E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Opinião

Pré-jogo: dúvidas na escalação e palpites para São Paulo e Santo André!

O São Paulo volta suas atenções para o Campeonato Paulista e enfrentará o Santo André nesta sexta-feira, às 20h (de Brasília), no Morumbi, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

 

Tranquilo na parte de cima da tabela e líder de seu grupo, Crespo poupará jogadores e rodará o elenco. Pablo é desfalque, assim como os ainda em recuperação Hernanes e Gabriel Sara. Duas posições estão abertas: a lateral direita e o ataque. Galeano e Igor Vinícius (capa) brigam pela posição enquanto que Eder e Rojas disputam vaga no ataque.

 

Deste modo, o provável time desta sexta é Tiago Volpi, Diego Costa, Miranda e Léo; Galeano (Igor Vinicius), Rodrigo Nestor, Talles Costa, Igor Gomes e Welington; Vitor Bueno e Rojas (Eder).

 

Na minha opinião, Galeano se saiu melhor na oportunidade que teve mas não reclamaria de chance dada a Igor Vinícius que pode também se dar bem como ala. Na frente, depende de Eder: se ainda estiver suando feito tampa de chaleira como acontece nos minutos que entra, melhor iniciar com Rojas. Se estiver melhor fisicamente, poderia ser testado desde o início mas é preciso ter cautela com a transição física China/Brasil. Confio na comissão técnica nessa.

 

Meu palpite é mais uma vitória no estadual. 3×1 para cima do Santo André. E o seu?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Nos trinques, Eder é titular?

O atacante Eder aos poucos recupera sua forma física. Boa surpresa do São Paulo nas contratações do clube em 2021, o jogador veio para o clube do Morumbi parado cinco meses após o último jogo profissional e vem correspondendo quando entra em campo.

 

Focado em aprimorar a parte física, ele tem recebido chances da equipe, mas sempre atuando por menos de 45 minutos. O jogador faz treinamentos específicos com Alejandro Kohan, responsável pela preparação física na comissão técnica de Crespo. A comissão técnica não coloca uma porcentagem de evolução do jogador mas diz que, em forma, Eder é diferenciado. “Jogador de Hierarquia” como costumam dizer na Argentina.

 

A cautela é absolutamente crucial para que Eder não caia na “maldição chinesa”, termo que uso para evidenciar o pouco rendimento de jogadores como Pato e Hernanes, contratados de clubes chineses onde a preparação e temporada são absolutamente diferentes do Brasil.

 

Penso que, em forma, Eder tem tudo para ser titular ao lado de Luciano. O jogador tem um estilo que me agrada muito, combinando velocidade com deslocamentos de posição. Hierarquia.

 

Creio que em duas ou três semanas ele esteja nos trinques. E você, o que acha? Responda a enquete abaixo do Twitter ou no campo de comentários/redes sociais do Perrone. Aguardo sua opinião!

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Dono do Orlando City se manifesta sobre o São Paulo e a decisão judicial

O empresário brasileiro Flávio Augusto, proprietário do Orlando City, confirmou o pagamento do São Paulo referente à dívida do empréstimo do meia Kaká, em negociação concretizada no ano de 2014.

 

Em seu Instagram, o empresário confirmou a quitação completa realizada sob ordem judicial, explicou rapidamente o imbróglio e desejou sucesso a nova gestão do clube, que resolveu assumir o compromisso de organizar o financeiro tão castigado pelos seus antecessores.

 

“O São Paulo poderia ter pago R$ 1,7 milhões num acordo aceito pelo Orlando, em 2015. Não honraram. Agora, com a decisão judicial, a conta paga subiu para cerca de R$ 6 milhões.” – disse ele em seu post.

 

 

No dia 12 de abril, a juíza Melissa Bertolucci negou o pedido do São Paulo pelo parcelamento e, uma semana depois, ordenou o bloqueio de R$ 4,5 milhões para saldar a dívida. Para que fique bem claro, esse impasse surgiu primeiramente na Gestão Carlos Miguel Aidar, repassada para Leco e tratada de forma incompetente pelas duas gestões. Para mim, é caso grave. Se um cliente não me paga e sem acordo, eu também aciono na justiça, não importa se é conhecido, parente ou amigo. O lado profissional deve sempre falar mais alto nestes casos. Acordo é acordo e o cumprimento mostra credibilidade corporativa. Simples assim.

 

No final, Flávio Augusto engrandeceu a instituição. “Caso encerrado. O São Paulo é um grande clube com uma torcida incrível. Desejo muito sucesso a nova diretoria que assumiu o desafio de organizar decisões equivocadas de seus antecessores.” – disse ele.

 

Flávio Augusto é um caso raro de brasileiro que começou por baixo e construiu um império, atuando profissionalmente em um país onde há imensa responsabilidade em criar e cumprir acordos. Aqui no Brasil, Instituições esportivas sem fins lucrativos fazem e desfazem sem o mínimo compromisso e governança, empurrando dívidas e implorando anistias. Totalmente incabível.

