E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Sem categoria

Despedida no Morumbi? Luis Fabiano sugere retorno ao Tricolor em live!

“Se Deus quiser em breve vai me ver com essa camisa de novo… quem sabe” Foi com essa enigmática frase que Luis Fabiano, um dos jogadores mais influentes do São Paulo nos últimos anos, turbinou a live que apresentou a Camisa #2 do São Paulo, realizada no Instagram do clube.

 

O ex-camisa nove Tricolor foi um dos convidados do clube para um bate-papo descontraído que também teve presença de Pato, Denílson e Cafú, entre outros. A mensagem dita por ele na Live sugere retorno ao clube que lhe projetou para o futebol.

 

Sei que não podemos “aposentar” um jogador precocemente, ainda mais um matador como Luís Fabiano, mas eu adoraria vê-lo em uma despedida nos mesmos moldes da realizada para Rogério Ceni, no Morumbi. Teríamos casa cheia com certeza e muita veneração por boa parte da torcida. Também seria uma ótima receita em um ano marcado por muitos prejuízos.

 

Com 39 anos, Luis Fabiano projetou retornar a carreira ainda em 2020 e desde o ano passado luta para entrar em forma depois de quase três anos sem jogar profissionalmente. O atacante treinou na Ponte Preta e 2019 mas não foi inscrito no Paulistão deste ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Projeto Kaká: como o Tricolor planejou um menino de 15 anos para o mundo!

Kaká, um dos jogadores mais importantes do Brasil e o último brasileiro a conquistar a Bola de Ouro da FIFA (2007), completou 38 anos nesta última quarta-feira. Para homenagear o craque, reproduzo partes de uma matéria feita em 1997 pelo Estado de São Paulo, quando ele ainda tinha 15 anos de idade. Ela mostra como o São Paulo o preparou para o estrelato.

 

Desde menino, Kaká já chamava atenção na base pela sua qualidade rara de jogo. Segundo Pita, treinador do infantil da época e outro ídolo do clube, o garoto era o mais técnico do clube naquele período. “Nenhum outro aqui dentro antevê o jogo como ele e seu toque de bola lembra muito o de Careca” – disse na época.

 

Ver matéria original do Estado de São Paulo:

Porém, foi preciso uma minuciosa estratégia para revelar Kaká, que não aguentava o tranco dos vigorosos zagueiros da sua categoria. A primeira solução foi dar condições físicas para que o garoto desenvolvesse um físico mais adequado as exigências do futebol. A equipe formada pelo fisiologista Turíbio Leite de Barros, o fisioterapeuta Ricardo Sassaki, os preparadores Moraci Sant’Anna, Altair Ramos e Nino (juvenis) e a nutricionista Patricia Bertolucci cuidaram da programação de Kaká, um trabalho meticuloso que envolveu infra-estrutura de ponta da época.

 

A outra solução foi dada por Pita, treinador de Kaká quando ainda era “Cacá”: colocá-lo durante as partidas da base para que não entrasse em colisão com os zagueiros dispostos a parar as suas jogadas. Segundo Pita, o fato do jogador se franzino o ajudou a aprimorar ainda mais a técnica e visão de jogo. “O fato de ser menor que os outros o obriga a tocar a bola de primeira, a ser mais técnico e evitar o choque com os adversários” – disse ele ao Estadão.

 

Turíbio não queria dar carga excessiva a Kaká e deu um exemplo bem conhecido para a matéria: “O Raí, que começou muito cedo com exercícios de musculação, ficou praticamente travado e só mais tarde é que deslanchou” – disse ele. Raí naquela época experimentava a idolatria no PSG, da França. A metodologia foi desenvolver primeiramente o limiar aeróbico do garoto, com exercícios de resistência.

 

O trabalho todo foi supervisionado por Bosco e Simone, pais de Kaká. “Tenho certeza que meu filho ganhará corpo de jogador de futebol com o tempo e esse trabalho desenvolvido pela comissão técnica” – disse Bosco na época.

 

O resto é a história que todos nós sabemos. Além da idolatria no São Paulo (clube que retornou antes de encerrar a carreira nos EUA), Milan, Real e seleção brasileira, Em 2008 e em 2010, Kaká foi eleito uma das personalidades mais influentes do ano no mundo pela Time 100. Uma importante honraria de uma das mais importantes revistas mundiais.

 

Parabéns, Kaká. Menino de ouro e ontem, de hoje e sempre!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Pato cita bom senso e está otimista em breve acordo entre clube e elenco

O atacante Alexandre Pato participou do programa Resenha ESPN, gravado na semana passada, portanto antes da decisão do São Paulo em cortar os salários dos jogadores sem total anuência do elenco. No programa, o jogador pregou bom senso entre as duas partes para que todos caminhem para o mesmo lado.

