E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2020

Galeano e Maia (se ficar) deverão se consolidar no profissional em 2020

Os atacantes Antonio Galeano e Gustavo Maia deverão ser presenças constantes no elenco profissional do São Paulo em 2020. É o que disse o gerente Alexandre Pássaro em entrevista a rádio Transamerica no início da semana.

 

Com a confirmação da saída de Antony e a necessidade de rodar mais o elenco após a parada da pandemia, o gerente de futebol confirmou o acréscimo do elenco profissional com alguns atletas do elenco sub-20, incluindo Maia e Galeano. A intenção do São Paulo é promover um rodízio entre os jogadores nas competições a serem disputadas no que deve ser um apertado calendário para o restante do ano e evitar lesões por excesso de esforço físico em curtos espaços de tempo.

 

Gustavo Maia ainda poderá ser negociado com o Barcelona. O clube catalão pagou uma preferência de compra do jogador no início do ano e poderá exercê-la até o fim deste mês. Caso desista da negociação, o São Paulo ficará com ‘apenas’ seis milhões da preferência.

 

Além de Maia e Galeano, estão nos planos atletas como o zagueiro Fasson, os laterais Wellington e Lucas Sena, o volante Marcos Antônio e o atacante Juan. Todos eles estiveram na derrota do time para o Botafogo, poucos dias após a estreia do clube na Libertadores 2020.

 

Além da necessidade apontada acima, o clube também espera surgimento de mais um Antony, já que não fará nenhuma grande movimentação no mercado. A Exceção seria uma ou outra oportunidade de mercado, como algum bom jogador sem custos, ou um potencial emergente dos campeonatos regionais.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Há chance de Álvaro Pereira voltar ao São Paulo, mesmo de graça?

O lateral Álvaro Pereira, ex-São Paulo e seleção uruguaia, deu um depoimento sincero para o Globoesporte.com Ele disse em entrevista no quadro ‘GE Divide Tela’ que voltaria ao clube de graça e com salário baixo para encerrar a carreira. “É o clube do meu coração” – disse ele.

 

Com 34 anos, Álvaro se considera preparado para enfrentar a linha de qualidade do Tricolor. “Sei a exigência do São Paulo e sei que estou capacitado para essa exigência” – disse ele, confiante ao jornalista André Hernan. Além de contribuir dentro de campo, o uruguaio citou a experiência extra-campo para ajudar o clube a ser campeão.

 

Em tom bem humorado, o lateral pediu uma campanha da torcida para voltar ao clube. “Que façam campanha para que o Álvaro Pereira volte e que possa finalizar a carreira com a camisa do São Paulo” – finalizou Álvaro, brincando que seria muito, muito mais barato que Cavani.

 

Álvaro Pereira chegou emprestado da Internazionale e não chegou a completar o seu empréstimo, cedido ao Estudiantes mediante compensação financeira. Conseguiu perder a posição de titular para Carlinhos e alegou problemas pessoais para convencer o São Paulo a liberá-lo naquele momento. O motivo foi a mudança de presidente: Álvaro Pereira chegou no fim do mandato de Juvenal e consultou Aidar sobre a opção de compra de seus direitos. O novo presidente disse que não renovaria. “Eu não seguiria em um time onde não me queriam. Por isso a minha decisão de sair” – revelou, mesmo com insistentes pedidos de permanência até o fim do empréstimo por parte da comissão técnica.

 

O jogador também se envolveu em uma polêmica ao supostamente ofender o Tricolor em conversa com dirigentes para cavar um espaço no Corinthians, rival de cidade, no início de 2017. O jogador chegou a publicar uma mensagem no Instagram desmentindo as ofensas mas ao canal Torcedores.com confirmou o interesse em jogar na época pelo alvinegro e que apenas seu empresário teve contato com dirigentes do clube rival. Até hoje a história é mal explicada por todas as partes.

 

Eu acredito nas palavras do jogador mas não sei até que ponto a ajuda de Álvaro Pereira seria necessária neste momento, para o São Paulo. Respeito a história vitoriosa do lateral na Europa e na seleção uruguaia mas do São Paulo para cá ele não obteve destaque. Hoje Álvaro Pereira joga pelo River Plate… do Paraguai. Não vejo chance de retorno e a questão não seria financeira.

