E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Dica do Perrone

Made in Cotia: ouça a música criada em homenagem a molecada do São Paulo

Todo torcedor sabe que o São Paulo tem uma enorme tradição na formação de jovens talentos no futebol brasileiro. O Centro de Formação Laudo Natel, em Cotia, é um verdadeiro ‘celeiro de craques’ lapidados anualmente pelo clube.

 

Inspirado nessa história de sucesso, o músico e são-paulino Giancarllo criou uma música em homenagem aos meninos revelados pelo Tricolor. “Made in Cotia” conta a história de um garoto que é descoberto na várzea e é convidado para jogar na base do São Paulo Futebol Clube. Na música, um ‘rap old school, Giancarllo empurra o garoto para o estrelato, buscando inspirar outros jovens a correr atrás desse sonho.

 

“Essa música eu compus misturando duas paixões e dois sonhos, quando moleque eu vivi tudo isso que conta na música, esse sonho essa esperança de fazer teste num clube, de ser jogador de futebol, ser descoberto e jogar no clube do seu coração. Sou São Paulino fanático e juntei tudo isso numa canção, bem “rap” mesmo, uma história, uma música que tem início meio e fim não tem refrão. Minha ideia é inspirar jovens a conquistarem seus sonhos, lutar por aquilo que se busca e, porque não, inspirar também os garotos que jogam na base de Cotia do meu amado Tricolor?”Disse Giancarllo ao portal Rodie Music.

 

 

A música “Made in Cotia” tem participação especial do blogueiro Daniel Perrone e está disponível nas principais plataformas de streaming do Mundo, podendo ser ouvida no Spotify através do link abaixo:

 

 

Conheça mais o trabalho de Giancarllo nas suas redes sociais:

 

Site: https://www.giancarllo.com/
Instagram: https://www.instagram.com/giancarll0/
Youtube: https://www.youtube.com/giancarllo
Spotify: https://open.spotify.com/artist/6bSr9meUFnqQYd205UYNKp

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo de Alex entrega quatro atletas ideais para testes no profissional

O São Paulo está nas oitavas de finais da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2022. Mais que isso, o time comandado por Alex tem condições de entregar ao menos quatro atletas ideais para serem testados por Rogério Ceni no elenco profissional. Vejam eles:

 

1) Beraldo

O zagueiro canhoto é conhecido por sua boa técnica, precisos passes e lançamentos eficientes. É um jogador que poderia suprir bem a lacuna do tal “zagueiro canhoto” que o clube tanto procura no mercado.

 

2) Nathan

Lateral direito de grande vigor físico, Nathan é apadrinhado pelo pentacampeão Cafú e seria boa alternativa para a reserva de Rafinha, inclusive sendo mais produtivo que o reserva Igor Vinícius.

 

3) Pablo

O volante é um dos mais experientes do elenco. Não é a toa que Pablo é capitão da equipe formada por Alex para jogar a Copinha. Apesar de ser o “mais preparado” pela idade, o setor que atua é o mais bem servido no profissional.

 

4) Caio

O mais jovem de todos, o menino das caretas talvez seja o maior diamante a ser lapidado. Possui bom passe, ótima velocidade, faro de gol e os “ombros” de outro ídolo da torcida Tricolor: o ex-atacante Müller. Seria mais uma opção de velocidade para Ceni na temporada, em um dos setores mais carentes do elenco profissional. Fata-lhe mais musculatura.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo conta com apadrinhado de Cafu em caso de nova crise na direita

Problemas no acordo com Dani Alves? Orejuela contratado sem jogar? Igor Vinícius ainda não correspondendo de acordo com o esperado? O São Paulo pode viver em breve mais um problema na sua lateral direita.

 

O setor é bastante problemático desde as saídas de Cicinho e Ilsinho do clube. Douglas, que atuou até no Barcelona, sempre foi muito criticado e de lá para cá vários nomes passaram pela direita sem o devido e esperado sucesso.

 

Quando menos se esperava, veio Dani Alves, o maior vencedor da história do futebol, recebido por milhares de torcedores no Morumbi. Com a camisa dez, o jogador atuou quase toda a temporada de 2019 no meio-campo devido a problemas no setor (Liziero machucado, Nestor acertando novo contrato e Igor Gomes em baixa) e, agora na lateral, um novo imbróglio, desta vez financeiro: segundo o jornalista Jorge Nicola, a possibilidade do atleta não aceitar o novo acordo com a diretoria é grande e o contrato pode ser rescindido no final do ano.

 

O colombiano Orejuela deveria ser o nome natural para substituir Dani Alves em caso de saída mas não vem atuando e muitas vezes nem no banco fica, ainda mais agora com o alto número de estrangeiros e a limitação nas súmulas do Brasileirão e Copa do Brasil. Igor Vinícius, aposta a custo baixo vindo da Ponte, também ainda não decolou e divide opiniões entre os torcedores.

 

Enquanto o setor vive mais um período de instabilidade, um novo lateral direito surge vindo de Cotia. O nome dele é Nathan. Destaque do Sub20 e ‘apadrinhado’ pelo pentacampeão Cafu, o jovem tem como características a força física para defender e atacar com fôlego velocidade. Os treinamentos com o profissional (Nathan estreou no Paulista e estava inscrito na Libertadores) chamaram a atenção de Muricy Ramalho. O coordenador do Tricolor recentemente citou Nathan em uma live promovida pelo Arnaldo e Tirone, no Youtube.

 

 

Perrone vídeos: de olho no Nathan!

