Search Results For : Tricolor

A situação do São Paulo nos tabelionatos e cartórios do Brasil

A Folha de São Paulo publicou nesta terça-feira (16/01) um ranking com os clubes com o nome mais sujo na praça e o São Paulo aparece como terceiro colocado na lista, com 31 registros de protesto em cartórios. Entende-se como protesto um registro feito por um portador de um título comercial que não teve o pagamento efetuado dentro do prazo e procurou garantia de recebimento na justiça.

 

Curiosamente, quase todos os protestos do Tricolor vem de um mesmo fornecedor. Dos 31 registros em nome do São Paulo, 29 são da Íntegra Construções e, segundo apuração da Folha, os diversos valores (montante por volta de R$ 125 mil reais) estão depositados em juízo.  Os outros dois protestos são do PROCON (Fundação de Defesa e Proteção ao Consumidor) registrados em setembro e novembro do ano passado.

 

A pesquisa foi feita junto ao IEPTB (Instituto de Protestos de Títulos do Brasil) e em diversos tabelionatos dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Segundo a Folha, o Tricolor deve na praça um total aproximado de R$ 240 mil reais.

 

Matéria completa da Folha de São Paulo aqui.

 

Segundo as informações contidas na reportagem, aparentemente não há uma situação de fato anormal no Tricolor e o maior montante está depositado em juízo. Mesmo assim, é o nome do clube que está nas manchetes de jornal de forma depreciativa a sua coletividade. O São Paulo não respondeu até o tempo do fechamento da reportagem da Folha mas é interessante para os sócios do clube a torcida que seja dada uma resposta sobre essa situação, principalmente com relação a situação junto ao PROCON por justamente ser um órgão que defende os consumidores. No caso nós, os torcedores.

 

Transparência é sempre bem-vinda. Ainda mais quando surge uma pesquisa dessas.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Construa a nossa história, Jean!

O goleiro Jean foi apresentado nesta terça-feira no CT da Barra Funda. Treinando com o elenco desde o início de janeiro, ele falou sobre a expectativa de jogar no maior clube brasileiro, bater faltas e ainda a idolatria por Rogério Ceni.

 

Evitando comparações, até porque também bate faltas, o atleta disse que a história de Ceni é linda e que ele buscará fazer a sua no clube. Contratado por R$ 10 milhões  e mais a cessão de parte dos direitos do meio-campista Régis para o Bahia, ele disse que fará uma disputa saudável com Sidão pela titularidade.

 

Na minha opinião, por enquanto a disputa está aberta. Com a camisa 1 nas costas, ele é mais um jovem que vem tentar repetir a grande linhagem “longa vida” de arqueiros desde a chegada de lendário Waldir Peres, no fim da década de setenta. Após Waldir, o São Paulo teve “apenas” Gilmar, Zetti e Ceni como reis absolutos do gol nas décadas de oitenta, noventa e dois mil.

 

Te desejo muita sorte, Jean. O torcedor são-paulino não deseja que você apenas construa a sua história no São Paulo. Queremos que você construa a nossa história, com mais títulos e muitas glórias.

 

Vai que é tua!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Onde você estava no dia 18/12/2005?

Não tinha como dormir na noite anterior. Tóquio já estava muito bem explorada e era hora de avançar novos horizontes. O Liverpool estava a onze jogos sem tomar gol e vinha de uma vitória fácil diante do Saprissa, da Costa Rica. A tensão nos corredores do hotel na manhã do dia 18 era flagrante.

 

Pegamos os ônibus em direção a Yokohama logo após o café reforçado, não sem antes comprar muito saquê em embalagem longa vida, combustível essencial no gélido dia. A animação era enorme, mesmo com o “favoritismo”do poderoso time inglês evidenciado pela mídia internacional, inclusive a imprensa brasileira.

 

Tivemos oportunidade de assistir o Saprissa conquistar o terceiro lugar na disputa de pênaltis contra o Al Itthad, o mesmo que nos deu uma suadeira no primeiro jogo. Conseguimos entrar com os saquês, que aliviaram muito o frio dentro do estádio e, principalmente, a tensão pré-apito inicial. Tomei um litro de saquê inteiro e, assim como o milimétrico bandeira canadense, não vi nenhum gol inglês em Rogério Ceni.