 

Você apoiaria a volta do uruguaio sob a batuta de Lugano e Fernando Diniz?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Maioria dos atletas quer volta dos campeonatos de futebol pelo Brasil

Uma pesquisa com mais de 700 atletas, realizada pela FENAPAF (Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol) em parceria com o SIAFMSP (Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo), mostrou que a maioria quer a volta das competições pelo Brasil.

 

No total, 68% dos atletas masculinos e femininos entre séries A, B, C e D disseram ser a favor do retorno, enquanto que 32% responderam ser contra a volta do futebol. O Globoesporte.com teve acesso a pesquisa e a divulgou em seu portal.

 

Segundo a pesquisa, o principal motivo para a volta é o financeiro, refletindo o duelo “saúde X economia” criado ultimamente nas redes sociais do país. Entre os atletas da série A, a disputa é mais equilibrada: 55% votaram na volta e 45% ainda são contra o retorno. Já nas séries B e C, o desequilíbrio é evidente: 74% são a favor da volta e 26% se dizem contra. Entre os atletas que querem o retorno das competições, 33% disseram que não gostariam de jogar, mas que precisam disso para voltar a receber salário. Também houve 24% que citaram a curta duração da carreira.

 

A maioria dos atletas que participou da pesquisa disse acreditar na estrutura oferecida pelos seus clubes, enquanto que 30% duvidam desta segurança. Os números são próximos do principal resultado da pesquisa, que mostra 68% dos atletas favoráveis à volta dos campeonatos.

 

Na minha opinião, hoje, ainda considero inviável a volta pela curva alta de infectados. Com o tempo e observando a curva, pode se prever a volta, com todos os protocolos necessários de segurança.

 

Você também pode responder se quer a volta dos campeonatos aqui:

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Reforço pós-pandemia?

O uruguaio Gonzalo Carneiro voltará a treinar pelo São Paulo. A decisão foi tomada pela diretoria do clube, amparada pelo técnico Fernando Diniz e seu departamento de futebol.

 

Contratado por influência de Diego Lugano, Carneiro chegou ao Tricolor em 2018 com uma pubalgia. O atacante demorou para se recuperar, participou de alguns jogos e não convenceu o torcedor até agora. Flagrado em exame antidoping por uso de cocaína no Paulistão do ano passado, ele foi punido com dois anos de suspensão, pena que foi reduzida recentemente para um ano. Seu contrato estava suspenso pelo clube mas, com a nova chance, ele será observado pelo técnico Tricolor.

 

Como disse na linha anterior, Carneiro ainda não fez nada que deixasse o torcedor otimista, tampouco é uma promessa, mas pode ser mais um na lista de recuperados de Fernando Diniz. Com formação em psicologia, Diniz foi um dos responsáveis pelo retorno do bom futebol de Pato e pelo encaixe de Tchê Tchê e Daniel Alves na equipe.

 

Com 24 anos, Carneiro se mostrou feliz pela redução da pena e liberação para jogos mas sabe que terá que provar valor em um período considerado curto, afinal seu contrato vencerá no dia 31 de março do ano que vem.

 

Você também pode dar sua opinião na enquete abaixo:

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

CBF define: teremos estadual!

Os estaduais serão finalizados, mesmo sem data para recomeçar. Essa foi a decisão da CBF diante do impasse de calendário gerado pela pandemia do novo Coronavírus. Além desta decisão, o Brasileirão a princípio será estendido para todo o mês de dezembro, podendo até se alongar até o início do ano que vem.

 

Segundo o jornalista Robson Morelli, do Estado de São Paulo, seis datas separarão o Campeonato Paulista de seu campeão. Das seis datas, duas serão usadas para finalizar a fase de grupos e definir rebaixamento. Ainda segundo o jornalista, até hoje não foi cogitado por nenhum estado brasileiro a possibilidade do campeonato acabar sem rebaixados.

 

Independente de quando começarão os jogos (e isso deve ser uma decisão técnica, baseada na questão de saúde) penso que a finalização do torneio seja uma boa para o São Paulo. Mesmo tendo que começar a preparação praticamente do zero, o clube parou em alta e a tendência é que mantenha vantagem sobre a maioria dos seus oponentes por ter mantido o técnico e elenco. Em tese, a volta do Tricolor seria melhor que a volta de clubes que ainda não se encontraram desde o início do ano.

 

Os jogadores já iniciaram os treinamentos, cada um em sua respectiva casa. Agora a ordem é aguardar a autorização das entidades de saúde, que não devem abrir o jogo para antes de meados de junho, e esperar que a evolução apresentada nos últimos jogos se confirme a favor do Tricolor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.