E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2019

Clubes de quatro países disputam David Neres no meio do ano. Confira:

David Neres está valorizado pelas grandes atuações que tem feito com a camisa do Ajax e pela última convocação na seleção brasileira. Por este motivo, é alvo de grande assédio de quatro clubes europeus no meio do ano, justamente a janela mais importante do futebol mundial.

 

Os quatro clubes que abertamente disputam o jogador neste meio de ano são de quatro países diferentes do velho continente. Temos um inglês (Everton), um francês (Paris Saint Germain), um alemão (Borussia Dortmund) e um italiano (Milan) na disputa aberta pelo atacante de 22 anos.

 

Neste momento, o clube com mais chances de levar o jogador é o inglês Everton. Segundo a FOX Sports, o clube da cidade de Liverpool chegou aos 45 milhões de euros (R$ 185 milhões), preço mínimo estipulado pelos holandeses. Deste modo, se não tiver concorrência que cubra o valor, o destino de Neres deverá ser a milionária Première League.

 

O São Paulo tem alta expectativa pela venda. O clube detém 20% dos direitos econômicos do jogador, além de ser o clube formador do atleta, que lhe rende uma porcentagem extra em uma transação entre países europeus. O valor, que pode chegar a 50 milhões de reais, é substancial para o clube equalizar suas finanças no ano e não depender de saídas de atletas na temporada.

 

Leia: Pablo está fora do clássico. Veja quem pode entrar no seu lugar.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tchê Tchê desfaz mal entendido e explica porque retornou da Ucrânia

Danilo das Neves Pinheiro, o Tchê Tchê, foi apresentado como novo jogador do São Paulo na tarde desta quarta-feira, no CT da Barra Funda. O jogador de 26 anos foi comprado junto ao Dínamo, de Kiev.

 

Logo em suas primeiras palavras, Tchê Tchê fez questão de explicar um mal entendido envolvendo sua volta da Ucrânia. “Eu não saí de lá porque ninguém me queria, vamos deixar claro. Eu tive que ter uma conversa com o presidente e conversei com todos aqui. Eu falei com o presidente de lá e ele não queria que eu saísse. (…) Eu quis voltar, eu quis estar aqui. (…) Minha confiança está normal, intacta. Estou pronto, aqui para ajudar.” – disse ele.

 

Camisa e calção Adidas SPFC 2019. Entrega em todo o Brasil.

 

A resposta foi sobre o desentendimento com o treinador do clube ucraniano, que fez com que Tchê Tchê não atuasse tanto quanto queria e antecipasse a volta ao Brasil. “Obviamente poderia ter jogado mais, mas estou feliz de estar aqui.” – completou a resposta.

 

Sobre as chances do Tricolor na Arena Palmeirense, Tchê Tchê disse estar confiante na classificação. “Pelo que eu tenho visto nossa equipe tem chance de ir lá e ganhar. Os tabus estão ai para serem quebrados.” – resumiu.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Cuca sugere posição para Pato no ataque e Pablo pode mudar de função

Alexandre Pato e Cuca começaram uma nova etapa no São Paulo nesta última segunda-feira. Tanto o jogador como o técnico iniciaram seus trabalhos no CT da Barra Funda ao lado dos outros atletas do elenco.

 

Na entrevista que deu aos setoristas do clube, Cuca falou sobre o atacante e sugeriu que ele jogue como um verdadeiro centroavante no Tricolor. “Vejo o Pato jogando como um definidor, o que ele tem de melhor é a definição da jogada. Quanto mais próximo do gol ele estiver, melhor” – disse o técnico.

 

A afirmação é importante e deve fazer com que Pablo altere sua atual função no ataque e jogar pelo extremo do campo, posição que também atuou no Athletico Paranense. Pela declaração do técnico, dá para imaginar um ataque com Pablo em um dos extremos, Antony em outro e Pato centralizado, com Hernanes logo atrás na distribuição das jogadas.

 

Um meio-ataque de respeito, na minha singela opinião.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Trabalho de Vágner Mancini a frente do elenco Tricolor é digno de elogios

Vagner Mancini não chegou no São Paulo para exercer o cargo de treinador, mas se viu frente a frente com a antiga função após o precoce fiasco do clube na Libertadores. Depois de uma conversa com Cuca e os diretores, o coordenador técnico aceitou comandar a equipe durante o período de recuperação do novo técnico.

 

Era uma verdadeira bucha. A equipe estava combalida pela eliminação e tanto o torcedor como a imprensa esportiva não aceitaram a decisão do clube em esperar um mês por Cuca. O São Paulo foi massacrado nos programas de TV e nas redes sociais pela estratégia tomada.

 

Aos poucos Mancini foi colocando sua maneira de trabalhar e modificando a equipe, ora por necessidade, ora por preferência tática. Pelos números, a impressão é que não houve mudança: ele esteve à frente do time em nove jogos, com três vitórias, quatro empates e duas derrotas, um aproveitamento de 48,1%. Porém, mais que os regulares números, foi ele que promoveu os jovens que modificaram a cara da equipe nas quartas-de finais da competição. O Tricolor caiu no gosto de seu torcedor e recuperou boa parte da auto-estima largada nos últimos dias, por isso o trabalho do coordenador nesse período é digno de elogios. Hoje Cuca recebe um ‘outro São Paulo’, mais leve e confiante, para iniciar seu trabalho.

 

Vagner Mancini voltará a Coordenadoria Técnica somente depois do Campeonato Paulista. Ele será auxiliar de Cuca no período do estadual, para melhor adaptação do novo técnico. Os dois se encontraram no CT da Barra Funda e já iniciaram os trabalhos visando o próximo e decisivo jogo da equipe, diante do Palmeiras.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tchê Tchê vem para recuperar futebol e é a “primeira contratação” de Cuca

Tchê Tchê será jogador do São Paulo. Segundo o que apurei, Dynamo e Tricolor se acertaram e o volante vem para o Brasil na próxima semana. Se passar pelos exames médicos do clube, será anunciado. O ex-Audax e Palmeiras será a segunda contratação da “era Cuca” e a primeira indicada pelo novo técnico do clube.

 

Grande destaque do futebol brasileiro em 2016, quando defendeu o Audax sendo considerado o melhor volante do Campeonato Paulista daquela época e conquistando o Brasileirão do mesmo ano pelo Palmeiras com atuação em 37 dos 38 jogos daquele torneio, Tchê Tchê vem para recuperar o futebol perdido na Ucrânia. No Dynamo, Tchê Tchê amargou tempos na reserva e tempos nem relacionado para os jogos.

 

No São Paulo o homem de confiança de Cuca em 2016 terá oportunidade de recuperar o tempo perdido em Kiev e, se jogar bem, terá grandes chances de disputar uma vaga no meio-campo. Não é craque mas no Palmeiras e Audax mostrou uma grande regularidade e bom jogo no meio em uma posição carente no Tricolor.

 

É sempre bom lembrar ao torcedor que se o São Paulo quiser almejar algo maior que o meio da tabela de um Brasileiro ou o título de uma Copa do Brasil, ele precisa contar com um elenco vasto e com possibilidades. Dentro dessa linha de raciocínio, Pato e Tchê Tchê são ótimas contratações.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.