Search Results For : Temporada 2019

CAP x SPFC: torcida pagará mais que o dobro da arquibancada no Morumbi!

Se o torcedor do São Paulo achou os preços da partida diante do Ceará no Morumbi abusivos, se assustará com o que terá que desembolsar na Arena da Baixada, caso queira estar presente para a partida desta quarta-feira às 19h15, diante do Athetico Paranaense.

 

Será o segundo jogo do estádio do Furacão após o fim da torcida única e os ingressos para as duas torcidas estão fixados em R$ 150. O valor é mais que o dobro do praticado nas arquibancadas do último jogo do Tricolor no Morumbi, que marcou a estreia de Dani Alves e Juanfran com a camisa do clube.

 

O CAP disponibiliza meia-entrada em seu site de vendas (R$ 75 reais, valor ainda maior que a arquibancada média do Morumbi) para estudantes, professores, idosos a partir de 60 anos, doadores de sangue, jovens de baixa renda inscritos no Cadúnico, portadores de necessidades especiais e seus acompanhantes. Vale lembrar que na Arena da Baixada é necessário fazer a biometria. Estivemos na partida do ano passado e o cadastramento é rápido, porém é prudente chegar com antecedência para não pegar filas e entrar sem problemas no seu setor.

 

O jogo não será transmitido pela TV porque o CAP não assinou contrato com a Globo TV fechada. A TV aberta de São Paulo passará a Libertadores na quarta-feira (horário nobre) devido ao contrato firmado com a Conmebol. As rádios estão liberadas para transmissão e a Rádio SPFC Digital será uma das que estará na Arena para narrar e comentar a partida.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lesionados, suspensos e preservados: problemas demais para quarta-feira!

O São Paulo terá muitos problemas para resolver antes de ir a Curitiba enfrentar o Athletico Paranaense pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo está atrasado devido ao compromisso do Furacão com a Copa Suruga, no Japão.

 

São oito possíveis desfalques, entre lesionados, suspensos e prováveis preservados. Como é uma constante neste ano, o departamento médico Tricolor continua lotado: Pablo continua vetado e só deverá voltar diante do Grémio, no próximo final de semana. Ao seu lado, Pato e Toró não devem enfrentar os paranaenses, aumentando a lista de lesionados.

 

O zagueiro Bruno Alves e o atacante Everton receberam o terceiro cartão amarelo na última partida diante do Ceará e estão suspensos para quarta-feira. Para completar, a comissão técnica irá avaliar o desgaste de Dani Alves, Juanfran e Liziero para o jogo deste meio de semana. Os dois primeiros estrearam após férias no meio do ano e o jovem meio-campista, recuperado de lesão no tornozelo, ainda não está em sua melhor forma.

 

Deste modo, na pior das possibilidades, o time para Curitiba poderá ser formado por Tiago Volpi, Igor Vinícius, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo. Luan, Tchê Tchê e Igor Gomes. Vitor Bueno, Raniel e Antony.

 

Apesar dos problemas e da dificuldade eterna de enfrentar o Furacão em sua Arena, a possibilidade da vitória, assim como foi conquistada no ano passado, é paupável. Caso vença o Athletico, o São Paulo ficará a apenas dois pontos do Santos, atual líder da competição.

 

* O Blog não considerou Hernanes e Rojas, lesionados com tempo longo para recuperação. Se considerarmos os dois, o clube chega a dez prováveis desfalques para o jogo de quarta-feira.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Os números de Dani Alves em sua estreia com a camisa do São Paulo:

Dani Alves estreou com a camisa do São Paulo no meio-campo. Mostrando intimidade com a camisa dez que lhe ofereceram, o jogador foi o atleta Tricolor que mais tocou na bola: foram 83 toques na bola durante os pouco mais de noventa minutos em que esteve no jogo.

 

Apesar de voltar de férias e sem pré-temporada, o jogador aguentou toda a partida e, mesmo não estando 100% entrosado com os companheiros, foi o grande nome do jogo, com duas chances criadas, três tiros a gol (um logo no primeiro minuto de partida) e o gol anotado no final do primeiro tempo.

 

Números divulgados pela conta OptaJavier (Twitter de estatística)

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Juanfran: estreia muito promissora em uma posição carente no Tricolor

Confesso que fiquei apreensivo pela estreia de Juanfran com a camisa do São Paulo. Não pela qualidade do jogador, homem forte do Atletico de Madrid e da Fúria Espanhola, mas sim pela famigerada adaptação a um futebol que não é de seu domínio.

 

Para alegria do blogueiro, Juanfran foi muito bem em sua primeira partida com o manto sagrado Tricolor. No Sacrossanto Morumbi, o lateral fechou os espaços, combateu e se oportunas vezes colocou à disposição no ataque. Uma pena Antony, seu companheiro mais próximo, não ter realizado as melhores escolhas na tarde deste domingo.

