Search Results For : Tricolor

Maicon: herói e vilão Tricolor!

Nação do Maior do Mundo;

 

O zagueiro Maicon não joga mais no São Paulo.

 

Clube e jogador aceitaram a proposta de 7 milhões de euros (cerca de 25 milhões de reais) do Galatassaray e o atleta jogará em um dos centros mais apaixonados do futebol mundial. Muito mais apaixonado que o Brasil, por exemplo.

 

A passagem de Maicon pelo São Paulo foi rápida e marcante em todos os sentidos. O início foi fulminante, com direito até a uma breve passagem no gol no épico jogo diante do The Strongest, em La Paz e o apelido “God of Zaga”, adotado na época até pelo torcedor que hoje o quer fora do clube. O desempenho e liderança praticamente obrigaram o clube a comprá-lo junto ao Porto, sob pressão quase unânime da torcida. Adquirido e com um plano montado para virar ídolo no Tricolor, Maicon colecionou muitos altos e baixos dentro de campo, que acabaram tirando sua condição de capitão e líder da equipe, ainda mais com a chegada de Lucas Pratto. O atleta também viveu momentos conturbados fora dos gramados, que contribuíram para a instabilidade no gramado e a saída prematura. Em menos de um ano foi herói e vilão e, principalmente, um real retrato de como o torcedor abraça e descarta os jogadores nos dias de hoje.

 

Em termos financeiros, o São Paulo fez um bom negócio e ‘empatou’. Com 28 anos de idade, Maicon foi comprado por 12 milhões de euros no meio de 2016, porém o modo de compra ainda confunde muito torcedor: foram 6 milhões de euros em dinheiro, e 6 milhões com o repasse do lateral Inácio e do volante Luizão, da base. O valor de Inácio , inclusive, está declarado no balanço de 2016. O clube ainda possui 50% dos direitos econômicos deles e pode ganhar com a valorização na Europa ou com a compra definitiva dos direitos pelo Porto.

 

Porém, não há o que comemorar: em termos técnicos, o São Paulo perderá uma peça forte no seu elenco. Não fundamental, mas forte. Mesmo vivendo um período ruim, ele era o melhor zagueiro de um elenco que agora conta com o bom Rodrigo Caio, o jovem Éder Militão e o fraco Douglas. O também fraco Lucão também não jogará mais no São Paulo e o veterano ídolo Lugano ainda vive a cruel expectativa de ser ou não aproveitado nos próximos meses. Robert Arboleda, zagueiro da seleção equatoriana chegará nesta semana mas para mim ainda é uma ingógnita, principalmente porque terá que se adaptar no meio do Campeonato Brasileiro.

 

De minha parte fica o agradecimento a Maicon por ter defendido o manto mais vencedor do país num dos piores momentos financeiros do clube, mas não falo por todos os torcedores do São Paulo. Muitos que agora o descartaram foram os mais pressionaram a diretoria nas redes sociais na época da compra. Que ele respire novos ares, jogue a bola que sabe jogar e vire ídolo entre os incondicionais apaixonados torcedores do Galatassaray.

 

O ídolo que não virou aqui no Tricolor.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Deus abençoe quem invadiu o Morumbi na primeira maior glória do Tricolor!

Nação do Maior do Mundo;

 

Cícero Pompeu de Toledo, dezessete de junho de mil novescentos e noventa e dois.

Um trânsito que me obrigou a estacionar o carro quase na Ponte do Morumbi.

Um jogo nervoso, somente decidido na disputa de pênaltis.

Um mar branco que invadiu o gramado e emocionou os mais de cem mil torcedores.

Uma festa descontrolada por toda a Avenida Paulista.

O São Paulo no seu maior momento na história.

 

Deus abençoe Zetti, Alexandre, Cafu, Antônio Carlos, Ronaldão, Ivan, Adílson, Ronaldo Luís, Pintado, Raí, Suélio, Palhinha Elivélton, Catê, Muller, Macedo e Telê. Deus abençoe cada um dos torcedores que estiveram no gramado do Morumbi na “maior invasão” que um estádio viveu no mundo.

 

Deus abençoe o São Paulo Futebol Clube.
Vinte e cinco anos da primeira Libertadores da América.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Olha quem veio no CT nessa segunda…

Nação do Maior do Mundo;

 

Lucas Moura, atacante do PSG, esteve no CT Tricolor na manhã desta segunda-feira.

