E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2020

Fez bem o São Paulo em não pedir nova partida, mesmo com erro de direito!

O São Paulo resolveu não pedir a anulação da partida contra o Ceará, disputada na última quarta-feira, no Castelão. A partida, que terminou 1 a 1, teve um erro de direito quando o árbitro voltou atrás de uma marcação de gol após ter reiniciado o jogo.

 

Em nota publicada em suas redes, o clube diz não querer se beneficiar do que teria sido um erro de comunicação dos árbitros da partida e do VAR, assumida pela comissão de arbitragem na última quinta-feira. “Este clube tem princípios, é balizado pela retidão de conduta e se orgulha de fazer o correto. Nos orgulhamos de nossa história incontestável e sem asteriscos, e assim a manteremos”. – diz parte da nota do Tricolor.

 

Nada de lacração ou politicamente correto: a atitude do São Paulo é correta em não pedir anulação do jogo pelo simples fato que o gol de Pablo estava realmente em situação irregular. Apesar da atrapalhada geral do VAR e dos árbitros de campo, não penso que houve má fé, contestada na explicação ‘mea culpa‘ da Comissão de Arbitragem. O que há no futebol brasileiro é defasagem da arbitragem em relação ao futebol profissional, que se tornou mais rápido e difícil de acompanhar. E o VAR, que apareceu para tornar as decisões mais assertivas, anda atrapalhando o andamento do jogo.

 

Mesmo não recorrendo ao tribunal, o São Paulo pedirá que a aplicação do VAR seja revista pela CBF. Revisão não somente o Tricolor, reconhecidamente prejudicado duas vezes no Campeonato Brasileiro, mas para todos os clubes do futebol brasileiro. A ferramenta de vídeo é boa mas está claramente desajustada no nosso país.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

De olho na Sula, próximo adversário do São Paulo virá com um time misto

O Bahia, próximo adversário do São Paulo no Campeonato Brasileiro terá um difícil compromisso diante do Unión Santa Fé na próxima terça-feira na Argentina. Por este motivo, o clube baiano deverá promover um time misto no próximo sábado às 19h, em Salvador.

 

O Bahia venceu o primeiro jogo das oitavas pelo placar mínimo, em um pênalti convertido pelo ex-tricolor Gilberto. Porém, foi um placar enganoso. Segundo o GE.com, o time sofreu para passar pelos argentinos e ter a vantagem no jogo de volta.

 

O próprio Gilberto, suspenso, não atua diante do Tricolor. Além do centroavante, os zagueiros Lucas Fonseca e Anderson Martins também não jogam por terem levado o terceiro amarelo. Conversando com Matheus Barbaço, blogueiro do Bahia, ele me contou que além dos três suspensos, mais um ou outro jogador do meio devem ser poupados. Portanto, certamente vermos um time misto do Bahia neste sábado.

 

No lado Tricolor, Brenner volta para dar mais movimentação e esperança de gols. Suspenso, Diego Costa deverá dar lugar a Arboleda, já que Bruno Alves permanece em São Paulo. No mais, Fernando Diniz não deve mudar a equipe que empatou com o Ceará na capital cearense.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo deverá pedir anulação do jogo no Ceará por erro de direito

Segundo apuração do Blog São Paulo Sempre, o São Paulo deverá pedir a anulação da partida contra o Ceará. O motivo é a anulação do gol Tricolor no segundo tempo logo após o reinício da partida, em um claro um erro de direito cometido pela arbitragem.

 

Raí, diretor de futebol do São Paulo, considerou a anulação do gol um erro absurdo. O diretor falou nos microfones que o clube pedirá as gravações que determinaram a anulação, logo após a validação que fez o árbitro voltar atrás da decisão do auxiliar em levantar a bandeira. “Um erro de direito que tira a credibilidade da arbitragem mais uma vez” disse o diretor de futebol do São Paulo, após o final da partida.

 

O ponto que o clube se pega não é na jogada em si, até porque Pablo está em impedimento no primeiro lance, embora a bola resvalasse no zagueiro do Ceará. O ponto em discussão é a anulação após o reinicio do jogo. Pela regra, o árbitro não poderia ter tomado essa decisão.

