E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2022

Muricy deve sair do São Paulo: “Não vou arriscar minha história e saúde”

IMPORTANTE: LEIA A ÚLTIMA PARTE DO POST!!!

 

Muricy Ramalho está com um pé e três dedos fora do São Paulo Futebol Clube. O atual coordenador de futebol revelou em um áudio vazado (e confirmado por André Plihal) um enorme sofrimento no ano e condicionou a sua permanência a chegada de investimento e reforços.

 

Em conversa vazada com um amigo em um áudio que já circula nos grupos de Whatsapp, Muricy falou em falta de perspectiva por parte da direção. “A gente percebe no discurso do presidente que não tem dinheiro, não tem nada… O Corinthians também não tinha dinheiro no começo do ano, contratou quatro jogadores diferentes e está na Libertadores… (sic) eu não vou ficar mais porque é muito sofrimento… (sic) é muito risco, entendeu?” – disse ele em um dos trechos do áudio.

 

Muricy citou a força da torcida em ajudar a equipe a não cair mas revela o que pode ser o seu futuro: “A gente vai ter uma reunião e como não vai ter mesmo o investimento, eu e o Rogério vamos sair. Para mim já deu.” – confessou ao amigo.

 

Muricy ainda deu uma péssima notícia aos que bradam pela modernização e transparência no clube. Segundo ele, Clube-Empresa e investimentos serão muito difíceis de serem conquistados com o sistema de governo que o São Paulo possui. “Empresa esquece, os conselheiros não deixam. Isso não tem dúvida. Investidor os conselheiros querem mas não querem que dê palpite. Aí fica difícil.” – Completou, em tom de amrgura.

 

As palavras de Muricy Ramalho, um dos poucos ídolos completos do São Paulo (jogador/técnico/dirigente), soam como uma facada nos ouvidos, peito de cada são-paulino que preza pelo seu clube do coração. É inimaginável entender como o clube entrou nesta situação e mais inimaginável ainda saber como sairá.

 

ATUALIZADO Muricy entrou em live com o canal Arnaldo e Tironi, reconheceu o áudio e disse que foi um desabafo mas que, assim como Rogério Ceni, não irá sair do São Paulo neste momento. O Coordenador ressaltou a dificuldade financeira mas disse que ficou aliviado com o apoio que o técnico deu a continuidade do trabalho. 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Cinco motivos para o São Paulo ir a Sul-Americana e não a Libertadores

Acredite se quiser: se vencer o América-MG na última rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo terá chances de ir para a Libertadores 2021. As chances são pequenas mas existem: além de vencer os mineiros, o Tricolor ainda dependerá de uma combinação de outros quatro resultados.

 

Não acredito na vaga e, mesmo ela sendo possível, darei cinco motivos para que o São Paulo vá para a Sul-Americana, torneio que já está classificado após vencer o Juventude, e não para a Libertadores. Vamos a eles:

 

1) Sensação de dever cumprido – Conquistar a vaga da Libertadores criará uma falsa sensação de dever cumprido, já que o torneio está nos objetivos macro do clube em 2021. Pelos problemas enfrentados no segundo semestre, não ir ao principal torneio da América do Sul serviria como aprendizado para melhorias no ano seguinte.

 

2) Competição compatível – Não me entendam mal: a Libertadores é a “cara do São Paulo” pela história do clube na competição mas hoje em dia a Sul-Americana é muito mais compatível (leia-se também possível) para a realidade do Tricolor. Me soa arrogante querer disputar a Libertadores só porque temos camisa e tradição. A Sula é a nossa realidade atual.

 

3) Organização e planejamento – A Sul-Americana está muito diferente daquela competição vencida pelo Tricolor em 2012. Hoje ela possui fase de grupos definida, atributo importante para o planejamento. Detalhes importantes: a decisão da Sul-Americana será disputada pela primeira vez em território brasileiro desde que a Conmebol adotou o sistema de final em jogo único. A partida será disputada no dia 1º de outubro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. A disputa antecipada em outubro é por conta da Copa do Mundo 2022, que será em novembro, no Catar.

 

4) Fase traiçoeira – Sem dúvida a Libertadores tem mais visibilidade e dinheiro que a Sul-Americana mas sua fase preliminar é uma verdadeira faca de dois gumes. Para chegar à fase de grupos da Libertadores, o São Paulo precisaria vencer duas eliminatórias com a primeira no dia 09 de fevereiro. Se houver desclassificação na primeira, o Tricolor é eliminado de qualquer outra competição da Conmebol. Se for eliminado na segunda eliminatória, cairia na de grupos da Sul-Americana. Pela fragilidade do grupo atualmente, seria melhor garantir a Sula.