 

De férias, o atleta aproveitou para rever amigos e atualizar sua ‘são-paulinidade’, como fez Calleri no final da semana passada. Segundo o site oficial, Lucas acompanhou o trabalho de alguns atletas no REFFIS ainda almoçou com os funcionários e profissionais da comissão técnica.

 

Dizem as ‘boas línguas’ que alguns funcionários do CT cogitaram ‘trancar os portões’ para que o atacante não voltasse para Paris. Não é má ideia: Lucas se encaixaria fácil no esquema de Rogério Ceni, rs!

 

O jogador confirmou presença no Morumbi nesta próxima quinta-feira, para torcer pelo clube diante do Vitória. Se quiser dar uma canja e vestir a camisa para bater uma bolinha contra os baianos, tá valendo!

 

Veja fotos da visita de Lucas no site oficial.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo jamais perdeu para o Real Madrid. Reveja todos os confrontos:

Nação do Maior do Mundo;

 

O Real Madrid é mais uma vez campeão da UEFA Champions League.

 

Porém, o gigante clube merengue jamais venceu o São Paulo em toda a história do futebol. Foram seis* confrontos entre espanhóis e brasileiros, entre 1963 e 1996: dois empates e quatro vitórias do Tricolor. Veja abaixo:

 

23/08/1963 São Paulo 2×1 Real Madrid
(Caracas, Venezuela – Pequena Taça do Mundo)

28/08/1963 São Paulo 0x0 Real Madrid
(Caracas, Venezuela – Pequena Taça do Mundo)

24/08/1969 Real Madrid 1×2 São Paulo
(Huelva, Espanha)

10/08/1986 Real Madrid 1×1 São Paulo
(Corunha, Espanha)

29/08/1992 Real Madrid 0x4 São Paulo
(Cadiz, Espanha – Troféu Ramón de Carranza)

15/06/1996 São Paulo 3×0 Real Madrid
(Pacaembu, São Paulo)

 

* Post atualizado em 04/06 às 11h.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Dez motivos para o São Paulo prorrogar o contrato de Lugano

Nação do Maior do Mundo;

 

O zagueiro Lugano viverá dias decisivos no São Paulo.

 

Com o contrato a vencer no final deste mês, um dos grandes ídolos da história moderna do Tricolor enfrenta forte resistência da alta cúpula Tricolor em relação a sua permanência. Em especial a do presidente. A próximos, Leco diz que não pretende renovar o contrato do uruguaio, apesar dos apelos da maioria dos torcedores e até de aliados do clube, como Marco Aurélio Cunha. O ex-gerente de futebol e atual diretor de futebol feminino da CBF declarou publicamente ser a favor da permanência do zagueiro no Tricolor.

 

Eu também sou a favor da sua permanência no clube e não vejo porque não estender o contrato até o final do ano, culminando com uma grande despedida no Morumbi, em dezembro. Depois disso, Lugano faz o que quiser: joga na China, vira dirigente, funcionário do clube… a decisão será dele. O importante é um dos últimos ídolos do clube encerrar sua história em campo com o Tricolor de forma digna e respeitosa.

 

Veja abaixo dez motivos para a prorrogação do contrato de “Dios Lugano”:

 

1 – Ainda joga em bom nível, com pouquíssimas falhas nas vezes que foi escalado.

2 – No clube, é o único ‘boleiro’ bem atualizado sobre os bastidores do futebol.

3 – É atleta de trânsito livre e respeito dentro da Conmebol.

4 – Não ganha a fortuna pensam. Seu salário está 40% abaixo do teto do clube.

5 – É quem dá sustentação aos estrangeiros que chegam para jogar no Tricolor.

6 – Diferente de algumas vertentes, Rogério Ceni não se opõe a sua renovação.

7 – Há mais de um ano que não perde um treino sequer por questões físicas.

8 – Uma despedida no Morumbi (como a de Rogério) bancaria os custos da renovação.

9 – Sua presença dá ares diferentes no Morumbi, mesmo no banco de reservas.

10 – O principal motivo: renovar será demonstrar respeito a um ídolo eterno.

 

O blog publicou uma enquete sobre a questão. Você pode votar na permanência ou não de Lugano no São Paulo no box ao lado (se você estiver no computador) ou no final do blog (caso esteja no celular). A torcida criou a hashtag #RenovaLugano para quem quiser ajudar na permanência do ídolo.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.