E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Opinião

OPINIÃO São Paulo 0x0 Atlético MG

Mais um zero a zero no Morumbi e mais um jogo que, apesar de não ser um resultado anormal diante da força atual do adversário deslumbrado com o atual poderio financeiro, o São Paulo deveu bola para seu torcedor.

 

Foi melhor que o empate anterior diante do América. A equipe se mostrou forte defensivamente e em certos momentos até teve o controle da bola ao seu favor, porém em nenhum instante se mostrou de fato superior ao Galo e merecedor da vitória. Aliás, foram escassas oportunidades de gols para ambos os lados e pelas bandas do Tricolor mais uma vez o meio-campo não foi competente o suficiente para municiar o ataque composto por Rigoni e Luciano.

 

De uma coisa o torcedor não pode reclamar: não falta vontade dos jogadores. Todos eles sem exceção correram e se dedicaram em campo. Falta mesmo é equilíbrio e competência que faça essa bola sair do campo de defesa e chegue no ataque com competência. Com três zagueiros, não tivemos muito sufoco do ataque atleticano mas o trio formado por Luan, Liziero e Nestor esteve muito longe de dominar e criar oportunidades reais de gol. Para completar, os jovens alas até tentaram mas não conseguiram impor volume de jogo ofensivo para ajudar o time a dominar o Atlético. O Galo também teve poucas chances, parando na sólida defesa Tricolor.

 

Enfim, não é esse empate que estraga e sim o de quarta passada, diante de um adversário bem mais acessível. Foi mais uma típica partida “tá bom mas tá ruim” deste São Paulo que não se encontrou após o Paulistão conquistado.

 

Nota dos personagens em campo:

 

Tiago Volpi – Ainda não mostra segurança mas melhorou em relação a outros jogos. Nota: 6,5

Arboleda – O melhor da defesa, com boas antecipações e cabeçadas. Nota: 7,5

Miranda – A zaga toda foi bem e dificultou o trabalho ofensivo do Atlético . Nota: 7,0

Léo – Dos zagueiros, foi o que teve mais trabalho, principalmente na saída de bola. Nota: 7,0

Galeano – Limitou-se no combate no lado direito. Nota: 6,0

Luan – Boa partida na parte defensiva do meio-campo Nota: 6,0

Liziero – Não foi bem, atrapalhando-se muitas vezes no meio. Nota: 5,0

Rodrigo Nestor – Oscilou bons e maus momentos. Nota: 5,5

Wellington – Gostei do trabalho na lateral, faltou capricho ofensivo. Nota: 6,5

Rigoni – Mais uma partida abaixo do que pode render, apesar do lance mais perigoso do São Paulo ter saído dos pés dele no travessão. Nota: 5,5

Luciano – Esforçado e combativo mas não teve êxito neste jogo. Nota: 5,5

 

Sara, Reinaldo, Marquinhos e Calleri- Não mudaram o panorama. Calleri entrou quase nos acréscimos.

Crespo – Teve mérito defensivo mas tá quebrando a cabeça para fazer esse time fluir do meio para frente. O resultado não é ruim mas a atuação, sobretudo do ataque, foi muito abaixo da média Nota: 5,5

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Abílio Diniz explica porque não investe no Tricolor “de jeito nenhum”

O empresário Abílio Diniz participou do Podcast Flow nesta semana. O convidado contou muitas histórias de sua vida e respondeu perguntas dos entrevistadores. Algumas delas envolvendo o São Paulo Futebol Clube.

 

Ao ser questionado por um ouvinte são-paulino sobre ajuda a contratações “Traz o Lucas Moura, não te pedi nada”, Abílio explicou por que não investe no São Paulo e mandou um recado aos administradores e conselheiros do clube.

 

“Ajudei a eleição do Júlio Casares, que é o presidente atual. Eu não ponho dinheiro no São Paulo de jeito nenhum. Primeiro, porque eu estaria comprando um lugar no São Paulo e eu não faço isso para coisa nenhuma. Segundo, porque eu quero um São Paulo profissional. O São Paulo tem que ser uma empresa. O São Paulo foi muito bem tocado durante muitos anos e tinha dinheiro para tudo. Contratava e vendia jogadores… por que descambou de repente e está sem dinheiro? O São Paulo tem que voltar a ser profissional.” – disse ele ao podcast Flow.

