Search Results For : Planejamento

Quarteto não inscrito no estadual consome milhões dos cofres do clube

Quatro atletas no elenco do São Paulo tem sua permanência indefinida no clube. Curiosamente todos fazem parte do setor meio ofensivo, o mais criticado neste início de temporada.

 

São eles Shaylon, Calazans, Tréllez e Paulinho Bóia.

 

Shaylon voltou ao clube após empréstimo de um ano e até foi anunciado “com pompa” por alguns veículos da imprensa esportiva. A aposta de alguns era em uma nova chance para o jovem criado na Chapecoense. Já Calazans chegou ano passado em uma troca envolvendo Brenner e não se firmou no elenco. Ambos não foram inscritos no estadual e treinam separados a espera de uma proposta.

 

O atacante Tréllez também não foi inscrito no Paulista mas treina com o grupo, apesar do São Paulo não descartar uma negociação com valores que lhe agradem. O forte do colombiano é o jogo aéreo, um dos pontos fracos do atual ataque Tricolor.

 

O último integrante dessa hall de jogadores à disposição no mercado é Paulinho Bóia. Cria da base Tricolor, o meia atacante não foi aprovado nos exames médicos do Cruz Azul (MEX) e também treina de forma separada, esperando uma definição.

 

Não dá para precisar valores mas os quatro provavelmente consomem cerca de milhão por mês dos cofres do clube, entre salários e direitos de imagem. Se permanecerem no Tricolor sem atuar no elenco, a minha previsão é de um gasto de aproximadamente R$ 12 milhões em 2020, somando férias e luvas. Se não for isso, é perto disso. De qualquer forma, é um “dinherão“.

 

Entre erros e acertos, este é mais exemplo de má gestão no futebol.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Agora é hora de Fernando Diniz provar que tem “café no bule”

O São Paulo fará o primeiro jogo na temporada 2020 nesta quarta-feira no Morumbi. Mais que o Água Santa, adversário na estreia, um personagem em especial será observado por nove em cada dez torcedores do Tricolor: o técnico Fernando Diniz.

 

Com jogadores praticamente mantidos do ano passado e uma pré-temporada inteira elogiada pelo elenco, resta ao treinador são-paulino provar que ‘tem café no bule’, expressão usada pelo apresentador Ratinho para demonstrar competência e confiança.

 

Não há segredo, somente fatos: Fernando Diniz sabe que, apesar do respaldo da diretoria e dos atletas, ele é o elo mais fraco da cadeia do futebol de um clube que vive uma grande estiagem de títulos de expressão. Pela grandeza do São Paulo e pelo tanto que se investiu neste plantel, a resposta do São Paulo terá que ser “prá ontem”, ou seja, desde o início do ano.

 

Largar bem na temporada é praticamente uma obrigação do São Paulo. Dos quatro grandes (e neste caso eu até incluo o abonado Bragantino Red Bull) o Tricolor é o único que manteve sua comissão técnica, alterando apenas o seu corpo fisioterápico e de preparação física. O lado bom é que os jogadores estão confiantes na pré-temporada realizada. Bruno Alves, em entrevista coletiva, destacou a intensidade dos treinamentos em comparação a 2017, quando o clube teve a Florida Cup entre o início daquele ano e a pré-Libertadores.

 

Hoje, no Morumbi, a ordem é dar um cartão de visitas positivo ao torcedor, retomando a confiança no elenco. Hoje teremos os mais fanáticos no estádio, aqueles que vão sempre, independente da fase. Se conseguir a esperada boa sequência neste início de ano, Diniz e sua trupe trará a torcida novamente ao seu lado, elemento vital para os objetivos em 2020.

 

Estarei no Morumbi para apoiar. Tem que corresponder!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Destaque na Copinha, Galeano deve subir e ser comprado pelo São Paulo

O paraguaio Antonio Galeano, um dos destaques do São Paulo na Copinha e artilheiro da equipe na competição com cinco gols, é esperança do clube no ataque para passar pelo Oeste, neste sábado.

