Search Results For : Temporada 2018

Black Mirror Tricolor: o ainda obscuro futuro do elenco em 2018

O São Paulo inicia o ano de 2018 com algumas promessas e muitas incertezas aos olhos de seu torcedor. O clube, que experimenta um longo jejum de títulos (desde 2012 não levanta um caneco) tenta resgatar sua identidade e equilibrar as pesadas contas, mas ainda tropeça nos próprios erros do passado.

 

O futuro Tricolor no ano por enquanto é tão incerto quanto a mensagem da espetacular série britânica Black Mirror. Criada por Charlie Brooker e centrada em temas obscuros e satíricos que examinam a degradação da sociedade moderna, ela está em sua quarta temporada e é um dos maiores sucessos da Netflix. Cada capítulo é uma história com começo, meio e fim e em muitos deles, o foco são personagens totalmente fragilizados pela chegada e uso de novas tecnologias.

 

O paralelo com o São Paulo Futebol Clube é bem oportuno. De esperançoso, temos a chegada de um novo diretor com perfil vencedor e um auxiliar com as mesmas características. Raí e Ricardo Rocha (e, quem sabe Lugano) tem tudo para dar certo no Tricolor se puderem desenvolver um trabalho de longo prazo, independente da política do clube.

 

Por outro lado, o torcedor já convive com a expectativa da saída de jogadores da espinha dorsal criada no segundo semestre do ano passado, principalmente Lucas Pratto e Hernanes. O profeta tem uma cláusula que obriga o São Paulo a liberar o jogador para retorno a China, caso o Hebei Fortune solicite. Já Pratto, que na minha opinião foi vilão e vítima no ataque do ano passado, é fortemente assediado pelo argentino River Plate, inclusive com boas possibilidades de deixar o clube neste início de ano.

 

Leco, o presidente de discurso fácil e que se gaba por ser um torcedor apaixonado pelo clube, não pode permitir que jogadores tão importantes assim saiam do Tricolor. Manter o time que foi bem no segundo semestre do ano passado, principalmente sob a batuta do Profeta, reforçando as posições carentes, é obrigação de todos que pretendem ser mandatários de um clube tão grande como o nosso. Não basta trazer um time de vencedores para organizar o futebol. É preciso dar um elenco a eles.

 

Jogadores como Hudson, Reinaldo e Maidana fortalecem o elenco. A chegada de novas peças como Jean e Diego Souza (se vier) também, além de olhar com cuidado para a base. Porém, manter os principais jogadores do elenco do ano passado, para mim, é ponto fundamental para que o futuro do São Paulo não seja a repetição dos últimos anos, como um “loop” digno de Black Mirror.

 

O resgate da identidade Tricolor depende da manutenção dos grandes atletas.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Morato, Maicosuel e Brenner correrão em busca da titularidade em 2018!

O São Paulo corre atrás de atacantes para a nova temporada. Sem Marcinho, Denílson e Gilberto, dispensados, o clube espera fechar com um ou dois nomes em condições de vestir a camisa em 2018. Porém, no elenco Tricolor, três jogadores com situações distintas estarão atrás de oportunidades reais na equipe titular. São eles: Morato, Maicosuel e Brenner.

 

Andrew Eric Feitosa, mais conhecido como Morato por vir da cidade de Francisco Morato, é uma das esperanças de raça no ataque. Revelado na própria base Tricolor e destaque do Ituano no Paulistão 2017, o jogador teve interrompida a trajetória no clube justamente no momento que teve oportunidade real, ao lado de Lucas Pratto. Morato disputou apenas “meia” partida pelo clube neste ano, atuando na vitória contra o Cruzeiro na segunda partida da Copa do Brasil. O jogador agradou o torcedor pela raça destacada na encarada dada em Rafael Sóbis durante o confronto. Recuperado de uma lesão grave no joelho, ele promete dar duro para recuperar o tempo perdido.

 

Recuperar o tempo perdido também faz parte do vocabulário do meia atacante Maicosuel. Contratado junto ao Atlético MG, o jogador conviveu com muitas lesões e não conseguiu se firmar no ataque em 2017. Entretanto, foi dele um dos gols mais importantes no ano, o da virada em cima do Atlético PR em um momento delicado do campeonato para o Tricolor. Maicosuel ainda fala em dívida com o São Paulo e treina nas férias para voltar em condições plenas de jogo na temporada 2018.