 

Em seguida, o empresário mandou um recado a gestão e ao Conselho Deliberativo do clube. “Eu defendo muito o profissionalismo em empresa, no futebol e agora já temos legislação para fazermos clube-empresa. Que se faça o clube-empresa, separa o social e faça como é na Europa. Eu defendo isso. Tem empresário que ajuda, tem no Atlético MG, tem no Palmeiras… não é o caminho que eu escolhi.” – completou.

 

 

Em uma das poucas vezes que Abílio Diniz falou abertamente sobre o que pensa sobre o clube nos dias de hoje, Abílio apenas explanou o que eu e muita gente gostaria de ver o São Paulo. Um clube realmente profissional e com o futebol 100% separado do social. O que adianta termos bons ou ótimo profissionais se acima deles o mando (e desmando) continua vindo de gente que se formou e elegeu por bons feitos na piscina, quadra de tênis, pista de patinação e academia?

 

Quem me conhece como blogueiro desde os tempos de SPNet e Globoesporte.com sabe que o que defendo no clube são ideias e procedimentos pois pessoas entram e saem, já os procedimentos ficam. Na minha opinião, enquanto não houver uma ruptura grande no ‘status quo’ do clube e a administração não seja dirigida de forma realmente profissional, não seremos mais pioneiros em nada. Ganharemos um ou outro título pela força da camisa mas não lideraremos como antes.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Arboleda: tem concorrência forte para tirar o equatoriano do Tricolor!

A notícia é dos jornalistas André Hernan e Eduardo Rodrigues, do GE.com: Arboleda dificulta a permanência no São Paulo. Com contrato até o meio do ano, o zagueiro não aceitou a última proposta de renovação de contrato enviada pelo São Paulo e a negociação fica apreensiva.

 

Se não renovar até o final do ano, o equatoriano poderá assinar um pré contrato no início de 2022 e sair no meio do ano que vem sem nenhum lucro ao clube. Segundo o portal da Globo, se Arboleda receber uma proposta melhor que a atual do Tricolor, ele não permanece no Morumbi.

 

Podem estar certos de uma coisa: se Arboleda recusou a oferta é porque deve ter concorrência forte na parada. Apesar dos pesares, o equatoriano tem valor no mercado. É titular da seleção do seu país e um dos melhores zagueiros do elenco mas por outro lado vive dando dor de cabeça com episódios de indisciplina facilmente evitáveis caso tivesse 100% focado na carreira. Dentro de campo mostra-se muito útil e não demonstra ser o bad boy que é fora das quatro linhas. Parece ser bom de grupo, apesar da acalorada discussão de jogo com Thiago Volpi no empate com o América.

 

São esses prós e contras que a diretoria Tricolor deve pesar nos próximos meses de negociação. Por mim, se o extra-campo não for insuportável, ele ficaria. Já é ambientado e, como disse, tem futebol para se manter no setor defensivo. Porém só quem vive o dia a dia pode dar o aval aos diretores e tem também o fator “salário x orçamento”, sempre uma equação complicada para uma instituição endividada.

 

Não está fácil renovar mas também é difícil repor.

 

Perrone vídeos:
“Tem concorrência por Arboleda”
Assista!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Abatido, Crespo comenta ausência de Luciano e presença de Pablo no time

Um abatido Crespo esteve na Sala de Imprensa do Morumbi na noite desta quarta-feira. O treinador falou sobre o empate diante do América MG e comentou casos como o de Luciano e estratégia de jogo.

 

Sobre a ausência de Luciano, Crespo disse que soube no vestiário que o atacante não teve condições de jogo. A explicação do veto dada para setoristas foi por conta de uma infecção ocular (conjuntivite) mas é bastante estranho o treinador saber minutos antes da bola rolar. Será que o jogador usou algum colírio com propriedades de doping e o veto foi preventivo?

 

O técnico discordou de um jornalista, sobre não ter mexido bem na equipe diante dos mineiros. “Não concordo que demorei para mexer. Vocês não podem ver os treinos, não sabem da condição física do Calleri. Ele não está em condições de jogar como titular, precisa de tempo, vamos ver o tempo que ele precisa para voltar o que ele sabe fazer. Mas a palavra demorar, não concordo. Coloquei o Marquinhos, que voltou depois de cinquenta dias” disse Crespo na coletiva.

