Silêncio do empresário de Wellington em negociação incomoda o São Paulo

O São Paulo está a procura de um lateral esquerdo. Além de reforçar o setor, o clube entende que a situação de Wellington, seu titular, atualmente está bastante complicada.

 

Carlos Belmonte, diretor de futebol do clube, esteve em live no canal Arnaldo e Tironi e deu mais detalhes sobre a situação, e a opinião da instituição. Segundo ele, a dificuldade é com o empresário do jogador, já que o clube apresentou a quinta proposta para renovação de contrato.

 

“Temos sentido uma grande dificuldade. É um grande jogador, muito importante, tem muita qualidade, é comprometido, trabalhador, mas não tenho sentido por parte do empresário interesse na renovação.”– declarou Belmonte ao canal Arnaldo e Tironi.

 

O diretor disse que o clube mexeu em todas as propostas enviadas mas não tem um retorno sobre o que deve mexer para satisfazer o interesse do representante de Wellington. Segundo Belmonte, não há da parte do empresário um movimento de “sobe um pouco ali” ou “pega mais luva”, naturais de uma negociação.

 

Na minha opinião, é o silêncio do empresário de Wellington que incomoda o São Paulo. O clube pretende avançar na negociação mas trava na falta de resposta. Vale lembrar que no ano passado o São Paulo quase negociou Wellington com a Rússia. A transferência não foi concluída por conta do encerramento da janela. O episódio certamente criou a “rusga comercial” entre o empresário e o clube.

 

Outra opinião: assim como muitos jogadores profissionais do Brasil e mundo, Wellington deixou o caso totalmente com o seu empresário, focando o seu trabalho totalmente dentro de campo. Aconteceu por exemplo com o ex-jogador Amoroso que não tratava de negócios extra-campo na época em que atuava dentro das quatro linhas.

 

De fato, desde que subiu no profissional e na época da base, Wellington tem se mantido um jogador dedicado e comprometido com o São Paulo, mas ao meu ver poderia interferir na negociação. A torcida em sua maioria gosta do jogador.

 

Belmonte ainda reforçou a atual distância entre o que o clube paga e o que o empresário quer e disse poder dar direção a novos horizontes, em caso de incompatibilidade total entre as partes.

 

“Os valores seguem irreais para o São Paulo. Normal, estamos falando de um negócio. Vamos tentar chegar a um lugar comum. Se não conseguirmos, vamos procurar desde já alguém para nos agregar.” – finalizou o diretor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Para ver as camisas Tricolores na loja clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Whatsapp
Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.