 

Por fim, o jovem Brenner é uma das maiores esperanças do Tricolor. Dono de um faro de gol fora da curva e muitos títulos conquistados com as equipes de base, o jogador subiu para o profissional ainda com Rogério Ceni e cada vez mais ganha massa muscular e confiança nos treinos entre os titulares. De contrato reformado, ele está pronto para o grande desafio de 2018: se firmar na equipe titular do São Paulo e ser ídolo da torcida, tal qual Lucas Moura. Prestes a completar 18 anos em janeiro, Brenner ainda poderá jogar a Libertadores Sub-20 pelo Tricolor

 

Qual deles você acha que terá mais chances de ser titular em 2018?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Jean: “O São Paulo era o único clube que eu queria jogar em 2018”

Jean, novo reforço do Tricolor para o gol, disse em entrevista no CT da Barra Funda que o estilo de jogo do São Paulo foi um dos principais motivos de sua escolha. Cogitado por alguns clubes do Brasil, o arqueiro ex-Bahia disse que se comoveu com os gritos da torcida na última partida do Campeonato Brasileiro e que o Tricolor Paulista era definitivamente o único clube que queria vestir a camisa depois da passagem baiana.

 

O novo goleiro também revelou uma conversa inusitada em uma das peladas beneficentes deste fim de ano. O volante Petros, presente em uma das partidas, deu ótimas referências do clube a Jean. “Isso me motivou mais ainda a vestir a camisa deste grande clube” – disse ele antes mesmo de ser anunciado como novo reforço.

 

Parte dos pagamentos do goleiro foram feitos com os direitos federativos e econômicos de Regis, ex-base Tricolor, e um jogador da base ainda não escolhido. Não será Maidana, como especulado pela imprensa de Salvador. Jean é um goleiro promissor mas muito jovem. Certamente terá oportunidades mas, por hierarquia, Sidão deverá começar o ano como titular.

 

Boa sorte, Jean. Honre essa sacrossanta e pesada camisa.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Hudson por Victor Ferraz: uma boa troca para São Paulo e Santos!

São Paulo e Santos estudam uma troca entre jogadores para 2018. O lateral Victor Ferraz viria para o Morumbi em troca de Hudson, que jogaria na Vila Belmiro. A princípio a troca seria pelo período de um ano. Os dois jogadores tem contrato com seus respectivos clubes até o final de 2019.

 

Dorival Junior espera por Hudson mas não se oporia a chegada de Victor Ferraz. Sob os seus cuidados no Santos, entre 2015 e o início de 2017, o lateral foi destaque na posição. Hudson também se destacou na volância, mas jogando distante do Tricolor: o volante foi campeão da Copa do Brasil atuando pelo Cruzeiro.

 

A troca seria boa para os dois clubes: o São Paulo não possui um lateral direito de ofício capaz de jogar como titular. Militão, improvisado no setor, ainda discute renovação de contrato com o clube. Os demais, Buffarini e Bruno, ainda não se firmaram na posição. Só me assusta a rejeição de boa parte da torcida do Santos com Victor Ferraz. O jogador não é bem avaliado pelos torcedores do Peixe mas, quem sabe, com os cuidados de Dorival ele volte a reeditar boas apresentações. Além do mais, o mercado brasileiro é escasso na posição. Eu aprovaria a sua chegada.

 

Para a troca ser viável, é preciso que o contrato Hudson/Cruzeiro se finalize e a Raposa realmente desista da opção de compra do jogador. A opção de compra em contrato vai até o dia 31 de dezembro. Só depois dessa data os dois clubes falarão abertamente sobre uma possível troca.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Pai de Calleri rebate interesse de rivais: “no Brasil é só o São Paulo!”

Durou poucos minutos o desejo corinthiano de contar com Calleri. Após ver mais uma vez o filho envolvido em uma especulação, Guido Calleri, pai do jogador, publicou em seu Twitter pessoal que no Brasil Calleri só vestirá a camisa do São Paulo.

 

“Desde muy chico aprendí que la palabra vale más que un papel firmado. Y mi palabra es que este es nuestro escudo en Brasil y la camiseta del tricolor es nuestra manto sagrado. São Paulo te amo.” – foram suas palavras no seu Twitter.

 

Não foi a primeira vez que Calleri teve seu nome envolvido em especulações com clubes brasileiros. A imprensa já apontou o Flamengo, Palmeiras e agora o Corinthians como clubes interessados no serviços do atacante.

 

Porém, a relação do atacante com o clube é muito forte. Calleri jogou pouco menos de seis meses no São Paulo mas o tempo foi suficiente para que ele e sua família se identificassem totalmente com o Tricolor Paulista. O jornalista André Hernan também opinou no seu Twitter: “clubes Brasileiros: entrem no perfil do Calleri aqui mesmo no Twitter e percebam que a relação do atacante argentino com o São Paulo é muito mais forte do que se imagina. Não foi só uma passagem pelo SP tem muita coisa envolvida.” – comentou.

 

Apesar da grande identidade, a chance do argentino voltar ao Brasil para jogar com o manto sagrado Tricolor em 2018 é remota. Calleri voltará ao São Paulo, mas ainda precisa cumprir etapas no mercado europeu.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.