 

5) Descanso e planejamento adequado – O São Paulo sucumbiu no segundo semestre muito graças a falta de um descanso adequado entre o Campeonato Brasileiro 2020 e o início da temporada. As seguidas lesões no início do Brasileirão foram fruto de desgaste excessivo no primeiro semestre. Na Sul-Americana,  os clubes argentinos e brasileiros entram automaticamente na fase seguinte e a pré-Libertadores 2022, como disse acima, começará dia 09 de fevereiro, com a disputa entre os grupos prevista para 6 de abril.

 

É isso, óbvio que torcerei pela vitória do Tricolor pela melhor colocação e premiação no Brasileiro mas prefiro a Sul-Americana hoje. Atenção: de nada adiantará esse texto se o São Paulo não se planejar adequadamente para a Sula e o Brasileiro/Copa do Brasil no ano seguinte. Minha sugestão é, após a ótima saída da fila de títulos, fazer como o Palmeiras fez neste ano: ir com um time alternativo no Paulista e só pensar em titulares nas fases finais do estadual. Vale lembrar que a Copa do Mundo achatará ainda mais o já apertado e cambaleado calendário do futebol brasileiro.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Cinco goleiros viáveis que poderiam fazer sombra a Tiago Volpi no Tricolor

O São Paulo se planeja para a temporada de 2022 e um dos trabalhos da diretoria de futebol é reforçar o grupo de goleiros do clube, contratando um atleta que pudesse fazer mais sombra a Tiago Volpi, acirrando de vez a briga por posição.

 

Ciente que Jean, emprestado ao Cerro Porteño, não voltará a vestir a camisa do São Paulo, o Tricolor deverá buscar no mercado brasileiro uma alternativa dentro de suas possibilidades financeiras. No texto, cito cinco goleiros que poderiam competir com o atual titular, com situações viáveis de negociação. Vamos a eles:

 

1) Gatito Fernandes

Afastado dos gramados há mais de um ano por conta de uma lesão no joelho direito, o paraguaio Gatito Fernandes está 100% recuperado, treina normalmente com o grupo campeão da série B e poderá ter a chance de voltar a jogar pelo Botafogo na última partida da temporada. O jogador tem 33 anos, está bem avaliado fisicamente pelo departamento médico alvinegro e debate o futuro com o clube da estrela solitária. Veja notícia completa no GE.com.

 

2) Vanderlei

O veterano de 37 anos já foi considerado um dos melhores da posição no Brasil quando atuava pelo Santos mas perdeu a posição em outubro e atualmente é reserva no Vasco da Gama. Com mais de 35 jogos disputados pelo clube cruz-maltino, Vanderlei teria direito a renovar por mais uma temporada, mantendo seu atual salário. No entanto, por conta na mudança na estrutura do futebol do Vasco, o novo vínculo ainda não foi assinado e há dúvida sobre a permanência. Veja notícia completa no GE.com.

 

3) Ivan

A Ponte Preta se salvou do rebaixamento para a série C no jogo diante do Confiança mas Ivan, considerado um dos goleiros mais promissores de sua geração, desabafou ao final da partida, citando o ano difícil do clube e que não ficará na Ponte por toda a vida. Após recuperar-se de uma contusão séria no pulso, é um goleiro monitorado por muitos clubes brasileiros. Veja matéria completa no GE.com. 

 

4) Tadeu

O goleiro há algum tempo tem se destacado no clube esmeraldino e na partida que garantiu o acesso a série A teve uma atuação praticamente impecável. Com defesas importantes, Tadeu brilhou na vitória do clube goiano em cima do Guarani em pleno Brinco de Ouro da Princesa e afirmou ter dado a volta por cima após campanha ruim no Campeonato Goiano. Veja matéria do SportsBuzz.

 

5) Matheus Cavichioli

O veterano de 35 anos fez um belo Campeonato Brasileiro com o América MG e foi um dos responsáveis pela quase certa permanência do Coelho na série A. Seu contrato com o clube mineiro irá até o final deste ano e ele ainda avalia a permanência. Veja matéria completa no GE.com

 

De todos estes citados, minha preferência seria por Ivan por ser jovem (24 anos), Tadeu por ser viável financeiramente (o goleiro ganha cerca de R$ 50 mil mensais no Goiás e tem seus direitos em torno de 1 milhão de euros) ou Cavichioli pelo que mostrou no América.

