Search Results For : Tricolor

A importância da MRV/Intermedium nas futuras contratações do São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

Já é notória a chegada da MRV/Intermedium como patrocinador master do São Paulo Futebol Clube para os próximos anos. O Globoesporte.com publicou uma matéria com bastante detalhe sobre o acordo, porém neste post ressaltaremos um importantíssimo ponto para o torcedor.

 

O valor do patrocínio (cerca de R$ 40 milhões em três anos) não é alto como o de alguns clubes como Palmeiras e Flamengo. A grande diferença a ser notada nos próximos anos é que a MRV/Intermedium atuará decisivamente como avalista do clube em contratações e também em outras transações, como reformas pontuais no Morumbi.

 

O que faz um avalista? Ele fornece as garantias bancárias para bancar aquisições e salários de atletas pretendidos. Isso é, dá a segurança financeira necessária para o São Paulo pensar grande, desde que bem administrado. No popular, avalista é aquele que ‘garante a grana do contratado’, como comissões a empresários, luvas e salários. Foi o que aconteceu na contratação de Lucas Pratto no começo do ano: o investimento foi grande e sem um avalista o São Paulo não conseguiria trazê-lo para o Morumbi. A Intermedium teve participação fundamental nesta negociação e durante três anos terá atuação decisiva na chegada de reforços e melhorias no estádio, por exemplo.

 

É claro; tudo isso só será realmente vantajoso se o São Paulo apresentar uma gestão com foco em vitórias e equilíbrio financeiro. Por isso é fundamental o papel fiscalizador do Conselho de Administração, criado pelo Novo Estatuto. Agora, falando na prática: o grupo MRV/Intermedium já ajuda o São Paulo em duas negociações que, ‘oxalá’, estão bem conduzidas até então. Contratar ou não faz parte do mercado e concorrência do futebol mas já para dizer que o clube, com o auxílio avalista do seu patrocinador, tem muito mais chances de êxito.

 

Os possíveis reforços eu coloquei no post anterior a esse. Leia aqui.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Ceni falou em perseguição e diz saber quem são os ‘haters’ do jornalismo

Nação do Maior do Mundo;

 

Desde que assumiu o comando técnico do São Paulo, Rogério Ceni sabia que sua vida não seria fácil. Além da dificuldade em trabalhar dentro das condições financeiras atuais do clube, o ídolo da torcida também enfrenta diversos contratempos extra-técnicos.

 

Foi o que se percebeu em sua entrevista coletiva nesta sexta-feira no CT. Entre outros assuntos, o treinador comentou a perseguição de alguns profissionais da imprensa na ávida necessidade de criar algo polêmico (citou o Caso da prancheta) e também disse saber quem são os profissionais que trabalham para ver o circo pegar fogo. Os ‘haters’ do jornalismo.

 

Um nome da grandeza de Rogério Ceni no futebol brasileiro naturalmente desperta inveja em muita gente. É normal. Uma figura inexperiente no cargo, mas absolutamente identificada com o clube que treina, será alvo constante de tentativas de desestabilização de ambiente. Rogério está acostumado. Tudo que cerca o super ídolo do São Paulo é naturalmente amplificado, porém o ‘técnico Rogério’, em busca de equilíbrio e resultados, demonstrou bastante serenidade na entrevista coletiva. Disse entender as atuais condições do clube, falou em tranqüilidade na relação com os atletas e entende que precisa melhorar o rendimento coletivo da equipe.

 

Os haters do CT e das redes sociais continuarão rondando o técnico, mas se depender dos blogs, portais de torcida, youtubers e formadores de opinião, o São Paulo terá apoio incondicional neste Brasileirão. O momento é de tranquilidade e presença.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

CAMPANHA: UNIDOS PELO SÃO PAULO!

Nação do Maior do Mundo;

 

Nossa História é construída com muita luta e dedicação por diretores, jogadores, treinadores e, principalmente, por nós torcedores!

 

Somos um dos pontos mais importantes para a retomada de um ciclo vitorioso. Nós podemos fazer a diferença quando estamos juntos ao São Paulo.

 

É hora de união da torcida para sairmos deste momento complicado!

 

VAMOS APOIAR e TORCER !!!

 

Dia 22/5, às 20h, compareça ao Morumbi. É o momento de unirmos forças!

 

Faça sua parte! Nós faremos a nossa e contamos com o seu apoio no Templo Sagrado ou na Embaixada da sua cidade.