 

O blog anunciou a ‘briga’ entre o Tricolor e o Porto pelo jogador em maio do ano passado. Após ficar no São Paulo, Galeano começou a se destacar no estadual de sua categoria até se apresentar de vez ao torcedor na Copinha deste ano. Ele foi responsável por cinco dos vinte gols da equipe.

 

Com contrato de empréstimo renovado e passe fixo (700 mil euros, algo em torno de R$ 2.8 milhões reais) Galeano tem o principal torneio sub20 para provar que pode subir para o profissional do clube, conforme o blog anunciou em dezembro do ano passado. Veloz e com faro de gol, até este momento a aposta Tricolor tem dado certo. Observado pelos europeus, o jogador apareceu no AS, periódico espanhol.

 

Galeano joga na faixa de campo de Antony e Rojas mas tem a característica de entrar na área. Com o primeiro assediado pela Europa e na seleção olímpica e o segundo ainda com tempo de recuperação, o paraguaio poderá subir e ter chance de mostrar serviço na equipe principal. Ele não é o único. O Tricolor ainda pensa em subir o lateral esquerdo Welington (integrante do elenco campeão da última Copinha) e o meia Rodrigo Nestor. Todos eles estão em idade limite na base.

 

Assista Oeste x São Paulo no SporTV às 21h30.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Luan zagueiro e Tchê Tchê lateral: Diniz treina atletas ‘multifunção’ no elenco

Quem observou o treino desta segunda-feira percebeu um treino tático com algumas variações. Em algumas situações do treino, Tchê Tche treinou funções de lateral, ao lado de Dani Alves, Juanfran e Igor Vinícius, e em outra situação, o volante Luan atuou como zagueiro.

 

A função não é estranha a Tchê Tchê. Em 2018, diversas vezes ele fez as vezes de lateral sob o comando de Cuca. Já a ideia de Luan também não é tão inédita assim. O jogador chegou a ser recuado no final do ano passado, sob o comando do próprio Diniz.

 

Não, a tendência não é termos os dois exercendo as funções como titulares mas sim amplificar o leque de jogadas em situações onde possam acontecer expulsões ou dificuldades táticas. Dois exemplos recentes de atletas ‘multifunção’ foram Richarlyson e Thiago Mendes. Na base há um atleta com essas características: o jovem Diego.

 

São situações importantes, que servem para uma boa pré-temporada.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Clube já sabe o que fará com Arboleda. Perdão da torcida levará tempo…

O São Paulo não afastará Arboleda do elenco, tampouco rescindirá contrato. Pivô de polêmica no final do ano por aparecer em uma foto com a camisa do rival Palmeiras, o equatoriano treina normalmente no CFA de Cotia.

 

O Tricolor deverá aplicar uma multa e ter uma conversa sobre normas com o jogador nos próximos dias. Conforme anunciou em nota oficial, o clube considera uma falha, mas não grave como a de Jean. O goleiro está afastado por ter agredido a esposa em Orlando e chegou a ser detido provisoriamente no Estados Unidos.

 

Fernando Diniz falou sobre Arboleda em coletiva nesta quinta-feira. Ele considera o zagueiro um pilar de seu time e com grande identidade com o Tricolor, apesar do explícito deslize. “Ele vai trabalhar para depois no campo responder como sempre respondeu” – disse o treinador.

 

Se para o São Paulo o caso está praticamente encerrado, para muitos torcedores o perdão levará um certo tempo e, para alguns, não haverá perdão. Não creio que o jogador será vaiado no Morumbi quando pegar na bola mas aquela pulga atrás da orelha estará presente em muitos são-paulinos.

 

A solução para Arboleda? Um título. A mesma torcida que critica, idolatra. Não é privilégio do São Paulo e sim do futebol em geral, especialmente aqueles em que torcer envolve uma dose maior de paixão.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.