Gritos homofóbicos: se o São Paulo for punido, que outros também sejam!

O Globoesporte.com anunciou: a procuradoria do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) de São Paulo denunciará o São Paulo por causa dos gritos homofóbicos da torcida, que gritava “bicha” quando o goleiro Cássio, do Corinthians, chutava a bola durante o clássico do último domingo.

 

Ainda de acordo com o portal, o Tricolor será enquadrado no artigo 243-G e, caso seja penalizado, perderá três pontos no torneio.

 

Acho justo que o clube seja advertido ou até denunciado nesta nova era do futebol, onde os gritos homofóbicos são crime. A lei existe é para ser cumprida, dentro e fora de campo. O problema é que a torcida da ‘vítima’ dos gritos em questão também usa gritos homofóbicos contra o São Paulo em seu estádio e nunca foi penalizado em Itaquera. O mesmo acontece no Allianz Park, na Baixada Santista e no Maracanã, só para citarmos alguns exemplos.

 

Caso seja penalizado, o Tricolor será o primeiro a pagar por atitudes que todos os torcedores de outros clubes cometem, mesmo com os insistentes pedidos para não usar de procedimentos homofóbicos emitidos pelos microfones do Morumbi durante todo o jogo.

 

Vale ficar de olho nessa possível punição e nas atitudes semelhantes em outros locais.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.