E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2021

Uma imagem que grita mais alto que mil suposições!

A imagem do post é rara no futebol. Um treinador demitido cumprimentando o novo técnico que assumiu o seu lugar não se vê todo o dia, principalmente um que trabalhou no mesmo dia da demissão do outro.

 

Crespo é realmente um profissional diferenciado. Chegou ao Brasil sem pré-temporada, tentou ao máximo aprender e se comunicar em português, sempre respeitou ao máximo o clube, sua histórica grandeza e atuais dificuldades, indicou Emiliano Rigoni, o melhor jogador do atual elenco e, de quebra, conquistou um título depois de oito anos de estiagem.

 

O argentino não saiu exatamente com o dever cumprido mas certamente com a cabeça erguida. Elegante, educado e competente. Não durou pela bagunça do nosso clube e ansiedade mórbida de muitos torcedores. Logo logo estará empregado e seguindo sua careira, ao lado de sua comissão técnica, todos muito gratos pela experiência brasileira.

 

A imagem também fala muito sobre o momento atual dos programas e redes sociais, especialmente brasileiras. A pandemia afastou muitos profissionais dos bastidores do CT e das informações do dia a dia e os programas de TV e redes sociais inflaram o torcedor com muitas teorias da conspiração. Achismos, suposições, especulações e enfim, a imagem que derruba tudo, mostrando demitido e sucessor juntos, um dando força ao outro. Vale lembrar que Ceni, antes do jogo de estreia, disse que não demitiria seu antecessor. Outro tapa na cara!

 

Crespo terá portas abertas no futuro dentro do São Paulo mas é importante, pela instituição, dar apoio ao Rogério neste momento. Mais que treinador, ele é patrimônio vivo da história gloriosa do clube. Já deu para perceber pela imagem que não foi ele quem arquitetou, confabulou ou derrubou Crespo. Repito o que disse em outros posts: a troca não era, ao meu ver, necessária, mas está aí e não será desfeita. Precisamos terminar o campeonato com dignidade.

 

Por isso, toda sorte a Crespo e mais sorte ainda a Rogério. Afinal, quem está comandando o São Paulo agora é ele.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Drama: fragmentação óssea pode tirar Luan do resto da temporada

Rogério Ceni não contará com um dos melhores jogadores do São Paulo neste reinício de trabalho na frente do Tricolor. O volante Luan deverá desfalcar o Tricolor por até um mês.

 

Avulsão tendínea: este é o nome da insólita lesão na coxa esquerda do volante Tricolor. Cientificamente falando, ela ocorre quando um músculo, ao invés de se romper, arranca um fragmento do osso na região em que ele se sustenta, causando dor e inflamação.

 

O fragmento ósseo é quase microscópico mas causa uma dor semelhante ao do estiramento e o tratamento é diferente. Luan teve que sair de maca no momento da lesão, no treino noturno de quarta-feira, um dia antes do jogo diante do Ceará. Liziero foi seu substituto.

 

O prazo de recuperação não é declarado pelo departamento médico do São Paulo mas, pelo tipo de lesão, estima-se no mínimo um mês de tratamento, podendo se estender a ponto do jogador não atuar mais na temporada.

 

Esperamos que Luan se recupere a ponto de participar das partidas finais do Campeonato Brasileiro. Para o seu lugar, Ceni tem Liziero (utilizado diante do Ceará) e Gabriel Neves, com características mais defensivas. Nestor e Talles correm por fora.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Ceni lamenta empate, explica a declaração polêmica e projeta clássico

Rogério Ceni concedeu sua primeira entrevista coletiva após o empate diante do Ceará, no Morumbi. O técnico lamentou o resultado, explicou o jogo e projetou a próxima partida, o clássico diante do Corinthians, também no Morumbi.

 

O treinador explicou seu time no jogo, um São Paulo que propõe o jogo, dominante. “Acho que fomos (dominantes). Finalizamos bastante, tivemos a bola, mas é uma pena não conseguir a vitória”. – disse ele ao responder o que achou da partida.

 

O técnico também esclareceu a polêmica declaração dos tempos de Flamengo, inevitavelmente explorada pela imprensa no pós-jogo. “Em São Paulo a torcida é dividida entre os três grandes. No Rio de Janeiro existem mais de 700 favelas. É praticamente uma inserção social vestir a camisa do Flamengo, você faz parte da comunidade, do grupo. Essa é a grande diferença. Eu tenho respeito por todos os times, e isso não diminui o quanto eu gosto e me identifico com o São Paulo” – disse.

 

Ceni também projetou o próximo duelo no Brasileirão, um dificílimo clássico diante do Corinthians, no Cícero Pompeu de Toledo. “Um Corinthians que chega bem mais ajeitado, com reforços, se impondo. Nós vamos estudar uma maneira de enfrentá-los, vencer e subir. Temos que pontuar.” – finalizou.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO São Paulo 1×1 Ceará

Dedicação, vontade e luta não faltaram na re-estréia de Rogério Ceni como técnico do São Paulo, diante do Ceará, no Morumbi. Faltou novamente bola na rede. A equipe alcança a inédita sequência de seis empates e permanece perigosamente estacionado na tabela.

