E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Especulações

Lucas Fernandes: proposta chegou!

O meia Lucas Fernandes, atualmente jogando pelo Portimonense (POR), recebeu uma proposta oficial de transferência. O clube interessado pelo futebol de Lucas é o francês Olympique, da cidade de Marselha e a informação veio do jornalista Paulo Giacomelli, brasileiro que trabalha em Milão, Italia.

 

O São Paulo é grande interessado na negociação. O clube possui 50% dos direitos econômicos do jogador, além de ser o clube formador de Lucas Fernandes. O meia vem se destacando no futebol português, fato que atraiu as atenções do Olympique.

 

Segundo Giacomelli, caso a negociação seja concretizada o Tricolor receberia algo em torno de R$ 20 milhões de reais pela transferência. Eu ainda calculo um valor a mais pelo dispositivo de solidariedade ao clube formador.

 

O valor não chega a ser alto como o de Militão para o Real Madrid mas ajudará bastante o Tricolor em tempos difíceis. Lucas Fernandes era tido como grande jóia da base Tricolor mas conviveu com muitas lesões e viu companheiros como David Neres e Luiz Araújo decolarem para o velho continente.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Não há motivos para preocupação!

Daniel Alves não se apresentou no CT da Barra Funda para início das atividades físicas e fisiológicas. Em acordo com a comissão técnica, ele e outros atletas têm reapresentação programada para julho, no início da nova pré-temporada. A apresentação tardia preocupou alguns torcedores, já que o jogador possui 37 anos.

 

Acredito que não há motivo para preocupação. Durante toda a carreira, Dani Alves sempre cuidou do aspecto físico e manteve a sua rotina de treinamento em casa durante todo o período de isolamento. Com base em recomendações da equipe de preparação física do clube, o jogador seguiu uma planilha de treinos que ocasionalmente divide com seus seguidores nas redes sociais.

 

O biotipo também ajuda muito nesse caso. Vale lembrar que Daniel Alves sempre cuidou da alimentação, mesmo nos períodos sem temporada. Durante toda a carreira, o jogador sempre se destacou nos clubes que atuou por voltar bem fisicamente das férias.

 

Considerado por Fernando Diniz o melhor atleta com quem ele conviveu até hoje, Daniel Alves vinha se destacando bastante em 2020. Ele entrou em campo em 11 confrontos, marcou cinco gols, deu 34 assistências para finalização e conseguiu desarmar o adversário em 32 oportunidades. Excelentes números.

 

Tudo leva a crer que Dani Alves voltará do mesmo modo como iniciou a pausa da pandemia. Assim como todo o elenco, o torcedor espera que ele continue fazendo a diferença que fez no início da temporada ao longo de todo o ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Mais um processo. Virou várzea?

O São Paulo enfrentará mais uma ação na justiça. Desta vez, a empresa Kirin Soccer entrou com ação na Justiça para cobrar estimados R$ 206 mil reais do clube por uma operação envolvendo o atacante Luís Fabiano, ainda na gestão Aidar. A notícia foi divulgada pelo jornalista Ricardo Perrone, do Portal UOL.

 

Resumidamente, a Kirin Soccer alega que em 2015 negociou a cessão do direito de preferência de compra do atacante com o Fenerbahçe. Segundo ela, o São paulo ficou de pagar 35 mil euros de comissão pelo serviço. Comissão não paga até os dias de hoje.  Por conta da pandemia, a Justiça não havia analisado o pedido de cobrança, que inclui juros e correção monetária.

 

Virou várzea? Processos, ações, acordos… um clube como o São Paulo, repleto de advogados em torno do poder, parece uma usina ilimitada de dinheiro. Enquanto a instituição padece por gestões anêmicas, conselho arcaico e falta de títulos, os trabalhos jurídicos parece que vão de vento em popa, tamanho o trabalho que os escritórios e advogados tem com casos envolvendo o Tricolor.

 

Não sou nenhum expert em advocacia; também sei que o futebol é um meio atribulado de nuances lícitas e ilícitas. Mas o que acontece com o clube nos últimos dez, quinze anos, é muito além da organizada visão que todos tínhamos do clube.

 

Não seria hora da nova gestão rever por completo esse setor?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Em nota, Lucão acusa Leco de perseguição e só quer o que lhe é de direito!

O zagueiro Lucão deu a sua versão sobre o processo que move contra o São Paulo. Em nota publicada em seu Instagram, o jogador acusou o presidente do Tricolor de o perseguir e que está indo atrás de seus direitos, atitude que segundo ele foi sarcasticamente sugerida pela diretoria de sua época.

