E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2021

Astronautas piram: Sara amplia contrato com o São Paulo até 2024!

O São Paulo deu uma grande notícia aos seus torcedores nesta segunda-feira.

 

O clube ampliou o contrato que tinha com o meia Gabriel Sara, peça importante na equipe atual. Sara assinou um novo vínculo até 30 de abril de 2024 com nova multa e salários, obviamente não divulgados. O trabalho foi realizado pelo atual departamento de futebol, sob comando de Raí, mas já sob transição de presidência.

 

Sara é 100% Made in Cotia. No clube desde os 13 anos,  subiu para o profissional em 2017 e, de lá pra cá, seguiu com o processo de transição com períodos difíceis até se destacar no time de Fernando Diniz em 2020. É peça vital no esquema do treinador e detalhe; olha a cara de felicidade do garoto na foto!

 

Parabéns Gabriel. Os astronautas piram!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Acordo com Athetico por Bissoli pode amortizar meta de vendas de 2021

O Tricolor conseguiu um importante acordo por um jogador ‘perdido’ de sua base. O clube e o Athetico entraram em acordo por Bissoli (22 anos) e, na compra do atacante pelo clube paranaense, o São Paulo ficará com 20% dos direitos do jogador.

 

Bissoli saiu em litígio e tinha vínculo com o Club Fernando de la Mora, da segunda divisão do Paraguai. Segundo o GE.com, para evitar uma disputa judicial, com chance de ganho ao Tricolor, o Athletico procurou o Tricolor para o acordo. Os 20% acordados visam uma futura transferência para o exterior.

 

O acordo foi costurado pela atual direção de futebol do clube e pode amortizar a meta de venda do clube, estipulada em R$ 176 milhões para o ano que vem. Porém Bissoli, mais um jogador de base que saiu de forma estranha do Tricolor, terá que se esforçar para aparecer no Furacão. Atualmente ele é reserva de Renato Kayzer.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Clube precisa vender em 2021. Quem deveria e quem poderá ser negociado?

O São Paulo apresentou seu planejamento para 2021 em uma reunião do Conselho Deliberativo, pela primeira vez transmitida ao vivo para a coletividade Tricolor. Entre outros assuntos, foi estipulado o valor de R$ 176 milhões como meta de vendas de atletas para o equilíbrio das contas do ano que vem.

 

Isso é, o São Paulo precisará vender jogadores do seu elenco para o ano que vem. A notícia não é surpresa pois, além das dívidas deixadas na gestão atual, a pandemia reduziu as receitas de todos os clubes brasileiros. Deste modo, conforme o novo presidente Júlio Casares comentou em sua campanha, o São Paulo já se preparará para repor eventuais perdas com a base e contratações cirúrgicas, capitaneadas por Fernando Diniz (foto) e Muricy Ramalho.

 

O São Paulo tem ativos vendáveis que não estão participando do time titular. Seriam eles Liziero, Walce, Helinho, Toró e Lucas Perri. Liziero, que em breve voltará a treinar nos gramados, tem cidadania européia e é “tipo exportação”, pesando contra a falta de vitrine devido a grave lesão que o tirou da ativa neste semestre. Walce, outro que se recupera de grave lesão, é bem cotado no mercado e teve proposta do Red Bull Bragantino recusada pelo Tricolor. Também volta no ano que vem.

 

Helinho, outra promessa da base, está emprestado ao próprio Red Bull Bragantino com compra fixada em R$ 25 milhões por 65% dos seus direitos econômicos. O time de Bragança deve dar a resposta no final do ano que vem. Toró tem diversas sondagens e, por fim, Lucas Perri sempre teve seu nome envolvido em transferências para fora do país. Entretanto, seu atual valor de mercado, segundo o Transfer Markt, é pequeno: cerca de €250 mil.

 

No melhor dos mundos, as vendas de Liziero, Walce, Helinho, Toró e Perri atingiriam o valor previsto pelo São Paulo. Mas não creio que isso ocorra. Provavelmente algum dos titulares receba uma boa oferta em 2021. O mais provável seria Igor Gomes, que já teve seu nome vinculado a especulações vindas da Espanha. Uma notícia que ameniza bastante a situação Tricolor são as multas dos contratos de Igor Gomes, Sara, Luan e Brenner, todas na casa dos €50 milhões de euros.

