Search Results For : Opinião

OPINIÃO São Paulo 1×1 América MG

O São Paulo decepcionou a sua torcida neste sábado, no Morumbi. Com um futebol fraco, a equipe de Diego Aguirre empatou com o América MG e depende de outros resultados para segurar a ponta da tabela do Campeonato Brasileiro.

 

Tirando a boa atuação de Nene e Diego Souza, não há nada de positivo no empate. O São Paulo suou bastante para abrir o placar, conseguiu o tento no final do primeiro tempo, teve chances de construir uma vitória sólida na segunda etapa e acabou permitindo o empate do adversário em um dos raros momentos em que o América esteve em sua área. Até mesmo as substituições, uma marca positiva do Aguirre, hoje não funcionaram como o desejado. O resultado acabou sendo justo pela pouca produtividade do mandante nos noventa minutos e a eficiência americana na sua bola do jogo. Burocrático, o Tricolor perdeu uma boa chance de conforto em um dos Brasileirões mais disputados desde o início dos pontos corridos.

 

O jogo foi ruim e o resultado péssimo, porém nada, absolutamente nada está perdido. É fato que o time anda oscilando nesta fase da competição, como também é fato que a ausência de jogadores como Everton e Rojas (hoje) fizeram a diferença. Porém, mesmo com o vacilo o Tricolor estará na briga pelo título até o final da competição. Precisa retomar a fase de vitórias, mas certamente lutará até o fim pelo caneco. Palavra de quem acompanhou todos os Brasileirões de pontos corridos.

 

Agora o momento é do grupo mostrar insatisfação pelas últimas atuações e o clube recuperar os lesionados para o agora fundamental jogo diante do Botafogo, no Rio de Janeiro. Tenho certeza que o torcedor do São Paulo entende a dificuldade de todos no campeonato e não vai abandonar o time.

 

Segue o líder? Não. Segue a luta!

 

Nota dos personagens da partida:

Sidão – Pouco acionado. Sem culpa no gol. Nota: 6,0
Rodrigo Caio – Improvisado na lateral, não comprometeu. Nota: 6,0
Anderson Martins – Partida tranquila na zaga. Nota: 6,0
Arboleda – Seguro, tomou amarelo e não vai para o Rio. Nota: 6,0
Reinaldo – Bem abaixo do que costuma render. Nota: 5,0
Jucilei – Hoje foi mal no combate e na saída de bola. Nota: 5,0
Hudson – Boa partida, com fôlego e dedicação. Nota: 6,5
Nene – O melhor do São Paulo. Bela assistência. Nota: 8,0
Liziero – Ora na frente, ora atrás, não encaixou no jogo. Nota: 5,5
Everton Felipe – Ainda não fez uma partida confiável. Nota: 5,5
Diego Souza – Gol, muita luta e disposição na frente. Nota: 8,0

Regis – Entrou na segunda etapa e não contribuiu para um bom jogo. Nota: 5,0
Tréllez – Outro que não foi bem desta vez. Nota: 5,0
Carneiro – Tentou jogar no abafa e não conseguiu. Nota: 5,0

Diego Aguirre – O time não funcionou. A equipe não esteve bem e as mexidas que o técnico fez desta vez não surtiram efeito. Um jogo em que perdemos dois pontos preciosos mas não podemos perder a auto estima na competição. É hora da chacoalhada no elenco. Nota: 5,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Sem Everton e Rojas, Aguirre mais uma vez improvisará o ataque Tricolor

Agora é oficial. Segundo o Globoesporte.com Everton não jogará no sábado diante do América-MG, no Morumbi. Tanto ele quanto Joao Rojas (terceiro cartão amarelo) estão fora da partida válida pela 26ª rodada do Brasileirão.

 

Aguirre deverá mais uma vez mexer no ataque. Para o lugar de Everton o mais provável é o avanço do lateral Reinaldo, com Edimar entrando na primeira linha defensiva. A alternativa deu certo contra o Corinthians na 14ª rodada do campeonato mas não teve efeito nos últimos jogos em que o lateral avançou para jogar na linha de ataque. Liziero também pode aparecer no lado esquerdo.

 

Para o lugar de Rojas, Aguirre tem Everton Felipe. Entretanto, o atleta, tratado como grande promessa pelo Sport, ainda não desencantou com a camisa Tricolor. Outra possibilidade seria o deslocamento de Nene para o lado do campo, com Shaylon ou o próprio Everton Felipe fazendo o papel da distribuição no meio-campo. Carneiro e Tréllez são possibilidades remotas para trabalhar nas pontas.

 

Além dos dianteiros, ainda há a chance de Diego Souza ser suspenso pelo cartão vermelho levado na partida diante do Fluminense. O jogador será julgado nesta sexta-feira mas a tendência é que seja absolvido, já que sua ‘vítma’ (o lateral Léo) também foi denunciado, desta vez por pratica anti-desportiva (simulação).

 

Destas possibilidades acredito na escalação de um ataque formado por Reinaldo, Diego Souza e Everton Felipe, com Régis e Edimar na linha defensiva. Quem jogar pela esquerda em tese terá um trabalho mais facilitado, já que o América MG não contará com o lateral direito titular. Com edema no joelho direito, Norberto é desfalque certo para a partida.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Caso Diego Souza: atleta do Flu pode pegar pena maior por simulação

O São Paulo corre o risco de ter um desfalque de última hora para o duelo de sábado, contra o América-MG, no Morumbi. Diego Souza será julgado nesta sexta-feira, pelo STJD, por uma suposta agressão realizada na partida diante do Fluminense, no último dia 2. O jogador levou o cartão vermelho no ato.