 

O treinador também defendeu a presença de Pablo no ataque, afirmando que não foram apenas questões físicas que definiram Eder e Benítez como opções de banco, mesmo em bom estado clínico. “O Pablo podia dar soluções ofensivas e defensivas. O Benítez ou o Eder não ajudam com este impacto.” – disse.

 

Por fim, Crespo disse acreditar no crescimento da equipe com apenas uma competição a jogar. Na visão do blogueiro, a equipe está muito longe da ideal para buscar uma vaga na Libertadores, quanto mais uma vaga direta, o objetivo do resto da temporada.

 

Perrone vídeos
“Tem coisas que não dá para aceitar!”
Assista!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO São Paulo 0x0 América MG

Show de horror do São Paulo nesta fria noite de quarta-feira. Apático, a equipe teve muita dificuldade de atuar diante de um dos postulantes ao rebaixamento e saiu do Morumbi com um indigesto empate sem gols. Pior: o América esteve mais próximo da vitória.

 

O São Paulo começou a dar dor de cabeça ao seu torcedor uma hora antes do início da partida. A escalação promovida por Crespo era um convite a mais uma noite irritante com um meio composto por Gabriel Sara e Igor Gomes na armação. Para completar, Pablo ganhou mais uma chance de mostrar a pouca bola que teve graças a uma conjuntivite de Luciano.

 

Não deu outra. O Tricolor alternou momentos de submissão e outros de falso domínio, já que chance aguda, não teve quase nenhuma para a meta mineira. Vou repetir o que disse 529 vezes antes, durante e depois: Igor Gomes e Gabriel Sara juntos não dá e Pablo no ataque não dá.

 

O América, bem armado pelo Vágner Mancini, apostou no insosso meio-campo Tricolor e no pragmatismo de Crespo e por pouco não saiu do Cícero Pompeu com a vitória. O técnico argentino escalou mal, demorou para mexer e em nenhum momento abriu mão de três zagueiros, mesmo jogando no Morumbi. Merece ser duramente criticado nesta noite.

 

É mais uma ducha de água fria no já cabisbaixo são-paulino. Para piorar, sábado é dia de enfrentar o líder Atlético MG no Morumbi. Mesmo com a possibilidade de atuar com um time reserva, o Galo tem mais time e futebol que o São Paulo.

 

Uma coisa eu digo: sem Luciano e com Pablo, Sara e Igor Gomes, sofreremos mais uma vez.

 

Perrone vídeos
“Tem coisas que não dá para aceitar!”
Assista!

 

 

Nota dos personagens em campo:

 

Tiago Volpi – Algumas boas defesas e espalmadas inseguras. Nota: 6,0

Galeano – O atacante goleador da base cumpriu o pragmático papel de lateral a serviço do time. Não merece críticas por não ser da posição. Nota: 5,5

Arboleda – Algumas falhas que não são do seu feitio. Nota: 5,5

Miranda – O time todo, assim como ele, foi mais ou menos. Nota: 5,5

Reinaldo – Esse é lateral. Fraquíssimo no apoio. Muito passe errado. Nota: 3,5

Luan – Primeiro tempo feio. Segunda etapa razoável. Nota: 5,0

Rodrigo Nestor – Não foi bem no apoio ao meio-campo. Nota: 5,5

Gabriel Sara – Partida Horrorosa. Nota: 3,0

Igor Gomes – Trabalho insosso no meio-campo. Nota: 3,0

Rigoni – Partida sem brilho. Nota: 5,5

Pablo – Mais uma partida ridícula do atacante bom moço. Nota: 3,0

 

Calleri, Liziero, Marquinhos e Wellington- Não mudaram o panorama.

Crespo – Um dos culpados pelo empate com gosto de derrota. Escalou mal, insistiu no time errado, demorou para mexer e não abriu mão dos três volantes cabeçudos, aniquilando a chance de algo criativo que resultasse em gol. Vivemos de jogadas individuais e bola parada. Atenção, senhor Crespo! Nota: 2,5

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.