Opinião, postura e credibilidade

Search Results For : Opinião

OPINIÃO São Paulo 1×0 Grêmio

OPINIÃO São Paulo 1×0 Grêmio

Mais uma vitória na base da garra e da dedicação no Morumbis, que deve ser muito comemorada pelo torcedor. Para mais de 53 mil pagantes, o São Paulo superou o Grêmio e alcança novamente o G4 do Campeonato Brasileiro.

 

O time jogou bem até os trinta minutos do primeiro tempo, com intensidade para se manter em cima do Grêmio nos primeiros minutos e contando com o gol providencial de Lucas ainda no início da partida. Quase no fim dos 45 primeiros minutos, o Grêmio igualou as ações, contando com os incômodos erros de passe da saída de bola do São Paulo.

 

Já a segunda etapa foi predominantemente gremista, com domínio amplificado após a grave lesão de Alisson. Renato modificou bem o time e foi para cima do Tricolor Paulista. Com pelo menos duas chances capitais Grêmio não empatou por incompetência ofensiva e pelo São Paulo ter de volta um goleiro de ponta como Rafael.

 

Um ponto que me incomodou: Zubeldía tirou Lucas, Calleri e Luciano, os três jogadores que, ao lado de Ferreirinha, atualmente decidem os jogos. Na minha opinião pelo menos um destes três tem que ficar até o fim das partidas. Perdemos muito na conclusão das jogadas.

 

Enfim, a vitória veio com garra e disciplina. é de tirar o chapéu a dedicação destes jogadores. Mas é preciso cobrar da diretoria ao menos mais dois reforços “pra ontem”, principalmente após constatada a lesão de Alisson.

 

Também é preciso atualizar o bastidor do clube em relação a CBF. Muita treta de árbitro para um clube só. Hoje tivemos mais confusão e quase fomos prejudicados no placar pelos apitantes.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Atitude de James é um mais tapa na cara de quem ainda o defende no São Paulo

Atitude de James é um mais tapa na cara de quem ainda o defende no São Paulo

Saiu no ge: o meia James Rodríguez celebrará seu aniversário na Colômbia neste domingo e só depois da festa retornará ao Brasil para se reapresentar ao São Paulo.

 

O colombiano fará uma festa ao lado de amigos e familiares e no mínimo não está disponível para o jogo contra o Grêmio e também contra o Juventude, no próximo domingo, em Brasília.

 

O São Paulo não se pronunciou em relação a data de retorno.

 

Já falei uma vez e falo novamente. Se dependesse de mim, James nem voltaria ao São Paulo. Não são os dias a mais ou a menos. É a atitude. Qualquer empatia que ainda poderia existir com o jogador foi perdida após a atuação “duas-caras” da Copa América.

 

É fato consumado que James não quer atuar pelo Tricolor e mais: a recente atitude é um tapa na cara do torcedor que ainda defendia o meia.

 

Tomara que o São Paulo consiga se livrar de James e James consiga se livrar do São Paulo o quanto antes. Há clubes espanhóis interessados, além de um belo mercado nos Estados Unidos, onde se joga e treina com menos intensidade.

 

É só chegar e levar.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Atlético-MG 2×1 São Paulo

OPINIÃO Atlético-MG 2×1 São Paulo

Assalto com vítimas fatais na noite desta quinta-feira, em Belo Horizonte. Em uma boa partida negativamente marcada por uma arbitragem tendenciosa e obscura, o São Paulo conhece mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, desta vez em sua estreia na história da Arena MRV.

 

Um primeiro tempo intenso e uma segunda etapa mais contida, com as duas equipes disputando bola a bola, muitas vezes em um campo aberto. O Galo com os arremates de longa distância de Scarpa e Hulk e o São Paulo com bons avanços de Ferreirinha, Lucas, Luciano e Calleri.

 

Mesmo terminando com dez em campo, o Tricolor equilibrou por completo a partida, mas foi prejudicado por uma série de pequenos e grandes eventos dos comandantes do apito, em especial o Sr. Marcelo “Caseiro” de Lima Henrique, um dos piores árbitros do país.

 

O resultado foi adverso mas a postura do São Paulo em BH foi bem satisfatória (para não dizer ótima) e, não fossem os gols perdidos por Ferreirinha (2) e Luciano, a expulsão (esta sim, justa) de Alan Franco, a ótima atuação do goleirão do Galo e principalmente a negligência do VAR e a tendenciosa arbitragem, a equipe de Zubeldía poderia muito bem ter saído com pontos em Minas Gerais.

 

Mereceu pontos, teve postura!

 

Falando em arbitragem, expulsão justa do Alan Franco e só. Houve uma mão duvidosa no início da partida que não foi reprisada pela Rede Globo apesar da insistência dos jogadores em campo e a falta que iniciou o gol do Atlético nem deveria ter sido marcada pois segundos antes houve uma infração claríssima para o São Paulo. O segundo gol dos donos da casa, marcado por Paulinho, o VAR não assinalou o leve, mas perceptível resvalão da bola no braço do atacante antes de ir para a barriga e para o gol de Rafael. Mais uma vez a imagem não foi mostrada com clareza no VAR.

