E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2020

Elenco se concentrará em Cotia. Por que não mandar jogos do estadual lá?

O São Paulo irá para o CFA Laudo Natel, onde o elenco iniciará um período de isolamento e concentração até o início dos jogos do estadual. A ideia Tricolor é ir na quinta-feira é ficar no CT da Base em um período de sete a dez dias, dependendo do início do Campeonato, ainda sem data definida.

 

Cotia foi o local onde o clube fez a pré-temporada aos cuidados de Fernando Diniz. Boa pré-temporada, por sinal, que refletiu-se num bom condicionamento, menos lesões e evolução no início do ano. Por isso acredito ser certa a decisão de voltar as ‘origens’: o elenco terá condições de se preparar adequadamente para o retorno das competições.

 

Confira em detalhes a estrutura do CT de Cotia.

 

Uma questão que alguns torcedores me questionaram é a possibilidade do Tricolor mandar seus jogos, pelo menos os do Paulistão, no CFA, mesmo local dos treinos. Para quem não sabe, o espaço conta com um campo oficial, com arquibancada para 1.500 pessoas e 208 vagas de estacionamento. Como referência, o Real Madrid adotou o mesmo procedimento no retorno do futebol, mandando seus jogos longe do Santiago Bernabeu. A equipe principal mandará seus jogos até o fim da temporada no estádio dentro do seu centro de treinamento.

 

Caso fosse possível, seria uma boa ideia, já que as partidas não contarão com público. Cotia tem ótimas instalações e os jogadores estarão adaptados com o gramado e ambiente. O centro já recebeu jogos televisionados da base e seria um bom e econômico atrativo caso esteja adequado. O que você acha da ideia? Fato novo ou perde o charme do Morumbi, mesmo sem torcedor?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Retornos e novidades!

O elenco do São Paulo continua no CT da Barra Funda para o período de testes e avaliações físicas. Porém, o elenco desta terça-feira está reforçado com três atletas singulares: Dani Alves, Carneiro e Paulinho Boia.

 

Dani Alves foi liberado para se reapresentar em julho juntamente com outros jogadores mas já está no CT e participa das atividades. O jogador não preocupa na parte física, já que tem um ótimo histórico de treinos e bom cuidado alimentar.

 

Já Carneiro volta de suspensão por doping e também está com o grupo para o primeiro estágio antes do retorno ao futebol. O centroavante terá que correr atrás do tempo perdido e provar que não é uma mera promessa do futebol uruguaio, como pintou em seu período de contratação. O atleta conta com o aval de Fernando Diniz.

 

O terceiro é Paulinho Boia. Depois de empréstimos junto ao Portimonense e São Bento, o jogador foi reintegrado ao elenco Tricolor, também sob aval de Fernando Diniz. Paralelamente a isso, o jogador discute com o clube prorrogação de contrato por mais dois anos. O atual vínculo termina em dezembro.

 

Com característica de drible e velocidade, Paulinho é um dos poucos atletas com o perfil semelhante a Antony, que se desligará em breve do Tricolor. Fernando Diniz deve testá-lo na posição, juntamente com os outros atletas. Boia era tido como grande promessa por Luiz Cunha, ex-diretor de futebol do Tricolor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Não há motivos para preocupação!

Daniel Alves não se apresentou no CT da Barra Funda para início das atividades físicas e fisiológicas. Em acordo com a comissão técnica, ele e outros atletas têm reapresentação programada para julho, no início da nova pré-temporada. A apresentação tardia preocupou alguns torcedores, já que o jogador possui 37 anos.

 

Acredito que não há motivo para preocupação. Durante toda a carreira, Dani Alves sempre cuidou do aspecto físico e manteve a sua rotina de treinamento em casa durante todo o período de isolamento. Com base em recomendações da equipe de preparação física do clube, o jogador seguiu uma planilha de treinos que ocasionalmente divide com seus seguidores nas redes sociais.

 

O biotipo também ajuda muito nesse caso. Vale lembrar que Daniel Alves sempre cuidou da alimentação, mesmo nos períodos sem temporada. Durante toda a carreira, o jogador sempre se destacou nos clubes que atuou por voltar bem fisicamente das férias.

 

Considerado por Fernando Diniz o melhor atleta com quem ele conviveu até hoje, Daniel Alves vinha se destacando bastante em 2020. Ele entrou em campo em 11 confrontos, marcou cinco gols, deu 34 assistências para finalização e conseguiu desarmar o adversário em 32 oportunidades. Excelentes números.

