Search Results For : Temporada 2019

Gonzalo Carneiro: ou entra na linha ou vá treinar separado em Cotia!

Um fato arranhou a bela estréia do Tricolor neste sábado, no Pacaembu. O atacante Gonzalo Carneiro estava relacionado pelo técnico André Jardine para o jogo deste sábado mas não apareceu no CT da Barra Funda.

 

Descontente, (confirmei isso com pessoas do clube), o uruguaio não respondeu a nenhum dos muitos contatos que o Tricolor fez desde o desaparecimento, dando a impressão que a ação foi orientada por seus agentes. Carneiro tem proposta de fora do seu país de origem e a ausência dos seus compromissos nada mais é que uma forma de pressão para que o clube o negocie. O caso está com a diretoria.

 

Sem clubismo: não consigo entender a ‘ingratidão’ de certos jogadores para com os seus clubes. Contratado no meio de 2018 com uma lesão no púbis, Carneiro demorou um tempo considerável para se recuperar e só atuou com certo destaque no final do ano. Ainda não é um jogador formado e deveria agradecer a oportunidade do São Paulo com muita dedicação, não importando se jogará ou não.

 

Entendo que Carneiro, por ser versátil, seria peça importante no ataque, uma espécie de décimo segundo jogador de Jardine. Se a ausência na estréia não for bem explicada, não vejo outra alternativa que não seja mandar o atleta treinar em separado em Cotia e só o negocie por um valor que lhe interesse.

 

Éder Militão também não queria permanecer no São Paulo no meio do ano passado, mas o caso foi diferente. Com uma bela proposta o jogador encarou de frente a situação e esclareceu presencialmente os diretores, honrando plenamente com os compromissos profissionais. Honrou tanto que sua falta foi muito sentida no segundo semestre. Sem, saída, o São Paulo costurou o melhor acordo de saída possível.

 

O caso é muito diferente do que acontece atualmente com o uruguaio. Carneiro falta os compromissos de quem o paga. Quem é ele na fila do pão? Para mim é um caso com pouca saída. Quem cospe no prato que come merece tratamento recíproco.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO São Paulo 4×1 Mirassol

Boa largada do Tricolor no Campeonato Paulista. Fazia tempo que o torcedor não via uma vitória no início do estadual e também fazia tempo que o time não emplacava quatro gols em uma partida. Com a goleada o time largará em primeiro em seu grupo.

 

Jardine manteve praticamente o time base da Florida Cup, com Nene no lugar do ainda impedido Hernanes. O detalhe técnico foi a atuação de Hudson, mais próximo ao camisa dez e não na linha defensiva de Jucilei.

 

O time teve bastante dificuldade no primeiro tempo graças a marcação em cima do Mirassol e também ao desentrosamento natural de algumas peças. Pablo, por exemplo, brigava muito mas permanecia isolado no comando de ataque. O gol de empate só veio em uma bola parada, com Anderson Martins “chutando” de cabeça um escanteio cobrado por Nene.

 

Já na segunda etapa, mais um gol de bola parada, desta vez no reinício do jogo, com Pablo subindo mais que a zaga e completando para as redes. À partir daí ficou fácil. O Mirassol não aguentou marcar mais em cima, teve um de seus zagueiros expulsos e descompactou, virando presa fácil para o Tricolor. Quatro gols, mas poderiam ser mais. Mesmo assim achei que o Mirassol valorizou bem a vitória, principalmente com a marcação alta no primeiro tempo.

 

A festa foi toda do torcedor do São Paulo, que compareceu em ótimo número no Pacaembu e fez uma belíssima festa. Porém alguns pontos precisam ser melhor trabalhados como a dupla de volante, que ainda não é a minha preferida. Os pontos positivos foram a bela partida de Nene e o segundo tempo redentor de Bruno Peres.

 

O trabalho está apenas começando, mas é importante iniciar o torneio com uma boa vitória. Parabéns a todos pela dedicação e “bora” trabalhar esse entrosamento e essa saída de bola.

 

Nota dos personagens da partida:

 

Tiago Volpi – Início difícil no jogo. Depois sem tanta dificuldade. Nota: 6,5
Bruno Peres – Primeiro tempo ruim, segunda etapa muito boa no ataque. Nota: 7,5
Arboleda – Discreto e eficiente. Deu chutão quando necessário. Nota: 7,0
Anderson Martins – Belo gol e boa participação na defesa. Nota: 8,0
Reinaldo – Boa participação no segundo tempo e gol. Nota: 7,5
Jucilei – Trabalho de carrapato bem feito. Falhou no primeiro gol. Nota: 6,0
Hudson – O bonito gol e boa atuação na segunda etapa. Nota: 7,0
Nene – Um dos destaques do jogo e boa dor de cabeça para Jardine. Nota: 8,5
Helinho – Segundo tempo mais incisivo. Nota: 7,0
Pablo – Ao todo uma boa partida e primeiro gol. Nota: 8,0
Everton – Bom jogo, tentando jogadas e abrindo espaços. Nota: 7,5

Liziero – Entrou bem, mas com o jogo ganho. Nota: 6,5
Brenner – Sem nota.
Everton Felipe – Sem nota.