 

Por enquanto, o jovem é apenas mais uma promessa para o futuro mas não me espantaria em vê-lo com muito mais chances no ano que vem, no Paulistão, por exemplo. Do jeito que as coisas podem caminhar na lateral, Nathan poderá ter espaço e oportunidades para mostrar que pode ser a solução no setor mais zicado dos últimos anos.

 

De olho nele!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Kwai
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Comprei o Roku e… é sensacional!

Antes de mais nada, o que você vai lerá não é um publieditorial. Ou seja, o post não foi pago e a minha experiência é 100% natural. Estimulado pelo anúncio do novo patrocinador do São Paulo FC e curioso por tecnologia e cinema, resolvi comprar o Roku e experimentar o aparelhinho na minha TV para ver qual que é.

 

Sou um grande amante de cinema e bom consumidor de TV a cabo, mas em relação a streaming, tenho a mesma experiência de muitos dos meus seguidores: sei quase nada. Bom, vamos lá! Comprei meu aparelho nas Americanas.com (lembrem-se: não é publi!) porque achei o preço bem acessível (R$ 229,99) e com mais R$ 9,90 o produto viria em até 3 horas na minha casa (São Paulo Capital). Dito e feito: o Roku chegou em menos de 3 horas após a aprovação da compra.

 

Antes de iniciar, este é meu perfil: tenho uma SmarTV Samsung mas não última geração e por ela costumo acessar basicamente o Youtube, em streaming. Como assino a NET, vejo os canais a cabo (Telecine etc), a Netflix pelo canal 680 e o futebol do Premiere, também por assinatura. A ideia era entender se o Roku agregaria algo a mais no meu dia a dia de TV e, se não agregasse, eu teria os sete dias de direito de consumidor para devolver.

 

A instalação do Roku foi muito fácil; do tipo “se eu consegui, até o mais Mané em tecnologia conseguirá”. De primeira já percebi que a promessa seria maior que apenas transformar a TV em uma Smart de verdade (a premissa da empresa). Com o Roku fica todos os canais em um lugar só e minha impressão é que o acesso ficou veloz que o acesso da Smart. Além dos canais que já vem “de fábrica” Netflix (tenho assinatura), Prime Video, Youtube, baixei o Spotify e AppleTV (tenho assinaturas), o HBO Max e o Globoplay (pretendo assinar). Além deles, já baixei canais gratuitos como o Pluto.tv, Canais de Turismo (Japão, Vegas, Europa) e canais streaming de música dos anos 80 e Heavy Metal. Por exemplo, o canal de Metal passa videos aleatórios da época de ouro do estilo musical, um atrás do outro. Já vi Judas Priest, Iron Maiden e Antrax e me lembrou o tempo que eu gravava vídeos das bandas de metal com os amigos, em VHS, de programas como o Realce e o Som Pop, no começo dos anos oitenta. Nostalgia demais e se tem aparece alguma porcaria, dá para avançar para o próximo.

 

Gostei bastante e acho que para quem curte streamming e quer colocar todos os canais numa área só, é uma mão na roda. Basta ter uma boa Internet que dá para fazer a festa sem perder qualidade nem legendas bizarras mas, lembre-se: não é uma IP TV. Meu próximo desafio é achar canais com cult ou pop movies legais dos anos 80 e 90 mas que não passam tão fácil nos canais convencionais a cabo. Resumindo: quero achar novos “Telecines Cult”.

 

Quem se interessou e quer saber como funciona, instala e opera de uma maneira muito mais profissional que o meu relato, segue um vídeo bem didático e bem explicado do são-paulino Paulo Pontes, autor do Canal Universo Tecnológico:

 

 

É isso. Gostei demais do produto do nosso novo patrocinador, não devolverei e acho que servirá para muita gente que procura baratear os serviços de TV a Cabo sem recorrer a tentação (e muitas vezes a roubada) do ‘GatoNet’. Para quem não tem SmarTV então, é perfeito… Para mim, o Roku entregou bem mais que prometeu. Aprovado!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Novo uniforme goleiro SPFC

A Adidas lançou  novo uniforme de goleiros do São Paulo para a temporada 2021/2022.

 

A camisa começará a ser comercializada à partir desta quarta-feira na loja oficial da marca alemã e posteriormente nas lojas São Paulo Mania e redes de varejo do Brasil. O goleiro Tiago Volpi estreará o uniforme nesta quinta-feira, na partida diante do Rentistas, às 21h, pela Libertadores.

 

 

Achei o modelo bonito. Com tons de cinza, detalhes em vermelho e as tradicionais listras brancas nos ombros, ela é uma leitura moderna do anseio de muito torcedor, principalmente mais jovem. O calção segue a padronagem da camisa, causando um efeito interessante. Vale inovar neste tipo de peça de goleiro, embora eu também goste muito das versões ‘básicas’ com uma cor e sem tantos detalhes.

 

Agora, essa referência “Gilmar Rinaldi anos 80” é conversa para boi dormir. O modelo segue a série de templates de camisa de goleiro pelo mundo, conforme mostrado nesta matéria da Footy Headlines. Bayern, Manchester United, Juventus, Real Madrid, Arsenal… todos tem o mesmo tipo de template. Encontraram uma oportunidade e criaram o discurso histórico.

 

 

Claro que este fato não impede a camisa ser bonita e agradar muita gente. O valor? Como sempre, salgado para a maioria absoluta dos torcedores brasileiros: R$ 279,99. A segunda camisa Tricolor ainda não tem previsão de lançamento.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.