Search Results For : Opinião

Líder histórico em assistências, Ganso pode voltar ao Brasil em 2019

Paulo Henrique Ganso pode voltar ao Brasil em 2019. É o que diz o jornalista Jorge Nicola em seu blog no Yahoo. O jornalista inclusive citou em seu texto que o Tricolor poderia estar por trás dessa repatriação.

 

Com direitos presos ao Sevilla e atualmente emprestado ao modesto Amiens, da França, Ganso pode dar fim a experiência francesa ainda neste final de ano. Segundo Nicola, um grande clube brasileiro tem uma oferta de empréstimo com salários melhores que os atuais. O empresário de Ganso esteve na França ao lado do jogador e pode estar findando o empréstimo atual.

 

Ganso foi o maior assistente na história recente do Tricolor. Em 2012, o jogador foi dono de 14 assistências na temporada, em 2013 teve 12 assistências, em 2014 teve 12 assistências e 2015 foi dono de 14 assistências no ano. Em 2016, mesmo saindo do clube no meio do ano, Ganso foi líder de assistências na temporada: foram 7 no total, ao lado de Kelvin, Michel Bastos e Bruno. Para se ter uma noção comparativa, Cueva foi o líder em 2017 com 11 assistências e 2018 teve dois assistentes: Nene e Everton, com 6 assistências cada.

 

O meia divide opiniões entre os torcedores mas seus números no São Paulo são inegáveis. Com Ganso, a bola vinha para a pequena área com mais frequência e qualidade. Não sei se Ganso está a caminho do Morumbi. O fato é que assistências foram uma das coisas que mais faltaram ao Tricolor em 2018. Elas seriam muito bem vindas no ano que vem.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Raí: um ano de estabilidade e aprendizado para o desafio de 2019

Raí completou na última sexta-feira um ano como diretor de futebol do São Paulo.

 

Diferente de seus antecessores, Gustavo de Oliveira e Vinícius Pinotti, vira a temporada prestigiado pelo Conselho Deliberativo e pela grande maioria dos torcedores. Ao lado de Ricardo Rocha, Raí mudou técnico, elenco e tentou implementar em seu primeiro ano o resgate do DNA vencedor do clube. Não conquistou um título mas levou o clube novamente para a Libertadores, objetivo traçado no início do ano junto com o Conselho de Administração.

 

Entretanto, Raí sabe que no ano que vem o objetivo deverá ser maior. Desta vez, a pressão por títulos será gigante por parte dos dirigentes e torcedores. Paciente e acostumado com desafios, o ex-camisa dez iniciou o planejamento do ano que vem com o clube anunciando Jardine, dois jogadores e Carlinhos Neves, além de trabalhar pelo menos mais três reforços para incrementar o plantel e seguir competitivo nacionalmente e internacionalmente. Carlinhos, inclusive, deve acumular a função de coordenador de futebol, ao lado de Lugano. Com ele, a comissão técnica continua com peso e credibilidade.

 

Apesar de não concordar com todas as decisões tomadas em 2018, mantenho a confiança no trabalho do nosso diretor de futebol para o ano que vem. É importante o clube ter a estabilidade de um gigante da nossa história em um cargo que constantemente é alvo de disputas internas e gente que tem o prazer de tumultuar o ambiente. Com personalidade ímpar, honestidade e excelência em tudo que fez dentro e fora de campo, Raí continua com todas as condições de continuar aprumando o São Paulo rumo a disputas de títulos com os demais grandes brasileiros e internacionais.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Carlinhos Neves: contratação de peso para uma área que já foi referência

O São Paulo anunciou nesta quinta-feira a volta do preparador físico Carlinhos Neves. O profissional, multicampeão no São Paulo e 2005 e com passagens pela seleção brasileira estava no Santos e volta ao clube após oito anos.

 

A carreira de Carlinhos Neves fala por si só. A volta deve ser comemorada como uma contratação de peso para uma área que já foi referência no Brasil e exterior. Muitos torcedores se queixavam da saída do profissional e do baixo rendimento dos jogadores nos últimos anos, especialmente no segundo tempo das partidas. Carlinhos vem para, além de outros trabalhos, corrigir essa deficiência.