 

Leia a nota oficial, retirada do Instagram do jogador:

 

Venho por meio desta nota oficial esclarecer alguns pontos das notícias envolvendo meu nome. Eu tenho grande admiração e gratidão pela Instituição São Paulo Futebol Clube. Cheguei em Cotia ainda com 12 anos e deixei o clube com 23 anos. Mais de uma década de dedicação ao clube, com vitórias, títulos, derrotas, partidas boas e ruins, afinal, fazem parte do jogo. Depois de um certo tempo na equipe principal, sofri perseguições que vinham diretamente da presidência, a partir do momento em que não aceitei algumas negociações. Nunca tive problemas com treinadores e companheiros de equipe. Fui obrigado a treinar separado por algum tempo. Fiquei sem receber durante oito meses, e fui obrigado a reduzir mais da metade do meu salário, quando emprestado, para que aceitassem a proposta de empréstimo ao futebol português. Tenho muito respeito pelo torcedor, e esclareço que de forma alguma estou pedindo danos morais por conta de humilhação de torcedores, como deixaram a entender alguns veículos de comunicação, afinal, todos os torcedores têm direito de se expressarem das arquibancadas de forma positiva (aplaudindo) ou negativa (vaiando). Sempre tive um enorme carinho e respeito por todos os funcionários do clube, em especial ao departamento médico e fisioterapêutico, que fizeram um excelente trabalho na minha recuperação do joelho, e pela Instituição que me deu a oportunidade de me tornar jogador profissional e servir todas as categorias de base da Seleção Brasileira. Contudo, quero apenas o que é meu de direito, e isso tentei resolver por inúmeras vezes, sem sucesso, e fui aconselhado pela própria diretoria, de forma sarcástica a buscar meus direitos na justiça trabalhista, e assim estou fazendo.

 

A acusação de Lucão contra Leco é grave e precisa ser apurada, bem como o pedido sarcástico para que o jogador corresse atrás dos seus direitos. Presidentes não podem se envolver, muito menos perseguir atletas. Lembro que é mais um jogador que se volta contra o clube e, caso ganhe, nenhum diretor ou presidente perderá dinheiro do bolso e sim a instituição.

 

Por isso sou absolutamente a favor dos presidentes do São Paulo serem responsabilizados por processos como este, caso a acusação de perseguição seja comprovada. Ou, se estiver em seu direito, que processe os jogadores. O que não pode é a instituição São Paulo, bem como sua torcida e sócios, ser envolvida neste tipo de notícia.

 

Uma sugestão a Lucão e Leco: que um abra processo contra o outro.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lucão processa São Paulo por danos morais. E banana come macaco de novo!

O zagueiro Lucão é mais um ex-atleta que processa o São Paulo Futebol Clube. Em matéria assinada pelos jornalistas Alexandre Guariglia e Fellipe Lucena (Diário Lance!), o atleta pede R$ 5 milhões em uma ação trabalhista. Detalhe: dos R$ 5 milhões pedidos, R$ 1 milhão se refere a danos morais.

 

No processo movido por Lucão, é citado um tratamento vexatório da diretoria do São Paulo que, segundo o jogador, praticamente o obrigou a aceitar ser emprestado em 2017. O Tricolor rebate, dizendo que foi o próprio atleta que tornou a sua situação insustentável ao dizer que “já, já iria embora” em entrevista após (mais uma) falha em derrota por 2 a 1 para o Atlético MG em junho de 2017. Não havia qualquer negociação com outra equipe naquele momento, segundo o São Paulo. Vale lembrar que Lucão era escalado constantemente por ser de confiança de Rogério Ceni, técnico naquele período.

 

Vamos deixar a limitação técnica do jogador de lado. O ponto é que muitos ex-jogadores processam o clube porque, na minha opinião, viram que há recentes acordos feitos pelo São Paulo e a “boquinha” deve ser bem fácil. O que sai de dinheiro do São Paulo nesses acordos, de curto e longo prazo, é um dos motivos do São Paulo estar nessa pindaíba. Vale lembrar que o volante Maicon, um dos jogadores que está processando o São Paulo, pediu hora extra e ressarcimento após jogos em domingos e feriados. Fez o mesmo com o seu atual clube, o Grêmio ou no imortal ele não atua nos domingos ou a noite?

 

É banana comendo macaco, amigos. Esses jogadores deveriam agradecer por terem passado por uma instituição como o São Paulo. Porém, ao invés de seguirem suas carreiras e reivindicar o que é justo, entram com o pé no acelerador porque sabem que o clube tem histórico de acordos.

 

Agora, cá entre nós, “danos morais” é de doer!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.