 

Portanto, na pior das hipóteses, o São Paulo poderia vender um titular para suprir a meta estipulada e a base poderá ser novamente usada para repor uma eventual perda. Resta ao torcedor torcer também fora dos gramados por um bom planejamento do novo corpo de futebol que será formado em breve.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Kaká se preparou e é ótima ideia para ser dirigente do São Paulo em 2021

O São Paulo não terá apenas Muricy como surpresa para 2021. Segundo o que eu apurei (e também dito por Galvão Bueno), outro ex-jogador do clube está muito bem cotado para assumir uma posição no futebol do clube. Este nome é de Ricardo Izecson dos Santos Leite, o Kaká.

 

O último brasileiro que conquistou o prêmio de melhor do mundo da FIFA deverá ocupar um cargo executivo no futebol, mas não será o diretor. Kaká recentemente deu entrevistas onde dizia que pretendia exercer cargos diretivos de futebol no futuro. Me parece que está bem próximo de iniciar essa trajetória no clube que o revelou.

 

Excelente nome. Apesar da falta de experiência, Kaká se preparou para desempenhar papéis executivos no futebol, com certificado UEFA. Além disso, o jogador conhece o clube e sua atual realidade. Acho uma ótima ideia termos um acima da média do futebol em nosso quadro diretivo.

 

Além de Kaká e Muricy, um novo diretor de futebol é avaliado para o lugar de Raí. O atual diretor recebeu um convite para permanecer no cargo até o fim da temporada e deve aceitar mas o futuro deve ser longe do Morumbi na próxima temporada. Alguns nomes são avaliados, desta vez junto com Muricy. Não me surpreenderei se Rodrigo Caetano for convidado. Um novo gerente executivo deverá assumir o cargo de Alexandre Pássaro.

 

Muricy, Kaká e o novo diretor herdarão um departamento bem estruturado, muito melhor que na era Aidar. O time de Diniz dando resultado em campo, Cotia funcionando plenamente (futuramente também com nova direção) e o profissional com contratos bem amarrados com os jovens que hoje despontam no time titular. Faltam melhorias como as instalações do REFFIS e vestiários do CT mas isso deve andar de acordo com o tempo e parcerias a serem criadas ou resgatadas.

 

A ideia é buscar parceiros para as melhorias gerais no CT e no Morumbi. Por exemplo, a Life Fitness, antiga parceira, tinha interesse no retorno de fornecimento de equipamentos. Isso pode andar com Casares.

 

O novo presidente em breve também deve anunciar o novo nome do Marketing e em outros departamentos como social e financeiro, entre outros.

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

“É uma convocação”. Muricy volta ao São Paulo sem o estresse de técnico!

Muricy Ramalho estará de volta ao São Paulo. Não como técnico, obviamente, mas ocupando um cargo no CT da Barra Funda, ainda não preenchido no clube: o de coordenador técnico.

 

O profissional, que passou quatro anos no Grupo Globo, explicou o motivo de ter voltado a um clube de futebol. Segundo ele, o cargo gera muito menos estresse que o trabalho de treinador. Vale lembrar que Muricy chegou a ter sérios problemas de saúde antes de se afastar do dia a dia dos jogos e treinos em campo. Hoje ele será um elo entre a diretoria e os elencos profissionais e da base. Participará de decisões técnicas como subida de jogadores e de contratações.

 

Outro fator importante para a volta foi por ser para o São Paulo, clube que Muricy conhece desde criança e é muito identificado. Para a Rádio Bandeirantes, ele avaliou que não foi um convite e sim uma convocação.

 

É este tipo de perfil e atitude que o São Paulo sempre precisa ter. A tendência é que Muricy deva iniciar seu trabalho ainda neste ano, envolvido no planejamento da próxima temporada mas apenas deva comparecer com o trabalho presencial na Barra Funda e Cotia em 2021.

 

Júlio Casares iniciou hoje seu processo de transição.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.