre bastante desfalcado para o jogo diante do Cruzeiro, em Belo Horizonte.

 

O técnico, que já não conta com Jucilei, perdeu Éder Militão, Arboleda e Hudson para o confronto do próximo domingo. Diante do contexto, o clube poderá promover a estreia de Bruno Peres, emprestado por um ano junto a Roma. O jogador treina normalmente desde que chegou ao clube.

 

O clube pensava em contar com o jogador na sua plenitude física e adaptado ao esquema tático da equipe apenas em agosto, mas deverá mudar os planos. Régis não se encontra em condições de jogo e o único atleta capacitado para a função é Araruna, que deverá ocupar o meio-campo, pois Jucilei ainda está em recuperação de uma lesão muscular. A outra opção de Aguirre é contar com Araruna na direita e o jovem Luan no meio-campo, dando combate junto com Liziero. Neste momento não vejo outras alternativas.

 

Minha opinião? Todo o apoio do mundo para a estreia de Bruno Peres com a camisa Tricolor. Apesar do estilo de jogo diferente de Militão, ele é lateral de ofício e sabe jogar bola, já não é um aprendiz do futebol. No início deverá sentir um pouco a adaptação ao modelo de jogo de Diego Aguirre mas certamente irá se adaptar ao sistema que está dando certo. É a hora e a vez dele.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Grêmio 2×1 São Paulo

Partida de gigantes no Rio Grande do Sul. O São Paulo foi aguerrido e vendeu caro a sua segunda derrota no campeonato mas não conseguiu superar a força do adversário em seus domínios. Apesar da derrota, o Tricolor mantém a segunda colocação, apenas dois pontos do líder.

 

O gol ‘ganho’ no início da partida mudou o panorama do jogo. O São Paulo recuou excessivamente e deixou o Grêmio a vontade naquilo que mais gosta de fazer: ter a posse da bola. O domínio foi grande dos donos da casa e desproporcional, pela qualidade das duas equipes. Esse é o motivo que deu justiça final no placar. O São Paulo teve até a chance de matar o jogo com Nene mas a zaga gremista foi superior no lance capital do jogo para os paulistas.

 

O domínio dos mandantes foi enorme durante quase toda a partida mas a vitória só se concebeu com Everton. O do Grêmio. O jogador foi o ponto de desequilíbrio no lado direito são-paulino e obrigou Militão e Arboleda a terem pesadelos durante os noventa e poucos minutos do jogo. Grande jogador com grande eficiência.

 

Nada a lamentar para quem conhece o campeonato de pontos corridos e a dificuldade de manter o aproveitamento em uma sequência maquiavélica como a que estamos enfrentando após a Copa do Mundo. Flamengo fora, clássico, Grêmio no Sul e agora Cruzeiro no Mineirão. Aplaudo a garra dessa equipe que, mesmo não conquistando pontos, mostra que lutará até o fim. Isso para mim é o que importa neste momento. O campeonato termina em dezembro, o Grêmio também é postulante ao título, tinha que dar uma resposta a sua torcida após a derrota em São Januário e jogou as fichas em seu caldeirão. O São Paulo tinha que ser cirúrgico em Porto Alegre e não conseguiu. Ponto.

 

Agora é recuperar o fôlego e ir a Belo Horizonte com o que tiver à disposição para encarar outra grande pedreira. Outro grande time e outro clube que brigará pelo título. O Campeonato não se resume a duas equipes. Pés no chão e jogo a jogo.

 

Nota dos personagens da partida:

Sidão – Apenas uma boa defesa. Não chegou perto nas bolas dos gols. Nota: 5,0
Militão – Precocemente amarelado, foi presa fácil para o Cebolinha. Nota: 4,0
A. Martins – O resultado não pode esconder mais uma bela partida. Nota: 8,0
Arboleda – Teve muita dificuldade mas não sucumbiu. Assistência. Nota: 7,5
Reinaldo – Menos dificuldade defensiva, menos subidas no ataque. Nota: 6,0
Hudson – Também amarelado precocemente, foi até o fim como deu. Nota: 7,5
Liziero – Hoje um pouco abaixo do que pode oferecer. Nota: 5,0
Nene – Teve a chance do jogo para o São Paulo. Abaixo do seu normal. Nota: 5,0
Rojas – Partida ruim, sem força ofensiva nem poder de marcação. Nota: 4,5
Everton – Muito bem marcado, faltou o brilho habitual. Nota: 5,0
Diego Souza – O gol, uma bola açucarada para Nene, um chute e só. Nota: 6,5

Lucas Fernandes – Entrou morno na partida.
Carneiro – Sem nota.
Brenner – Sem nota.

Diego Aguirre – O time recuou demais no primeiro tempo, prejudicando o coletivo. No mais, fez o que pôde diante de um grande adversário com um jogador que desequilibrou o jogo. Nota: 6,5

Veja mais: Taison no São Paulo? É o que diz um portal ucraniano.
Veja mais: David Neres pode ir para a Roma em negociação milionária.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

O caminho para o São Paulo conquistar mais três pontos no Sul:

Renato Gaúcho, técnico do próximo adversário do São Paulo pelo Brasileirão, bem que tentou colocar o time completo nesta próxima quinta-feira pelo Campeonato Brasileiro. Porém, a equipe gaúcha não contará com atletas importantes para o jogo das 19h30, em Porto Alegre.

 

Renato, que já não terá Cortez, corre o risco de ver seu time sem o outro lateral. Léo Moura não treinou na terça e nesta quarta-feira, colocando dúvida no treinador sobre a sua escalação. O ataque, que não contará com o suspenso André, também poderá ficar sem Ramiro. O atacante também não esteve com o grupo no último dia de treinos do campeão gaúcho de 2018. Deste modo, Marinho poderá fazer sua estréia em tempo integral pelo Tricolor Gaúcho.

 

Segundo o Globoesporte.com, a provável escalação gremista tem Marcelo Grohe; Léo Moura (Leonardo ou Madson), Geromel, Kannnemann e Marcelo Oliveira; Cícero, Maicon, Ramiro (Marinho), Luan e Everton; Jael.

 

Com ou sem Léo Moura, o segredo do São Paulo para voltar a capital paulista com pontos do Sul é forçar o jogo em cima dos laterais gremistas. Marcelo Oliveira é considerado pelos torcedores do Grêmio uma avenida e o veterano Léo Moura, mesmo se atuar, não estará em suas plenas condições físicas. Se Everton e Rojas estiverem em um bom dia nesta quinta-feira a vitória não seria tão improvável quanto alguns especialistas calculam.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.