 

Pela circunstância, podem ter certeza que esse erro renderá ainda muita coisa.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Ceará 1×1 São Paulo

Jogo decepcionante do São Paulo no Castelão. A equipe mais uma vez não fez por merecer a vitória e sai da capital cearense com um ponto. A briga continua nop Campeonato Brasileiro.

 

Foram apenas vinte minutos de bom futebol. Ótimo futebol, aliás. Mas depois disso apenas alguns arremates pontuais e muito toquinho para trás. A impressão que se teve foi que o time ganharia a partida a qualquer momento e mais uma vez uma grande chance de pontuar bem em um campeonato de regularidade foi jogada no lixo.

 

Ah, teve o detalhe do gol anulado, validado e novamente anulado depois do árbitro autorizar a saída do jogo. Sinceramente, espero que o São Paulo não recorra a justiça desportiva. Primeiro porque o horroroso Pablo estava impedido. Segundo porque o Tricolor tinha tudo para vencer com a bola rolando diante de um Ceará aguerrido mas muito limitado. Reivindicar alguma coisa depois do apito final, para mim, é choro.

 

Se sobrou incompetência para a arbitragem e principalmente para a Cabine do VAR nesta quarta no Castelão, também faltou bola, faltou sangue, faltou gana, faltou vontade de vencer ao São Paulo.

 

Nota dos personagens em campo:

 

Tiago Volpi – Salvou o São Paulo em duas situações de gol. Nota: 8,0

Juanfran – Lento no campo ofensivo. Nota: 5,0

Diego Costa – Autor do gol e de um cartão amarelo bizarro. Nota: 7,0

Léo Pelé – Partida regular, com algumas boas subidas ao ataque. Nota: 5,5

Reinaldo – Boa partida mas faltou melhores cruzamentos. Nota: 6,0

Luan – Saída de bola muito lenta. Na defesa, bem. Nota: 5,5

Dani Alves – Partida muito blasé, apesar dos passes certos. Nota: 5,0

Igor Gomes – Mais uma partida com pouca eficiência. Nota: 4,5

Gabriel Sara – Sem brilho. Nota: 5,5

Pablo – Pior em campo. Perdeu todas as jogadas. Nota 3,0

Luciano – Lutou bastante mas não conseguiu destaque. Nota 6,0

 

Vitor Bueno, Galeano e Tchê Tchê Nenhuma diferença. Nosso banco é triste.

 

Fernando Diniz – Fraquíssimo desempenho torna esse empate amargo, mesmo fora de casa. O time cansou? Muda antes. Mexeu mal o professor (apesar de eu achar os reservas bem fracos) Nota: 5,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Vai que é sua, Rojas!

O São Paulo reservou uma boa notícia para seus torcedores nesta terça-feira. O atacante Joao Rojas viajará com a delegação para o Nordeste e poderá ser relacionado para as partidas diante do Ceará e Bahia.

 

Seria o equatoriano o elemento que falta na composição do elenco ofensivo Tricolor? Carente de um velocista pelas pontas, Fernando Diniz só tinha o até então machucado Paulinho Boia para trocar o perfil de ataque do time na escalação ou durante as partidas. Pela superação das duas cirurgias e principalmente pela necessidade no elenco, a notícia da viagem de Rojas com a delegação é muito bem-vinda.

 

Todos os cuidados foram feitos para que o equatoriano retornasse aos gramados com força nas pernas e principalmente com a confiança necessária para a prática do futebol. Neste tipo de situação, às vezes o que mais falta ao atleta é confiança para executar os naturais movimentos de antes das lesões. Dá para entender que o jogador, hoje, está plenamente recuperado, faltando apenas o ritmo de jogo.

 

Acredito no jogador. Pode fazer a diferença no elenco.

 

Além de Rojas, o Tricolor relacionou o lateral Wellington e Antonio Galeano, atacante sensação da base. Já Bruno Alves não viajará por precaução: o zagueiro teve contato direto com uma pessoa infectada pela COVID19 e fica em observação em São Paulo. Brenner e Hernanes suspensos também ficam na capital mas viajarão para o jogo em Salvador.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.