E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : São Paulo FC

Tabelinha entre TRI Mundiais!

Caça ao Coelho América e São Paulo encerram a 33ª rodada nesta segunda-feira, às 20h no Independência. Olhando para baixo da tabela, os resultados foram bons para o Tricolor: Cruzeiro perdeu e Figueirense, Vitória e Internacional empataram. Isso é, mesmo com um resultado ruim ainda estamos relativamente confortáveis em relação a degola. Olhando a parte de cima, ganhando do Coelho e ganhando o clássico no sábado, não só matamos o Z4 como podemos sonhar alto. Hoje é dia de arriscar, Ricardo Gomes!

 

Cruzeiro quer Thiago Mendes A Raposa não vai ceder tão facilmente William Bigode para o São Paulo. Segundo o Lance! o clube mineiro só aceitará ceder o seu atacante em troca de Thiago Mendes. Acho bem ruim a proposta. Por mais que Thiago não tenha feito uma boa temporada neste ano, ele tem potencial para crescer novamente em 2017. É só colocar a cabeça no lugar que bola ele tem.

 

Black November! A São Paulo Mania baixou ainda mais os preços no seu “Black November”, que começou um dia antes do esperado. A camisa São Paulo Celeste ficou R$ 10,00 mais barata e agora está custando somente R$ 69,90. As camisas 2016|2017 #1 e #2 estão custando R$ 129,90 cada (tem linha feminina também). Clique aqui para ver mais ofertas da loja oficial do clube na internet.

 

Fabuloso Luis Fabiano esteve no CT da Barra Funda neste fim de semana. Liberado na China, o jogador, que marcou 23 gols em 29 jogos com a camisa do Tianjin Quanjian, rescindiu seu contrato e aguarda propostas para jogar no ano que vem. O São Paulo não irá contar mais com os serviços do segundo maior goleador de sua história. Um conselho: Luiz, volte para a sua casa, a Ponte Preta e finalize lá sua boa carreira.

 

Dica e hoje Você sabia que existe bola oficial do São Paulo, desenvolvida pelos sua patrocinadora, a Under Armour? Segue link da bola para compra. Um produto que fidelizará ainda mais a criançada tricolor.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Como seria o seu “pior São Paulo de todos os tempos”?

Nação do Maior do Mundo;

 

A zoeira é sem limites e o desafio está lançado: que tal escalarmos o pior São Paulo que eu vimos jogar na formação dos dias de hoje, isso é, no 4-2-3-1.

 

Comecei a assistir o Tricolor no início dos anos oitenta, portanto, daqueles que vi jogar, a minha escalação do pior do pior seria Alencar, Saavedra, Paulão Desmaio, Reginaldo Cachorrão e Lino. Picón, Carabali e Sierra. Rondón, Sandro Hiroshi e Dill.

 

Como dizia o velho Durvalino, do Asa de Águia na saudosa dança do vampiro: “ÔÔÔÔ… QUE TERROR!” Alencar é ‘hour concour’ entre as traves: entrou no lugar de Rogério Ceni num Vasco x São Paulo e tomou sete gols numa só paulada. Nunca mais jogou, coitado.  Saavedra foi lateral sem nunca ter sido, ou melhor, sem nunca ter jogado. A dupla Paulão Desmaio/Reginaldo Cachorrão foi um dos ícones do trash são-paulino. Paulão desmaiou na própria apresentação. Lino não dava nem para vaiar. O meio com Picón e Carabali seria o supra sumo do mundo bizarro. Sierra chegou de helicóptero e deve ter voltado para o Chile de Kombi. E esse ataque, meu Deus? Rondón quase me fez ir até a Venezuela para tentar a carreira de jogador de futebol. Sandro Hiroshi teve o caso da adulteração da idade e praticamente sumiu do futebol e, finalmente Dill… esse foi o artilheiro de um gol só. Teve até bolão na arquibancada para acertar quando ele iria fazer o primeiro gol com a camisa do Maior do Mundo… Dramático!

 

Qual seria o seu ‘pior São Paulo” no 4-2-3-1? Comente aí no blog!

 

Ah, faltou o meu técnico… coloca o Oswaldo de Oliveira aí e vamos que vamos!

 

Boné New Era SPFC em promoção: R$ 54,99 na Netshoes.
Camisa SPFC Celeste azul em promoção: R$ 49,99 na Netshoes

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Como seria o seu “melhor São Paulo de todos os tempos”?

Nação do Maior do Mundo;

 

Assistindo o futebol de hoje e lembrando como eram nossos ídolos do passado, fiquei pensando como seria o melhor São Paulo que eu já vi jogar na formação dos dias de hoje, isso é, o esquema 4-2-3-1.