 

Porém, é bom entender que um preparador físico não é um mágico. Ele prepara os atletas em condições plenas de jogo porém não ensina ninguém a chutar a gol, fazer um passe de 30 metros ou desarmar um lance.

 

Conheci Carlinhos quando atuou pelo São Paulo e na época do lançamento do meu livro TRI Mundial, lançado em 2010. Carlinhos também tem (ou teve) uma sociedade com Raí num modelo de treinamento de futebol para a Academia Companhia Athlética. São muito próximos e isso deve ter acelerado a volta.

 

Muito solícito e de boa conversa, ele continua um dos grandes no setor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Ronaldão: um ótimo nome para a coordenação de futebol do Tricolor!

Ricardo Rocha já não é mais coordenador de futebol do São Paulo. Para o seu lugar o clube pensa em algumas possibilidades no mercado da bola. Uma delas é Ronaldo Rodrigues de Jesus, mais conhecido como Ronaldão.

 

A maioria da torcida conhece ou pelo menos ouviu falar de um dos zagueiros mais icônicos do Tricolor. Com passagem entre 1986 e 1993 pelo clube, Ronaldão tornou-se um dos maiores símbolos das conquistas do São Paulo no início da década de 1990. Campeão brasileiro em 86 e 91, Paulista em 87, 89 91 e 92, campeão da Libertadores em 92 e 93, Campeão Mundial em 92 e 93, Copa continental 92 e 93, Supercopa 92 e Recopa 93 pelo São Paulo e tetra-campeão na Copa do Mundo em 1994. Como jogador, Ronaldão ganhou mais títulos até que o ídolo Raí. Porém, o que poucos sabem é que ele já exerceu o cargo de coordenador de futebol na Ponte Preta. É visto no meio como profissional tarimbado, de bom relacionamento com os jogadores e forte identificação com o Tricolor.

 

Ronaldão seria disparado o nome mais adequado para o cargo. Depois da saída de Raí para o Paris Saint Germain, foi ele que comandou o vestiário do Tricolor como jogador. Ronaldão poderia muito bem exercer as funções que Rocha exerceu ao longo deste ano: auxílio na tomada de decisões do futebol, elo entre a diretoria e os jogadores, trabalho de vestiário e renovação de contratos da base. Com ele, mantém-se uma base de diretores boleiros, honestos e vencedores dentro das quatro linhas. Acredito ser um passo para possíveis futuras conquistas.

 

A título de curiosidade: segundo o Portal UOL, Ricardo Rocha foi um dos grandes responsáveis pelo andamento da renovação do contrato do jovem Luan: o volante assinou novo vínculo até 31 de dezembro de 2022. O antigo era válido até 30 de setembro de 2019.

 

Se eu pudesse escolher, não titubearia: Ronaldão na cabeça!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo não deveria passar perto da Universal Studios em 2019!

O técnico André Jardine confirmou nesta segunda-feira que, diferente dos seus comandados, praticamente não terá férias neste final de ano. A intenção é trabalhar duro no planejamento do ano que vem para que o clube tenha um ano melhor que 2018.

 

“Eu e a diretoria praticamente não teremos férias. Vamos ter contato diário, porque todos nós queremos um São Paulo superior ao que foi em 2018, assim como em 2018 já foi superior a 2017. Mas é pouca coisa ainda. A torcida não está satisfeita, e nós também não. Vamos trabalhar muito, desde já, para 2019 ser diferente” – disse ele ao Portal UOL.

 

O elenco se reapresentará no dia 03 de janeiro e no dia seguinte viajará para os Estados Unidos. Sugiro, até em respeito pelo torcedor, que o clube aproveite ao máximo os dias na Florida e treine duro, sem pausa para visitas a Universal Studios, Disney e afins. Todo o foco em 2019 será necessário: dia 20 de janeiro o time fará sua estréia no Campeonato Paulista e dias 5 e 7 de fevereiro começa a Libertadores para quem está na pré- Libertadores.

 

A seriedade deve vir mesmo antes da entrada nos gramados.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.