 

Em festa, saímos do estádio em direção ao Four Seasons, o hotel que ficou a delegação Tricolor. Invadimos os quartos dos jogadores, bebemos todos os mini drinks dos frigobares que tivemos acesso, reviramos todas as camas e festejamos com cada campeão mundial aquele que foi o dia mais feliz de nossas vidas.

 

Completamente entorpecido de álcool e alegria, voltei com mais dois amigos de taxi de Yokohama para Tóquio. Não me lembro do trajeto e nem que horas chegamos no nosso destino final. Só vi o prejuízo financeiro da viagem de taxi quando a conta chegou no cartão de crédito no valor de quase a viagem de avião Brasil/Japão. Não teve jeito: dividi em 12 vezes e pagava os boletos com um sorriso no rosto. Foi a dívida mais gostosa da minha vida.

 

Em 2010 lancei o livro “TRI Mundial” contando a aventura no Japão. O livro, licenciado pelo São Paulo, esgotou nas lojas e sites. Foram três mil edições vendidas. Estou procurando uma nova editora para uma nova tiragem. Aguardem.

 

E você? Onde esteve no dia 18/12/2005?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Dicas Tricolores para este natal!

Vocês sabiam que boa parte dos clientes das lojas São Paulo Mania não são exatamente são-paulinos? Uma grande parte das vendas das lojas oficiais do clube (físicas e internet) são realizadas por gente que não torce pelo São Paulo (muitas vezes não torcem por nenhum clube) justamente para presentear e agradar algum amigo ou parente fanático.

 

Portanto, amigo (a) leitor (a), uma das grandes sacadas do período do natal é passar a “dica” para o familiar, namorada ou o amigo do amigo secreto. Comprar na São Paulo Mania é garantia de que o produto vem de um dos maiores e-commerces do país (Netshoes) e de um produto licenciado, oficial e original.

 

Manda esse link para a família e amigos: http://bit.ly/NatalSaoPauloMania2017

 

Tem bastante coisa boa à venda, com preços desde R$ 29,90 (toalha Tricolor), e para todos os tipos de são-paulinos: recém nascidos, crianças e adultos. Minhas dicas são as camisas oficiais #1 e #2 por R$ 99,90 cada, o moletom que é muito bacana e o espaço do outlet, sempre com preços bons.

 

Dá essa dica para a galera e ganhe mais e mais produtos com o seu DNA!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

Garanta seu lugar na ConfraTRInização 2017 no Morumbi aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Cerezo e Hernanes: representantes do puro DNA do meio-campo Tricolor!

Estive presente no Bola de Prata 2017, da ESPN Brasil, realizado no Teatro Opus (Shopping Villa Lobos) nesta segunda-feira. Além de entregar a premiação para os destaques do Brasileirão deste ano, o evento homenageou os 35 anos da inesquecível seleção de 1982, comandada pelo mestre Telê Santana.

 

Cada jogador daquela seleção teve a oportunidade de entregar a Bola de Prata para cada destaque deste ano. Hernanes, o melhor segundo volante do campeonato, teve a honra de ter o prêmio entregue pelas mãos de outro fenômeno da posição: Toninho Cerezo. O segundo volante das conquistas mundiais de 1992 e 1993 fez questão de entrar no palco vestindo o manto sagrado Tricolor. O único que fez esse tipo de homenagem entre os oitentistas. Uma surpresa enorme para a nação tricolor em um evento dominado por gremistas, cruzeirenses e corinthianos, os grandes vencedores do ano.

 

Cerezo e Hernanes são grandes representantes da volância Tricolor na gloriosa história do clube. Grandes não, enormes. Quem não era nascido na época que Cerezo jogou pelo São Paulo e pela seleção não tem noção do tamanho da bola deste cara. Líder nato e de uma técnica fora do comum. Hernanes é mais fácil para muitos: bicampeão brasileiro pelo Tricolor em 2007 e 2008, o profeta chegou para ajudar o clube com sua liderança e talento dentro de campo.

 

Além da posição, talento e liderança, ambos tem a são-paulinidade aflorada. Pude assistir o primeiro jogo do Mundial 2005 (contra o Al Itiihad) ao lado de Cerezo e senti o quanto é apaixonado pelo clube. Hernanes também, representa muito e deu uma aula de profecia na entrega do seu prêmio. Com direito a selfie e tudo!

 

Vida longa a esses sobrenaturais do meio-campo. DNA Tricolor de grandeza pura!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

Garanta seu lugar na ConfraTRInização 2017 no Morumbi aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.