 

Comecei a assistir o Tricolor no início dos anos oitenta, portanto, daqueles que vi jogar, a minha escalação no 4-2-3-1 seria Rogério Ceni, Cafú, Oscar, Darío Pereyra e Júnior. Mineiro, Josué e Raí. Muller, Careca e Zé Sérgio.

 

Imagina esse time jogando bola com esse paredão formado pela melhor dupla de zagueiros que eu vi jogar, amparada pelo maior ídolo Tricolor de todos os tempos debaixo das traves num “dia de final contra o Liverpoool”. Dois laterais que avançam e marcam os 90 minutos, uma dupla de volantes pegadores e um camisa dez de verdade, dinâmico e goleador. O meu ataque? Muller de um lado e Zé Sérgio de outro, mandando bola para um dos melhores centroavantes que o Brasil já viu: Careca. Seria um sonho, não?

 

Qual seria o seu ‘melhor São Paulo” no 4-2-3-1? Comente aí no blog!

 

Ah, faltou o meu técnico… Telê Santana, é claro!

 

Boné New Era SPFC em promoção: R$ 54,99 na Netshoes.
Camisa SPFC Celeste azul em promoção: R$ 49,99 na Netshoes

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Michel Bastos não joga mais no clube. Decisão foi da comissão técnica.

Nação do Maior do Mundo;

 

Michel Bastos não  jogará pelo São Paulo Futebol Clube.

 

Apesar de integrar o elenco e continuar treinando, Ricardo Gomes não irá mais utilizá-lo no restante da temporada. Tratado como uma contratação de peso (Ataíde Gil Guerreiro chegou a chamá-lo de craque, antes do Tricolor anunciar sua vinda) a torcida jamais perdoou a atitude de mandá-la ‘calar a boca’ após a comemoração de um gol e a relação nunca mais foi normal. O comportamento extra-campo contribuiu para que Michel se tornasse ‘persona non grata’ para a maioria da torcida.

 

Segundo o Globoesporte.com a diretoria não irá afastar o jogador de suas obrigações no CT porque considera que a situação de Michel Bastos não afeta o elenco, isso é, não há problema entre ele e os jogadores. Além do mais, afastar o atleta significaria desvalorizá-lo no mercado.

 

O ideal seria vendê-lo para a Europa, Arábia ou China e monetizar com a negociação, já que Michel tem contrato até o fim de 2017. Caso contrário, uma troca seria boa também, desde que haja um outro jogador que interesse ao clube. Palmeiras, Cruzeiro e Santos demonstraram interesse pelo polivalente meia. O Cruzeiro teria William Bigode para oferecer. Que jogador teria Santos e Palmeiras?

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Por que Borja, atacante do Atletico Nacional, não veio para o São Paulo?

Nação do Maior do Mundo;

 

Miguel Borja, atacante do Atletico Nacional, vem encantando a América Latina com muito futebol e gols. O algoz do Tricolor na semifinal da Libertadores está deitando na Sulamericana, inclusive com os três gols que eliminaram o Coritiba da competição. Um deles, uma verdadeira pintura.

 

Ainda completamente desconhecido, o atleta foi oferecido ao São Paulo no início deste ano. Borja atuava pelo modesto Cortuluá, clube colombiano. Na época, o Tricolor contava Alan Kardec, Rogério (que hoje está emprestado ao Sport), havia acabado de contratar Kieza e estava em vias de acertar com Calleri por um valor muito bom. Calleri na época era uma oportunidade e o clube optou por contratá-lo ao invés de apostar no colombiano. As pífias assagens de Borja no exterior pesaram na decisão. O jogador passou pelo Livorno (ITA) e Olimpo (ARG), sem nenhum destaque. Seria mais um ‘Pabón’ no CT da Barra Funda. Já Calleri chegou do Boca Jrs com ótimo cartaz.

 

São coisas do futebol. Do início do ano até o meio do ano Borja se destacou no Cortuluá, com 17 gols em 21 jogos e despertou a atenção do então rival da Libertadores. Borja acertou com o Atletico Nacional por cerca de R$ 6,5 milhões e fez a festa no Morumbi e em Medellín, com quatro gols em cima do Tricolor. Bola dentro dos colombianos. Ouso dizer que, sem Borja, o Atletico Nacional não seria campeão da Libertadores.

 

O problema do São Paulo não foi perder a chance de ter Borja no início do ano. Foi perder Kieza (com a chegada de Calleri), emprestar Rogério (a pedido dele), e vender Kardek sem as reposições necessárias, ainda sabendo que Calleri não permaneceria no segundo semestre. O clube trouxe apenas Chavez, que pode jogar de centroavante mas não é sua posição original, e a ainda as incógnitas Gilberto e Ytalo, que pouco jogaram.

 

A consequência? O clube é um dos piores ataques do Campeonato Brasileiro de 2016.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.