 

Não gosto de falar de apito mas a noite desta quinta-feira não pode passar em branco pela diretoria do São Paulo, sobretudo o presidente Julio Casares, inclusive convidado pela CBF para chefiar a delegação da Copa América. Perder do Galo fora de casa não é o fim do mundo mas o que se viu na Arena MRV foi um verdadeiro latrocínio.

 

Nota dos jogadores e técnico:

 

Rafael: 5,5
Igor Vinícius: 5,5
Arboleda: 6,0
Alan Franco: ZERO
Wellington: 6,0
Luiz Gustavo: 6,0
Alisson: 5,5
Lucas: 7,5
Luciano: 5,5
Calleri: 6,0
Ferreirinha: 5,0

 

Luis Zubeldía: 5,5

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

O São Paulo briga pelo Brasileirão?

O São Paulo briga pelo Brasileirão?

A sequência mágica de quatro vitórias e o resgate da confiança do torcedor no elenco após duas derrotas duras de engolir no Campeonato Brasileiro deixaram ao torcedor a seguinte dúvida: o São Paulo briga pelo título do Campeonato Brasileiro de 2024?

 

Para responder essa pergunta primeiramente eu gostaria de dizer que o São Paulo deveria sim, trabalhar o Brasileirão como prioridade no ano. O Tricolor não conquista o campeonato de regularidade desde a inédita façanha de 2006, 2007 e 2008 e são dezesseis longos anos para um clube do tamanho do São Paulo.

 

Porém, o campeonato é duríssimo e conta com dois adversários com elencos mais tarimbados e experientes na competição. O Flamengo, mesmo sem muitos titulares presentes na Copa América, manteve a ponta e o Palmeiras, mesmo ou ou outro resultado atípico, possui a regularidade de um favorito.

 

O São Paulo, hoje é candidato ao título. Tem um elenco melhor que o ano passado e o trabalho de Zubeldía tem dado resultado. A equipe hoje conquista pontos fora de casa, coisa que Dorival Júnior, mesmo com a inédita Copa do Brasil, só conquistou no finzinho do ano passado, diante do Bahia de Ceni, em Salvador.

 

Mas para que continue candidato, é preciso que o elenco jogue sempre no limite, que a comissão técnica tenha boas escolhas e que haja um forte trabalho para que os jogadores não permaneçam muito tempo no DM, durante as inevitáveis lesões do período.

 

Acompanhar o pelotão é importante, mas chegará uma hora que o São Paulo terá que vencer os candidatos. Bahia e Athletico foram exemplos de significativos trunfos, mas será preciso vencer o Flamengo no returno em casa e o Palmeiras fora. Ou, ao menos, não perder pontos para eles.

 

A chave mestra é o elenco trabalhar no limite.

 

Acredito no título do Campeonato Brasileiro, apesar de achar a tarefa extremamente difícil. Não somos favoritos mas, de longe, Palmeiras e Flamengo não estão sozinhos na briga deste ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO São Paulo 2×0 RB Bragantino

OPINIÃO São Paulo 2×0 RB Bragantino

Grande vitória diante de um adversário da metade de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. O São Paulo superou o RB Bragantino para mais de 46 mil pessoas no Morumbis e flerta com o G4 da competição.

 

Sem Calleri e Ferreirinha, o também suspenso Zubeldía colocou André Silva e Wellington Rato para atuar com Lucas e Luciano. O primeiro tempo foi bastante truncado, sem grandes chances para as equipes e com muito jogo físico. O Tricolor era melhor quando atuava pelos lados mas insistiu muito no meio.

 

Já na segunda etapa, de tanto que tentou, o Tricolor saiu na frente do placar num gol chorado de André Silva. O Morumbis só se tranquilizou após o segundo tento, marcado por Luciano num rebote de um pênalti mal batido por ele mesmo. Mas o que importa é o gol e ele veio, para dar números finais ao espetáculo.

 

É a quarta vitória seguida da equipe no Brasileirão. A minha impressão é que custou mas o São Paulo só agora na temporada se acostumou a ganhar e, tomara Deus, que não perca o costume.

 

O próximo compromisso é em Minas diante de um complicado mas tumultuado Galo. Dá para ganhar, se repetir a gana e a organização que tem tido nas últimas apresentações.

 

Nota dos personagens da partida:

Jandrei: importante em uma defesa no primeiro tempo. Nota: 7,5
Igor Vinícius: ótima partida. Ve crescendo na temporada. Nota: 8,0
(Diego Costa) Sem nota.
Arboleda: monstro. ótimas intervenções na defesa. Nota: 8,5
Alan Franco: outra boa partida do argentino. Nota: 8,0
Wellington: boa partida defensiva. Nota: 7,0
Luiz Gustavo: se firmou no meio. Ótima partida. Nota: 8,0
Alisson: mais uma partida de muito ritmo do motorzinho. Nota: 8,0
Lucas: velocidade e ímpeto para cima do Massa Bruta. Nota: 8,0
(Erick) Sem nota.
Wellington Rato: ainda fora de forma mas decisivo no primeiro gol. Nota: 6,5
(Nestor) Entrou bem e sofreu o pênalti no final do jogo. Nota: 7,5
Luciano: ótima partida e mais um gol. Nota: DEZ!
André Silva: luta e gol importante. Nota: DEZ!
(Bobadilla) Sem nota.

 

Carlos Gruezo: o terceiro auxiliar comandou a vitória. Nota: 8,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.