Search Results For : História

Um recomeço para Jean

Jean já tem destino certo em 2020: o goleiro, envolvido em um caso de agressão a esposa durante as férias, foi emprestado ao Atlético-GO e já está se encontra em Goiânia para iniciar os treinamentos junto ao novo clube.

 

O goleiro tem contrato com o São Paulo até 2022 e, caso rescindisse o vínculo sem justa causa, o clube teria de arcar com a multa do contrato. A saída foi o empréstimo, já que o goleiro não jogaria mais no Tricolor.

 

Jean tem que dar graças a Deus de ter um recomeço no Brasil, amparado pelo presidente do Dragão, Adson Batista. “Entendemos que é um grande atleta e que merece ter uma nova oportunidade na vida. Todos nós erramos, mas vamos dar o respaldo a ele.” – disse ao Globoesporte.com

 

Jean ainda passará por todo o processo que envolve a sua atitude em Orlando, mesmo que sua esposa não queira mais apresentar queixa, com grandes possibilidades de pagar uma pena que só cabe a justiça julgar. Que o caso sirva de exemplo para todos que creem que a violência é saída para resolver conflitos de qualquer natureza.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Luan zagueiro e Tchê Tchê lateral: Diniz treina atletas ‘multifunção’ no elenco

Quem observou o treino desta segunda-feira percebeu um treino tático com algumas variações. Em algumas situações do treino, Tchê Tche treinou funções de lateral, ao lado de Dani Alves, Juanfran e Igor Vinícius, e em outra situação, o volante Luan atuou como zagueiro.

 

A função não é estranha a Tchê Tchê. Em 2018, diversas vezes ele fez as vezes de lateral sob o comando de Cuca. Já a ideia de Luan também não é tão inédita assim. O jogador chegou a ser recuado no final do ano passado, sob o comando do próprio Diniz.

 

Não, a tendência não é termos os dois exercendo as funções como titulares mas sim amplificar o leque de jogadas em situações onde possam acontecer expulsões ou dificuldades táticas. Dois exemplos recentes de atletas ‘multifunção’ foram Richarlyson e Thiago Mendes. Na base há um atleta com essas características: o jovem Diego.

 

São situações importantes, que servem para uma boa pré-temporada.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tricolor inicia ano de eleição com vice suspeito de vazar documentos!

O ano de 2020 marca, além das usuais competições do futebol e outros esportes, a corrida para a sucessão da presidência do São Paulo Futebol Clube. Como a grande maioria das associações ‘sem fins lucrativos’ organizadas por chapas políticas, o ano promete ser conturbado até a votação final que elegerá o novo mandatário do clube, no final de fevereiro.

 

Porém, em especial, o ano político do São Paulo começou mais cedo. E de forma grave. O Portal UOL, através dos jornalistas Ricardo Perrone e José Eduardo Martins, publicou uma grave situação envolvendo o clube, seu vice-presidente Roberto Natel. O vice é suspeito de vazar informações para um hacker que negociava com o clube o recebimento de valores para não divulgá-los publicamente.

 

Natel nega autoria dos vazamentos e disse ao UOL que entende que houve uma armação para que o clube o expulse mas, segundo apuração do portal, especialistas na área de crimes cibernéticos construíram uma ‘armadilha’ que comprovou que documentos sigilosos enviados ao hacker de fato saíram de seu computador. Há também um levantamento técnico que diz que a rede do clube não foi invadida, o que torna o fato ainda mais grave. Mais detalhes na matéria do UOL.

 

É caso de polícia, perícia e investigação profunda. Não sou da área criminal e não costumo comentar este tipo de teor sem fatos ou provas, mas a situação é delicada e graças ao UOL temos mais detalhes sobre a gravíssima suspeita. O que dá para dizer é que, conhecendo os bastidores e o modo como a política de clube é desenhada dia a dia no São Paulo, eu não duvido de nenhum tipo de situação, seja ela vazamento, armação ou qualquer outro tipo de atitude ilícita.

 

Vale ressaltar que, enquanto o caso é investigado, todos os envolvidos são suspeitos e não culpados. O ‘lado bom’ (se é que tem lado bom nisso) é que as investigações foram conduzidas sob absoluto sigilo e, pelo que o UOL descreveu, rigor técnico. Que a perícia informe o que de fato aconteceu, que os culpados sejam severamente punidos perante a lei e que o ano eleitoral seja conduzido da menos pior forma possível no Tricolor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Juanfran e Igor Vinicius: os dois titulares da lateral direita Tricolor!