André Jardine – Bom início de campeonato. Time ainda carece de mais entrosamento mas isso vem com o tempo. Terá boa dor de cabeça se Nene continuar jogando no nível deste jogo e tem que pensar muito na dupla de volantes que irá ser titular. Nota: 7,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Aproveitamento ruim e pressão histórica desafiam Jardine em 2019

Assim como o elenco do São Paulo, André Jardine estreará de vez como técnico do clube em um início de temporada neste sábado diante do Mirassol, pelo Campeonato Paulista 2019.

 

Muita esperança está depositada no trabalho do multi-campeão das categorias de base, mas também muita desconfiança. Isso porque o técnico tem um péssimo aproveitamento desde que foi efetivado no cargo, no final do ano passado. Foram sete jogos com uma vitória, dois empates e quatro derrotas. Um aproveitamento de 23% dos pontos disputados.

 

A torcida tem Jardine como um profissional altamente capacitado por suas conquistas mas muitos torcedores também o consideram ‘verde’ para o cargo, ainda mais com uma diretoria que tem um histórico recente de demissão sequencial de técnicos. No popular, o torcedor teme que Jardine seja queimado no cargo principal da comissão técnica do clube com possíveis números negativos neste início de temporada.

 

Além disso, existe a enorme pressão sofrida pelo clube por causa da estiagem de títulos. Muitos acreditam que o técnico não tem as costas largas para se manter no cargo caso os primeiros resultados não sejam positivos como se espera.

 

Acredito que Raí, por ter bancado Jardine desde a sua efetivação, tem convicção total para mantê-lo no cargo, mesmo pressionado pela necessidade imediata de resultados. Pressão de torcedores, conselheiros e até do presidente do clube. Sabemos que, por mais que Leco se mantenha distante do futebol, é ele que tem a caneta nas mãos.

 

Além de Jardine, Raí também sabe da sua responsabilidade como diretor neste momento. O fato é o São Paulo precisa dar uma resposta rápida e eficaz neste início de ano. Impor a filosofia de jogo não será o bastante: é preciso vencer os jogos.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Jornal “As”: Real Madrid deverá pagar a multa rescisória de Éder Militão

A contratação entre Real Madrid e Éder Militão está cada vez mais próxima de ser concretizada. Segundo o ‘As’, um dos maiores jornais esportivos da Espanha, o clube deverá pagar a multa rescisória do jogador junto ao Porto e já entrou em contato com o empresário Giuliano Bertolucci para encaminhar o negócio.

 

A multa de Militão é de 50 milhões de euros (R$ 212 milhões) e o Real tem bons motivos para acelerar a contratação: Manchester United, Liverpool e Chelsea também estão interessados no defensor, eleito por três semanas seguidas o melhor de Portugal.

 

Porém, o clube merengue tem alternativas caso o negócio não seja realizado. Mario Hermoso (Espanyol), Léo Santos (Corinthians) e Kalidou (Nápole) são opções para o setor defensivo.

 

 

O São Paulo torce para que a contratação seja realizada. Com a negativa do Ajax em negociar David Neres com a China neste início de ano, o clube ganharia 10% do valor da transação de Militão pois segurou essa porcentagem de direitos econômicos na saída do atleta do clube, no meio de 2018. Além disso, o clube teria direito a 3% por ser o clube formador do jogador. Seria algo em torno de 28 a 30 milhões de reais para os cofres tricolores neste ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Manifesto #TemSaída une Trio de Ferro de SP contra feminicídio

A Prefeitura da cidade de São Paulo, em parceria com os três principais clubes da cidade (São Paulo, Palmeiras e Corinthians) lançaram um Manifesto nesta quinta-feira. A assinatura da parceria ocorrerá às 14h30 na sede da Prefeitura de São Paulo.

 

O Manifesto se chama Tem Saída (#TemSaída) e procura unir e conscientizar os clubes e seus torcedores a lutarem contra o feminicídio, ato de cometer crimes de ódio baseado no gênero, amplamente definido como o assassinato de mulheres, com definições que variam dependendo do contexto cultural.

 

Leia o Manifesto completo no site da Prefeitura.

 

Ainda não conheço as atividades práticas do Manifesto mas o Blog São Paulo Sempre dá apoio total a este tipo de ação. Nada é mais bonito no futebol que a festa das suas torcidas no estádio e isso inclui toda a sociedade: homens, mulheres, brancos, pretos, amarelos, heteros, homos, cristãos, judeus, ateus e todas as outras definições que possam existir.

 

Só conseguiremos construir um mundo mais justo, confortável e com respeito à partir da consciência e dos atos de cada cidadão. A gente aqui torce para a paz nos estádios, mas temos que dar o exemplo prático respeitando o torcedor do próprio time ou mesmo o adversário, tanto nos estádios como nas ruas ou na internet. Brincadeira sim, ofensas e violência gratuita, nunca! A festa e a paz é um desejo de todos.

 

Para saber mais sobre o programa #TemSaída acesse este link ou mande um email para [email protected]

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.