Search Results For : coletiva

Carpini rebate as especulações em torno de sua saída do São Paulo

O técnico Thiago Carpini concedeu entrevista coletiva após a derrota por 2 a 1 para o Flamengo, no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Bastante pressionado no cargo, o profissional disse preferir não acreditar nas especulações sobre técnicos que possam vir ao São Paulo para substituí-lo e disse que seguirá empenhado em melhorar o momento do São Paulo enquanto estiver à frente da equipe.

 

“Em relação ao noticiário, eu não me preocupo. Eu me preocupo em melhorar aquilo que todos os dias tenho oportunidade. Se a diretoria conversa ou não com outros nomes, quero acreditar que não, porque sempre tivemos uma relação de muito respeito de ambas as partes.”  – comentou Carpini.

 

Questionado sobre respaldo e transparência, o treinador foi direto ao comentar a relação que tem com a diretoria e não veria problemas em um posicionamento do São Paulo caso houvesse uma procura por outro profissional.

 

“Vejo (a busca por técnicos) como especulação porque acho que não teria problema algum a diretoria comunicar se isso estivesse acontecendo, pôr um ponto final, se posicionar que sim ou que não.” – disse ele abertamente aos repórteres.

 

Nomes como Felipão, o uruguaio Diego Alonso e até Rafa Benítez (aquele que treinou Liverpool e Chelsea nos mundiais do São Paulo e Corinthians) são especulados para o cargo de Carpini.

 

Apesar da normal pressão vivida por conta da falta de futebol e resultados, Carpini deve viajar com o elenco para Goiânia. O São Paulo enfrenta o Atlético-GO neste próximo domingo.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Carpini tem respaldo no vestiário mas resposta precisa vir na quarta-feira

O técnico Thiago Carpini falou após a derrota do São Paulo na estreia do clube na Copa Conmebol Libertadores, na noite da última quinta-feira (04) em Córdoba.

 

Entre os principais assuntos, o treinador comentou a primeira titularidade de James Rodríguez no ano. O colombiano era solicitado por muitos torcedores para jogar desde o início das partidas e teve sua chance diante do Talleres.

 

“Sobre o James, nós imaginávamos situações que pudessem acontecer, principalmente com o Lucas em campo, mas infelizmente não aconteceram. Em algum momento a gente precisava dar esse início de partida para ele, jogo grande, tinha de participar. Enquanto suportou, foi participativo. Depois das perdas dificultou um pouco aquilo que nós planejamos para ele.” – analisou Carpini.

 

O técnico também respondeu sobre o seu aproveitamento desde que chegou ao clube. Carpini ressaltou o apoio dos jogadores no dia a dia e disse viver do presente:

 

“Qualquer coisa que eu fale em saldo negativo ou positivo, há controversas. Tenho minhas convicções. Tenho respaldo no vestiário, do grupo. Se eu ficar falando de Supercopa, tabu ou Novorizontino, isso é passado. Não vivo passado nem futuro, vivo presente. Infelizmente, não começamos como gostaríamos hoje.” – disse Thiago Carpini após a derrota.

 

O treinador aproveitou a última pergunta para chamar a torcida a comparecer no Morumbis na quarta que vem, dando mais um show de apoio e comparecimento.

 

“Vamos virar a página, ajustar alguns erros e quarta-feira é Morumbis lotado. O torcedor espera por esse momento e nós também. Futebol é altos e baixos” – finalizou Carpini.

 

Opinião

O técnico não teve responsabilidade direta na derrota na estreia mas continua questionado pelo trabalho. Respaldo de elenco é importante para qualquer treinador e Lucas confirmou no pós-jogo mas Carpini precisará urgentemente de uma atuação convincente e principalmente uma vitória diante do Cobresal para manter seu trabalho. Hoje tem respaldo. E amanhã?

 

Ao todo foram apenas três vitórias nos últimos dez jogos e o pior: doze gols sofridos neste período. Esta é a grande falha do treinador: não saber fechar a casinha.

 

Ao meu ver, qualquer resultado que não seja a vitória diante do teoricamente adversário mais fraco do grupo colocará o técnico em alto risco, independente do apoio dos jogadores. E não somente a vitória. Uma boa apresentação conta, lembrando que Ceni foi demitido após uma vitória diante do Puerto Cabello.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Barraram Abel de dar coletiva? São Paulo explica: “lei da reciprocidade!”

Não foi só dentro de campo e na sala de VAR que a polêmica rolou solta no choque entre São Paulo e Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, no Morumbis.

 

O técnico Abel Ferreira saiu do estádio reclamando que fora barrado de fazer a entrevista pós-jogo na sala de imprensa Tricolor. “Não me deixaram falar” disse ele saindo pela zona mista do Morumbis.