 

Equipe modificada, um público animado mesmo com a chuva que caiu no Cícero Pompeu de Toledo, ânimo de estreia, nada disso atrapalhou o Tricolor durante os noventa e poucos minutos de partida. Mais uma vez a bola que atrapalhou, ironicamente falando. Foram 23 chutes na meta de Richard e apenas oito em direção ao gol. Para se ter uma ideia, o Ceará chegou 12 vezes, com sete bolas em cima de Tiago Volpi, mais uma vez eleito por mim o melhor da equipe. E quando ele é o melhor, é para ficar assustado.

 

Reinaldo e Orejuela começaram bem mas não mantiveram a pegada e profundidade. Benítez mostrou muita disposição, assim como Calleri e Luciano. Mas os três perderam muitas oportunidades, sobretudo nosso camisa onze que parece viver uma fase ruim de eficiência frente a frente com o gol. O trabalho de Igor Gomes e Sara foi bom e Liziero fez o arroz com feijão. Miranda tomou um indesejável amarelo e não joga o clássico. Menos mal que Arboleda volta da seleção.

 

Foi um bom jogo coletivo do São Paulo (aliás, dos dois times) mas o péssimo resultado em casa manchou o bom início de trabalho do novo técnico. É preciso acertar essa pontaria, calibrar o pé, colocar a palmilha na forma. Não é possível perder tanto gol assim. Mais uma vez quase perdemos uma partida pela nossa própria ineficiência.

 

 

Nota dos personagens em campo:

 

Tiago Volpi – Mais uma vez o melhor em campo. Salvou pelo menos duas grandes chances de gol entre as sete que vieram na sua meta. Nota: DEZ

Orejuela – Teve bons momentos mas sentiu a falta de ritmo de jogo. A assistência do gol foi dele Nota: 6,0

Miranda – Boa partida, amarelo indesejado. Nota: 6,0

Léo – Discreto mas eficiente, cumpriu o seu papel. Nota: 6,5

Reinaldo – Teve bastante espaço no primeiro tempo mas acertou poucos cruzamentos. Na segunda etapa teve menos chances. Partida razoável. Nota: 6,0

Liziero – Cumpriu o papel na saída de bola e primeiro no losango de Ceni. Nota: 6,5

Igor Gomes – Dono de dois belos chutes, um parando em Richard e outro na trave. Nota: 7,5

Gabriel Sara – Pela esquerda, deu cadência no jogo. Nota: 6,0

Benítez – Participou muito, brigou mas não brilhou. Mesmo assim mostrou que pode sim jogar neste meio-campo. Nota: 6,0

Luciano – Perdeu muito gol mas não pode baixar a cabeça Nota: 5,0

Calleri – Teve raras chances mas aproveitou uma bobeada do goleiro e marcou um importante gol. Nota: 7,0

 

Nestor, Marquinhos, Wellington, Eder e Vitor Bueno – Nenhum teve grande destaque.

Rogério Ceni – Gostei da produção do time, do volume de jogo e das chances criadas mas os erros de finalização, crônicos desde a “era Crespo” mais uma vez deixam o São Paulo na berlinda. Nota: 7,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Emocionado, Crespo se manifesta pela primeira vez após saída do São Paulo

O técnico Hernán Crespo se manifestou pela primeira vez após a saída do comando técnico do São Paulo Futebol Clube.

 

Em mensagem escrita em castelhano e português, o ex-técnico Tricolor evitou comentar os motivos que desencadearam a demissão, dirigindo-se a dirigentes, funcionários e torcedores de uma maneira emocionada e grata. Por fim, desejou boa sorte a Rogério Ceni, seu sucessor.

 

Veja o texto na íntegra:

 

“Hoje me despeço do São Paulo agradecendo a toda família são-paulina por todo carinho e apoio neste tempo juntos.

 

Encerra-se uma etapa de muito trabalho, com responsabilidade, compromisso e esforço, tentamos aplicar nossa ideia e proposta de jogo. Saio com a tranquilidade de termos dado sempre o melhor de cada um.

 

Quero agradecer aos jogadores por sua entrega e compromisso.

 

Aos dirigentes, por terem me dado a chance de ser parte do São Paulo e de sua história, e pelo grande compromisso e carinho com que me acompanharam, estando sempre à disposição e trabalhando muito duro ao nosso lado.

 

A todas as pessoas que trabalham no clube por nos atenderem e cuidarem de nós com muitíssimo carinho.

 

E a toda a torcida tricolor, 20 milhões de pessoas que sempre apoiaram, desde o primeiro dia, em todos os momentos, demonstrando grande carinho.

 

Por último, desejo o melhor ao Rogério em tudo o que vem pela frente.

 

Um forte abraço e tudo de melhor para o São Paulo Futebol Clube.”

 

Fonte: Instagram Oficial Crespo

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.