E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : SPFC

Doze “viradas de casaca” que deram (ou não deram) certo no São Paulo!

Nenhum torcedor gosta de ver um jogador do seu clube ir para um rival, ainda mais quando trata-se de um ídolo. Todas as agremiações mundiais já experimentaram algum jogador que “virou a casaca” e o São Paulo não é diferente. Porém, neste post mostrarei doze entre muitas viradas de casada para o Tricolor na história do clube. Algumas deram certo, outras um verdadeiro fiasco. Vamos a elas, não necessariamente em sua ordem cronológica ou de importância:

 

Djalma Santos
O icônico lateral direito do Palmeiras e da Seleção Brasileira vestiu por uma só vez a camisa do Tricolor. O clube promoveu uma série de amistosos na semana da inauguração do Morumbi e, para apresentar o estádio para outras torcidas, o clube convidou jogadores de clubes rivais para uma partida diante do Nacional, do Uruguai. Além de Djalma Santos, Almir Pernambuquinho e Julinho Botelho também participaram do amistoso com o manto sagrado Tricolor.

 

Leivinha (ex-Palmeiras)
Considerado um dos maiores jogadores da história do Palmeiras, o meia direita encerrou a carreira de forma discreta no São Paulo em 1979, após uma bem sucedida passagem pelo espanhol Atletico de Madrid. Leivinha atuou pelo Tricolor em onze partidas, marcando dois gols.

 

Rivellino (ex-Corinthians)
O ídolo do Fluminense e Corinthians jogou uma partida pelo São Paulo antes de se aposentar no futebol. A história é interessante: em maio de 1981, Riva encerrou seu vínculo com o Al-Hilal e chegou até a anunciar a aposentadoria do futebol. Porém, com 35 anos, o meia mantinha a forma treinando na sede social do São Paulo, no Morumbi e ficou empolgado com o convite dos dirigentes do clube para voltar a jogar futebol profissionalmente. O canhoto participou de um amistoso pelo Tricolor contra o mesmo Al-Hilal mas logo após encerrou a carreira.

 

Casagrande (ex-Corinthians)
O atual comentarista da Rede Globo começou a carreira no início dos anos 80, no Corinthians. Porém, devido a vida boêmia, desentendeu-se com o técnico Jorge Vieira e foi emprestado ao São Paulo. No Tricolor, o centroavante atuou por 23 jogos, fez onze gols e ganhou o apelido de “Casão”. Só não fez mais porque, com Careca na equipe, atuou como meia direita, em uma improvisação bem sucedida na época.

 

Neto (ex-Corinthians e Palmeiras)
Outro corinthiano que vestiu a camisa do Tricolor. Porém, o atual comentarista da Band teve uma passagem discreta por conta de um acidente automobilístico que o deixou de molho por bom tempo no Morumbi. Apesar da passagem marcada pelo acidente, Neto foi responsável por uma das vitórias mais comemoradas na época, com um gol de falta por baixo das pernas do palmeirense… Zetti.

 

Zetti (ex-Palmeiras)
Um dos maiores jogadores da história do Tricolor foi praticamente “doado” pelo arqui-rival Palmeiras após uma grave fratura na perna, quando ainda atuava pelo Palestra. Sua chegada provocou uma enorme sombra no então titular Gilmar. Com a saída do titular, Zetti tomou a posição e nunca mais saiu, ganhando títulos e títulos pelo Tricolor. Muitos o consideram o melhor goleiro da história do clube.

 

Evair (ex-Palmeiras)
Um dos maiores artilheiros da era moderna do Palmeiras também vestiu o manto sagrado Tricolor. Contratado em fim de carreira no início dos anos 2000, teve poucas oportunidades (31 jogos e 9 gols) mas foi campeão do Paulistão daquela época antes de ter se transferir para o Goiás. Detalhe: Evair, auando jovem, rejeitou a ida ao Tricolor. Se tivesse aceitado, a história poderia ter sido outra.

 

Ricardinho (ex-Corinthians)
Uma das viradas de casaca mais sentidas pelos corinthianos foi um fiasco no tempo de defendeu o São Paulo. Ricardinho, maior transferência do futebol brasileiro na época, foi boicotado pelo próprio elenco e não caiu nas graças da torcida, se transferindo para o futebol inglês em 2004.

 

César Sampaio (ex-Palmeiras)
Outro ícone palmeirense, o volante César Sampaio vestiu a camisa do São Paulo em 2004, antes de encerrar a carreira. Jogou 24 partidas pelo Tricolor e fez um gol. Passagem discreta para um volante do seu calibre.

 

Júnior (ex-Palmeiras)
Outro palmeirense que vestiu a camisa do São Paulo, porém com extremo sucesso. O lateral esquerdo Júnior chegou no Tricolor em 2005 vindo do Parma e ficou no Morumbi até 2008, período em que conquistou Paulista, Brasileiros, Libertadores e Mundial. É lembrado como um dos maiores laterais da história do Tricolor.