 

“A gente tem que entender o contexto do que está acontecendo, que não é só no futebol com esses cortes de salário, mas também em outros trabalhos. Então nós temos que prezar também pelo bem estar de todos e entender o lado do clube, mas o clube também entender a parte do jogador” – disse Pato para os participantes André Plihal, Djalminha, Alex e Fábio Luciano.

 

Apesar do impasse, o atacante disse acreditar no acordo. “Acho que se todo mundo vai andar para o mesmo caminho para tudo dar certo, não só para o clube mas para as pessoas que precisam daquele trabalho, funcionários que estão lá há tempos. Então vejo que todo mundo está no mesmo percurso” – disse ele.

 

O atacante ponderou que nem todos os jogadores tem a mesma condição de vida, portanto alguns casos devem ser analisados de forma diferente de outros. Para ele, o bom senso irá prevalecer, com os atletas entendendo a situação atual do clube e do mundo e o clube entendendo a necessidade de alguns jogadores. “Tem tudo para dar certo, todos os jogadores e clubes andarem de mãos dadas e fazer o melhor possível” – disse ele.

 

Os ex-jogadores do programa Resenha ESPN também defenderam Pato na questão competitiva. Alex, ex-meia do Curitiba, Palmeiras, Cruzeiro e Fenerbahce citou o próprio caso, quando o acusavam de ser um jogador muito frio. “Muita gente não entende que isso é uma característica e não necessariamente uma displicência”– argumentou o ex-camisa dez no programa.

 

OPINIÃO DO BLOGUEIRO: Sobre a questão dos cortes salariais, já disse e repito que deve haver um consenso de que o futebol, o mundo e a vida mudará após a volta das atividades esportivas. Além disso o São Paulo não propõe corte e sim uma moratória. Segundo a proposta, o clube pagará os acordos em parcelas após o período de paralisação. Já no caso “competitividade”, estou de acordo com o ex-atleta Alex. Jogadores são serem humanos e cada pessoa tem um perfil diferente e decisões diferentes para cada cenário que lhe é apresentado. A única ressalva que faço é que Pato é um dos responsáveis por gols no São Paulo, e precisa trabalhar focado nisso pois será cobrado pelos gols ou assistências que fará ao longo da sua jornada no Morumbi.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Quatorze anos de TRI Mundial. Veja imagens raras da conquista!

Hoje, dia 18 de Dezembro é data sagrada no futebol. Foi neste dia que o São Paulo derrotou o Liverpool por 1×0 (gol de Mineiro) no estádio de Yokohama (Japão) e sagrou-se Tricampeão Mundial.

 

Em comemoração a data, publicarei aqui imagens raras do evento e da comemoração em São Paulo. Algumas apareceram muito pouco na mídia, entre elas a de Rogério Ceni com uma bandeira do São Paulo na janela do avião quando aterrizou em São Paulo. As imagens foram feitas pela agência Reuters.

 

 

Também em comemoração a data, somente hoje o livro TRI Mundial, de minha autoria, custará R$ 25,00 com frete grátis para todo o Brasil. Basta mandar um whatsapp para 11 93229-5494, falar com o atendente e mencionar o código DIADOTRI.

 

Salve, Ceni, Salve Mineiro, viva o São Paulo Futebol Clube!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo aumentará preços no Morumbi mas manterá setor a R$ 10,00

A diretoria do São Paulo aumentou os preços para a próxima partida da equipe, diante do Santos, no Morumbi. O apelo diante do líder e a maior demanda devido às novas contratações motivaram o aumento.

 

Para o San-São, que ocorrerá no próximo sábado às 17h, os ingressos das arquibancadas subiram para R$ 60 e R$ 80 reais, enquanto as cadeiras foram para R$ 120 e R$ 180 reais. Para se ter uma comparação, no Choque-Rei os ingressos estavam em R$ 30 e R$ 40 reais nas arquibancadas, e R$ 70 e R$ 100 reais nas cadeiras. Contra a Chapecoense, os ingressos estavam de R$ 20 e R$ 30 nas arquibancadas.

 

O aumento de preço nos ingressos serão uma tendência neste ano, já que o São Paulo investiu pesado na contratação de Daniel Alves e Juanfran, além de Hernanes, Tchê Tchê, Pato e Pablo, entre outros. Porém, apesar da política de preços, o clube manterá a política de setor popular para seus sócios torcedores. Os sócios tem o direito de pagar R$ 10,00 pelo sei ingresso em uma ação que irá até o final do ano.

 

Deste modo, existe uma alternativa viável financeiramente para aqueles que desejam acompanhar o Tricolor neste ano mas sofrem com o dinheiro curto: ser Sócio Torcedor do clube. Vale mais a pena fazer os planos Sou Tricolor (R$ 12,00 mensais) ou o Vamos São Paulo (R$ 19,00 mensais) que pagar o preço cheio no site. Informe-se aqui.

 

As vendas para a torcida abrirão à partir do dia 06/08/2019 às 10h no site da Total Acesso.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.