 

O São Paulo explicou o caso em uma nota lançada nas redes sociais. O Tricolor disse que deu o tratamento recíproco que recebe no Allianz Parque quando joga no estádio do Palmeiras. O rival por duas vezes já cedeu uma sala anexa à zona mista do seu estádio com problemas no sistema de som e com dificuldade do São Paulo pendurar seu backpdrop.

 

O Tricolor resolveu devolver o tipo de tratamento dado. Veja a nota:

 

“O São Paulo Futebol Clube esclarece que, por reciprocidade, disponibilizou a zona mista do MorumBIS para a realização das entrevistas da Sociedade Esportiva Palmeiras. A utilização ou não do espaço fica a cargo do clube visitante.

 

Vale ressaltar que, na última partida disputada no Allianz Parque, o São Paulo precisou realizar a entrevista coletiva em um pequeno espaço anexo à zona mista do estádio, local de passagem de muitas pessoas, que dava acesso ao vestiário dos gandulas, sem direito a fixar adequadamente o backdrop com os patrocinadores.

 

Os jornalistas, inclusive, ficaram sentados no chão e sem o sistema de som ideal para a realização do trabalho de todos os envolvidos.”

 

O curioso é que Casares e Leila Pereira estavam tão próximos no mesmo período, no ano passado. O Palmeiras jogou no Morumbis e o São Paulo no Allianz… parece que a relação estremeceu após a eliminação alviverde na Copa do Brasil e os 5×0 impostos ao São Paulo no Brasileirão.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Ainda sob a mira do torcedor, Carpini explica o que foi decisivo na vitória

O técnico Thiago Carpini foi personagem do São Paulo no pós-jogo da vitória sobre a Internacional de Limeira no estádio Mané Garrincha, na noite desta última quarta-feira (28), em Brasília.

 

O técnico atribuiu o ótimo resultado e a volta das pazes com a vitória sobretudo ao desempenho coletivo de seus jogadores. Ferreirinha desencantou, James acordou e Luciano brilhou mas o coletivo Tricolor de fato deu o suporte para os brilhos individuais daqueles que ora iniciaram o jogo, ora entraram na segunda etapa.

 

Na minha opinião do jogo, dei nota dez ao desempenho do técnico na partida, tanto na montagem da equipe como nas substituições e timing da entrada dos jogadores. Veja a opinião e notas aqui.

 

O técnico ainda elogiou a presença e o apoio do torcedor no Centro Oeste, dizendo que ele e o clube se sentiram em casa no estádio Mané Garrincha. Veja mais aqui.

 

Apesar do ótimo desempenho, Carpini ainda está sob a mira de muitos torcedores do São Paulo e o motivo é claro. Além da pouca experiência na função de técnico, ele começa a implementar a sua ideia de jogo, nem sempre bem sucedida, ao longo do estadual.

 

É fato que muitos jogadores importantes se lesionaram mas algumas experiências do técnico renderam até críticas indiretas do coordenador Muricy Ramalho, em entrevista ao canal Arnaldo e Tironi. Mas o técnico vem trabalhando firme com suas convicções para aprontar sua equipe ao seu modo para o restante da temporada.

 

De qualquer forma o resultado e o desempenho de Carpini da noite desta quarta foi exemplar. Mas, como o futebol é dinâmico, domingo teremos outro Choque-Rei no ano e desta vez Carpini não terá Calleri no comando de ataque.

 

É como diz Muricy: “isso aqui é um Boeing!”

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Carpini explica a não titularidade de Erick e festeja semana sem jogos

O técnico Thiago Carpini comentou o empate do São Paulo por 2 a 2 com o Red Bull Bragantino, neste sábado, no Morumbis. O treinador valorizou o desempenho dos titulares, que atuam em praticamente todas as partidas da temporada, explicou por que Erick não começou o jogo como titular e celebrou uma semana sem jogos.

 

Carpini utilizou o termo “guerreiros” ao classificar jogadores como Calleri, Wellington, Pablo Maia e Alisson, entre outros. O técnico também revelou que o cansaço das últimas 48 horas foi o maior de toda a temporada para o elenco e o risco de perder mais atletas foi muito grande.

 

Sobre Erick, Carpini disse que o atacante quase não foi relacionado para o jogo devido a um inchaço no joelho, fruto de uma pancada no San-São. Erick entrou no segundo tempo e em alguns minutos se tornou o homem do São Paulo na partida, com um gol e uma assistência a Calleri. Por pouco não se tornou herói da vitória.

 

O técnico Tricolor celebrou a semana sem jogos, prometendo descanso e recuperação de alguns importantes atletas lesionados, como Lucas, Wellington Rato, Rafinha e Igor Vinícius, entre outros. O São Paulo só voltará a disputar uma partida no próximo domingo, às 18h, diante do Guarani, fora de casa.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.