 

Fernandão (ex-Internacional)
Considero uma virada de casaca pelo fato de Inter e São Paulo protagonizarem uma grande rivalidade nos anos 2000. Um dos algozes do Tricolor na Libertadores de 2006, o já falecido centroavante ficou um ano (2010) no clube, realizando 39 jogos e marcando oito gols. Passagem discreta.

 

Rivaldo (ex-Palmeiras e Corinthians)
Melhor do mundo no Barcelona, o meia que fez a história no Palmeiras também veio em fim de carreira para o São Paulo, em uma contratação muito comemorada pelo clube. Pegou a camisa dez em 2011 mas não se firmou no Tricolor, frequentando a contragosto o banco de reservas. No início de 2012 anunciou no Twitter que o Tricolor havia o dispensado. Passagem discreta para um jogador de seu currículum, com 46 jogos e sete gols.

 

Menção Honrosa – Pelé (Santos)
Pouca gente sabe mas o maior jogador do mundo de todos os tempos aceitou o convite para vestir a camisa 10 do São Paulo nos amistosos de apresentação do Morumbi, causando uma grande impacto na imprensa da época. Porém, uma distensão muscular impediu que o meia do Santos tivesse a honra de vestir o manto Tricolor diante do Nacional, do Uruguai. Os torcedores do São Paulo disseram naquele dia que aquele fora o único pecado do Rei no futebol na sua trajetória de melhor da história. Convenhamos, foi mesmo!

 

Muitos outros vieram de rivais e fizeram história no São Paulo, como Pita (Santos), Careca (Guarani – na época rivalizando com o SPFC), Jorge Wagner (SCCP), Ilsinho (Palmeiras), Leandro Guerreiro (SCCP) e até PH Ganso (Santos). A história do São Paulo também passa por eles.

 

PS: não publiquei atletas atuais como Pato e Tchê Tchê pois ainda estão construindo suas histórias com a camisa do Tricolor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lugano, Camp em Cotia… veja as novas experiências da agência do Tricolor

A Passaporte FC, agência de turismo oficial do São Paulo, preparou novas experiências que irão agradar são-paulinos de todas as idades. As experiências vão desde as já conhecidas visitas ao CT da Barra Funda para assistir treinos e conhecer os jogadores até a visita ao Morumbi e ao ‘novo vestiário’, conduzida por Diego Lugano. Veja elas:

 

Morumbi Tour Especial com Lugano

Já imaginou visitar as dependências do estádio mais clássico da cidade junto com um dos maiores ídolos da história recente do clube? O passeio inclui, além da visita monitorada ao lado do uruguaio, direito a uma foto com o ídolo, além de um autógrafo personalizado do Diego Lugano. ATENÇÃO: o passeio só será realizado na Quinta-feira, 09 de maio de 2019, às 20h00 (previsão de término 22h00) com vagas limitadíssimas. Mais informações aqui. 

 

SPFC Futebol Camp | 2019

Um presente especial para são-paulinos mirins. O SPFC Camp é voltado às crianças de 8 a 14 anos que queiram vivenciar a rotina de um jogador da base do São Paulo Futebol Clube, passando 7 dias no Centro de Formação de Atletas de Cotia. Elas aprenderão os fundamentos do futebol. O evento terá também palestras/bate-papos com craques que vestiram a camisa do São Paulo e compartilharão com as crianças um pouco de suas experiências como jogadores profissionais. Data: 14/07 a 20/07 (inscrições até 05/07). Mais informações aqui. 

 

Visita ao CT da Barra Funda

A visita monitorada pelo Centro de Treinamentos da Barra Funda, incluindo contato com jogadores do elenco para fotos e autógrafos, é uma experiência marcante para todo torcedor. Elas acontecerão durante o Campeonato Brasileiro e sempre nas vésperas dos jogos do final de semana, portanto é sempre às sextas ou sábados, dependendo do dia que o São Paulo joga. O horário da Visita ao CT é sempre definido pela comissão técnica na véspera da data, podendo ser no período da manhã ou da tarde. Mais informações aqui.

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Parabéns, SPFC: clube grande é aquele que valoriza quem o tornou grande!

O evento de inauguração do “Caminho da Fama”, que contou com a presença de personagens históricos e seus parentes no Morumbi, retomou algo perdido nos últimos tempos no Tricolor: a enorme tradição em valorizar os seus ídolos do passado.

 

Rico em ídolos, o clube sempre foi pioneiro no acolhimento e valorização da sua história mas nos últimos tempos esqueceu daqueles que ajudaram a construir o DNA do clube com glórias e expressivas conquistas. Os tradicionais churrascos de fim de ano dos veteranos não eram mais realizados e até mesmo alguns atletas passaram um bom tempo em ‘litígio emocional’ com diretores da instituição.