O segundo dia de treinos no Centro de Formação de Atletas foi marcado por bastante cumprimentos ao lateral direito Juanfran. O espanhol completa 35 anos nesta quinta-feira com muito carisma e um certo ‘algo a provar’ pessoal.

 

Com rodagem na seleção espanhola e bastante prestígio no clube que o projetou no cenário internacional, Juanfran faz parte de um setor há tempos muito carente no Tricolor. Hoje em dia a lateral direita é servida por ele e Igor Vinícius; dois atletas com idades e estilos diferentes. O veterano compõe melhor a linha de quatro defensores e, apesar de não fazer o corredor constantemente, sobre em momentos oportunos. Conhece os atalhos. Já Igor, recém comprado do Ituano, é velocista e muito promissor.

 

Quem ganha com os dois perfis é Fernando Diniz. O treinador tem como montar ou variar taticamente o jogo, de acordo com o resultado ou a necessidade dele. Mesmo assim, vejo nas redes sociais e em grupos de whatsapp gente que torce o nariz para o veterano. Penso que Juanfran ajuda além das boas participações nos jogos. É referência de currículo e conduta. O valor agregado compensa. As condecorações que recebeu em dezembro no estádio do Atlético de Madrid mostram a dimensão do jogador que temos passando por aqui. Detalhe: não está a passeio.

 

Penso que Juanfran e Igor Vinicius se alternarão durante a temporada, ora pelo estilo, ora por eventuais ausências por contusão ou cartão. São dois titulares. Dani Alves, o lateral da seleção, deve consolidar o jogo mais adiantado, na segunda linha. É o que já fazia desde os tempos de Barcelona.

 

Finalmente, há esperança no lado direito. Feliz cumple, Juanfran!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Pato, Everton, Helinho e Toró iniciam disputa por vaga de Antony em Cotia

O elenco Tricolor já está em Cotia e iniciaram a temporada nesta quarta-feira. As ausências, tirando Jean, são de Igor Gomes e Antony. Os dois treinam com a seleção Sub 20 visando o Pré-Olímpico.

 

Deste modo, quatro jogadores iniciam a disputa pela vaga aberta no ataque Tricolor. São eles: Alexandre Pato, Everton, Helinho e Toró.

 

Pato é disparado o mais cotado pela torcida. O atleta chegou no final de março da China e uma série de dificuldades físicas o impediram de ter uma sequência importante na equipe. O jogador conta com o apoio de Diniz mas sabe que não ganhará a concorrência com o nome, por isso fez questão de treinar aos olhos dos torcedores nas redes sociais para mostrar que está focado em mudar a condição de reserva, adquirido no final do ano.

 

Everton é outro que conviveu com muitas lesões em 2019. Com um problema ligamentar no joelho direito, o meia-atacante não atua desde o dia 25 de setembro e ainda não jogou sob o comando de Diniz, mas nesta reapresentação esteve com o grupo normalmente no gramado, sinalizando que está em condições, porém sua área de atuação é no lado direito (onde fica Vitor Bueno) ou fazendo o meio-campo.

 

Já os jovens Helinho e Toró, opções de mais mobilidade que Pato e Everton, precisam provar nos treinamentos que tem condições de preencher a vaga de Antony. Toró foi mais um castigado pelas lesões e joga mais pelo lado esquerdo. Já Helinho, que trabalha no lado direito, teve um 2019 para esquecer. Cotado para ser titular no inicio do ano, o atleta caiu de produção e viu o companheiro de base Antony tomar-lhe o lugar após vencer a Copinha.

 

Eu apostaria no potencial de Pato para a vaga. Iniciar o ano no estadual pode ser bom para ele e para o São Paulo, mas só os treinamentos dirão quem iniciará a temporada ao lado de Pablo e Vitor Bueno, praticamente garantidos na equipe.

 

Há uma enquete no Twitter perguntando ao torcedor sobre quem sairá na frente para a vaga no ataque. As opções são as citadas no post. Responda você também a enquete:

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.