 

Gostaria de ter algum deles no Tricolor? Deixe sua sugestão ou comentário.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Éderson? Prata da casa que está no América MG aparece como alternativa!

O volante Éderson, que pertence ao Corinthians e está emprestado ao Fortaleza até 31 de dezembro seria uma das indicações de Rogério Ceni ao São Paulo para 2022. A notícia foi dada por um dirigente Tricolor ao jornalista Jorge Nicola em seu blog.

 

Realmente, o volante de 22 anos é um dos destaques da equipe cearence na bela temporada que vive neste ano, com um desempenho tático defensivo acima da média do mercado brasileiro. Porém, a valorização permite que o Corinthians, dono de seus direitos econômicos, estipule um valor muito acima do imaginado pelo Tricolor. Segundo o portal Mercado da Bola, estipula-se que o alvinegro não deva abrir negociação por menos que R$ 50 milhões. Inviável.

 

No lugar de Éderson, sugiro o retorno de um outro atleta de destaque no campeonato. Trata-se de Lucas Kal, volante de origem mas com atuações na base Tricolor como zagueiro. Lucas está emprestado ao América MG até o final desta temporada e tem contrato com o Tricolor até o final de 2022.

 

Com 25 anos e experiência internacional (em 2020 jogou pelo Nacional da Ilha da Madeira), Lucas Kal é alternativa muito mais viável a Éderson, com qualidade de jogo muito semelhante ao especulado. O Tricolor não precisaria desembolsar pela sua prata da casa, com no máximo um ajuste o salário dentro das possibilidades do clube.

 

Com o retorno de Lucas Kal, o São Paulo poderia focar em posições emergenciais para o ano que vem: atacantes de beirada de campo, um goleiro e um meio-campista dinâmico, capaz de organizar as jogadas ofensivas da equipe.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Prudência e esperança na negociação entre Arboleda e São Paulo

Diferente do que alguns perfis e portais publicaram nos últimos dias, o São Paulo e o agente de Robert Arboleda trabalham para a renovação do vínculo do zagueiro equatoriano para os próximos anos.

 

A renovação de contrato é tratada como prioridade pelo Tricolor mas dentro do limite determinado pela diretoria para os próximos dois anos, prazo em que Júlio Casares tem mandato. Por outro lado, Arboleda provou em campo que merece uma valorização substancial. O zagueiro é um dos destaques do time titular de Rogério Ceni e atualmente eleito por muitos torcedores o melhor zagueiro do elenco.

 

Jose Chamorro, representante do atleta, ao ser questionado pelo GE.com afirmou que irá pessoalmente para o Brasil para definir nos próximos dias o futuro de seu agenciado. Chamorro negou críticas ao clube pela austeridade em que trata a renovação. Segundo o portal há possibilidade de um final feliz para o torcedor.

 

O mundo não dá voltas. Ele capota: meses atrás Arboleda era condenado pelo são-paulino por atitudes como vestir a camisa do rival nas férias ou aparecer em festas clandestinas sem uso de máscara em plena alta da pandemia. Em campo, o jogador mostra dedicação e profissionalismo, como no último jogo diante do Palmeiras. O equatoriano chegou no Brasil meio dia, descansou e foi destaque na vitória do Tricolor sobre o alviverde.

 

Entre benefícios e desvantagens, fico com o jogador. Ainda vejo a negociação complicada pelo aspecto financeiro mas é fundamental dizer que o São Paulo sabe da importância do equatoriano no sistema defensivo. É titular da seleção de seu país, machuca pouco e é imponente no jogo aéreo, virtude fundamental nesse futebol atual.

 

Um outro ponto positivo: o próprio presidente mostrou publicamente sua torcida pela permanência de Arboleda no clube. Poderia ter desconversado dada a dificuldade dos números mas foi incisivo em relação a vontade de manter o zagueiro. Isso é importante para que o outro lado entenda claramente a posição da instituição.

 

Porém, é preciso prudência. Não podemos entrar em leilão ou ficarmos refém de um jogador com alto valor. Vale lembrar o caso “Jucilei”, pedido quase como uma intimação por parte da torcida a antiga gestão, com contas a serem pagas até hoje.

 

Espero que tudo se resolva da melhor maneira possível.

 

Perrone vídeos:
“Fatos sobre a negociação entre Arboleda e São Paulo”
Assista:

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.