 

A coisa começou a mudar nos últimos anos. Um evento da Passaporte FC no início do ano reuniu os campeões de 1986 no Morumbi e em uma churrascaria do bairro iniciou essa retomada. O “Caminho da Fama”, idealizado há seis anos atrás pelo conselheiro Itagiba Francez e executado pelo conselheiro Homero Bellintani finalmente foi adiante e no solene evento desta última terça-feira o presidente Leco anunciou a elaboração de mais um encontro ao final do ano entre os ídolos do clube.

 

Um dos ex-jogadores mais emocionados com esse resgate foi o ex-atacante Denílson. Atualmente integrante da equipe de jornalismo da TV Bandeirantes, ele falou em ‘cicatriz curada’ ao comentar o evento que homenageou os ídolos do clube. O ex-atleta teve problemas na década passada com o Tricolor ao querer retornar ao clube, ainda que fosse para treinar no CT da Barra Funda, num ato que nunca fora bem explicado pelos diretores daquele tempo. Hoje, de bem com o clube, Denílson celebrou a nova postura dos atuais representantes.

 

É muito bom saber que o clube retomou esse DNA. Parabéns ao presidente, diretores, conselheiros e ao diretor de relações institucionais Lugano, que tem como objetivo fomentar ainda mais encontros como esses. Um clube só é de fato grande quando reconhece e valoriza quem o fez grande ao longo da sua história.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Loja Zé Carretilha: camisas do Tricampeão Mundial com frete grátis*

O Blog São Paulo Sempre e a Loja Zé Carretilha são parceiras de uma coleção feita especialmente para o torcedor do clube mais querido do Brasil. São camisetas temáticas que exprimem com precisão a paixão e o orgulho do torcedor Tricolor sobre suas conquistas, estádio e datas históricas.

 

Tem camisa em alusão ao gol do Mineiro em 2005, ao massacre de Raí no Corinthians em 1991, o centésimo gol do Rogério Ceni, o Cícero Pompeu de Toledo, as viagens ao Japão e até ao ‘joinha’ do Reinaldo. Veja as opções de estampa e cor:

 

Centésimo gol do Rogério Ceni (branca) http://bit.ly/GolCem
Praça Roberto Gomes Pedrosa 01 (vermelha) http://bit.ly/2MmHUVS
De São Paulo tens o nome… (vermelha) http://bit.ly/2AMVAIu
Trivela do Chulapa, tapinha do Mineiro (branca) http://bit.ly/2ncGmTs
Três visitas ao Japão (preta) http://bit.ly/2M80Mv1
Três visitas ao Japão (branca) http://bit.ly/2OcsRib
O Terror do Morumbi (vermelha) http://bit.ly/2KwoKek
O Terror do Morumbi (preta) http://bit.ly/2vmzeIM
O Terror do Morumbi (branca) http://bit.ly/2OhxV4N
Joinha do Reinaldo (branca) http://bit.ly/2Ohab0G

 

* BENEFICIO DO BLOG: Quem comprar três camisetas ou mais terá direito a frete grátis em todo o Brasil.  O material é de qualidade: Comfort Shirt – Tecido summer. Produzida com 50% Poliester e 50% Algodão. O que vale é ter estilo e torcer para o clube mais vitorioso do Brasil.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

TOTAL FRACASSO: até quando?

O torcedor do São Paulo mais uma vez passa sufoco ao querer adquirir o seu ingresso as vésperas da volta do Campeonato Brasileiro. O sistema da Total Acesso, empresa que comercializa os bilhetes dos jogos do clube, novamente caiu, deixando muitos compradores sem saber se foram debitados ou não.

 

Sem um canal de atendimento decente no seu site, a empresa rapidamente entrou nos trending topics do Twitter Brasil desta terça-feira, com reclamações de todas as naturezas. Tive a informação que o sistema foi abaixo devido ao alto número de usuários em operação. De novo? Não interessa ao torcedor o motivo dessa instabilidade técnica e também não há desculpa para o erro: o site teve tempo de sobra durante a Copa do Mundo para planejar as vendas e não o fez, mesmo após pedidos de vários canais que representam a torcida. Não dá para falar que o problema é de hoje. Desde 2012, após o tumulto generalizado das vendas da Sul-Americana, o torcedor experimenta erros, atrapalhadas e incompetência acumulada.

 

Até quando o São Paulo carregará o fardo dessa empresa? Por que ano após ano de erros o clube não toma uma providência definitiva? O que prende o Tricolor na Total Acesso, que vira e mexe falha no cumprimento da sua função?

 

A experiência frustrada de usuário em sites de compras é um dos grandes problemas do comércio eletrônico. O cliente não volta mais. Sorte do São Paulo que seu ‘usuário’ não muda de time, mesmo experimentando todo o tipo de problema. Mas uma hora cansa. Um clube grande como o nosso precisa de um serviço muito mais digno que este oferecido. Não vejo problema deste tamanho em rivais. Já que o MP proíbe venda de arquibancadas nas bilheterias, que tal COPIAR o que está sendo bem feito nos outros?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.