 

#UnidosPeloSPFC

SPFC.net, São Paulo Sempre, Universo Tricolor, Resenha Tricolor, São Paulo News, São Paulo Noticias, Arquibancada Tricolor, Casal SPFC, Família Morumbi Fala Bandana, Gatas do Morumbi, Embaixada Acre São Paulina, Embaixada Bahia Sao Paulina, Embaixada Amazonas Sao Paulina, Embaixada Florida São Paulina, Embaixada Rondônia São Paulina, Embaixada Espírito Santo São Paulina, PortalSPFC, Momento Tricolor, Esse dia foi Louco, IstoÉ SPFC, AC/DC Tricolor Fans, Embaixada Paraguay São Paulinos, Embaixada Rio de Janeiro São Paulinos, Embaixada Tocantins São Paulina, São Paulo Te Amo, Clube Bem Amado, Embaixada Roraima SPFC, TRI! CO! VÔ!, Manto Tricolor, Opinião Tricolor, São Paulo Digital

O ‘instigado Cícero’ também precisa ser visto dentro de campo!

Nação do Maior do Mundo;

 

Cícero concedeu ótima entrevista coletiva nesta quarta-feira. O jogador veio a público explicar o episódio ocorrido há um mês atrás, defendeu o seu técnico e aproveitou a deixa para pedir a cabeça de quem vazou informações no vestiário.

 

Leia a matéria da entrevista coletiva de Cícero aqui.

 

Além dos esclarecimentos, o volante se mostrou revoltado com a existência de um dedo-duro dentro do vestiário, conforme confirmado no último post do blog. “Eu gostaria de saber quem falou para a imprensa” – cobrou ao vivo e em cores para todos os microfones do CT da Barra Funda.

 

Ótima atitude do jogador. Mostrou uma iniciativa que é cobrada neste blog desde o início da temporada. Cícero nunca teve uma personalidade forte nos gramados, mas voltou ao São Paulo a pedido de Ceni justamente para ajudar a liderar esse novo grupo. É homem de confiança do treinador e sabe que não vem rendendo tudo aquilo que o que se espera dele.

 

Cícero, assim como todos os demais jogadores, precisa ser cobrado dentro de campo. Ele mesmo sabe disso. O ‘instigado Cícero da entrevista também precisa ser visto também dentro de campo, com sangue nos olhos e a atitude da coletiva desta quarta. É isso que se espera dele.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Atenção, dirigentes: não passem por cima do novo estatuto do São Paulo!

Nação do Maior do Mundo;

 

Muita coisa está fora de ordem no São Paulo nos últimos tempos, porém existe algo em especial que deveria estar andando bem, pois dependia única e exclusivamente da nossa coletividade Tricolor, mas não está: a obediência ao Novo Estatuto do clube.

 

Criada para ser a mais moderna entre os clubes brasileiros, a carta magna Tricolor está muito ameaçada pelo amadorismo e politicagem ainda existente entre os cardeais, dirigentes e conselheiros são-paulinos. O Novo Estatuto, obra apartidária, prevê gestão profissional, redução de adjuntos e carterinhas e plena descentralização de decisões administrativas. O maior desafio de Carlos Augusto de Barros e Silva, vencedor das eleições presidenciais em abril, será torná-lo realidade na prática.

 

Elogiei o então presidente no seu curto anterior por não interferir na criação do Novo Estatuto, mas pelas informações ainda extra-oficiais que recebi, o documento já foi ‘transgredido’ com a inclusão de adjuntos e procedimentos antiquados. Leco tem que trabalhar pela realização plena do Novo Estatuto, nomeando profissionais renomeados e de experiência comprovada. Não basta apenas ser comprometido e honesto; é preciso ter visão empresarial. Este é o maior desafio hoje em dia da presidência.

 

Leco, você foi eleito para reconduzir o São Paulo ao seu patamar e certamente está tão ou mais desanimado que eu com a atual situação que o clube se encontra. Aí vai um conselho: não estrague a confiança e o apoio que os conselheiros depositaram em você. Muita gente que participou ativamente da construção do Novo Estatuto está se sentindo traída com o início da implementação. Será preciso atitude para quebrar ranços amadores. Tenha coragem e governe sob o estatuto, não por cima dele.

 

Pelo bem do São Paulo, espero que você consiga.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.