 

O bom é que Juanfran disse após o jogo que ainda irá melhorar. “Eu estava há três meses sem jogar e preciso de mais partidas para a cada rodada estar melhor. Estou muito contente que pude aguentar 90 minutos” – disse ele.

 

Discreto, o espanhol praticamente não errou passes: foram mais de 90% de aproveitamento no fundamento. Experiente, Juanfran também explicou diferenças entre o jogo jogado aqui e na Europa: “Na Europa, o jogo é muito mais elaborado, aqui é muito mais rápido, muito mais força, mais briga, e eu gosto porque venho de uma equipe que é muita briga, o Atlético de Madrid, muito jogo de união.” – completou.

 

É cedo para afirmar mas Juanfran, experiente que é, pode ter completado uma lacuna há muito tempo aberta no São Paulo. A de um lateral “lateral”. O último que teve relativo sucesso foi Douglas e ainda sim muito contestado pela torcida. Militão, que ocupou bem a posição no ano passado, é zagueiro.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO São Paulo 1×0 Ceará

Festa no Morumbi e estreia de gala da contratação do ano no Brasil. Com gol do camisa dez Dani Alves, o São Paulo venceu o Ceará, mantém a ascensão pós Copa América (um empate e quatro vitórias) e se aproxima do pelotão de elite do Campeonato Brasileiro.

 

Há razões para que a partida do Tricolor não tenha sido vistosa como a sua preleção. Primeiro porque, do último jogo para esse, cinco jogadores de linha foram alterados: Juanfran, Liziero, Dani Alves, Everton e Antony. Segundo porque dois deles voltaram de férias e não fizeram uma pré-temporada adequada. Terceiro, e não por último, a qualidade do adversário. Apesar de ter subido recentemente para a elite do futebol brasileiro, o Ceará vem de boa colocação na tabela e boas partidas neste ano. Portanto, quem assistiu jogos do Vozão em 2019, já previa a dificuldade.

 

Não foi um ‘jogão’ coletivo mas teve bons desempenhos individuais. Juanfran se mostrou seguro na defesa e uma boa opção de avanço no ataque. É um lateral que dá para confiar, como muito não se via. Dani Alves começou se ajustando na nova função e aos seus companheiros mas proporcionou a emoção do dia: o gol, feito com cacoete de um camisa dez. Por último, Tiago Volpi, cada vez mais seguro e a vontade na função que, desde a saída do MITO Ceni, era uma tremenda fria. Foi essencial na magra vitória.

 

Magra vitória, mas essencial nas pretensões do clube e da torcida. A meta agora não é vir mais nenhum reforço e sim encaixar as peças e, principalmente, recuperá-las e condicioná-las para o Campeonato, coisa que o CT da Barra Funda não tem feito com competência. Dos que estão no topo, o Tricolor é o de melhor retrospecto nos últimos jogos, o que dá segurança para uma boa apresentação na Arena da Baixada na próxima quarta. Duro? Duríssimo, mas “vencível”. Vamos para cima.

 

É acreditar desacreditando!

 

Nota dos personagens da partida:

 

Tiago Volpi – Garantiu a vitória com boas defesas neste domingo. Nota: 9,0
Juanfran – Belíssima estreia. Seguro na defesa e opção no ataque. Nota: 8,5
Bruno Alves – Manteve a média de boas apresentações. Nota: 6,5
Anderson Martins – Temor do torcedor, fez ótima partida hoje. Nota: 8,0
Reinaldo – Foi bem na defesa e se apresentou ao ataque. Nota: 7,0
Tchê Tchê – Boa partida. Versátil nos setores do meio-campo. Nota: 7,0
Liziero – Voltando ao ritmo, trocou passes mas não brilhou. Nota: 6,0
Dani Alves – Faltou ritmo mas sobrou estrela. Protagonista do dia! Nota: DEZ!
Antony – Abaixo do que costuma produzir. Nota: 5,5
Raniel – Brigador, participou do gol e quase anotou dois. Merecia. Nota: 8,5
Everton – Bom trabalho na esquerda, sem muito efeito. Nota: 6,0

 

Luan –  No lugar de Liziero, fechou a entrada da zaga. Nota: 6,0
Vitor Bueno – No lugar de Antony, não se destacou. Nota: 6,0
Helinho – Pouco tempo. Sem Nota.

 

Cuca – Time sofreu para vencer o Ceará mas, para o blogueiro, o sofrimento era previsto. Foi o tipo jogo ‘traiçoeiro’ que poderia ter colocado água no chopp das estreias. Precisa se ater ao fato do time cair de produção após o gol feito, isso é, quase todo o segundo tempo. Nota 7,0

 

Torcida – Novamente um show de presença de torcida no Morumbi. Nota DEZ!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.