 

Tudo leva a crer que Dani Alves voltará do mesmo modo como iniciou a pausa da pandemia. Assim como todo o elenco, o torcedor espera que ele continue fazendo a diferença que fez no início da temporada ao longo de todo o ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo sobrevive vendendo sua base. Precisa viver de outras receitas!

“Vai ser questão de sobrevivência.” Foi assim que Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, respondeu ao jornalista Paulo Vinícius Coelho (PVC) ao ser indagado sobre possíveis vendas de jogadores neste meio de ano.

 

Mesmo negando propostas oficiais por seus jogadores, o presidente do São paulo admitiu que, com crise amplificada depois da pandemia, o clube estará aberto a vender jogadores procurados pela Europa e outros mercados.

 

De fato, a crise do COVID19 desmoronou o planejamento de clubes no Brasil e no mundo, mas não pode ser e não é a única desculpa para mais um possível desmanche do elenco Tricolor. Sabemos que atualmente o mercado Brasileiro tem perfil exportador e muitas vezes atletas e empresários forçam a saída, mas se o São Paulo tivesse se planejado para gerar outras receitas além das vendas de jogadores e direitos de TV, essa questão seria muito, muito amenizada.

 

O Tricolor é a maior torcida do Brasil e o consumidor do futebol é muito, muito diferente do consumidor tradicional de insumos. Ele é leal ao seu clube e espera dia a dia por fidelização, para expor seu orgulho, sua paixão. É uma catequização eterna mas, infelizmente o Marketing do São Paulo está esfacelado, sem força para gerar receitas com comunicação, Sócio Torcedor e outras propriedades. Hoje em dia a pasta age mais como um setor comercial, segurando patrocínios e ‘vendendo copos’.

 

Sem geração de receita, a dívida aumenta. Essa, para mim, é a maior falha da gestão Leco: com a terceira maior torcida do país, não dá para o clube sobreviver somente da venda de seus atletas. O presidente teve anos para permitir a reconstrução do marketing. Com a futura mudança no modo de consumir futebol (o streamming caminha a passos largos para ser o new black no Brasil) é hora do clube dar um novo formato ao marketing, reintegrando a comunicação, tomando o plano Sócio Torcedor, se aliando com startups inovadoras e criando um grande hub de relacionamento com muito mais marcas e patrocinadores que o manto sagrado comporta, hoje em dia.

 

O mapa da mina é este e o futuro do São Paulo dependerá da reestruturação do marketing e geração de novas receitas junto ao seu público. Não tem desculpa: o próximo presidente precisará criar um plano diretor eficiente para o marketing!

 

Veja mais sobre isso no bate-papo que tive com o Amir Somoggi, sócio-diretor da Sports Value, agência de marketing esportivo. A conversa dura cerca de uma hora e está neste link em meu Instagram. Vale a audiência!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Agente vê ingratidão e pede uma chance para Gabriel Novaes no São Paulo

O jornalista Eduardo Rodrigues, do Globoesporte.com, atualizou a situação do atacante Gabriel Novaes. Com 21 anos, o jogador vive um grande impasse na carreira e não sabe ainda onde irá jogar.

 

Revelado na Base, artilheiro da Copinha 2019 conquistada pelo Tricolor e com contrato até o fim de 2022, Gabriel viveu uma passagem apagada na Espanha e recentemente esteve próximo de empréstimos com o Botafogo e a Chapecoense. Rodrigo Gonzaga, seu empresário, vê ingratidão do Tricolor e pede ao menos uma chance para o garoto no profissional pelo esforço que Gabriel Novaes fez para renovar o contrato com o clube antes de partir para o Barcelona B. Segundo Gonzaga, em fim de contrato, ele estaria livre para ir a Espanha na época mas não quis deixar o clube que o formou na mão, sonhando voltar e ser aproveitado pelo elenco profissional.

 

Apesar da vontade, o jogador não faz parte nos planos de Fernando Diniz e, deste modo, me vejo obrigado a apoiar a decisão do técnico e suas convicções. Ele também deve entender que o atleta precisa ganhar mais rodagem. Sem espaço no plantel, o São Paulo colocará Gabriel para treinar de forma separada dos atletas do elenco profissional e espera por interesse de novos clubes.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.