 

Segundo a Fox, Diego Souza foi denunciado no artigo 250 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que prevê suspensão de uma a três partidas. O curioso é que Léo, a ‘vítima’, também foi denunciado pelo STJD por  simulação no lance, acusado por conduta contrária à ética desportiva. O lateral do Flu poderá ficar afastado de uma a seis partidas.

 

Só no futebol brasileiro o “agressor” poderá pegar uma pena mais leve que a “vítima”.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Elenco no limite ou ainda falta um pouco mais de alguns jogadores?

O São Paulo enfrentará o América MG no próximo sábado no Morumbi com a obrigação de levar os três pontos e se manter na briga pelo Campeonato Brasileiro 2018. Entretanto, mais uma vez Diego Aguirre terá problemas para escalar a equipe atualmente líder da competição.

 

Com o terceiro amarelo levado contra o Santos, Rojas está suspenso para o jogo e Everton, em recuperação de uma fibrose, tem poucas chances de atuar. Sem os dois, o Tricolor perde grande parte do seu poder ofensivo. A equipe oscila no segundo turno da competição justamente por conta da atual baixa produtividade do ataque.

 

Há quem diga que o elenco Tricolor é reduzido e trabalha no limite. Concordo sobre trabalhar no limite mas não creio que termo um elenco reduzido, principalmente comparado com a maioria dos nossos concorrentes. O plantel parece ter poucas possibilidades aos olhos de alguns torcedores porque poucos atletas considerados reservas realmente mostraram capacidade de manter o nível do titular ou modificar jogos nesta temporada. Por isso o Tricolor depende tanto dos seus titulares, principalmente os de frente. De todos os reservas apenas Tréllez e Liziero podem mudar o jogo ou mantém o nível coletivo da equipe. A zaga, que atualmente conta com três ótimos zagueiros para duas posições, também é ponto positivo.

 

Carneiro e Everton Felipe, contratados com boa expectativa de melhoria de grupo, ainda não fizeram a diferença, muito por conta das sérias lesões que tiveram antes de chegar ao Tricolor. Shaylon, esperança na criação, teve um grande momento ao fazer o gol de empate contra o Bahia no primeiro turno mas ainda não se firmou como alternativa no meio. O mesmo pode se dizer com Brenner, ainda em formação e Jean, contratado a peso de ouro e que por diversos fatores não briga pela posição no gol.

 

É fato que Edimar, Régis, Araruna e Luan ajudam o elenco mas cumprem funções mais burocráticas em campo. O problema está na criação e no ataque. Quem trabalha na reserva tem que ter consciência que deve estar tão bem preparado ou melhor que o titular. O Campeonato de Regularidade depende de todos e não apenas dos onze que mais entram em campo.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Santos 0x0 São Paulo

Tivemos um bom clássico na Vila Belmiro neste domingo, com direito a placar justo. São Paulo e Santos batalharam muito e foram agraciados com dois lances ultra capitais (Rodrygo e falta de Nene) mas não conseguiram movimentar o placar. Com o resultado, o São Paulo continua somando pontos no Campeonato Brasileiro e se mantém como um dos candidatos ao título.

 

O Tricolor pegou o melhor momento santista na temporada e, apesar de mesclar bons e maus momentos, segurou um ponto na sempre difícil casa santista. Não perder o clássico foi o mais importante nessa rodada. Muito brigado, o jogo valeu pela ótima jornada do meio-campo. Hudson e, principalmente, Jucilei tomaram conta do setor, dando pouquíssimas chances ao rival. A única clara chance alvinegra surgiu de uma bobeada monstro de Arboleda, escalado para jogar no lado direito. Apesar da boa jornada no meio, o ataque titular Tricolor não foi aquilo que o torcedor esperava. Nene e Diego Souza não viveram uma boa jornada e Everton, recém recuperado de estiramento, novamente sentiu o local da lesão. Apesar da recente estiagem de gols o time ainda tem o terceiro melhor ataque do Brasileiro.

 

Everton mais uma vez preocupa. Sem a sua presença em campo as coisas complicam bastante mas mesmo assim o próximo compromisso é daqueles para vencer ou vencer: o América MG, no Morumbi. Com a presença do torcedor e uma boa vitória o São Paulo se manterá na ponta do Brasileirão. Seguimos na luta!

 

Nota dos personagens da partida:

Sidão – Partida tranquila. Boas intervenções. Nota: 6,5
Arboleda – Quase entregou a rapadura. Nota: 5,5
Anderson Martins – Seguro ao lado de Bruno Aves. Nota: 6,0
Bruno Alves – Partida tranquila, mesmo amarelado o jogo todo. Nota: 6,5
Reinaldo – Boa partida com bons momentos na frente. Nota: 6,5
Jucilei – O melhor do jogo. Senhor do meio-campo. Nota: 8,0
Hudson – Ao lado de Jucilei, combateu o Santos com excelência. Nota: 7,0
Nene – Regular. Perdeu a chance de brilhar na falta do fim do jogo. Nota: 6,0
Rojas – Batalhador e perseguido com faltas em boa parte do jogo. Nota: 6,0
Everton – Novamente sentiu a lesão. Preocupa. Nota: 6,0
Diego Souza – Não se sobressaiu diante da defesa santista. Nota: 6,0

Liziero – No lugar de Everton. Gostei da atuação. Nota 6,5
Tréllez – Tentou empurrar a bola na rede em uma chance. Nota: 6,0
Everton Felipe – Opção de velocidade, ainda sem brilho. Nota: 5,5

Diego Aguirre – Diante do rápido e bom time do Santos, preparou seu time para brigar no contra-ataque e teve chance de cavar um gol no final da partida. Uma pena Everton sair prematuramente. Nota: 6,0

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.