 

Por curiosidade hoje é aniversário de Kaká, personagem central do duradouro impasse.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Sporting Cristal 0x3 São Paulo

Terremoto em Lima: é o São Paulo estreando na Libertadores 2021. Invicto havia 21 jogos, o Sporting Cristal caiu diante de um time equilibrado e absolutamente inteligente em campo. Belo cartão de visitas mesmo não conseguindo treinar antes do jogo.

 

As surpresas foram Benítez e Liziero e, a exceção da bobagem de Léo em sua expulsão, todo o time foi bem. Defesa sólida, alas atacando quando podiam, meio combatente e um meia diferente do que tínhamos à disposição em 2020. O adversário, de bom toque de bola e avanços pelos lados, não foi páreo quando não tinha a posse da bola. O São Paulo soube jogar o jogo fora de casa e, numa estreia que poderia ser traiçoeira, mostrou que está no caminho certo.

 

 

Para mim, os melhores em campo foram Volpi, Luan e Benítez. Este último, o senhor do jogo. Menções muito honrosas a Reinaldo e Eder, que entrou em campo com estrela e gol. Mas o coletivo foi inteligente e taticamente muito bem montado. Vale lembrar que o time está no meio de uma maratona de sete dias com quatro vitórias. Agora são cinco vitórias consecutivas nas mãos de Crespo.

 

O Tricolor sodomizou os peruanos em doses homeopáticas. Não deixou os donos da casa jogarem. Belo início em Libertadores e esperança para a torcida do maior campeão mundial do Brasil. Irrepreensível.

 

Nota dos personagens em campo:

 

Tiago Volpi – Grande partida. Apareceu quando precisou. Nota: 9,0

Dani Alves – Não brilhou como no Choque-Rei mas trabalhou bem para o time. Nota: 7,5

Arboleda – Mais uma partida segura. Não entendi sua saída. Nota: 8,0

Bruno Alves – Amarelado no primeiro tempo, levou o jogo tranquilamente. Nota: 8,0

Léo – Vinha bem, mas tomou dois amarelos bobos. Expulso infantilmente. Nota: ZERO

Reinaldo – Um dos destaques. Boas enfiadas e trabalho defensivo. Nota: 8,5

Luan – Destaque! Gol e belo trabalho defensivo. Nota: DEZ!

Liziero – Boa participação e trabalho competente no meio-campo. Nota: 8,0

Benítez – O melhor em campo. Me lembra o Calleri no quesito “argentino de jogo grande”. Diferenciado, encontra espaços e usa o talento para abrir o jogo. Belo gol. Nota: DEZ!

Pablo – Muito isolado no primeiro tempo. Nota: 6,0

Luciano – Não foi o Luciano de outras partidas, mas participou coletivamente. Nota: 6,5

William, Miranda, Eder, Nestor e Igor Gomes – Eder foi o destaque, com gol à partir de cruzamento de Reinaldo. Quando estiver 100% fisicamente, é titular. Menção para a estreia discreta de William.

Crespo – O nome do jogo fora de campo. Partida tática inteligente, com Luan e Liziero aparecendo no ataque, os alas avençando (mais Reinaldo) e Benitez distribuindo o jogo. Excelente estreia! Nota: DEZ!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Hoje o coro vai comê!

O São Paulo estreia na Libertadores 2021 nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Nacional de Lima, no Peru, em jogo válido pela primeira rodada do Grupo E da Libertadores. O adversário é o tradicional Sporting Cristal, a maior força do seu país.

 

Sem meias palavras: este será o primeiro desafio de verdade na temporada. Esqueçam os jogos diante do Santos, RB Bragantino e até o Choque-Rei vencido pelo Tricolor. Libertadores é outra atmosfera, principalmente uma estreia longe do Morumbi. Para se ter uma ideia, devido às restrições a brasileiros no Peru por conta da pandemia, a delegação foi proibida de sair do hotel até momentos antes do jogo e treinou no hotel.

 

Crespo e sua comissão técnica aproveitaram ao máximo a parada e fizeram o dever de casa, modificando a escalação e formações táticas do time em todas as partidas que antecederam a Libertadores. Mas agora tudo isso deve ser esquecido diante do Sporting Cristal. A equipe peruana também vem de bons resultados em seu território e é sempre bom respeitar os adversários da competição internacional e saber que uma partida de estreia pode até definir os eliminados do grupo. O Binacional, do mesmo Peru, que o diga.

 

Será interessante ver qual das duas equipes manterá a posse de bola durante o jogo. Tanto São Paulo como Sporting Cristal tem essa característica e os peruanos, por jogar em casa, não podem largar com um resultado ruim logo na estreia.

 

O time não deve sofrer alterações em relação a última apresentação: Tiago Volpi, Bruno Alves, Arboleda e Léo; Daniel Alves, Luan, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Reinaldo; Luciano e Pablo. Em uma enquete no GE.com, os torcedores elegeram Eder como companheiro de ataque de Luciano mas creio que ele entrará na segunda etapa, caso necessário.

 

Como diria Chorão, hoje o coro vai comê. Creio na força da camisa e no pequeno histórico da equipe de Crespo. Meu palpite é 2×0 para o São Paulo no Peru. Mande o seu palpite nos comentários do blog ou nas minhas redes sociais.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.