Search Results For : História

Arbitragem: São Paulo está no seu direito, tem que botar pressão mesmo!

Segundo o Globoesporte.com, descontente com a atuação recente de árbitros em jogos do time, o São Paulo foi o primeiro clube a mandar uma equipe a uma audiência de designação de árbitros do Campeonato Paulista.

 

O Tricolor entende que perdeu pelo menos cinco pontos nas últimas três rodadas graças a erros de árbitros que a diretoria do clube julga como inexperientes. Eu vou além: o São Paulo perdeu sete pontos devido a desastres da arbitragem: dois diante do Novorizontino (Morumbi), três diante do Santo André (perdemos era para ter ganho a partida) e dois diante o Corinthians, no último clássico.

 

O clube está no seu direito. Ao menos dois gols legítimos foram invalidados, ao menos um gol recebido irregularmente foi assinalado e um pênalti não foi marcado, que fatalmente daria a vitória no clássico. Pênalti este confirmado pelos consultores de arbitragem das emissoras de TV.

 

Tem que botar pressão mesmo. Tanta dedicação não pode ser recompensada com uma arbitragem injusta. Com ao menos cinco pontos perdidos o São Paulo seria líder com folga de seu grupo e do torneio, já que o atual líder Santo André não teria os 15 pontos anotados. Mais que isso: os gols de Pato dariam mais confiança a equipe no quesito ofensivo. O São Paulo é criticado pela falta de gols no início do ano.

 

Hoje o Tricolor estaria desclassificado das fases finais do estadual.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Gritos homofóbicos: se o São Paulo for punido, que outros também sejam!

O Globoesporte.com anunciou: a procuradoria do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) de São Paulo denunciará o São Paulo por causa dos gritos homofóbicos da torcida, que gritava “bicha” quando o goleiro Cássio, do Corinthians, chutava a bola durante o clássico do último domingo.

 

Ainda de acordo com o portal, o Tricolor será enquadrado no artigo 243-G e, caso seja penalizado, perderá três pontos no torneio.

 

Acho justo que o clube seja advertido ou até denunciado nesta nova era do futebol, onde os gritos homofóbicos são crime. A lei existe é para ser cumprida, dentro e fora de campo. O problema é que a torcida da ‘vítima’ dos gritos em questão também usa gritos homofóbicos contra o São Paulo em seu estádio e nunca foi penalizado em Itaquera. O mesmo acontece no Allianz Park, na Baixada Santista e no Maracanã, só para citarmos alguns exemplos.

 

Caso seja penalizado, o Tricolor será o primeiro a pagar por atitudes que todos os torcedores de outros clubes cometem, mesmo com os insistentes pedidos para não usar de procedimentos homofóbicos emitidos pelos microfones do Morumbi durante todo o jogo.

 

Vale ficar de olho nessa possível punição e nas atitudes semelhantes em outros locais.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

 

Bruno Alves se lesiona e preocupa departamento médico do São Paulo

O zagueiro Bruno Alves foi uma das vítimas do jogo duro do Novorizontino no empate ocorrido na última segunda-feira, no Morumbi. O jogador sofreu uma lesão no tornozelo direito e será reavaliado pelo departamento médico nesta terça.

 

Para entender a preocupação do São Paulo, Bruno Alves chegou carregado no vestiário e, com muitas dores, precisou deixar o Morumbi calçado chinelo no pé direito porque não conseguiu vestir tênis devido ao inchaço. O atleta corre risco de não jogar no fim-se semana diante do Santo André, no Bruno José Daniel.

 

Se Bruno não jogar, Anderson Martins seria o substituto natural e faria dupla de zaga com Arboleda. Os jovens Diego e Luan (que treina também na zaga) seriam as opções na ausência do zagueiro.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Sem comparar mas já comparando: Volpi tem tudo para ser o sucessor de Zetti!

Se não é um começo como todo são-paulino gostaria, este início de temporada ao menos serve para chancelar um atleta que tem tudo para se tornar um grande ídolo no São Paulo: o goleiro Tiago Volpi.

 

Comprado junto ao Querétaro por parcelados 5 milhões de dólares após uma ótima temporada de 2019, o goleiro tem mostrado que o investimento valerá a pena. Nos dois jogos foi protagonista de excelentes defesas e no Choque-Rei deste último domingo foi por mim considerado o personagem da partida. Foram defesas decisivas no chão e no alto, além de ter sido responsável pelo lançamento na chance mais aguda do Tricolor.

 

Tenho a mesma opinião que o amigo e colega jornalista Ricardo Leite, comentarista da SPFC Digital. Tiago Volpi lembra muito um dos maiores ídolos do São Paulo na posição: Armelino Donizetti Quagliato, o grande Zetti, nos quesitos posicionamento, elasticidade e reposição de bola. Até mesmo o físico do jogador se assemelha muito ao bicampeão mundial pelo Tricolor.

 

Tal qual Zetti em sua meagica passagem pelo Tricolor, Volpi tem mostrado que tem café no bule e coelho na cartola, praticando mini milagres diante do Água Santa e Palmeiras. Sem comparar mas comparando, nosso goleiro é de longe o melhor desde Rogério Ceni e tem tudo para continuar a excelente linhagem de goleiros que o São Paulo possui em sua história.

 

Idolatrei Valdir Peres, Gilmar, Zetti e Ceni e, se Deus quiser, idolatrarei Volpi.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Um recomeço para Jean

Jean já tem destino certo em 2020: o goleiro, envolvido em um caso de agressão a esposa durante as férias, foi emprestado ao Atlético-GO e já está se encontra em Goiânia para iniciar os treinamentos junto ao novo clube.

 

O goleiro tem contrato com o São Paulo até 2022 e, caso rescindisse o vínculo sem justa causa, o clube teria de arcar com a multa do contrato. A saída foi o empréstimo, já que o goleiro não jogaria mais no Tricolor.

 

Jean tem que dar graças a Deus de ter um recomeço no Brasil, amparado pelo presidente do Dragão, Adson Batista. “Entendemos que é um grande atleta e que merece ter uma nova oportunidade na vida. Todos nós erramos, mas vamos dar o respaldo a ele.” – disse ao Globoesporte.com

 

Jean ainda passará por todo o processo que envolve a sua atitude em Orlando, mesmo que sua esposa não queira mais apresentar queixa, com grandes possibilidades de pagar uma pena que só cabe a justiça julgar. Que o caso sirva de exemplo para todos que creem que a violência é saída para resolver conflitos de qualquer natureza.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.